Concurso DPDF: comissão instituída! Edital com 60 vagas!

Concurso DPDF pode ter edital publicado em 2020! Órgão possui mais de 220 cargos vagos!

Um novo concurso público irá acontecer para a Defensoria Pública do Distrito Federal. Já foram escolhidos os nomes dos membros da comissão organizadora e fiscalizadora do novo concurso DPDF.

Anteriormente, no dia 21 de janeiro de 2020, a autorização foi publicada no Diário Oficial da Distrito Federal. O documento indica que o edital para servidores irá contemplar 60 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva no cargo de Analista de Apoio à Assistência Judiciária (exige nível superior).

A equipe de comunicação do Gran Cursos Online está em contato com a assessoria do órgão para obter mais informações a respeito do novo edital DPDF.

Navegue pela matéria utilizando o índice abaixo:

 

Situação atual

COMISSÃO FORMADA

No dia 27 de janeiro de 2020 foi publicado, no Diário Oficial do Distrito Federal, uma nova portaria com a relação dos nomes dos designados a fazer parte da comissão organizadora e fiscalizadora do novo concurso DPDF.

Os membros são:

  • Guilherme Lúcio de Moraes (presidente);
  • Gabriel Morgado da Fonseca;
  • Luís Henrique Neves Gonzaga Marques.

Veja o instrumento normativo logo abaixo:

Concurso DPDF: comissão organizadora e fiscalizadora.

Concurso DPDF: comissão organizadora e fiscalizadora.

AUTORIZAÇÃO DO CONCURSO

Confira  o documento na íntegra, divulgado na edição do dia 21 de janeiro de 2020, com a autorização para a realização de concurso público para recomposição do quadro de servidores da Defensoria Pública.

Concurso DPDF: autorização.

Concurso DPDF: autorização. (21/01/2020)

Os professores Vandré Amorim e Lídia Marangon realizaram um evento exclusivo sobre a novidade, trazendo ponto a ponto, dos principais detalhes que você precisa saber da autorização do novo edital DPDF.

[VÍDEO] Plantão DPDF 2020: concurso para Analista autorizado!

Remunerações e benefícios

A remuneração dos profissionais é composta pelo vencimento básico e pela gratificação judiciária – GJ, no valor de R$ 600,00, sendo exclusiva para os servidores da respectiva carreira e que atuem nas unidades do CEAJUR.

No início da carreira, o profissional irá receber o vencimento de R$ 4.641,22 e no topo da carreira pode ter R$ 7.207,26.

Veja abaixo a progressão salarial dos servidores.

concurso dpdf vencimentos analista

Concurso DPDF: vencimentos para Analista.

Confira essas informações no site oficial da Secretaria de Economia do Governo do Distrito Federal (www.seplag.df.gov.br/assistencia-judiciaria/).

Cargos e vagas

Foram autorizadas para provimento o quantitativo de 60 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva para o cargo de Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Diversas especialidades.

Quadro de pessoal e déficit

De acordo com o Portal da Transparência, consultado no dia 21 de janeiro de 2020, há muitas vacâncias dentro do órgão. Confira abaixo:

Cargos (situação)Quantitativo
Total301
Ocupados75
Vagos226

Carreira

O servidor poderá progredir na carreira de Apoio à Assistência Judiciária mediante progressão e promoção. O intervalo/interstício será de, no mínimo, 12 meses de efetivo exercício.

Os candidatos nomeados estarão subordinados à Lei Complementar n. 840/2011 e alterações, Lei Distrital n. 4.516/2010 e demais disposições legais aplicáveis.

Requisitos

Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Diversas especialidades

Será exigido diploma de conclusão de ensino superior com formação na área de atuação para a qual ocorrerá o ingresso.

Atribuições

De acordo com a Lei Complementar de nº 4.516, de 25 de outubro de 2010 que versa sobre a criação da Carreira de Apoio à Assistência Judiciária no Quadro de Pessoal do Distrito Federal, as tarefas a desempenhar pelos profissionais são:

I – área judiciária, que compreende os serviços realizados privativamente por bacharéis em Direito, abrangendo análise e pesquisa da legislação, doutrina e jurisprudência nos vários ramos do Direito, assessoramento aos Procuradores de Assistência Judiciária, e a execução de atividades da mesma natureza e nível de complexidade determinadas em legislação específica, observadas as peculiaridades da especialidade vinculada ao cargo;

II – área de apoio especializado, que compreende os serviços para cuja execução se exige dos titulares o devido registro no órgão fiscalizador da profissão ou o domínio de habilidades específicas a critério da administração, e a execução de atividades da mesma natureza e nível de complexidade determinadas em legislação específica, observadas as peculiaridades da especialidade vinculada ao cargo;

III – área administrativa, que compreende os serviços relacionados, no âmbito do CEAJUR, com recursos humanos, material e patrimônio, licitações e contratos, segurança e transporte e outras atividades complementares de apoio administrativo, bem como a execução de atividades da mesma natureza e nível de complexidade determinadas em legislação específica, observadas as peculiaridades da especialidade vinculada ao cargo.

Parágrafo único. As áreas de que trata este artigo poderão ser classificadas em especialidades, quando for necessária formação especializada, por exigência legal, ou habilidades específicas para o exercício das atribuições do cargo e serão estabelecidas por ato conjunto do titular da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão – SEPLAG e do CEAJUR.

SAIBA MAIS

As atividades a desempenhar irão vir especificadas no edital de abertura do certame, pois cada área irá atuar de maneira específica no órgão na ocupação de Analista de Apoio à Assistência Judiciária.

Os integrantes da carreira são submetidos à jornada de trabalho de 35 horas semanais, distribuídas em 7 horas diárias, cumpridas sem interrupção.

Último concurso DPDF

O certame anterior que tinha objetivo o provimento de pessoal no órgão ocorreu no ano de 2014 e foi organizado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV. Foram indicadas 15 vagas imediatas e 45 vagas para formação de cadastro de reserva.

De acordo com o último concurso DPDF, a remuneração inicial fixada em lei era de R$ 5.241,22, correspondente a R$ R$ 4.641,22 sendo o vencimento básico e R$ 600,00 de gratificação judiciária.

Na época foram ofertadas oportunidades somente para o cargo de Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área Judiciária. Para concorrer, era necessário possuir diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito (bacharel), fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC.

Etapas de provas

Os candidatos inscritos foram avaliados por meio de prova objetiva e prova discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Todas as etapas foram realizadas no Distrito Federal.

A prova objetiva, do tipo múltipla escolha, conteve 80 questões a serem respondidas.

Saiba mais detalhes da prova objetiva: disciplinas, quantitativo de itens e pesos.

Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área Judiciária

 DisciplinasQuestõesPeso/Pontos
CONHECIMENTOS BÁSICOSLíngua Portuguesa 101
Organização e Princípios Institucionais da
Defensoria Pública do Distrito Federal
041
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOSDireito Constitucional 102
Direito Administrativo102
Direito Penal102
Direito Processual Penal 102
Direito Civil 102
Direito Processual Civil102
Direito do Consumidor031
Direito da Criança e do Adolescente031

Já a prova discursiva foi aplicada no mesmo dia da prova objetiva com o valor de 80 pontos e foi constituída por uma redação, sobre o tema que integra o tópico “Organização e Princípios Institucionais da Defensoria Pública do Distrito Federal”, de gênero dissertativo-argumentativo, num número mínimo de 25 e máximo 30 linhas.

Concurso DPDF: nomeações

De acordo com o último edital, a nomeação para as vagas declaradas abertas na seleção ocorreu em até 90 (noventa) dias após a homologação do certame. No site oficial o quadro de convocados indica o seguinte:

  • Analista de Apoio à Assistência Judiciária – 279º
  • Analista de Apoio à Assistência Judiciária (PNE) – 4º

Verifique e confirme a relação no endereço eletrônico (http://www.defensoria.df.gov.br/quadro-de-convocados-2/)

Porém, de segundo fontes internas, o número é bem mais. Foram convocados todos os aprovados no concurso público, ou seja, os 318.

Nota de corte

Foram 17 aprovados na listagem de pessoa com deficiência (PcD) e 301 aprovados na ampla concorrência, totalizando 318 aprovados no concurso público.

Confira a nota de corte:

ListagemNota objetivaNota discursivaNota finalClassificação
Ampla concorrência99,477,5176,915º (vagas imediatas)
Ampla concorrência101,4470171,4445º (CR)
Pessoa com deficiência74,0453,5127,54318º (último colocado)

Materiais gratuitos

Estude para concursos públicos com os materiais gratuitos do Gran Cursos Online. Conheça a página (clique aqui e acesse) e verifique os conteúdos:

  • E-books
  • Apostilas
  • Guias de Estudos
  • Editais verticalizados e muito mais!

 

Resumo do concurso DPDF

Concurso Defensoria Pública do Distrito Federal (concurso DPDF)
Banca organizadora A definir
Cargos Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Diversas especialidades
Escolaridade Nível superior
Carreiras Administrativa, Jurídica e outras
Lotação Distrito Federal
Número de vagas 60 + CR
Remuneração R$ 5.241,22 (de acordo com o último edital)
Inscrições A definir
Taxa de inscrição A definir
Situação Comissão formada!
Link do edital Clique aqui e confira o último edital
Quer conquistar a sua aprovação no concurso DPDF?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Lanna Sant'Anna
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
2 Comentários

2 Comentários

  1. ELIANE AIRES COUTO

    13/08/2019 12:27em12:27

    Boa tarde, acabo de ter acesso ao gabarito definitivo do Cebraspe DP/DF, minha nota líquida inicial era de 107,5, com a esperança de recorrer de algumas questões e alcançar a possível nota de corte “115”, no entanto, acredito que a nota de corte saiu em torno de “120” e minha pontuação líquida baixou para 72,92.
    Suplico ajuda, algum auxílio para tentar entender esse calculo muito maluco e verificar a possibilidade de recorrer.
    Abaixo os detalhes de minha nota:
    De 200 questões deixei 10 em branco
    Dessas 190 acertei 134
    ERRADAS: 54
    A banca anulou 8 q (6 que tinha acertado e 2 errado) .
    No aguardo,
    Muito obrigada!

    • Barbara

      14/08/2019 17:27em17:27

      Eliane,
      A conta é: 128 certas (134 MENOS 6 anuladas) MENOS 52 erradas (54 menos 2) = 76 pontos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso DPDF?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Para o Topo