Como conciliar trabalho e estudo?

Fala, futuro servidor púbico. Tudo bem?

Se você ainda não me conhece, muito prazer, sou o Marcos Almeida, Coach aqui do Gran, e fico feliz que esteja aqui conosco. Chegar até aqui já indica que você quer uma mudança para a sua vida e está correndo atrás. Parabéns!

Hoje eu vim falar sobre uma das maiores dificuldades – ou talvez essa dificuldade seja apenas uma desculpa para quem trabalha 8h diárias ou mais e ainda precisa colocar os estudos em sua agenda.

Pode acreditar, mas a maioria dos meus alunos que me pedem ajuda dizem não ter tempo para estudar por esse e outros “n” motivos – ou seja, estarão sempre no “eu quero”, “eu posso”, “eu vou tentar” etc. Você precisa sair dessa lista de pessoas que ainda encontram desculpas para não estudar para correr atrás dos seus sonhos.

Se você for fazer uma análise estatística das pessoas que passam em concursos “TOP”, carreiras que pagam mais de R$ 10.000 mensais, pode ter certeza de que a grande maioria conciliava o trabalho com os estudos. Muitos desses alunos chegaram até a pensar em desistir, só que com o tempo perceberam o quão capazes eles eram e que a aprovação era questão de dedicação e tempo.

Uma pergunta que muitos alunos fazem em nossas LIVES ou programas de coaching é: quantas horas preciso estudar para passar em concurso?

Gosto muito das 24 horas. É o tempo que temos disponível por dia, e acredito que, se você tiver uma constância de estudar 4h/diárias, 6 dias por semana, ao longo do tempo (até 1 ano), você acaba alcançando um nível de maestria nas matérias mais importantes do seu edital e ficando em alto nível para a sua prova, isso se durante esse tempo mantiver o foco.

Se você trabalha, você dispõe de 3 a 4 horas diária para estudar, com certeza fora os finais de semana em que você pode dar uma compensada.

O grande problema é que muitas vezes ouvimos alguns relatos de pessoas que se dedicavam “100%” para os estudos, que estudavam 8h a 10h por dia e passaram. Acredito que na reta final, faltando 2 meses, 1 mês para a prova, dá até para manter esse ritmo, porém duvido muito uma pessoa “normal” manter esse ritmo de estudo durante vários meses ou anos.

Há muitos especialistas na área de aprendizagem que reafirmam a tese de que 4 horas por dia é o período que conseguimos o máximo de aproveitamento nos estudos.

Não estou dizendo para aqueles que têm o dia todo disponível para diminuir o ritmo. Se for o seu caso, a sua profissão é “estudar”, por isso se dedique o máximo possível de tempo com qualidade. Num período pré-edital, recomendo a média de até 6h diárias nesses casos.

Voltando a falar com a galera que trabalha, acredito que, para a maioria dos concursos, você consegue se tornar competitivo estudando 4h por dia, 24 horas por semana, isso num período de 8 meses a 1 ano.

Então NÃO EXISTE DESCULPA.

Acredito que todos nós dispomos de 24 horas na semana para estudar, a diferença está em como nós usamos esse tempo.

Comece agora a planejar o que você fará amanhã e dê prioridade aos estudos. Passe menos tempo em redes sociais e mais tempo na biblioteca ou no seu cantinho de estudo.

Uma coisa eu posso te garantir: a sua aprovação será algo recompensador.

Tempo ninguém tem, tempo a gente faz!

Foco, força e dedicação, que você vai longe!!!

 

Um forte abraço

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos

Notícias Relacionadas

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo