Administrativa

Concurso Ministério do Trabalho: solicitadas 2.873 vagas de níveis médio e superior ao Planejamento!

Concurso Ministério do Trabalho está previsto para 2018!

Concurso Ministério do Trabalho está previsto para 2018!

Concurso Ministério do Trabalho, vagas com remuneração inicial de R$21 mil!

O Ministério do Trabalho realizou um novo pedido de concurso público ao Ministério do Planejamento. Serão um total de 2.873 vagas, distribuídas para os mais diversos cargos.

O órgão divulgou os cargos que deverão ser preenchidos são 1.309 vagas para auditor fiscal do trabalho, agente administrativo (1.307 ), administrador (93), arquivista (32), bibliotecário (2), contador (58), engenheiro (5), estatístico (5), sociólogo (4), psicólogo (26), técnico em assuntos educacionais (10), técnico em comunicação social (10) e economista (12), a informação foi divulgada pela Folha Dirigida.

No ano de 2017, o Ministério tinha solicitado concurso para 2.595 vagas, e em sua maioria para auditores fiscais, que são os cargos com maior déficit. Na nova solicitação, o órgão solicitou mais vagas para auditores, reafirmando a necessidade de ocupar esses cargos devido aos pedidos de aposentadoria.

O concurso é um grande atrativo por sua remuneração, o cargo de auditor fiscal, por exemplo, possui remuneração de R$21.487 e os candidatos precisam ter ensino superior em qualquer área. Para os cargos de nível médio, a remuneração é de R$3.881,97, e as demais oportunidades para cargos específicos de ensino superior, a remuneração é de R$5.494,09. O último concurso do órgão foi realizado no ano de 2014.

Último concurso do Ministério do Trabalho

Realizado em 2014, o último concurso do Ministério do Trabalho foi organizado pelo Cebraspe.

Os candidatos foram avaliados por prova objetiva e discursiva. A prova objetiva contou com 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva de conhecimentos específicos.

Cargo de auditor fiscal do trabalho

O cargo de auditor fiscal exige diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). As funções a serem exercidas no cargo são: o cumprimento de disposições legais e regulamentares, inclusive as relacionadas à segurança e à medicina do trabalho, no âmbito das relações de trabalho e de emprego; a verificação dos registros em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), visando-se à redução dos índices de informalidade; à verificação do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), objetivando maximizar os índices de arrecadação; ao cumprimento de acordos, convenções e contratos coletivos de trabalho celebrados entre empregados e empregadores; ao respeito aos acordos, tratados e convenções internacionais dos quais o Brasil é signatário; à lavratura de auto de apreensão e guarda de documentos, materiais, livros e assemelhados, para verificação da existência de fraude e irregularidades, bem como ao exame da contabilidade das empresas. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Quem é o Ministério do Trabalho? 

O Ministério do Trabalho é um órgão da administração federal direta que regulamenta e fiscaliza todos os aspectos referentes às relações de trabalho no Brasil, e tem como área de competência os seguintes assuntos: política e diretrizes para a geração de emprego e renda e de apoio ao trabalhador; política e diretrizes para a modernização das relações do trabalho; fiscalização do trabalho, inclusive do trabalho portuário, bem como aplicação das sanções previstas em normas legais ou coletivas; política salarial; formação e desenvolvimento profissional; segurança e saúde no trabalho; política de imigração; e cooperativismo e associativismo urbanos.

 

Detalhes concurso Ministério do Trabalho:

  • Concurso: Ministério do Trabalho (Concurso Ministério do Trabalho)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargos: auditor fiscal do trabalho, agente administrativo; administrador; arquivista; bibliotecário; contador; engenheiro; estatístico; sociólogo; psicólogo; técnico em assuntos educacionais; técnico em comunicação social; e economista. 
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: 2.873
  • Remuneração: Até R$21.487
  • Situação: SOLICITADO
  • Previsão de publicação do edital: 2018

Gostou dessa oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!

Para o Topo