Comemore com o Gran Cursos Online a sua aprovação. Conte aqui a sua história de sucesso!

Avatar


26/10/2016 | 11:04 Atualizado há 1003 dias

Gran Cursos Online

Comemore com o Gran Cursos Online a sua aprovação!

Há 27 anos no mercado a metodologia do Gran Cursos já colocou mais de 629.000 ex-alunos no serviço público. São milhares de histórias de superação, sucesso, determinação e foco em busca do sonho da realização profissional. De alunos de todo os estados brasileiros, aprovados em concursos para diversas áreas, órgãos, institutos, autarquias, tribunais e corporações.

Durante o último ano, nós do Gran Cursos Online, publicamos dezenas de histórias de concurseiros/as que aliaram a comodidade, economia e ganho de tempo aos seus estudos para concursos e conquistaram a aprovação.

Confira abaixo algumas das histórias de quem chegou lá:

 

Foi aprovado? Envie a sua história e participe você também da nossa coluna “Cheguei Lá”!

inss-silvanacardoso-minCom dedicação e força de vontade, Silvana Carvalho superou obstáculos e alcançou a aprovação em 1º lugar no concurso do INSS!

Segundo Silvana, os estudos para o concurso do INSS começaram há 4 anos quando nossa aluna perdeu seu emprego e, ao notar a dificuldade de ingresso e os baixos salários oferecidos pela iniciativa privada, optou pela estabilidade do serviço público. A dedicação aos estudos para o concurso público foi total, “no pré-edital eu estudava 6 horas diárias, 5 vezes por semana. Após o edital aumentei para 8 horas diárias”, conta Silvana.

O sucesso na preparação é resultado também da organização dos estudos por matéria “Organizei as matérias para dias específicos da semana”, revelou nossa aluna. Dentre os maiores erros cometidos pelos concurseiros, Silvana aponta dois conhecidos daqueles que já se preparam a mais tempo para concursos “estudar para mais de um concurso ao mesmo tempo e achar que tem que conseguir logo no primeiro”, afirma.

Confira aqui a entrevista completa

Bruna-Muller

Bruna Muller ficou em 3º lugar para a Gerência Executiva de Pelotas-RS

Foi a partir da publicação do edital que os estudos de Bruna ganharam foco e direcionamento. “Em janeiro comecei a estudar especificamente para o INSS, focada no edital. Já tinha uma base boa em Administrativo, Português e um pouco em Constitucional. Então foquei mais em Direito Previdenciário. Até o dia da prova, devo ter lido o livro inteiro umas quatro vezes. Foi nessa época que estabeleci a rotina de estudos. Como eu não trabalhava, não tinha motivos para não estudar. Quando chegou mais perto do concurso aumentei o tempo de estudo para 8 horas diárias, chegando a 10 horas por dia na semana anterior”, relembra Bruna.

Confira aqui a história completa

CELIO copyCélio Sacco Junior, aprovado em 2º lugar no IBGE 2016: “Concurso é preparação continua, muito treino, esforço e foco”

Como todos os concurseiros já sabem, a rotina de estudo de quem quer passar em um concurso público não é fácil. E com Célio Sacco Junior não foi diferente. “Eu trabalhava durante o dia e fazia faculdade a noite. Então meu tempo de estudo para o concurso ficou bem reduzido. A minha única alternativa era estudar nos momentos de folga. Acordava mais cedo e começava com matérias mais “leves”. No intervalo do almoço estudava também. E por fim, quando chegava da faculdade, estudava até 1 ou 2 horas da madrugada. Aos domingos, cheguei a estudar 12 horas para compensar os dias da semana”, conta.

Confira aqui o depoimento completo

Elisa-AzediasElisa Azedias estudou 9 horas por dia e garantiu o 3º lugar em Niterói no concurso do INSS 2016

“Comecei a estudar exclusivamente para o INSS em janeiro de 2015. Ou seja, passei quase um ano e meio estudando focada no INSS. Antes do edital eu estudava de segunda a sexta. Nos períodos de férias da faculdade, estudava entre 6 e 7 horas por dia. Quando eu tinha aula na faculdade conseguia estudar entre 4 e 6 horas. Após a publicação do edital, intensifiquei os estudos, estudando aos fins de semana, no ônibus, em filas e em qualquer momento e lugar em que eu tivesse algum tempinho livre. Após a publicação do edital eu cheguei a estudar 9 horas em alguns dias”, relembra o esforço.

“No começo eu trabalhava, mas pedi demissão pra me dedicar ao concurso. Ao longo desse tempo tive que conciliar com a faculdade. Como minhas aulas são a noite, acordava cedo e passava toda a manhã e tarde estudando. Nesse meio tempo fiz outros concursos que tinham matérias em comum, mas nunca me desviei do foco do INSS. Na época de provas da faculdade eu acabava tendo que reduzir um pouco esse ritmo para não prejudicar minhas notas”, explica.

Clique aqui e confira o depoimento completo 

Wedinei-Frederico-Rodrigues-Jorge (1)Wedinei Rodrigues, aprovado em 1º lugar no INSS 2016: “Resolvi estudar e descobri que eu poderia mudar a minha vida”

A rotina de estudos para conseguir o tão sonhado cargo não foi fácil. “Durante o período de estudos eu também trabalhava. Mas eu sempre tinha algum material impresso comigo. Sempre que tinha um tempinho eu lia, fazia anotações e pequenos mapas mentais. Estudei as matérias especificas desde o inicio. E costumava intercalar as matérias básicas. Mas as especificas eu sempre estudava todos os dias”, revela.

Wedinei dá ainda outra dica que pode ser muito útil para os concurseiros. “Tenho alguns métodos de estudos que sempre utilizo. Leitura de “lei seca’’ é um deles. Sempre imprimo as leis e as leio intensamente. Faço vários rabiscos e observações na margem da folha, como por exemplo, “Sangue de cristo”, ”Não pode esquecer” ou “Cespe vai dizer o contrario”, conta entre risos.

Confira aqui a entrevista completa

Camilo-Santiago-Alves-da-Silva-2

Camilo Santiago, 2º lugar no concurso INSS 2016: “Ou a gente começa a priorizar a aprovação ou então nunca chegaremos ao nosso objetivo”

Minha rotina de estudos não era e ainda não é muito fácil. Trabalho 8 horas por dia e faço faculdade à noite em outra cidade, indo de ônibus todos os dias. Então, para estudar, tive que aproveitar todo o tempo disponível nos finais de semana, feriados, trajeto para a faculdade, etc. Cheguei, inclusive, a utilizar minhas férias do trabalho e da faculdade para me dedicar aos estudos. Não há caminho para a vitória sem pedras e espinhos. Não há receita mágica para ser aprovado em concurso. Ou a gente encara a realidade e começa a priorizar a aprovação ou então nunca chegaremos ao nosso objetivo”, explica Camilo Santiago.

Confira aqui o depoimento completo

cheguei-lá-1080-x-1080Concurso SEDF 2016: Rodrigo Maykon foi aprovado no último certame da Secretaria. O próximo pode ser você!

A caminhada até as primeiras aprovações foi longa. Rodrigo explica que “de estudo sério e focado foram cerca de 2 a 3 anos. Percebi que teria melhores condições no setor público e também mais qualidade de vida. O exemplo dos meus pais e dos meus irmãos, que também são servidores, influenciou muito”.

“Eu sou da linha que acredita que não é a quantidade de horas, mas sim a qualidade do estudo que determina a aprovação. Eu estudava cerca de 4 horas por dia, mas era um estudo bem focado, dinâmico, com exercícios e quadros esquemáticos. Na época do estágio era mais fácil porque trabalhava apenas 4 horas diárias. Depois passei a trabalhar 8 horas por dia. Isso complicou um pouco, mas não tornou meus estudos impossíveis. Tive que vencer o sono e o cansaço e pensar em como isso seria bom para mim e minha família”, relembra Rodrigo.

Confira aqui o depoimento completo
cheguei-lá-1080-x-1080-Jusieli
Dedicação e foco nos estudos fizeram Jusieli Negreiros ser aprovada no último Concurso da SEDF!

“Quando foi feito o anuncio, no início de 2013, aprovando orçamento para o certame da SEDF, eu comecei a organizar meu material e fiz um cronograma de estudos, baseado nos conteúdos do último concurso. Comprei um material do Gran cursos Online e estudava 4 horas por dia. Era o tempo que eu tinha, pois na época trabalhava em regime de 40 horas. Depois da publicação do edital, foquei em conteúdos que eu não tinha conhecimento aprofundado. Tive que ter muito foco e determinação”, explica Jusieli.

Confira aqui o depoimento completo

cheguei-lá-1080-x-1080

Paulo César Silveira, aprovado no concurso SEDF 2013: “Só precisamos de uma vaga para o sucesso”

Quem se dedica aos concursos públicos sabe que a rotina de estudos é estressante, os horários destinados ao lazer ficam reduzidos e a cobrança de amigos e familiares é grande. Mas quem já foi aprovado em algum certame, sabe que todo esse esforço e cada momento dedicado aos livros e às videos aulas valem a pena quando vê o nome estampado no Diário Oficial. Com Paulo César Machado Silveira não foi diferente. Hoje, você vai conhecer a história desse goiano de 34 anos que foi aprovado para o cargo de Professor da Educação Básica – Educação Física no concurso da SEDF 2013.

Confira aqui a história completa aqui

Adrien-Amorin-de-Sousa(1)4 meses de estudo focado após a publicação do edital e Adrien Amorin foi aprovado em 2º lugar no INSS!

“É uma satisfação incrível. E você se sente, é claro um grande vencedor. É como vencer uma maratona. Correr e cansar, mas cruzar a linha de chegada como um herói.”

Essa é a definição do nosso aluno Adrien Amorin de Sousa, 24 anos, para a sensação de saber que com pouco mais de 4 meses de estudos obteve o 2º lugar no cargo de Técnico do Seguro Social na gerência de Caruaru-PE. Diversos fatores contribuíram para o sucesso nessa jornada que como todas apresentou alguns obstáculos.

Confira a história completa aqui.

LEANDRO-INSS.fwDedicação, muito estudo e um alvo certo foram as estratégias utilizadas por Leandro Luís – Aprovado no último concurso do INSS.

“Estudei aproximadamente 1 ano e meio. Estudava muito, todos os dias, cerca de 6 a 8 horas diárias, fora o que eu estudava para faculdade. Eu procurei equilibrar as disciplina básicas com as especificas, mas estudava quase todos os dias para as especificas quando faltavam apenas 3 meses para a prova, pois era a que teria o maior numero de questões.“

Nosso aprovado conta que trilhou outros caminhos profissionais na vida até enxergar que estudar e ter a segurança e estabilidade financeira seriam o melhor que faria para a realização pessoal. A escolha do certame também foi uma estratégia do candidato pelo número de vagas.

Confira aqui a história completa

cheguei-lá-1080-x-1080-Leandro-de-Castro-Oliveira

3 meses de dedicação intensa e saber onde queria chegar foram os ingredientes utilizados por Leandro para ser aprovado em 3 cargos no concurso do CBMDF!

Uma das estratégias utilizadas por ele, foi fazer um detalhamento de estudos, destacando as matérias em que tinha mais dificuldade.Com isso buscava se esforçar nelas e assim nivelar-se na média dos outros candidatos. Já, nas matérias em que tinha facilidade e grande peso na prova (Exatas), Leandro buscava estar acima da média dos candidatos em geral, sabendo que se conseguisse executar o planejado, teria grandes possibilidades de obter um resultado satisfatório. O oficial destaca também a importância da preparação direcionada para a banca examinadora de seu concurso e da resolução de muitas provas e exercícios para fixação do conteúdo.

Confira aqui a história completa

Alex Rodrigues Ramos Blog.fwDeterminação e persistência impulsionaram Alex Ramos na conquista do cargo dos sonhos!

Estudante de Direito, Alex Rodrigues Ramos, aos 25 anos conquistou a sonhada aprovação no concurso do Instituto Nacional do Seguro Social no 2º lugar para o cargo de Técnico . Segundo ele, o interesse por concursos públicos surgiu já há 3 anos “não gostava de estudar, muito menos de ficar lendo livros e resolvendo provas, tinha dificuldade até para ler e escrever. No entanto parei e refleti sobre a vida que levava e a que me esperaria para o futuro se continuasse assim, foi a partir dai que decidi mudar o rumo da minha vida, entrando para faculdade e logo depois conhecendo o mundo dos concursos públicos, que até então não tinha nenhum contato“, confessou.

Confira aqui a história completa

IMG_6759

Em pouco mais de dois meses de estudo, Roberto Seron conseguiu ser aprovado em 1º lugar no IBGE

Para Roberto, o sucesso alcançado tão rapidamente foi fruto de muita dedicação, esforço e organização. “O concurso do IBGE abordou quatro matérias: português, matemática, geografia e conhecimentos especifícos. Eu sempre tive facilidade com português e com o pouco tempo que tinha acabei deixando português um pouco de lado e foquei mais em matemática, que é um conteúdo extenso e mais trabalhoso. Fazendo uma proporção relativa, os dois meses de preparação foi dividido em 50% matemática, 25% geografia, 15% conhecimentos específicos e 10% português. A estratégia utilizada foi estudar sempre duas matérias simultaneamente e com calma, tentando sempre o máximo de absorção do conteúdo. Eu entendia as limitações físicas e psicológicas que tinha, por isso fazia as pausas quando necessário para estar sempre atento e focado nas videoaulas”.

Clique aqui para conferir a história completa
Cleidison Figueredo
Cleidison Figueredo superou todas as dificuldades e foi aprovado para ATRS no concurso da Secriança-DF!

Formado em Direito, o aprovado conta que dividia o seu tempo entre a preparação para a prova da Ordem dos Advogados do Brasil e os certames públicos, não conseguindo aprovação nas primeiras tentativas e ao ser aprovado no Exame de Ordem mudou seu foco para o exercício da advocacia em uma iniciativa privada, até que recebeu convite para assumir um cargo público comissionado. “Esse convite me fez repensar minha carreira e investir em certames públicos para que eu pudesse prestar serviços de forma continua a sociedade e ter uma boa remuneração pelo trabalho desenvolvido.

Leia a história completa aqui.

EU-CHEGUEI-LÁ

O sonho de ter uma vida melhor levou Bruno Gonçalves a se dedicar aos estudos e ser aprovado no TJDFT 2015

“Eu estudei o ano de 2015 inteiro e após o edital aberto, em outubro, estudei mais intensamente até o dia da prova, nas vésperas do natal. Estudei dia e noite para ser o primeiro lugar. Não falhei um dia sequer. Graças a Deus não fiquei doente, apenas engordei um pouco”, comenta com um sorriso no rosto. E toda essa dedicação e essa perseverança fizeram com que Bruno chegasse lá: conseguiu a tão sonhada vago no serviço público da União. “Me sinto abençoado, afinal estou entre os 100 primeiros colocados.

Leia aqui a história completa

joséEsforço e disciplina levaram José Moreira a conquistar o 1º lugar no Concurso TJDFT 2015 – Analista Neurologia

Para José, não existe uma fórmula mágica para aprovação em concursos públicos. “Costumo estudar de forma regular, sobretudo, assuntos específicos relacionados à minha área, para que possa atender da melhor forma os meus pacientes, já que a produção de conhecimentos é grande e temos sempre que estar atualizados. Em relação aos assuntos gerais, como regimento interno, português, redação, redação oficial, informática e ética no serviço público, por exemplo, os estudos foram intensificados após a publicação do edital”.

Clique aqui para ler a história completa

SILVIOSilvio Moreira abriu mão do emprego, acreditou em si mesmo e conseguiu o 1º lugar no concurso do TJDFT!

Silvio Moreira Santana levou muito tempo para acreditar que o serviço público era um bom caminho a se seguir. Hoje, com 48 anos, formado em Pedagogia, Contabilidade e Ciência da Computação, e aprovado em 1º lugar para o cargo de Técnico Judiciário – especialidade: programação de sistemas, Silvio entende a importância do trabalho e a responsabilidade em ser servidor público, mesmo ainda não tendo sido nomeado.

O que fez Silvio dedicar-se aos estudos para ser servidor público foi a insegurança dos empregos na iniciativa privada. “Trabalhei por vários anos na iniciativa privada, lecionei e prestei serviço terceirizado em diversos órgãos públicos. E como terceirizado passava por renovações e mudanças nos contratos das empresas prestadoras de serviço e por muitas vezes eu estava na linha de corte de pessoal da empresa. Não dava pra ser assim pra sempre”, explica Silvio Moreira.

Leia a história completa aqui.

guilhermeForça e superação são as palavras que definem a caminhada de Guilherme Guerra até a aprovação no TJDFT

Hoje você vai conhecer a história de força e superação de Guilherme Guerra de Almeida Neves. Ele tem 35 anos, é casado e tem um filho de pouco mais de um ano. Formado em Odontologia pela UnB, optou pela carreira pública, principalmente, pelo terrível momento do mercado de trabalho em odontologia. Desde que começou a pensar em concursos públicos, no ano de 2006, “bateu na trave” da aprovação em diversos certames. Foi 5º colocado no STF/2008 (Analista – Área Odontologia) e 6º colocado no Senado Federal/2012 (Técnico em Saúde Bucal).

Guilherme agora é Técnico em Saúde Bucal concursado do Ministério Público da União. E acabou de ser aprovado em 1º lugar para o concurso do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, para o cargo de Analista Judiciário – Área Odontologia.

Leia a história completa aqui.

CARLOSCarlos Vinícius, Aluno do Gran Cursos Online foi aprovado em 8 concursos públicos em pouco mais de dois anos!

Carlos Vinícius Ferreira Santana tem 22 anos, está cursando o 10º semestre do curso de Direito e estuda há 2 anos e 4 meses para concursos. Atualmente trabalha no Departamento de Polícia Federal, e já foi aprovado em concursos de vários órgãos, entre eles o TJDFT, Conselho de Arquitetura e Urbanismo, ANTAQ, AGEPEN DF, TCDF, ENAP e STJ.

Leia a história completa aqui.

 

Letícia 1Letícia Fellipe, ex-aluna do Gran Cursos Online foi aprovada em 4º lugar para o concurso da DPU estudando por 2 meses!

Letícia Fellipe de 28 anos, foi aprovada em 4º lugar no concurso da Defensoria Pública União para o cargo de Assistente Social.

Nossa ex-aluna, moradora da cidade do Rio de Janeiro, começou seus estudos em novembro de 2015, optou por comprar um pacote de preparação do Gran Cursos Online para os concurso do INSS e da DPU por não contar com muito tempo livre para organizar sua preparação já que estava na reta final do mestrado.

Leia a história completa aqui.

joão-marcos (1)João Gualberto, aluno do Gran Cursos Online obtém 1° lugar para Analista Judiciário-Medicina do TJDFT!

A história de sucesso de João Gualberto começou quando prestou seu primeiro concurso para uma bolsa de estudos em uma escola particular. Vindo de uma família muito humilde de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, quando criança dormia em uma bacia, enrolado em panos, pois seus pais não tinham condições de comprar roupas para ele.

Em 2014, seu primeiro ano em Brasília, conheceu o Gran Cursos Online e foi aprovado em 5 concursos para sua área: Secretaria de Saúde (1º lugar), Hospital das Forças Armadas (1º lugar), TJDFT (1º lugar), Polícia Civil do DF e Polícia Civil do Goiás.

Leia a história completa aqui.

EU-CHEGUEI-LÁWesley Teles, aprovado em 1º lugar para Técnico Judiciário do TJDFT!

Wesley tem 22 anos e está no nono semestre do curso de Direito. Ele superou suas frustrações, nervosismo e alcançou a primeira colocação no concurso para Técnico Judiciário do TJDFT, disputado com cerca de 46.692 candidatos, um dos certames mais concorridos do ano.

Um dos momentos de maior emoção do concurseiro, foi quando ele viu a publicação do resultado. “Foi uma sensação inexplicável, pois por mais que a gente estude, se dedique, eu nunca esperava ficar em primeiro lugar. Foi um momento de muita felicidade. Meus pais, meus irmãos, todos comemoraram”, conta.

Leia a história completa aqui.

PRIMEIRO LUGARConciliando trabalho e estudos, Lucas Azevedo foi aprovado em 1º lugar no concurso do INSS!
Lucas Azevedo, brasiliense, de 27 anos, superou mais de 5 mil candidatos e conquistou o 1º lugar no concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para a Agência da Previdência Social (APS) instalada em Águas Lindas de Goiás.

O primeiro lugar foi conquistado com 55 pontos, a maior pontuação entre os dez habilitados para técnico do seguro social. A receita para sair na frente foi misturar muito estudo, boas doses de apoio e incentivo familiar, falta de perspectiva na iniciativa privada e pitadas de lazer.

Leia a história completa aqui.

 

THAISDesempregada, Thais Lima, ex-aluna supera dificuldades e é aprovada na Secria/DF!

Thais Anes de Lima começou seus estudos bem antes da publicação do edital, o que fez a diferença para alcançar o 41º lugar no resultado preliminar das provas objetivas. “Antes do edital, me dedicava em média por 8 horas diárias, pois estava sem trabalhar, baseando-me pelo edital passado. Pós-edital intensifiquei mais os estudos e as matérias do edital antigo, não mudaram tanto e isso ajudou também” pontua.

“Fiquei muito feliz e vi que todo o meu esforço e dedicação não foi em vão. A dedicação com certeza foi o diferencial, pois abri mão de muitas coisas para conseguir a aprovação”, afirma Thais.

Leia a história completa aqui.

PEDROPedro Emanuel, aluno do Gran Cursos Online é 1º lugar no concurso do DEPEN! Motive-se!

Pedro já é concursado e exerce atualmente suas funções na Polícia Rodoviária Federal (PRF). Com apenas o nível médio completo, como a maioria dos candidatos , e cursando nível superior, ele já conta com aprovações em 3 concursos: TRF 5ª Região, PRF e DEPEN.  Começou a estudar quando ainda nem tinha completado a maioridade, fator que serviu de base nas aprovações. “Em 2012, na época eu ainda não era maior de idade, mas sabia quanto tempo demora para alguns concursos chamarem. Comecei por um concurso da CEF, e a partir daí fui preferindo concursos nas áreas administrativas e de segurança”.

Leia a história completa aqui.

FRANCISCOFrancisco Souza, aprovado em primeiro lugar para Analista do STJ é aluno do Gran Cursos Online!

Aprovado em 1° lugar no concurso para Analista Judiciário – Área: 6 do Superior Tribunal de Justiça (STJ), e com a melhor nota na classificação geral dentro todos os cargos de analista, o aluno do Gran Cursos Online Francisco Souza comemora, e com razão, os bons frutos que vem colhendo pela dedicação aos estudos.

Formado em Jornalismo pela Univali de Santa Catarina, o jovem conta que começou a fazer concursos em 2008, quando acabara de retornar dos EUA. “Voltei dos EUA em 2007 e logo vi que tinha que dar um rumo na vida.”

Leia a história completa aqui.

ANDRÉAndré Julião, aluno do Gran Cursos Online é aprovado em 1º lugar no concurso da SESIPE/DF! Motive-se!

Formado em Agronomia pela Universidade de Brasília, o concursando teve de conciliar o tempo de estudos da sua graduação com o de concursos e deu certo, ele já colhe bons frutos dessa decisão como a aprovação, também em 1º lugar, no cargo de Agente Penitenciário do Estado de Goiás. “Somente estudava, porém, quando comecei a estudar para concursos, eu dividia os estudos com a faculdade. Antes de ser aprovado para Agepen-DF, fui aprovado para Agente Penitenciário do Estado de Goiás, agora em 2015, também em 1º lugar.

Leia a história completa aqui.

 

Estudando para concurso? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 26 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!

matricule-se 3

assinatura-ilimitada-

garantia-de-satisfacao-30

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:

CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ-Natálial CHEGUEI-LÁ (7)
Avatar

Coordenadora de Conteúdo & SEO do Gran Cursos Online
0

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *