Histórico do ITIL

Avatar


31/05/2021 | 18:07 Atualizado há 352 dias

Olá meu querido aluno(a),

Hoje vamos falar sobre o histórico do ITIL V3. Apesar de já termos o ITIL V4 na praça, muitas bancas seguem cobrando  a versão 3. Como exemplo, podemos citar a banco IADES. Eles cobraram tanto o V3 como V4 para a prova do BRB.

Bem o ITIL nasce em 1989. Ele foi criado pelo CCTA (Central Computer and Telecommunications Agency), a partir de um pedido do governo britânico que estava preocupado com o nível de qualidade dos serviços de TI.

Alguns anos depois, a partir de 2000, o OGC (Office of Government Commerce) passou a ser o guardião da ITIL, ou seja, passou a ser responsável pela sua evolução e divulgação. Até esse momento o que se tinha era a primeira versão do ITIL.

A versão 1 do ITIL era composta por 31 livros! Por isso, nada mais justo que chamar a ITIL de biblioteca (Library). A versão V2, reduziu a quantidade de livros para 9 e tinha como foco os processos.

Em 2007, acorreu uma grande mudança. A versão 3 da ITIL é lançada e a grande inovação foi a introdução do ciclo de vida do serviço. Ao invés de focar nos processos como na ITIL V2, agora o existia uma visão mais global dos serviços de TI: o Ciclo de vida do Serviço. A versão 3 tem apenas 5 livros principais, um livro para cada etapa do ciclo de vida do serviço.

Em 2010, como resultado da reorganização do governo do Reino Unido, a ITIL passou a ser de responsabilidade do Cabinet Office (Gabinete Oficial). Em 2011, foi publicada uma atualização da ITIL V3 (chamada de ITIL 2011) pelo TSO (The Stationery Office) que é a editora dos volumes da ITIL vinculada ao Cabinet Office.

A versão 2011 buscou corrigir alguns erros e inconsistências e também incorporou sugestões de melhoria apresentadas pela comunidade. Além disso, foram adicionados dois processos.

Até pouco tempo atrás não se falava mais em versões do ITIL. Nem mesmo “ITIL V3 2011”. O termo correto era apenas  ITIL, porque se pensava que essa seria a versão definitiva. Contudo, surgiu a versão V4.

Embora a ITIL tenha sido criado originalmente pelo CCTA, uma agência de governo do Reino Unido, atualmente ela é adotada e usada em todo o mundo como o padrão de fato para as melhores práticas na prestação de serviços de TI.

Vale lembrar que o ITIL é um framework público e isso quer dizer que não é necessário pagar e nem solicitar autorização para utilizá-lo.

Existem diversos motivos para escolher o ITIL.  Por exemplo,

  • Permite a implantação de mudanças de forma mais segura e consistente;
  • Reduz o tem “apagando incêndios”;
  • Reduz problemas repetitivos;
  • Permite gerenciar o desempenho dos provedores de serviços terceirizados.

Por isso, muito as empresas investiram pesado na implantação do ITIL V3. Na verdade, muitas delas ainda estão em fase de implantação. Por isso, teoricamente, devemos ainda esperar que muitas bancas cobrem ainda o ITIL V3, pois é a realidade dos órgãos.

Para mais conteúdo como esse siga-me nas redes sociais:

Instagram.com

Avatar

Professor do Gran Cursos Online
0

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.