Administrativa

Concurso DPU: projeto de lei que propõe criar 811 vagas tramita na Câmara dos Deputados!

Novo concurso DPU depende da aprovação de projeto de lei!

Projeto de lei cria expectativa para novo concurso DPU!

A Defensoria Pública da União não está poupando esforços para que o projeto de lei Nº7922/2014, que cria 811 vagas, seja aprovada e o concurso DPU tenha seu edital publicado ainda em 2019. O projeto tramita na Câmara dos deputados e aguarda o parecer do relator e a votação.

As 811 vagas para o concurso DPU constam no orçamento da União de 2019 já sancionado pelo presidente. Atualmente a Defensoria conta com 248 cargos vagos, mas estes são do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo. Já a PL que tramita na câmara, visa à criação de um quadro administrativo da própria DPU.

O projeto que tramita como prioridade na câmara é uma demanda do órgão desde agosto de 2014, por ainda não possuir um quadro próprio de pessoal. Hoje o órgão conta com 1.163 servidores, sendo 820 cedidos de outros órgãos e os outros 343 são servidores nomeados no primeiro concurso para a área administrativa realizado em 2010.

O projeto de lei visa a criação de vagas para o cargo de técnico e de analista. Para o cargo de técnico é necessário ter nível médio, com remuneração inicial de R$4.363,94, podendo chegar a R$ 6.633,12 ao longo da carreira. Já para analista, o requisito é ter nível superior e conta com vencimento inicial de R$7.323,60, podendo chegar a R$10.883,07.

Caso o projeto seja aprovado, ele ainda irá instituir o adicional de qualificação aos servidores, será considerado 12,5% de aumento para quem possuir título de doutorado, 10% para mestrado, 7,5% para especialização e 5% para diploma de curso superior, se for além do que é exigido pelo cargo que exerce, e 2,5% para o servidor que tiver um conjunto de ações de treinamento totalizando 120 horas, tendo um limite de 5%.

Último concurso DPU: área administrativa

O último concurso para a carreira administrativa da DPU aconteceu em 2010 e ofertou 311 vagas para níveis médio e superior. A remuneração para nível médio era de R$2.299,42 e nível superior era de R$3.532,95.

Para nível superior foram ofertados os cargos de: analista técnico administrativo (88), arquivista (10), assistente social (20), bibliotecário (10), contador (18), economista (20), psicólogo (5), sociólogo (20), técnico em assuntos educacionais (30), técnico em comunicação social – área: jornalismo (2), técnico em comunicação social – área 2: relações públicas (1), técnico em comunicação social – área 3: publicidade e propaganda (17). Para nível médio foi ofertado cargo de: agente administrativo (70).

Foram aplicados exame de habilidades e de conhecimentos, por meio de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório.

Os Conhecimentos Básicos comum a todos os cargos foram de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Legislação Relacionada a Defensoria Pública, Direito Constitucional e Direito Administrativo.

Conheça a Defensoria Pública da União  

A Defensoria Pública da União foi criada pela Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, como instituição essencial à função jurisdicional do Estado, pela prestação de assistência jurídica aos necessitados. A DPU tem função essencial à Justiça, ao lado do Ministério Público e da Advocacia Pública.

No ano de 2001, foi realizado o primeiro concurso público para defensor público federal de 2ª Categoria. Os demais concursos para membros da carreira aconteceram em 2004, 2007 e 2010. O primeiro concurso público para cargos de nível superior e médio do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE) do Quadro da Defensoria Pública da União também ocorreu em 2010.

A DPU deixou de depender do Ministério da Justiça no ano de 2013, que foi quando o Congresso Nacional promulgou a emenda constitucional 74, que deu a defensoria autonomia funcional, administrativa e iniciativa de sua proposta orçamentária.

Detalhes concurso DPU: 

  • ConcursoDefensoria Pública da União (Concurso DPU)
  • Banca organizadora: a definir 
  • Cargo: técnico e analista 
  • Escolaridade: nível médio e superior 
  • Número de vagas: a definir
  • Remuneração: até R$10,8 mil
  • Situação: projeto de lei para criar cargos em tramitação na CD!
  • Previsão p/ publicação do edital: 2019
  • Link do último edital

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 800.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga! Mude de vida em 2019!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Cheguei Lá

3 Comentários

3 Comentários

  1. Márcio

    17/01/2019 11:00 em 11:00

    Acho que a Tuana está mal informada! Último concurso em 2010???

  2. matheus

    17/01/2019 11:52 em 11:52

    O último concurso foi em 2015/2016.

  3. Marcelo C

    18/01/2019 11:37 em 11:37

    Convocar os aprovados do ultimo que é bom nada né DPU! Enquanto isso fica mantendo quase 2 mil funcionários requisitados e terceirizados.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo