Edital IFTO saiu! Provas em outubro; até R$ 9,6 mil!

Edital IFTO foi lançado nesta segunda-feira (13)! As vagas são para professores e cargos técnico administrativos em educação. CONFIRA!

Deixe seu like:

Avatar


13/09/2021 | 13:30Atualizado há 219 dias

O edital IFTO está disponível! O certame prevê o preenchimento de 12 vagas, sendo: 8 para o cargo de professor da carreira de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico e 4 vagas para os cargos  técnico administrativos em educação. As inscrições serão feitas do dia 15 de setembro até o dia 04 de outubro de 2021.

O certame para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins, está sendo organizado por comissão própria. Confira aqui todas as informações pertinentes

Navegue pelo índice e fique por dentro de todos os detalhes do Edital IFTO:

Destaques:

Edital IFTO: remuneração e benefícios

As remunerações variam de acordo com os cargos ofertados no concurso. Confira:

Edital IFTO: professor Ensino Básico, Técnico e Tecnológico

O cargo é em regime de trabalho de 40 horas com dedicação exclusiva e as remunerações estão organizadas da seguinte maneira:

Titulação

Classe/nível Vencimento Básico Retribuição por titulação

Total

Graduação D I – 1 R$ 4.472,64

________________

R$ 4.472,64
Aperfeiçoamento D I – 1 R$ 4.472,64 R$ 447,26 R$ 4.919,90
Especialização D I – 1 R$ 4.472,64 R$ 894,53 R$ 5.367,17
Mestrado D I – 1 R$ 4.472,64 R$ 2.236,32 R$ 6.708,96
Doutorado  D I – 1 R$ 4.472,64 R$ 5.143,54 R$ 9.616,18

Além da remuneração, o servidor terá direito aos seguintes benefícios: auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escolar, saúde suplementar e outros.

Edital IFTO: Técnico-administrativo em educação

As remunerações neste caso, também são definidas de acordo com o cargo. A carga horária também é de 40h semanais, veja:

  • Nível/ classe D I – 1 R$ 2.446,96;
  • Nível/ classe E I – 1 R$ 4.180,66.

Esses servidores também terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escolar, saúde suplementar e outros.

Volte ao topo

Edital IFTO: Inscrições

Os interessados poderão inscrever-se entre os dias 15 de setembro e 04 de outubro de 2021, no site da banca no seguinte endereço eletrônico: http://portal.ifto.edu.br/editais/concurso/concurso-publico-para-professores-e-tecnicos-administrativos-2021. A prova será aplicada no dia 31 de outubro de 2021.

O valor da taxa de inscrição é variável de acordo com o cargo escolhido, ficando organizado da seguinte maneira:

  • Técnico-Administrativo – Nível D R$ 110,00
  • Técnico-Administrativo – Nível E R$ 150,00
  • Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico R$ 190,00

Volte ao topo

Edital IFTO: Cargos e vagas

Professor Ensino Básico Técnico e Tecnológico

  • Educação Física
  • Engenharia Mecânica com ênfase em Processos e Desenhos Industriais
  • Filosofia
  • História
  • Informática Geral
  • Química
  • Matemática

Técnico-administrativos em educação – Nível “E”

  • Auditor
  • Enfermeiro

Técnico-administrativos em educação – Nível “D”

  • Técnico de Laboratório: Área Informática
  • Técnico de Tecnologia da Informação

Edital IFTO: Carreira

Alguns dos requisitos básicos para a investidura nos cargos, são os seguintes:

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da posse.

Cada cargo têm um requisito específico e também a sua atribuição conforme elencado a seguir:

Edital IFTO: Requisitos

Educação Física

Licenciatura em Educação Física ou Bacharelado em Educação Física com Formação Pedagógica para Docente em conformidade com a
Resolução nº CNE/CBE 2/97.

Engenharia Mecânica com ênfase em Processos e Desenhos Industriais

Graduação em Engenharia Mecânica

Filosofia

Licenciatura em Filosofia ou Bacharelado em Filosofia com Formação Pedagógica para Docente em conformidade com a Resolução CNE/CBE nº 2/1997

História

Licenciatura em História ou Bacharelado em História com Formação Pedagógica para docente em História, em conformidade com a
Resolução CNE/CBE nº 2/1997

Informática Geral 

Graduação em Ciência da Computação ou Sistemas de Informação ou Processamento de Dados ou Engenharia da Computação ou Engenharia de Software ou Licenciatura em Computação ou Licenciatura em Informática ou Curso Superior de Tecnologia em Análise e
Desenvolvimento de Sistemas ou Tecnologia em Banco de Dados ou Tecnologia em Redes de Computadores ou Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação ou Tecnologia em Sistemas para Internet ou outras graduações no campo da Informática.

Química

Licenciatura em Ciências Exatas com habilitação em Química ou Licenciatura em Química ou Bacharelado em Química com Formação Pedagógica para Docente em conformidade com a Resolução CNE/CBE nº 2/1997 ou Bacharelado em Química Industrial com Formação
Pedagógica para Docente em conformidade com a Resolução CNE/CBE nº 2/1997.

Matemática

Licenciatura em Matemática ou Bacharelado em Matemática com complementação pedagógica em conformidade com a Resolução CNE/CEB nº 2/1997.

Auditor

Curso superior em Economia ou Direito ou Ciências Contábeis fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Enfermeiro

Curso Superior em Enfermagem e registro no conselho de classe competente.

Técnico de Laboratório: Área Informática

Ensino Médio Profissionalizante na área de informática ou Médio Completo + Curso Técnico de Informática.

Técnico de Tecnologia da Informação

Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio Completo acrescido de curso técnico na área de Tecnologia da Informação ou Eletrônica com ênfase em Sistemas Computacionais.

Edital IFTO: Atribuições

Cargos de professores

O edital prevê que as atribuições para os cargos de professores, estão dispostas na Lei nº 12.772, de 2012.

Auditor 

  • Realizar auditagem obedecendo a programas de auditoria previamente elaborada para identificar irregularidades;
  • acompanhar as execuções orçamentária, financeira e patrimonial; observar o cumprimento das normas, regulamentos, planos, programas, projetos e custos para assegurar o perfeito desenvolvimento da instituição;
  • identificar os problemas existentes no cumprimento das normas de controle interno relativos às administrações orçamentária, financeira e patrimonial e de pessoal;
  • elaborar relatórios parciais e globais de auditagem realizadas, assinalando as eventuais falhas encontradas para fornecer subsídios necessários à tomada de decisão;
  • emitir parecer sobre matéria de natureza orçamentária, financeira e patrimonial e de pessoal que foram submetidos a exames, estudando e analisando processos para subsidiar decisão superior;
  • utilizar recursos de informática;
  • executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional; e assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Enfermeiro

  • Prestar assistência ao paciente;
  • realizar consultas de enfermagem;
  • prescrever ações de enfermagem;
  • prestar assistência direta a pacientes graves;
  • realizar procedimentos de maior complexidade;
  • registrar observações, cuidados e procedimentos prestados;
  • analisar a assistência prestada pela equipe de enfermagem;
  • acompanhar a evolução clínica de pacientes;
  • desempenhar atividades de enfermagem: preparar e administrar medicamentos, fazer curativos simples, colher materiais para a realização de exames e executar tratamentos diversos;
  • padronizar normas e procedimentos de enfermagem; monitorar processo de trabalho;
  • aplicar métodos para avaliação de qualidade;
  • selecionar materiais e equipamentos;
  • levantar necessidades e problemas, diagnosticar situação, identificar áreas de risco, estabelecer prioridades e elaborar projetos de ação voltados à área da saúde e bem-estar;
  • participar de trabalhos de equipes multidisciplinares;
  • acionar equipe multiprofissional de saúde;
  • elaborar material educativo;
  • orientar participação da comunidade em ações educativas;
  • definir estratégias de promoção da saúde para situações e grupos específicos;
  • participar de campanhas de combate aos agravos da saúde;
  • orientar equipe para controle de infecção nas unidades;
  • participar de projetos e programas de saúde;
  • organizar o ambiente de trabalho e dar continuidade aos plantões;
  • assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão; e
  • assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico de Laboratório: Área Informática

  • Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos;
  • administrar ambientes informatizados elaborando documentação e estabelecer padrões de ambiente informatizado;
  • assegurar a observância aos padrões estabelecidos;
  • operar equipamentos de acordo com a necessidade da instituição;
  • efetuar levantamentos dos materiais necessários ao serviço;
  • zelar e manter organizados os materiais e equipamentos dos laboratórios de informática;
  • controlar a utilização e executar a manutenção dos equipamentos dos laboratórios de informática;
  • prestar suporte inclusive durante a realização das aulas;
  • zelar pelo cumprimento das normas e rotinas dos laboratórios; colaborar no planejamento, elaboração e avaliação dos projetos estruturais dos laboratórios;
  • auxiliar o corpo docente, no âmbito de sua área de competência, na elaboração de pareceres técnicos científicos, relativos à aquisição de novos equipamentos e materiais de consumo, assim como no diagnóstico das condições de operacionalidade do laboratório;
  • regular e monitorar o funcionamento dos equipamentos, mantendo‐ os em condições de uso;
  • responder pelo espaço físico e zelar pela economia do material e pela conservação do que for confiado à sua guarda ou utilização. manter atualizados os documentos relativos ao Plano de Atualização de Hardware e Software dos Laboratórios de Ensino;
  • assistir aos pesquisadores e docentes, na área de sua especialidade;
  • executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade; e
  • assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico de Tecnologia da Informação

  • Desenvolver sistemas e aplicações: desenvolver interface gráfica;
  • aplicar critérios ergonômicos de navegação em sistemas e aplicações;
  • montar estrutura de banco de dados; codificar programas;
  • prover sistemas de rotinas de segurança; compilar programas;
  • testar programas, aplicativos para instalação e gerenciamento de sistemas;
  • documentar sistemas e aplicações;
  • Realizar manutenção de sistemas e aplicações: alterar sistemas e aplicações;
  • alterar estrutura de armazenamento de dados;
  • atualizar informações gráficas e textuais;
  • converter sistemas e aplicações para outras linguagens ou plataformas;
  • atualizar documentações de sistemas e aplicações;
  • fornecer suporte técnico;
  • monitorar desempenho e performance de sistemas e aplicações;
  • implantar sistemas e aplicações;
  • instalar programas;
  • adaptar conteúdo para médias interativas;
  • homologar sistemas e aplicações junto a usuários;
  • treinar usuários;
  • verificar resultados obtidos;
  • avaliar objetivos e de projetos de sistemas e aplicações. Projetar sistemas e aplicações: identificar demanda de mercado;
  • coletar dados;
  • desenvolver leiaute de e relatórios;
    elaborar anteprojeto, projetos conceitual, lógico, estrutural, físico e gráfico;
  • definir critérios ergonômicos e de navegação em sistemas e aplicações;
  • definir interface de comunicação e interatividade;
  • elaborar croquis e desenhos para geração de programas;
  • projetar dispositivos, ferramentas e posicionamento de em máquinas;
  • dimensionar vida útil de sistema e aplicações;
  • modelar estrutura de banco de dados. Selecionar recursos de trabalho: selecionar metodologias de desenvolvimento de sistemas;
  • selecionar linguagem de programação;
  • selecionar ferramentas de desenvolvimento;
  • especificar configurações de máquinas e equipamentos (hardware);
  • especificar máquinas, ferramentas, acessórios e suprimentos; compor equipe técnica;
  • especificar recursos e estratégias de comunicação e comercialização;
  • solicitar consultoria técnica. Planejar etapas e ações de trabalho: definir cronograma de trabalho;
  • reunir-se com equipe de trabalho ou cliente;
  • definir padronizações de sistemas e aplicações;
  • especificar atividades e tarefas;
  • distribuir tarefas; e
  • assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Edital IFTO: Etapas

O certame será composto por duas etapas, para os cargos de professor e de uma etapa que é a prova objetiva para os demais cargos. Os professores precisaram fazer uma prova-prática de desempenho pedagógico. Acompanhe os detalhes:

Edital IFTO: Prova objetiva

A prova escrita constará de 50 (cinquenta) questões do tipo “múltipla escolha” com as opções A, B, C, D, E, com duração máxima de 4 (quatro) horas. O conteúdo cobrado para todos os cargos, será o seguinte:

Conhecimentos Básicos:

  • Língua Portuguesa
  • Fundamentos em Educação e Legislação
  • Informática Básica
  • TOTAL: 25 QUESTÕES – VALOR DE 1 PONTO CADA

Conhecimentos específicos:

  • Conferir conteúdo programático para cada cargo
  • TOTAL 25 QUESTÕES – VALOR DE 3 PONTOS CADA

A pontuação final da prova é 100 pontos. O candidato deverá acertar pelo menos 60% da prova para a aprovação.

Edital IFTO: Prova-prática de desempenho pedagógico

Serão convocados para a Prova Prática de Desempenho Didático-Pedagógico (DDP) somente os candidatos classificados na prova escrita. Os critérios de avaliação serão os seguintes:

Critérios 

pontuação

I – Plano de Aula: Elaboração e organização (apresentação, descrição, clareza), adequação dos objetivos ao conteúdo planejado, adequação dos processos de verificação de aprendizagem, citação das referências.  20
II – Introdução: Clareza, aspectos motivacionais, conexão entre o tema e outros conhecimentos (contextualização), exposição clara e precisa dos objetivos da aula.  10
III – Conteúdos: Domínio de conteúdo, utilização de exemplos e analogias, desenvoltura e segurança nas respostas aos questionamentos, coerência, adequação de vocabulário e termos técnicos.  20
IV – Procedimentos: Espontaneidade, movimentação, postura, dicção, tom de voz, autocontrole, manejo de classe, interatividade 20
V – Recursos: Adequação dos recursos didáticos às técnicas, aos objetivos e aos conteúdos propostos; momento de utilização dos recursos e seu uso adequado.  10
VI – Finalização: Capacidade de síntese, cumprimento das etapas previstas no plano, dosagem do conteúdo em relação ao tempo previsto. 10
VII – Avaliação: Utilização de procedimentos avaliativos, feedback. 10

TOTAL

100

A nota final da prova prática de desempenho didático-pedagógico será obtida pelos membros da banca examinadora. Será eliminado do concurso o candidato que não obtiver, no mínimo, 60 pontos.

Volte ao topo

Edital IFTO: materiais gratuitos

Estude para concursos públicos com os materiais gratuitos do Gran Cursos Online. Conheça a página exclusiva (CONFIRA AQUI):

  • E-books,
  • Apostilas,
  • Guias de estudos,
  • Editais verticalizados e muito mais!

Volte ao topo

Estude com o Gran Cursos e desfrute da assinatura ilimitada

O Gran Cursos Online oferece uma estrutura totalmente personalizada para quem deseja se preparar para concursos públicos. O aluno terá acesso a salas particulares com especialistas de vários segmentos para ter a melhor orientação e se sair muito bem nas provas. Além disso, será possível contar com simulados inéditos que de fato representam a realidade dos certames.

Isso sem falar dos recursos disponíveis, como: download das videoaulas e PDFs, resumos, questões, atualizações de conteúdo constantes conforme o edital e muito mais. Está esperando o que para se tornar um aluno do Gran e alcançar o cargo dos sonhos?

Edital IFTO: resumo

Edital IFTO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins
SITUAÇÃO ATUAL EDITAL PUBLICADO
Banca organizadora Comissão Própria
Cargos Professor
Técnico Administrativo
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Educação e Administrativa
Lotação Tocantins
Número de vagas 12 vagas
Remuneração de R$ 2.446,96 e R$ 9.616,18
Inscrições de 15/09/2021 a 04/10/2021
Taxa de inscrição de R$ 110 e R$ 190
Data da prova objetiva 31/10/2021
Clique aqui para ver o edital IFTO

 


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2021

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos! Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Deixe seu like:

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

Tudo que sabemos sobre:

concurso ifto edital ifto IFTO


Comentários (1)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.