#PergunteaoGG

#PergunteaoGG (8): Há alguma técnica que nos ajude a evitar a exaustão ao fazer provas?

#PergunteaoGG (8): Há alguma técnica de estudo que nos ajude a evitar a exaustão ao fazer provas?#PergunteaoGG (8)

Sabe-se que uma das estratégias da banca é cansar o candidato. Como podemos ficar ligados para não cair nessa armadilha da banca examinadora? Há alguma técnica que nos ajude a evitar a exaustão e a fazer a prova mais sossegados?

Adriana Castro, Porto Alegre – Rio Grande do Sul 

Olá, amiga Adriana!

Realmente, a banca examinadora é implacável com os candidatos que buscam a carreira pública. Para piorar, poucos concurseiros têm consciência de que o seu verdadeiro inimigo é ela, e não os demais inscritos no concurso em disputa.

Todas as bancas são cruéis com os candidatos. Quando este não é vencido pelo volume de conteúdos que é obrigado a estudar, fica exaurido por causa do exíguo prazo que costuma haver entre o edital e a prova. Isso sem falar do curto tempo de que os concorrentes dispõem para fazer as provas no dia do concurso. Não se engane: é tudo proposital, pensado para minar a energia do concursando.

Felizmente, porém, nem tudo está perdido nesse quesito. A melhor forma de driblar as armadilhas das bancas organizadoras de concurso é conhecer muito bem o perfil da que vai elaborar e aplicar as provas do seu.

Uma dica preciosa que já apresentamos aqui em nosso blog e nos artigos que publicamos é a de, pelo menos uma vez a cada quinze dias, estudar durante tempo equivalente ao da prova. Se o edital já estiver na praça, o ideal é fazer isso no turno em que a prova será aplicada. Assim, o candidato vai se preparando para enfrentar as exatas condições que enfrentará no dia D.

Vou exemplificar. Como você já sabe, o candidato precavido precisa estar bem-informado sobre detalhes da prova. Se o edital do concurso prescreve que ela terá duração de 4 horas e 30 minutos, o estudante deve disparar o cronômetro assim que abrir os livros ou apostilas e só interromper o estudo depois de 270 minutos. Caso a prova esteja agendada para uma manhã de domingo, com início previsto para as 8 horas, então o concurseiro deve tirar algumas manhãs de domingo para simular a realização da prova. Fazendo isso, ele adquire o condicionamento do corpo e da mente para enfrentar o grande dia.

Na prática, podemos comparar esse método com o adotado por um atleta que se prepara para uma corrida de vinte quilômetros que começará às seis horas da manhã. Se ele não treinar diversas vezes em condições idênticas às do dia da prova, dificilmente estará apto a ter sucesso absoluto na competição.

Em síntese, Adriana, tudo na vida pode ser resolvido com preparação adequada, treinamento e merecimento.

Para concluir, compartilho com você um ensinamento do sábio Confúcio: “Ouço, esqueço. Vejo, entendo. Faço, aprendo”.

Bons estudos e GRAN sucesso,


Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e fundador do Gran Cursos Online e da GG Educacional. Sempre soube que a sua missão de vida era ser empreendedor. Por força do destino, ingressou no mercado de concursos muito novo, há mais de 10 anos. Acumulou experiências de grande valia ao acompanhar as atividades empresariais de seus pais, ambos ex-servidores com quase 3 décadas de experiência no mercado de concursos. Em 2013, decidiu que queria montar sua própria empresa e convidou o amigo Rodrigo Calado, também muito experiente na área, para ser o seu sócio. Nasceu ali a GG Educacional, uma organização totalmente dedicada à educação a distância, cujo lema é: “Ensino aliado à tecnologia”. Esse foco, em conjunto com o trabalho de colaboradores e professores dedicados e altamente especializados, resultou em crescimento exponencial ao longo dos últimos 2 anos. Atualmente, o Gran Cursos Online, principal marca da empresa, está entre as maiores do País e é referência em sua esfera de atuação.

É formado em Administração e Marketing pela New York University Stern School of Business, instituição de grande destaque no mundo corporativo. Nela, estudaram empreendedores de sucesso, como Jack Dorsey (fundador do Twitter) e John Paulson (fundador e presidente de um dos maiores fundos de investimento do mundo). Lá, participou de projetos desafiadores, interagindo com alunos do mundo inteiro e de visões muito diferentes da sua. Essa educação global e empreendedora hoje faz parte do DNA de Gabriel e da empresa que ele lidera, onde busca oferecer aos alunos o que há de melhor; tudo para ajudá-los a atingir os seus objetivos e a mudar de vida.

Cheguei Lá

1 comentário

1 Comentário

  1. Luana Crislene

    07/08/2017 10:19 em 10:19

    Dica simples, mas verdadeira. Uma vez que vc treina continuamente sua mente e corpo para as situações em q vc irá enfrentar, no dia, a prova se torna apenas um dia a mais d treino, já q está acostumada com o ritmo. Assim, a prova não te assusta.

    Só complementando… Algo q eu faço durante a prova é beber constantemente agua e ir ao banheiro sempre q o corpo e mente cansarem. Lá no banheiro eu lavo o rosto e faço alongamento. Ajuda bastante a aguentar o looooongo tempo preso à cadeira #FicaDica!!!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo