Conciliando os estudos com a maternidade, Camila Passoli conseguiu ser aprovada no TJSP

Avatar


08/09/2017 | 05:25 Atualizado há 1651 dias

Concurso público é, além de uma prova para um cargo público de trabalho, um teste de habilidades psicológicas, onde cada novo desafio é uma batalha consigo mesmo. A recém-aprovada do concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) Camila Passoli decidiu enfrentar os desafios de um certame, mas também de si mesma. “A conquista de um sonho é um processo de autoconhecimento”, acredita a futura servidora. “Quando escolhemos nos dedicar aos estudos, devemos, antes de qualquer coisa, ter a certeza e a determinação de que isso é realmente o que desejamos conquistar”.

Para ela, o real conflito era com quem via diante do espelho e, por saber disso, usou as melhores ferramentas que tinha em mãos para alcançar a aprovação. “A conquista é certa, pois o verdadeiro embate, independentemente dos milhares de inscritos, é entre o candidato e a prova, apenas”.

Camila decidiu deixar o emprego público que exercia em uma autarquia palista para dedicar-se melhor aos estudos e à família, principalmente com o nascimento da filha, hoje com dois anos. “A sua chegada foi um ponto de transformação em minha vida. Certamente me impulsionou a essa conquista”, destaca. “Mas, não é fácil conciliar os estudos com a maternidade”, confessa.

A aprovada Camila Passoli e a filha de dois anos

A aprovada Camila Passoli e a filha de dois anos

Para dar conta da preparação para concursos e das atividades diárias, ela precisou flexibilizar horários e abrir mão de períodos de descanso. “Minha rotina de estudos era (e ainda é) muito complicada. Eu buscava aproveitar os mais variados momentos, ainda que fossem curtos, para estar em contato com as disciplinas exigidas”, lembra. “Muitas vezes, minha rotina de estudos começava quando todos dormiam. Eram pelo menos duas ou três horas ininterruptas nas quais eu mantinha qualidade de concentração”.

A preparação para o TJ SP começou quatro meses antes da prova, embora estivesse estudando para outros concursos. “Considerando que o certame fora dividido em três blocos distintos, fiz o mesmo para dividir melhor o meu tempo de estudo. Para mim, a melhor maneira de reter o conhecimento específico desse concurso foi o ciclo ‘aprender-revisar-praticar”, conta. “Percebi que meu rendimento se elevou consideravelmente quando eu seguia esses passos categoricamente. Minha atenção se redobrava quando os erros aconteciam e, incrivelmente, a minha memória era estimulada. Ainda me recordo de inúmeros pontos, de diversas matérias, que aproveitarei em certames futuros”, completa.

Com esse método de estudo, Camila viu no Gran Cursos Online um facilitador para a sua preparação. “O Gran Cursos Online me apresentou um formato muito objetivo de estudos. Confesso que, muitas vezes, me perdia em assuntos considerados longos e complexos. A formatação das videoaulas em 30 minutos do Gran Cursos Online me permitia iniciar e concluir um processo de conhecimento ao longo do meu dia, já que a minha rotina era particionada. Eu sabia que cada minuto do meu tempo era precioso e, as aulas, conciliadas aos PDFs e slides, me davam informações que seriam postas em prática facilmente”, aponta.

Durante a jornada, a futura servidora também aprendeu outras coisas, além do conteúdo da prova. “Eu descobri que não é a quantidade de horas de estudos que faz do candidato um potencial aprovado,  e sim, a qualidade desse tempo”, diz. Ela percebeu que não adianta estar em contato com a disciplina. Deve-se ir além. “É preciso colocar a sua mente sob o desafio de ser testada e a nossa mente gosta de ser testada. Dessa forma, ela organiza a informação e a torna latente”, explica.

Para testar o conteúdo, nada melhor do que resolver muitas questões. “É importante que haja uma rotina de exercícios a cada tópico estudado e que maior atenção seja dedicada aos erros produzidos”, sugere. Assim, torna-se mais fácil aprimorar todo o conhecimento. “Ciclicamente, a mente se tornará mais afiada e determinada a não cometer os mesmos erros”.

Camila ainda acredita que a mente também precisa ser instruída da melhor maneira possível para o grande dia. “É necessário prepará-la para o estresse da prova. De nada adianta se não prepararmos a nossa mente e o nosso corpo para um exame de quatro ou cinco horas ininterruptas. Essa antecipação é fundamental para a emoção não atropelar a razão no dia da prova”, argumenta.

Com o foco bem definido, a cada etapa, a concurseira ganhava mais força para continuar. “As dificuldades sempre existirão, mas, apenas para os cientes de seus objetivos, as dificuldades não atrapalharão”, defende. “A cada tentativa, nos fortalecemos e nos tornamos mais focados”, completa ela, que hoje aguarda ser chamada para assumir o cargo que batalhou para conquistar.

Você foi aprovado em algum concurso com a ajuda do Gran Cursos Online? Parabéns! Responda aqui ao nosso questionário online e compartilhe a sua história de sucesso!

Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

​​

[su_button url=”https://www.grancursosonline.com.br/” target=”blank” style=”flat” background=”#ff0000″ size=”7″ icon=”icon: shopping-cart”]Matricule-se![/su_button]
 

garantia-de-satisfacao-30

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
0

0


Tudo que sabemos sobre:

cheguei-lá Projeto Cheguei Lá


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.