Concurso TRT PR tem comissão formada; 214 cargos vagos! Confira

Concurso TRT PR em breve. O CSJT autorizou abertura de novas seleções. Saiba aqui os detalhes

Avatar


26/04/2022 | 12:00 Atualizado há 26 dias

O concurso TRT PR do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (Paraná) está autorizado conforme decisão do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. A informação foi divulgada no dia 22 de abril de 2022.

Válido lembrar que a comissão está formada. O próximo passo para a realização é a escolha da banca organizadora.

O Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região é um órgão do Poder Judiciário com sede em Curitiba e jurisdição no Estado do Paraná.

Superlançamento de cursos da Pós-Graduação

Pós-graduação do GRAN completa um ano de realizações e muito sucesso profissional dos seus alunos.

Escolha entre mais de 40 cursos disponíveis nas áreas do Direito, da Saúde, da Educação, da TI, da Administração, das Carreiras Fiscais e de Gestão e Controle. Dê um passo à frente pelo seu futuro.

Clique aqui e conheça os cursos da pós-graduação

Veja abaixo o menu com informações do concurso TRT PR:

Destaques:

Concurso TRT PR: situação atual

Autorização do concurso

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho autorizou no dia 22 de abril de 2022 que os Tribunais Regionais abram novos concursos públicos, inclusive o TRT PR.

A seleção será para reposição de pessoal em cargos de níveis e/ou superior. Os tribunais terão 20 dias para solicitar aporte orçamentário ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

Saiba aqui todos os detalhes

Resolução sobre a comissão

No dia 21 de fevereiro de 2022, foi publicada uma Resolução Administrativa que confirma a formação da comissão para o próximo concurso TRT PR, feita no dia 14 de fevereiro de 2022.

O documento destaca que os  membros foram escolhidos em sessão de julgamento híbrida, telepresencial e presencial, realizada no dia 21 de fevereiro de 2022, sob a presidência da excelentíssima Desembargadora Ana Carolina Zaina. VEJA AQUI

Volte ao topo

Comissão formada

No dia 14 de fevereiro de 2022, a comissão organizadora do próximo certame do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (Paraná) foi formada.

O professor Vandré Amorim fez uma análise dos próximos passos do certame. Assista abaixo:

Volte ao topo

Concurso TRT PR: remuneração e benefícios

Confira as remunerações dos profissionais do Poder Judiciário:

Analista Judiciário
Inicial: R$ 12.455,30
Final: R$ 18.701,52

Técnico Judiciário
Inicial: R$ 7.591,37
Final: R$ 11.389,39

Veja o detalhamento da remuneração:

Carreira Nível Vencimento básico GAJ 140% A.Q 7,5% A.Q 10% A.Q 12,5% GAE 35% GAS 35%
ANALISTA 13 R$ 7.792,30 R$ 10.909,22 R$ 584,42 R$ 779,23 R$ 935,08 R$ 2.727,31 R$ 2.727,31
ANALISTA 12 R$ 7.565,34 R$ 10.591,48 R$ 567,40 R$ 756,53 R$ 907,84 R$ 2.647,87 R$   2.647,87
ANALISTA 11 R$ 7.344,99 R$ 10.282,99 R$ 550,87 R$ 734,50 R$ 881,40 R$ 2.570,75 R$ 2.570,75
ANALISTA 10 R$ 7.131,06 R$ 9.983,48 R$ 534,83 R$ 713,11 R$ 855,73 R$ 2.495,87 R$   2.495,87
ANALISTA 9 R$ 6.923,36 R$ 9.692,70 R$ 519,25 R$ 692,34 R$ 830,80 R$ 2.423,18 R$ 2.423,18
ANALISTA 8 R$ 6.550,01 R$ 9.170,01 R$ 491,25 R$ 655,00 R$ 786,00 R$ 2.292,50 R$   2.292,50
ANALISTA 7 R$ 6.359,23 R$ 8.902,92 R$ 476,94 R$ 635,92 R$ 763,11 R$ 2.225,73 R$ 2.225,73
ANALISTA 6 R$ 6.174,01 R$ 8.643,61 R$ 463,05 R$ 617,40 R$ 740,88 R$ 2.160,90 R$   2.160,90
ANALISTA 5 R$ 5.994,18 R$ 8.391,85 R$ 449,56 R$ 599,42 R$ 719,30 R$ 2.097,96 R$ 2.097,96
ANALISTA 4 R$ 5.819,60 R$ 8.147,44 R$ 436,47 R$ 581,96 R$ 698,35 R$ 2.036,86 R$   2.036,86
ANALISTA 3 R$ 5.505,76 R$ 7.708,06 R$ 412,93 R$ 550,58 R$ 660,69 R$ 1.927,02 R$ 1.927,02
ANALISTA 2 R$ 5.345,40 R$ 7.483,56 R$ 400,91 R$ 534,54 R$ 641,45 R$ 1.870,89 R$   1.870,89
ANALISTA (inicial) 1 R$ 5.189,71 R$ 7.265,59 R$ 389,23 R$ 518,97 R$ 622,77 R$ 1.816,40 R$ 1.816,40
TÉCNICO 13 R$ 4.749,33 R$ 6.649,06 R$ 356,20 R$ 474,93 R$ 569,92 R$ 1.662,27 R$   1.662,27
TÉCNICO 12 R$ 4.611,00 R$ 6.455,40 R$ 345,83 R$ 461,10 R$ 553,32 R$ 1.613,85 R$ 1.613,85
TÉCNICO 11 R$ 4.476,70 R$ 6.267,38 R$ 335,75 R$ 447,67 R$ 537,20 R$ 1.566,85 R$   1.566,85
TÉCNICO 10 R$ 4.346,31 R$ 6.084,83 R$ 325,97 R$ 434,63 R$ 521,56 R$ 1.521,21 R$ 1.521,21
TÉCNICO 9 R$ 4.219,71 R$ 5.907,59 R$ 316,48 R$ 421,97 R$ 506,37 R$ 1.476,90 R$   1.476,90
TÉCNICO 8 R$ 3.992,16 R$ 5.589,02 R$ 299,41 R$ 399,22 R$ 479,06 R$ 1.397,26 R$ 1.397,26
TÉCNICO 7 R$ 3.875,88 R$ 5.426,23 R$ 290,69 R$ 387,59 R$ 465,11 R$ 1.356,56 R$   1.356,56
TÉCNICO 6 R$ 3.763,00 R$ 5.268,20 R$ 282,23 R$ 376,30 R$ 451,56 R$ 1.317,05 R$ 1.317,05
TÉCNICO 5 R$ 3.653,40 R$ 5.114,76 R$ 274,01 R$ 365,34 R$ 438,41 R$ 1.278,69 R$   1.278,69
TÉCNICO 4 R$ 3.546,98 R$ 4.965,77 R$ 266,02 R$ 354,70 R$ 425,64 R$ 1.241,44 R$ 1.241,44
TÉCNICO 3 R$ 3.355,71 R$ 4.697,99 R$ 251,68 R$ 335,57 R$ 402,69 R$ 1.174,50 R$   1.174,50
TÉCNICO 2 R$ 3.257,97 R$ 4.561,16 R$ 244,35 R$ 325,80 R$ 390,96 R$ 1.140,29 R$ 1.140,29
TÉCNICO (inicial) 1 R$ 3.163,07 R$ 4.428,30 R$ 237,23 R$ 316,31 R$ 379,57 R$ 1.107,07 R$   1.107,07

Além destes valores citados, os servidores recebem os seguintes benefícios:

  • Auxílio-alimentação,
  • Assistência pré-escolar,
  • Assistência médica e odontológica,
  • Auxílio-transporte,
  • Exames periódicos e
  • Adicional de Qualificação.

Volte ao topo

Concurso TRT PR: cargos e vagas

A relação de vagas ainda não foi indicada.

Cargos vagos

De acordo com o Portal da Transparência do Tribunal, atualmente são 214 cargos vagos no órgão.

  • Analista Judiciário (66),
  • Técnico Judiciário (135) e
  • Auxiliar Judiciário (13).

Os dados têm como referência dezembro de 2021.

Concurso TRT PR: carreira

Os candidatos nomeados são subordinados ao Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e alterações posteriores) e demais normativos federais aplicáveis à Justiça do Trabalho, bem como regulamentação interna.

Volte ao topo

Concurso TRT PR: atribuições

Saiba abaixo as atividades a desempenhar pelos profissionais conforme último edital.

Analista Judiciário – Área Judiciária
Analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres; proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de parecer; fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal; inserir, atualizar e consultar informações em base de dados; verificar prazos processuais; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal
Executar citações, notificações, intimações e demais ordens judiciais, certificando no mandado o ocorrido; executar penhoras, avaliações, arrematações, praças e hastas públicas, remissões, adjudicações, arrestos, sequestros, buscas e apreensões, lavrando no local o respectivo auto circunstanciado; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Administrativa
Realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; emitir informações e pareceres; elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação
Desenvolver projetos e sistemas de informática; documentar os sistemas; analisar e avaliar diagramas, estruturas e descrições de entradas e saídas de sistemas; sugerir as características e quantitativos de equipamentos necessários à utilização dos sistemas; analisar e avaliar as definições e documentação de arquivos, programas, rotinas de produção e testes de sistemas; identificar as necessidades de produção, alteração e otimização de sistemas; prestar suporte técnico e treinamento aos usuários de sistemas; analisar e avaliar procedimentos para instalação de base de dados, assim como definir dados a serem coletados para teste paralelo de sistemas.

Também planejar e coordenar as atividades de manutenção dos sistemas em operação; elaborar projetos de páginas para internet e intranet; elaborar especificação técnica para subsidiar a aquisição de software e equipamentos de informática; propor padrões e soluções para ambientes informatizados; elaborar pareceres técnicos; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Técnico Judiciário – Área Administrativa
Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação
Executar atividades relacionadas ao desenvolvimento, teste, codificação, manutenção e documentação de programas e sistemas de informática; prestar suporte técnico e treinamento a usuários; elaborar páginas para internet e intranet; identificar as necessidades de produção, alteração e otimização de sistemas; executar tarefas de operação, instalação e manutenção de equipamentos de informática; efetuar os procedimentos de cópia, transferência, armazenamento e recuperação de arquivos de dados; elaborar pareceres técnicos; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança
Atuar na segurança dos magistrados, das autoridades, dos servidores e das instalações do Tribunal; realizar investigações preliminares; conduzir veículos automotores; vistoriar veículos e registrar sua movimentação; prestar primeiros socorros às vítimas de sinistros e outras situações de risco; fiscalizar as atividades de controle de entrada e saída de materiais, equipamentos e volumes das dependências do Tribunal; executar ações de prevenção e combate a incêndio e outros sinistros; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Volte ao topo

Último Concurso TRT PR

O último concurso TRT PR aconteceu em 2015 sendo organizado pela Fundação Carlos Chagas – FCC. O certame não ofereceu nenhuma vaga para início imediato, todas foram para formação de cadastro reserva em cargos de nível superior e médio.

A remuneração inicial ofertada para os cargos de Ensino Superior Completo era de R$ 8.803,97.

Para o cargo de Analista Judiciário – área judiciário- Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, a remuneração foi acrescida de Gratificação de Atividade Externa – GAE, no valor de R$ 1.621,78.

Já para os cargos de ensino médio completo, a remuneração inicial era de R$ 5.365,92. Para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa, Especialidade Segurança havia acréscimo de Gratificação de Atividade de Segurança – GAS, no valor de R$ 988,46.

Cargos e vagas ofertadas

As oportunidades disponibilizadas foram para os seguintes postos:

  • Analista Judiciário na área Judiciária;
  • Analista Judiciário na área Administrativa;
  • Analista Judiciário especializado em tecnologia da informação;
  • Analista Judiciário na área Judiciária- Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal;
  • Técnico Judiciário na área administrativa;
  • Técnico Judiciário com especialidade em segurança; e
  • Técnico Judiciário com especialidade em tecnologia da informação.

Volte ao topo

Concorrência

Na época, foram registrados 62.725 inscritos em todo o concurso público. Confira os cargos que teve mais candidaturas homologadas:

  • 28.584 inscritos: Técnico Judidiciário na Área Administrativa
  • 17.086 inscritos: Analista Judiciário na Área Judiciária
  • 8.080 inscritos: Analista Judiciário na Área Administrativa

Volte ao topo

Concurso TRT PR: etapas de provas

Os candidatos ao concurso público foram avaliados por meio de:

  1. prova objetiva,
  2. prova discursiva e
  3. avaliação de capacidade física (somente para Técnico Judiciário/Área Administrativa: Especialidade – Segurança)

Prova objetiva

As provas foram compostas por questões de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. Houve, também, aplicação de provas discursivas, de redação e conhecimentos específicos, conforme detalhado no tópico abaixo.

Volte ao topo

Disciplinas

Analista Judiciário – Área Judiciária

Conhecimentos Gerais
– Língua Portuguesa
– Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático
Conhecimentos Específicos
– Direito do Trabalho
– Direito Processual do Trabalho
– Direito Civil e Processual Civil
– Direito Constitucional
– Direito Administrativo

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal

Conhecimentos Gerais
– Língua Portuguesa
– Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático Conhecimentos Específicos
– Direito do Trabalho
– Direito Processual do Trabalho
– Direito Civil e Processual Civil
– Direito Constitucional
– Direito Administrativo

Analista Judiciário – Área Administrativa

Conhecimentos Gerais
– Língua Portuguesa
– Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático Conhecimentos Específicos
– Noções de Direito Constitucional
– Noções de Direito Administrativo
– Noções de Direito do Trabalho
– Noções de Direito Processual do Trabalho
– Noções de Administração Pública, de Contabilidade Pública, de Orçamento Público e de Finanças

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação

Conhecimentos Gerais
– Língua Portuguesa
– Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático
– Noções de Direito Constitucional
– Noções de Direito Administrativo
Conhecimentos Específicos da Respectiva Área

Técnico Judiciário – Área Administrativa

Conhecimentos Gerais
– Língua Portuguesa
– Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático Conhecimentos Específicos
– Noções de Direito do Trabalho
– Noções de Direito Processual do Trabalho
– Noções de Direito Processual Civil
– Noções de Direito Constitucional
– Noções de Direito Administrativo
– Noções de Administração Pública
– Noções de Orçamento Público e Finanças

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação

Conhecimentos Gerais:
– Língua Portuguesa
– Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático
– Noções de Direito Constitucional
– Noções de Direito Administrativo
Conhecimentos Específicos da Respectiva Área

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade – Segurança

Conhecimentos Gerais
– Língua Portuguesa
– Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático
– Noções de Direito Constitucional
– Noções de Direito Administrativo
Conhecimentos Específicos da Respectiva Área

Estrutura

Para o cargo de Analista Judiciário – todas as Áreas/Especialidades, as Provas Objetivas de Conhecimentos Gerais e de Conhecimentos Específicos foram de caráter classificatório e eliminatório, considerando-se habilitado o candidato que obteve total de pontos igual ou superior a 200 (duzentos).

Para o cargo de Técnico Judiciário – todas as Áreas/Especialidades, as Provas Objetivas de Conhecimentos Gerais e de Conhecimentos Específicos foram de caráter classificatório e eliminatório, considerando-se habilitado o candidato que obteve total de pontos igual ou superior a 150 (cento e cinquenta).

Volte ao topo

Prova discursiva

Para os cargos de Analista Judiciário – Área Judiciária e Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal a Prova Discursiva de Conhecimentos Específicos foi aplicada no mesmo dia e horário das Provas Objetivas.

Na Prova Discursiva de Conhecimentos Específicos, o candidato teve que desenvolver um texto dissertativo a partir de uma única proposta, cujo tema versou sobre programa de Conhecimentos Específicos.

A Prova Discursiva de Conhecimentos Específicos foi de caráter eliminatório e classificatório e foi avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, considerando-se habilitado o candidato que obteve nota igual ou superior a 50 (cinquenta).

Volte ao topo

Prova de capacidade física

A Prova Prática de Capacidade Física foi somente para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança, sendo realizada na cidade de Curitiba – PR

  • Teste de flexo-extensão de cotovelos em suspensão na barra fixa (masculino);
  • Teste de flexo-extensão de cotovelos sobre o solo em apoio no banco (feminino);
  • Teste abdominal (masculino e feminino);
  • Teste de corrida de 12 minutos (masculino e feminino).

Concurso TRT PR: materiais gratuitos

Estude para concursos públicos com os materiais gratuitos do Gran Cursos Online. Acesse nossa página exclusiva e conheça:

  • E-books
  • Apostilas
  • Guias de estudos
  • Editais verticalizados e muito mais!

Volte ao topo

Resumo do Concurso TRT PR

Concurso TRT PR Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região
Situação atual Comissão formada
Banca organizadora A definir
Cargos Analista e Técnico Judiciário
Escolaridade Níveis médio e/ou superior
Carreiras Tribunais
Lotação Estado do Paraná
Número de vagas A definir
Remuneração Inicial de até R$ 8.803,97 (de acordo com o último edital)
Clique AQUI e confira o último edital TRT PR

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
0

5


Tudo que sabemos sobre:

comissão formada


Comentários (5)

Everton José Pena Abreu 30 de Janeiro de 2019

Precisa se ser advogado para se tentar cargo de analista ou se tiver curso superior em área da saude poderá tambem fazer a prova do TRT PR pra analista??

 Responder

AMANDA REZENDE COELHO 30 de Janeiro de 2019

Para o cargo de Analista Judiciário – área administrativa geralmente é exigido formação em qualquer curso de nível superior; para Analista Judiciário – área judiciária e oficial de justiça avaliador é exigido a formação em Direito; e para Analista Judiciário – áreas de apoio especializado é exigido o registro em seu conselho de classe (seja ele em Medicina, Psicologia). Dê um olhada em algum Edital de um concurso anterior que você vai entender melhor. Espero ter ajudado.

 Responder


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.