Concurso DPDF: Tribunal de Contas solicita retificação no edital

TCDF solicitou que o edital do Concurso DPDF passe por seis mudanças pontuais. Saiba abaixo quais são elas.

O Tribunal de Contas do Distrito Federal solicitou para a Defensoria Pública do Distrito Federal que sejam realizadas algumas mudanças no edital publicado recentemente (Concurso DPDF). Nada que possa suspender a realização do certame, mas para que possa tornar ainda mais claro o entendimento de alguns pontos que ficaram truncados no edital DPDF.

A Defensoria Pública tem o prazo de dez dias para fazer os ajustes necessários.

De acordo com o relator, foram solicitadas as seguintes retificações:

  1. Deixar mais clara qual é a área de atuação para o Cargo 1, referente a área de Direito e Legislação. Isso porque a Lei 4.513/2010 prevê três áreas de atuação para essa área: judiciária, de apoio especializado e administrativa. Assim, pediu-se o ajuste aos termos daquela lei;
  2. Reservar uma das 3 vagas ao cargo de Informática/Redes para o candidato negro, em razão de arredondamento para cima quando da aplicação dos 20% sobre as vagas;
  3. Retirar do edital a possibilidade de moradores de uma mesma residência pleitear por fazer provas em um mesmo local. Isso por conta da inconstitucionalidade da Lei 5760/2016;
  4. Acrescentar no edital a disposição destinada ao candidato que necessitar de atendimento diferenciado por motivos religiosos, algo que está previsto na Lei 44949/2012, que garante ao candidato que alegar convicção religiosa, sala reservada para aguardar o término do horário impeditivo;
  5. Retirar do edital o trecho em que afirma que os candidatos que não tenham sido classificados entre o quantitativo de vagas não podem ser considerados eliminador, conforme Lei 6488/2020. Entretanto, o Judiciário declarou a inconstitucionalidade da lei; e
  6. Destacar quais serão as datas prováveis para admissão no cargo, deixando o cronograma claro de previsão das nomeações.

Clique AQUI e leia todo o relatório

Ao todo, o Concurso DPDF ofertará 60 vagas imediatas para o cargo de Analista de Apoio à Assistência Jurídica para 13 especialidades diferentes! As remunerações iniciais são de R$ 5.241,22, todas para cargos de nível superior.

O certame será organizado pela banca Cebraspe, com inscrições abertas a partir do dia 15 de setembro e vai até o dia 05 de outubro de 2020. A taxa será de R$ 101,87. As provas estão previstas para o dia 08 de novembro de 2020, nos períodos matutino e vespertino.

Quer saber mais sobre o Concurso DPDF? Clique AQUI e saiba mais

Resumo do concurso DPDF

Concurso Defensoria Pública do Distrito Federal (concurso DPDF)
Banca organizadora CEBRASPE
Cargos Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Diversas especialidades
Escolaridade Nível superior
Carreiras Administrativa e Jurídica
Lotação Distrito Federal
Número de vagas 60 + CR
Remuneração De R$ 5.241,22 (Inicial) a R$ 7.807,26 (final)
Inscrições de 15/09/2020 a 05/10/2020
Taxa de inscrição R$ 101,87
Data da prova objetiva 08/11/2020
Link do edital Clique aqui e confira o edital
Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos

Notícias Relacionadas

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo