Como estudar lei seca

O estudo da lei é um tema muito importante na sua preparação para o concurso público. Ler a lei pode ser o diferencial entre sua aprovação ou reprovação. Vale lembrar que a lei é a fonte máxima do direito, da qual surgem as interpretações dos estudiosos (o que chamamos de doutrinas), além de servir de base para todo nosso ordenamento jurídico. Porém, a leitura da lei não é uma tarefa simples.

Algumas leis possuem conteúdo mais extenso do que outras, algumas também foram redigidas há uma determinada quantidade de anos, e existem aquelas que possuem uma linguagem um tanto quanto difícil aos iniciantes que se aventuram em descobrir seus segredos. Mas o fato é que, mesmo que sua leitura possa se tornar um processo complicado, a persistência deve prevalecer, pois, além de serem essenciais para a devida compreensão do tema estudado, muitas bancas examinadoras têm o costume de cobrar lei seca em seus enunciados, o que, por si só, já justificaria este esforço.

Só que a leitura da lei seca não deve nem precisa ser encarada como um martírio. Ler a lei é uma rotina prazerosa ao operador jurídico, e assim que deve ser encarada, e aqui vamos dar dicas de como fazer a leitura, que em um primeiro momento, poderia ser vista como um trabalho digno de herói, se tornar algo como uma boa rotina de domingo.

Primeiro: devemos buscar um conteúdo atualizado. A leitura sempre deve estar focada na mais recente atualização legislativa, e você consegue isso de maneira fácil e de graça. Como? Vou dar um exemplo. Vamos fingir que estou buscando a Lei de Drogas (Lei n. 11.343/2006), eu vou no Google, e coloco no buscador: “Lei de Drogas PLANALTO”. Pronto. Na reposta da busca vai aparecer como primeira opção o seguinte endereço: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11343.htm, que é o link ao qual a Lei de Drogas está relacionado na plataforma do Planalto, em que estão publicadas, de forma atualizada, todas as leis de nosso país. É um endereço oficial e gratuito. Ainda, se tiver condições, vale a pena imprimir a lei.

Segundo: evite fazer a leitura de leis extensas de uma vez só. Estude mais de uma matéria por dia para evitar a fadiga mental. Algumas leis possuem muitas páginas e redações complexas. Uma leitura de one shot do conteúdo te levará ao cansaço e, posteriormente, à frustração. Para evitar isso, reparta o material em partes pequenas, lendo cada parte durante um tempo, e casando a leitura com outros conteúdos. Você não deve estudar apenas uma matéria por dia, assim como não deve ler apenas uma lei por dia (exceto se seu tamanho for irrisório). Lembre-se: ler a lei não é igual a ler um romance.

Terceiro: faça apontamentos. Destaque os trechos mais importantes da legislação. Faça links com o assunto relacionado que está estudando. Volte à leitura quando se deparar com alguma questão que tenha referência. Grife, abuse de marca-textos, faça anotações, o melhor que puder para que o conteúdo se torne cada vez mais familiar.

Quarto: determine um tempo máximo de três minutos por página na primeira leitura. Você não deve desperdiçar seu tempo no primeiro contato com a lei, pois ainda está tendo acesso a ela, conhecendo seus segredos, e não fazendo uma necrópsia. A primeira leitura deve ser feita de forma superficial, dando destaque às partes mais importantes. Não se deve parar a cada segundo para buscar informações sobre o conteúdo que está lendo. A leitura aprofundada com um estudo mais cuidadoso deve ser reservada a um momento posterior, quando já se tem uma maior noção do conteúdo.

Quinto: crie um hábito. Um hábito vence o medo, o cansaço e o desespero. E o maior aliado do hábito é a repetição. Reserve um tempo de seu estudo para leitura de lei seca e honre este compromisso. Coloque-o em sua rotina. Faça disso uma regra, e, com o tempo, verá não só resultados mais expressivos, como também um prazer nessa prática.

Com esses passos, pode acreditar que a leitura de lei ficará mais fácil. Porém essas dicas são apenas o caminho, compete a cada um de vocês segui-lo e traçar esta trajetória, que os colocará cada vez mais próximos de sua aprovação.

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos

Notícias Relacionadas

Thiago Paixão
Delegado de Polícia Civil do Distrito Federal. Coach e professor de Direito Processual Penal.
1 comentário

1 Comentário

  1. Daniele

    25/04/2020 09:18em09:18

    Bom dia! Muito bom o conteúdo desse artigo. Me ajudou principalmente na parte de dividir a lei e fazer a primeira leitura de forma menos aprofundada. Obrigada, vou tentar e tentar e tentar. Só não posso desistir!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo