Cheguei Lá

Com resiliência e equilíbrio, Márcia Portela garantiu uma vaga no TRT-2! Confira!

A aprovada no Tribunal Regional do Trabalho da segunda região Márcia Portela, natural de um pequeno distrito no interior do Ceará chamado Araquém, iniciou sua trajetória no universo dos concursos públicos no início de 2015. Segundo ela, foi uma das decisões mais acertadas de sua vida. Sua caminhada rumo à aprovação foi gradual e, já nos primeiros seis meses de estudo, ela alcançou sua primeira aprovação em uma seleção pública em seu estado para o cargo de Professora Técnica em uma escola profissionalizante. Já trabalhando no serviço público, com mais tempo disponível e mais disposição para alçar vôos maiores, ela prosseguiu nos estudos e no ano seguinte foi aprovada para o cargo de Auditor Fiscal de Tributos no concurso municipal de Tianguá, cidade onde onde mora desde a tenra infância. Apesar das aprovações em certames menores, Márcia continuou com sua rotina de estudos e finalmente, em 2018, conseguiu alcançar sua tão esperada aprovação para o cargo de Técnico Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da segunda região.

Ela conta que sua rotina de estudos quase sempre foi conciliada com o trabalho e atividades domésticas, o que a exigia muita organização e dedicação, pois além de poucas horas disponíveis para o estudo, ainda existia o cansaço e a vontade de estar com seus familiares. Portanto, segundo ela, precisou inúmeras vezes renunciar à vida social e aos convites atrativos para saídas e programas que iriam dificultar sua progressão rumo à aprovação. Além disso, a aluna reforça que seguiu essa rotina exaustiva de trabalho e estudos por três anos, quando decidiu deixar seu trabalho e dedicar-se integralmente aos estudos. O resultado foi além da expectativa, em menos de seis meses obteve sua aprovação no TRT.

Apesar de sua história de sucesso, sua rotina foi bastante cansativa durante alguns anos. Márcia reforça que um planejamento coeso, realista e conciso de estudos e o respeito aos seus limites físicos são quesitos imprescindíveis para qualquer concurseiro. Nas palavras da aprovada, “É fundamental fazer um bom planejamento, enquadrando todas as atividades essenciais do seu dia, para identificar com quantas horas efetivamente se pode contar para o estudo. No meu caso, eram aproximadamente três horas durante a semana e, aproximadamente, 16 aos fins de semana. Chegava do trabalho perto das 18h, preparava o jantar, fazia uma limpeza básica na casa e iniciava os estudos perto das 20h e ia até as 23h. As vezes me estendia até a meia noite ou pouco mais, mas não fazia isso com frequência, pois precisava levantar cedo para ir ao trabalho e eu, particularmente, não funciono sem uma noite de pelo menos 6 horas de sono. Experimentei por algum tempo dormir apenas 3 horas por noite para ter mais horas de estudo, mas os efeitos foram desastrosos: comecei a ter terríveis lapsos de memória, portanto conclui que mesmo que demorassem muitos anos para ter resultados não iria neglicenciar meu sono mínimo.”

Para a aluna, o estudo em ciclos se fez necessário e, para algumas matérias como Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, ela conta que dedicava um tempo maior. A dinamicidade das videoaulas do Gran Cursos Online e a forma didática que os professores abordam o conteúdo também foram essenciais para fugir um pouco do método tradicional de estudos, segundo ela. Em suas próprias palavras, “Meu estudo passou por várias fases: a de ler e fazer extensos resumos, a de ver bastantes aulas em vídeo, e finalmente a de resolver bastantes questões e ler muito a lei seca, dessa forma reforçava e relembrava o conteúdo. Quando o cansaço batia as videoaulas eram essenciais, pois eram uma forma mais descontraída de revisar e exercitar. E nisso os professores do Gran Cursos Online são fantásticos: repassam a matéria de forma leve, descontraída, sem ignorar o importante e a qualidade.”

Apesar das aprovações, a jornada de concurseira ainda não acabou para Márcia. Segundo ela, pretende continuar estudando para os certames dos TRT’s da região nordeste para ficar mais próxima de seus familiares que moram no Ceará.

Ela ainda deixa algumas dicas para aqueles que, assim como ela, desejam alcançar a tão sonhada aprovação, “…uma dica que considero primordial para quem está começando é: tenha certeza de que é isso que quer e de qual área no serviço público lhe atrai. Uma vez isso esclarecido, não dê atenção aos boatos pessimistas ao redor do assunto concursos públicos, pois se eu tivesse escutado os agouros ditos em 2015 nem teria começado a estudar. Procure informações verídicas, sérias e com fundamentos, pois seu futuro depende disso. Um segundo conselho é que faça um plano organizado, escrito e siga-o com disciplina e perseverança.”

Por fim, Márcia deixa uma mensagem de motivação para os desejam seguir o mesmo caminho que ela:

“Só não colhe quem não planta, então se você plantar (mesmo que entre lágrimas, como diz o Salmista) haverá de colher com alegria a sua aprovação. Não desistir e reavaliar constantemente seu método são os segredos do êxito. Confie em Deus (que só quer o melhor para nós, e portanto será na hora Dele, que é a certa) e confie em você, na sua capacidade e no seu coração que lhe direcionou para esse sonho.”

Você foi aprovado em algum concurso com a ajuda do Gran Cursos Online? Parabéns! Responda aqui ao nosso questionário online e compartilhe a sua história de sucesso!

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2018: confira aqui os certames previstos ainda para este ano!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para o próximo ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 800.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Cheguei Lá

2 Comentários

2 Comentários

  1. Ana karine

    06/11/2018 02:16 em 02:16

    Meus parabéns Marcia 👏👏, estou no caminho ….

  2. Vivian

    10/11/2018 15:16 em 15:16

    Parabéns! Bonita história! 🙂

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo