BPM CBOK V3.0

Conheça o Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócios – Corpo Comum de Conhecimento BPM CBOK V3.0

Fernando Escobar


11 de Junho de 2020 3 min. de leitura

Olá, Concurseiro/a!

Com o post de hoje, quero abordar um assunto “novo” – novo, pelo menos, nas temáticas de meus posts aqui no Blog do Gran.  Vamos falar sobre o gerenciamento de processos de negócios (BPM), com seu conteúdo materializado no Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócios – Corpo Comum de Conhecimento BPM CBOK V3.0.  O guia CBOK é a referência mais cobrada nos editais de concursos para a temática de Gerenciamento de Processos de Negócios.

O BPM CBOK é publicado pela ABPMP – Association of Business Process Management Professionals.  Contudo, conforme destacado no Prefácio do guia, “o BPM CBOK V3.0 em português é uma versão ajustada e ampliada do BPM CBOK V3.0 em inglês”. Essa ressalva já diferencia o CBOK de outros “bok’s” do mercado. Ela é baseada na premissa de que a aplicação de BPM depende do contexto (por isso precisa ser “tropicalizada”). Ou seja, embora o QUÊ seja de comum acordo, o COMO depende de ONDE. Por isso, o BPM CBOK V3.0 em português foi preparado para o contexto e as necessidades de aplicação de BPM no Brasil.

Definições

Nessa seção, antes de avançarmos, vou compartilhar alguns conceitos.  Vamos lá:

  • BPM é uma disciplina gerencial que integra estratégias e objetivos de uma organização com expectativas e necessidades de clientes, por meio do foco em processos ponta a ponta. BPM engloba estratégias, objetivos, cultura, estruturas organizacionais, papéis, políticas, métodos e tecnologias. Tudo isso para analisar, desenhar, implementar, gerenciar desempenho, transformar e estabelecer a governança de processos.
  • Processo é uma agregação de atividades e comportamentos executados por humanos ou máquinas para alcançar um ou mais resultados.
  • Processo de negócio é um trabalho que entrega valor para os clientes ou apoia / gerencia outros processos.

Estrutura (capítulos e áreas de conhecimento)

Primeiramente, o CBOK V3.0 está organizado em 10 capítulos, sendo que o primeiro é apenas introdutório à temática. Na sequência, os capítulos de 2 a 10 do CBOK tratam as áreas de conhecimento de BPM e cada área pode ser entendida de forma independente.  Vamos à elas (com os nomes das áreas de conhecimento destacados em negrito):

Perspectiva de Processos

O capítulo 2, Gerenciamento de Processos de Negócio, concentra-se nos conceitos de BPM, tais como definições-chave, processo ponta a ponta, valor para o cliente, o ponto em que processo e função se juntam e a natureza do trabalho interfuncional da abordagem de BPM.

Continuando, o capítulo 3, Modelagem de processos, inclui um conjunto-chave de habilidades e técnicas que possibilitam às pessoas compreender, formalizar e comunicar os principais componentes de processos de negócio. Do mesmo modo, também são apresentadas as notações de modelagem, com destaque para o BPMN.

O capítulo 4, Análise de processos, envolve a compreensão de processos de negócio, incluindo sua eficiência e eficácia, para atendimento dos objetivos para os quais foram desenhados. Nesse sentido, o foco é compreender os processos atuais (que chamamos de AS-IS).

Avançando, o capítulo 5, Desenho de processos, aborda a concepção de novos processos de negócio e a especificação de como esses funcionarão, serão medidos, controlados e gerenciados. Em outras palavras, o objetivo é criar o modelo futuro de processos de negócio (que chamamos de TO-BE).

No capítulo 6, Gerenciamento de desempenho de processos, é tratado o monitoramento formal e planejado da execução de processos e o acompanhamento do desempenho, com o objetivo de apurar a eficiência e eficácia dos processos.

Na sequência, no capítulo 7, é abordada a Transformação de processos, onde é discorrido sobre mudanças em processos; sendo apresentadas e discutidas várias abordagens como melhoria, redesenho, reengenharia e mudança de paradigma.

Perspectiva organizacional

Entretanto, saindo da perspectiva de processos e migrando para a perspectiva organizacional, o capítulo 8 trata da Organização do gerenciamento de processos. Nele, são endereçados papéis, responsabilidades e estrutura organizacional para prover suporte a organizações orientadas por processos.

Juntamente com essa perspectiva, o capítulo 9, Gerenciamento corporativo de processos, é dirigido pela necessidade de maximizar os resultados de processos para garantir alinhamento das estratégias de negócio com o foco do cliente e demais partes interessadas.

Por fim, e sendo a fundação do BPM, temos o capítulo 10, Tecnologias de BPM. Nele, são discutidas as tecnologias para apoiar a modelagem, análise, desenho, execução e monitoramento de processos de negócio; tais tecnologias incluem o conjunto de aplicações, pacotes, ferramentas de desenvolvimento, infraestrutura tecnológica e armazenamento de dados e informações.

Ufa! É bastante conteúdo, mas com a correta sistematização, exemplos e resolução de questões, como faço em minhas aulas gravadas, fica mais palatável e absorvível para você.  Por falar nas aulas, elas são fundamentadas no CBOK, abordando TODOS os 10 capítulos e TODAS as 9 áreas de conhecimento, para que você tenha o melhor e o mais completo material. Complementarmente, temos nossos Simulados, nossos artigos aqui, além dos Intensivos e das entradas ao vivo no Youtube.  O Gran oferece todo um arcabouço para que você se prepare adequadamente para as provas.

No próximo post de BPM, vou detalhar para você como as bancas costumam cobrar essa disciplina nas provas.

Fique com a gente e bons estudos!

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

Comece a estudar no Gran Cursos

Depoimentos relacionados

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Ygor Bruno Silva é de Caruaru, cidade localizada no estado de Pernambuco, e foi aprovado, em 2º lugar, na Residência…

A estabilidade que a carreira pública proporciona foi o grande atrativo que Weberti Silva teve para começar a estudar para…

A estabilidade profissional e financeira foi o que levou Pedro J. a buscar com tanto afinco a carreira pública e…

O sonho de ser policial desde criança, fez com que Maria C. firmasse um compromisso de estudos diariamente desde 2018…

Em busca de estabilidade e para dar um futuro melhor para esposa e filha, Regis B. estudou bastante para ser…

Fernando Escobar

Analista de TI no TRF 1 e professor de Governança, Gestão de TI nas Organizações Públicas e Gestão de Projetos

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *