Concurso Policia Penal RS: homologado; 80 vagas. Veja!

Concurso Polícia Penal RS: provas foram aplicadas em março de 2022. O edital contempla 80 vagas para os níveis médio e superior. Veja mais detalhes!

Deixe seu like:

Avatar


01/07/2022 | 13:20Atualizado há 6 dias

O concurso Polícia Penal RS está homologado. A Superintendência de Serviços Penitenciários do Rio Grande do Sul publicou a homologação do resultado final do certame. O edital SUSEPE RS está contemplando 80 vagas para os cargos de Agente Penitenciário Administrativo, Agente Penitenciário e Técnico Superior Penitenciário. As remunerações variam de R$ 4.500 a R$ 8.500.

As provas objetivas foram aplicadas dia 27 de março e os candidatos já podem conferir o gabarito definitivo da prova objetiva no site da banca organizadora.

A Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciência – FUNDATEC é a responsável por organizar o certame.

Veja abaixo o índice com informações sobre o concurso Polícia Penal RS:

Destaques:

Concurso Polícia Penal RS: Situação atual

Mudança na distribuição de vagas para pessoas com deficiência e conteúdo programático.

  • Retificação de número de vagas: 14/01/022

Foi publicado um ajuste no número de vagas que serão ofertadas para o cargo de Técnico Superior Penitenciário. Veja o documento completo aqui.

Concurso Polícia Penal RS: Remuneração e benefícios

De acordo com o edital, o concurso SUSEPE RS dispõe de subsídios inicias que variam de R$ 4.500 a R$ 8.500 dependendo do cargo. Confira:

CARGO CLASSE VALOR R$
Agente Penitenciário Administrativo A 4.500,00
Agente Penitenciário A 5.500,00
Técnico   Superior Penitenciário A 8.500,00

Da Carga Horária Semanal dos Cargos:

  • Regime de expediente: 8 horas diárias totalizando 40 horas semanais, podendo ser convocado em casos especiais aos sábados, domingos, feriados e no período noturno, assegurado o descanso semanal, bem como todas as vantagens previstas em lei;
  • Regime de Plantão: plantões de 24 horas totalizando 160 horas mensais mediante escala de trabalho, assegurado o respectivo descanso, bem como todas as vantagens previstas em lei.

Volte ao topo

Concurso Polícia Penal RS: Cargos e vagas

De acordo com o edital, o concurso SUSEPE RS comtempla 80 vagas imediatas divididas da seguintes forma:

Cód. Cargo/Área Escolaridade exigida e outros requisitos Total de Vagas Vagas Ampla Concorrência Reserva de Vagas p/ Pessoas com Deficiência(10%) Reserva de Vagas p/ Pessoas Negras

(16%)

Reserva de Vagas p/ Pessoas Trans

(1%)

Reserva de Vagas p/ Pessoas Integrantes aos Povos Indígenas(1%)
CARGO DE NÍVEL MÉDIO
01 Agente Penitenciário Administrativo Ensino Médio Completo e possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B. 04 02 01 01
CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
02 Agente Penitenciário Ensino Superior Completo e possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B. 04 02 01 01
03 Técnico Superior Penitenciário – Arquitetura Ensino Superior Completo em Arquitetura e registro no   respectivo órgão de Classe. 02 01 01
04 Técnico Superior Penitenciário – Ciências Contábeis Ensino Superior Completo de Bacharel em Ciências Contábeis e registro no 01 01
respectivo   órgão de Classe.
05 Técnico Superior Penitenciário – Ciência da Computação Ensino   Superior Completo em Ciências da Computação ou

Sistemas   da Informação ou

Engenharia   da Computação e

registro   no respectivo órgão   de

Classe.

03 01 01 01
06 Técnico Superior Penitenciário – Direito Ensino Superior em de Bacharel em Direito e registro no respectivo órgão   de Classe. 20 15 02 03
07 Técnico Superior Penitenciário – Educação Física Ensino Superior Completo como Bacharel em Educação   Física e registro no respectivo órgão de Classe. 01 01
08 Técnico Superior Penitenciário – Enfermagem Ensino Superior em Enfermagem e registro no respectivo   órgão de Classe. 02 01 01
09 Técnico Superior Penitenciário – Engenharia Agronômica Ensino Superior Completo de Bacharel em Engenharia Agronômica ou Agronomia e registro no   respectivo órgão de Classe. 01 01
10 Técnico Superior Penitenciário – Engenharia Ambiental Ensino Superior em Engenharia Ambiental e registro no   respectivo órgão de Classe. 02 01 01
11 Técnico Superior Penitenciário – Engenharia Civil Ensino Superior em Engenharia Civil e registro no respectivo órgão de Classe. 08 06 01 01
12 Técnico Superior Penitenciário – Engenharia Elétrica Ensino Superior em Engenharia Elétrica e registro no respectivo órgão de Classe. 02 01 01
13 Técnico Superior Penitenciário – Estatística Ensino Superior Completo em Estatística e registro no   respectivo órgão de classe. 02 01 01
14 Técnico Superior Penitenciário – Farmácia Ensino Superior Completo em Farmácia e registro no   respectivo Conselho de Classe. 01 01
15 Técnico Superior Penitenciário – Nutrição Ensino Superior Completo em Nutrição e registro no   respectivo Órgão de Classe. 03 01 01 01
16 Técnico Superior Penitenciário – Odontologia Ensino Superior Completo em Odontologia e registro   no respectivo Órgão de Classe. 01 01
17 Técnico Superior Penitenciário – Pedagogia Ensino Superior Completo em Pedagogia e registro no   respectivo órgão de Classe. 01 01
18 Técnico Superior Penitenciário – Psicologia Ensino Superior Completo em Psicologia e registro no   respectivo Órgão de Classe. 10 07 01 02
19 Técnico Superior Penitenciário – Serviço Social Ensino Superior Completo em Serviço Social e registro   no respectivo Órgão de Classe. 11 07 01 02
20 Técnico Superior Penitenciário – Terapia Ocupacional Ensino Superior Completo em Terapia Ocupacional e   registro no respectivo Órgão de Classe. 01 01

 

Novidades! Reserva de vagas para pessoas trans

Existe uma novidade no concurso SUSEPE RS: a seleção oferece cotas para pessoas trans!

De acordo com o edital, nos termos do Decreto Estadual n° 56.229/2021, será assegurado às Pessoas Trans, compreendidas as mulheres trans, as travestis e os homens trans, a proporção de 1% (um por cento) do total de vagas ofertadas no âmbito de cada cargo previsto no edital de abertura do concurso público ou providas durante todo o período de validade do concurso.

Poderão concorrer às vagas reservadas para as Pessoas Trans, as pessoas que não se identificam com o gênero que lhes foi atribuído quando de seu nascimento, cabendo-lhes autodeclararem essa condição no ato da inscrição. No Processo Verificação da Veracidade da Autodeclaração, na forma pelo Decreto Estadual n° 56.229/2021, serão observados os seguintes aspectos:

a) a informação prestada na ficha de inscrição quanto à condição de Pessoa Trans;

b) o reconhecimento social, transição corporal e/ou social de identidade de gênero, assim entendidas como o conjunto de características que compõem a transexualidade e/ou travestilidade vivenciada;

c) a apresentação da certidão de nascimento de inteiro teor (ou número de protocolo do processo administrativo para retificação) e/ou apresentação de documentos com nome social (carteira de nome social, carteira de identidade profissional, crachás, carteira de estudante, cartão do vale transporte, CNH, Cartão Nacional de Saúde, entre outros); e

d) a escuta de relato da transição do candidato nos casos em que a comissão avaliar necessário.

O candidato deverá comparecer, obrigatoriamente, ao local determinado quando da convocação para a realização da na Verificação da Veracidade da Autodeclaração munido de documento de identidade, com foto e original.

Volte ao topo

Concurso Polícia Penal RS: inscrição

As inscrições para o concurso SUSEPE RS puderam ser realizadas no período de 14 de janeiro  a 16 de fevereiro de 2022 exclusivamente pela internet, no endereço fundatec.org.br. A taxa de inscrição é de:

  • Nível Médio Completo: R$ 92,64;
  • Nível Superior Completo: R$ 211,15.

A FUNDATEC disponibilizará, em sua sede, computadores para acesso à internet durante o período de inscrições, bem como durante todo o processo de execução, no seguinte endereço: Rua Professor Cristiano Fischer, nº 2012 – Bairro Partenon, em Porto Alegre/RS, no horário de atendimento ao público, das 9  horas às 17 horas.

Conforme Lei Estadual nº 320/2009, fica isento do pagamento da taxa de inscrição as pessoas com deficiência que tiverem renda mensal de até 1,5 (um e meio) salário mínimo nacional, “per capta” familiar.

Volte ao topo

Concurso Polícia Penal RS: Carreira

Requisitos

Agente Penitenciário

  •  ser brasileiro nato ou naturalizado;
  •  ter, no mínimo, 18 anos de idade até a data da posse;
  •  encontrar-se no gozo e exercício de seus direitos civis;
  •  estar em dia com as obrigações militares e eleitorais;
  •  possuir carteira de habilitação, no mínimo, Categoria “B”, até a data da posse;
  •  diploma de nível superior;
  •  ter ilibada conduta social, profissional ou funcional e não registrar antecedentes criminais;
  •  possuir saúde física e aptidão psicológica adequados à função;
  •  não ser usuário ou dependente de drogas ilícitas.

Agente Penitenciário Administrativo

  • ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • ter, no mínimo, 18 anos de idade até a data da posse;
  • encontrar-se no gozo e exercício de seus direitos civis;
  • estar em dia com as obrigações militares e eleitorais;
  • possuir carteira de habilitação, no mínimo, Categoria “B”, até a data da posse;
  • curso de nível médio;
  • ter ilibada conduta social, profissional ou funcional e não registrar antecedentes criminais;
  • possuir saúde física e aptidão psicológica adequados à função;
  • não ser usuário ou dependente de drogas ilícitas.

Técnico Superior Penitenciário

  •  ser brasileiro nato ou naturalizado;
  •  ter, no mínimo, 18 anos de idade até a data da posse;
  •  encontrar-se no gozo e exercício de seus direitos civis;
  •  estar em dia com as obrigações militares e eleitorais;
  •  diploma de nível superior na categoria e registro no   respectivo órgão de Classe;
  •  ter ilibada conduta social, profissional ou funcional e não registrar antecedentes criminais;
  •  possuir saúde física e aptidão psicológica adequados à função;
  •  não ser usuário ou dependente de drogas ilícitas.

Atribuições

  • Agente Penitenciário

Realizar atividades de média complexidade, envolvendo planejamento, organização e execução de serviços de vigilância, custódia e segurança de presos recolhidos nos estabelecimentos prisionais na execução das penas privativas de liberdade, das medidas de segurança e restritivas de direitos; executar programas e ações de apoio ao tratamento penal para socialização do preso. Trabalho realizado com risco de vida.

  • Agente Penitenciário Administrativo

Realizar atividades de média complexidade, envolvendo planejamento, organização e execução de atividades e serviços administrativos; executar procedimentos de apoio administrativo às atividades de tratamento penal, entre outras, para socialização do preso. Trabalho realizado com risco de vida.

  • Técnico Superior Penitenciário

Realizar atividade de nível superior, de alta complexidade, envolvendo atendimento, assistência e orientação a presos nos estabelecimentos prisionais na execução das penas privativas de liberdade, das medidas de segurança e restritivas de direitos, operacionalizando sua avaliação e o acompanhamento dos processos de socialização, bem como planejamento, coordenação, execução, estudos e pesquisas em matérias inerentes à área penitenciária e Trabalho realizado com risco de vida.

Volte ao topo

Concurso Polícia Penal RS: Conheça as Etapas

O concurso SUSEPE RS será composto das seguintes etapas:

  • Prova Teórico-Objetiva para todos os cargos;
  • Prova Dissertativa para os candidatos classificados nos cargos de Técnico Superior Penitenciário;
  • Teste de Aptidão Física para os candidatos classificados aos cargos de Agente Penitenciário Administrativo e Agente Penitenciário;
  • Avaliação Psicológica para os candidatos classificados na Prova Dissertativa (Técnico Superior Penitenciário) e candidatos classificados no Teste de Aptidão Física (Agente Penitenciário Administrativo e Agente Penitenciário).

Prova objetiva do Concurso Polícia Penal RS

A prova objetiva do concurso SUSEPE RS será de caráter eliminatório e classificatório, composta por 80 (oitenta) questões de múltipla escolha, com 05 (cinco) alternativas de resposta (A, B, C, D, E), sendo apenas uma considerada correta.

As Provas Teórico-Objetiva e Dissertativa serão realizadas no município de Porto Alegre/RS e Região Não havendo disponibilidade de locais suficientes ou adequados nas localidades do Município as provas poderão ser aplicadas em outras cidades da região.

Disciplinas

Cargo Componentes das Provas/ Caráter N° de Questões Pontos/ Questão N° Mínimo de Acertos p/ Componente Nº mínimo de Pontos do total Nº Pontos do total
Agente Penitenciário Administrativo Língua Portuguesa (E/C)* Raciocínio   Lógico (E/C)* Informática (E/C)*Legislação   Aplicada/ Direito (E/C)*

Conhecimentos Gerais (E/C)*

2010

10

30

10

1,251,25

1,25

1,25

1,25

0503

03

10

03

60,00 100,00
Agente Penitenciário Língua Portuguesa (E/C)* Raciocínio   Lógico (E/C)* Informática (E/C)*Legislação   Aplicada/ Direito (E/C)*

Conhecimentos Gerais (E/C)*

2010

10

30

10

1,251,25

1,25

1,25

1,25

0503

03

10

03

60,00 100,00
Técnico Superior Penitenciário Língua   Portuguesa (E/C)* Legislação Aplicada/ Direito (E/C)* Informática (E/C)*Conhecimentos Específico (E/C) 2020

10

20

1,501,50

1,00

1,50

0505

05

05

60,00 100,00

 

Prova Dissertativa

A Prova de Dissertativa do concurso SUSEPE RS será aplicada juntamente à Prova Teórico-Objetiva. A não realização desta etapa elimina automaticamente o candidato do certame.

A Prova Dissertativa será composta de 1 (uma) questão, na qual o candidato precisa se posicionar a respeito de um tema ou uma situação apresentada pela banca.

Teste de Aptidão Física

Serão convocados para realizar o TAF os primeiros candidatos classificados dos cargos de Agente Penitenciário Administrativo e Agente Penitenciário, considerando a nota total obtida na Prova Teórico-Objetiva, de acordo com a ordem de classificação provisória.

O TAF será composto de:

Teste de corrida (masculino e feminino):

O teste de corrida consistirá em percorrer uma distância mínima, em uma única oportunidade:

  • Distância: 2.400 (dois mil e quatrocentos) metros para o sexo masculino e 2.000 (dois mil) metros para sexo feminino.
  • Tempo máximo do percurso: 12 (doze) minutos.

Serão considerados REPROVADOS os candidatos que não atingirem a distância mínima exigida no teste no tempo determinado.

Teste de flexão do tronco (resistência abdominal) masculino e feminino:

  • Posição Inicial: Decúbito dorsal, com pernas completamente estendidas no prolongamento do corpo e as mãos tocando o solo acima da cabeça.
  • Execução do exercício: partindo da posição inicial (descrita acima), ao sinal do avaliador o candidato iniciará o teste, flexionando o tronco e quadril, simultaneamente com a flexão dos joelhos, adotando a posição sentada, mantendo os cotovelos estendidos à frente do corpo e paralelos ao solo, de forma que se verifique o alinhamento dos cotovelos aos joelhos, retornando, na sequência, à posição inicial, onde as mãos tocam o solo acima da cabeça, estando os cotovelos flexionados ou não, momento em que será anotada uma execução.
  • Somente serão computadas as execuções corretas do exercício, conforme descrito acima;
  • A flexão e extensão de quadril, tronco e joelhos deverá ocorrer simultaneamente;
  • Não será permitida qualquer forma de auxílio durante o movimento (ex.: abraçar ou apoiar-se nos joelhos ou na parte posterior das pernas, ou apoiar cotovelos no solo);
  • Os pés devem tocar no solo no início, no meio e no fim do movimento, ou seja, na posição inicial, no momento da flexão de tronco e após a extensão.
  • Deverão ser executadas 30 (trinta) repetições para candidatos do sexo masculino e 20 (vinte) repetições para o sexo feminino.
  • Os candidatos poderão descansar, se for necessário, somente na posição
  • Tempo máximo para execução do teste: 1 (um) minuto.

Teste de flexão de braços sobre o solo (apoio):

Sexo Masculino (considerando-se os candidatos trans, conforme sua autodeclaração):

  • Posição inicial: Mãos espalmadas apoiadas no solo ou no colchonete, conforme necessidade, que será avaliada pelo responsável da aplicação da prova; tronco alinhado desde os ombros até o quadril e as pernas alinhadas ao tronco; braços estendidos na altura e na distância dos ombros; pés unidos e apoiados pela ponta dos dedos no
  • Execução: O movimento se dá a partir da posição inicial, em seguida os braços flexionam até que o peito toque o solo, mantendo as costas, o quadril e as pernas alinhadas, o movimento seguinte deve ser o de retorno à posição inicial.
    • O exercício deverá ser realizado
  • Não será permitida a parada para descanso em nenhum momento do Caso isso ocorra, o candidato será desclassificado do teste.
  • Deverão ser executadas 15 (quinze) repetições.
    • Tempo máximo do teste: 1 (um) minuto.
  • Serão considerados INAPTOS os candidatos que não executarem o mínimo de repetições exigido no teste no tempo

Sexo Feminino (considerando-se os candidatos trans, conforme sua autodeclaração):

  • Posição inicial: Mãos espalmadas apoiadas no solo ou no colchonete, conforme necessidade, que será avaliada pelo responsável da aplicação da prova; tronco alinhado desde os ombros até o quadril e as coxas alinhadas ao tronco e quadril, os joelhos estarão em contato com o solo, formando um ângulo de 90º, entre as coxas e as
    • Execução: O movimento se dá a partir da posição inicial, em seguida os braços flexionam até que o peito toque o solo, mantendo as costas e o quadril e as coxas alinhadas, o movimento subsequente é o de retorno à posição
    • O exercício deverá ser realizado
    • Não será permitida a parada para descanso em nenhum momento do Caso isso ocorra, o candidato será desclassificado do teste.
    • Deverão ser executadas 10 (dez) repetições.
  • Tempo máximo do teste: 1 (um) minuto.

– Serão considerados REPROVADOS os candidatos que não executarem o mínimo de repetições exigido no teste no tempo determinado.

Teste Psicotécnico

Será realizada Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório, para os todos os candidatos aprovados no Teste de Aptidão Física, dos cargos de Agente Penitenciário e Agente Penitenciário Administrativo, e todos os candidatos aprovados na Prova Dissertativa, do cargo de Técnico Superior Penitenciário.

A Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório, será realizada através de Testagem Coletiva, cuja finalidade é avaliar as condições psicológicas do candidato para o desempenho do

Investigação Social

Serão convocados, por rigorosa ordem de classificação, de acordo com a necessidade para o preenchimento das vagas, para a fase de Investigação Social e Funcional os candidatos aprovados nas fases de provas objetivas, aptidão física e na avaliação psicológica.

A Investigação Social e Funcional do candidato será feita através da análise dos dados dos candidatos no Poder Judiciário, na Polícia Civil, na Procuradoria-Geral do Estado e em outros órgãos/entidades que se julgar necessário pesquisar.

A sindicância consistirá na coleta de informações sobre a vida pregressa e atual e a conduta individual, social e profissional do candidato.

Volte ao topo

Último concurso Polícia Penal RS

Publicado em janeiro de 2017, o edital do concurso para a Superintendência de Serviços Penitenciários (SUSEPE RS) ofereceu 720 vagas e formação de cadastro para os níveis médio e superior.

Os cargos oferecidos foram de agente penitenciário e agente penitenciário administrativo, para os níveis nível superior em qualquer área e médio, respectivamente.

Na época, os salários ofertados eram de R$4.317,87 (agente penitenciário) e R$3.483,63 (agente administrativo), além do vale-alimentação. Porém, esses valores podem ter sofrido reajustas ao longo desses quatro anos.

A responsável pela organização do concurso foi a banca Fundação La Salle. Os candidatos foram avaliados por meio provas objetivas, de atividades físicas, psicológica e investigação da vida pregressa.

A primeira etapa foi a provas objetivas, aplicada nos dias 9 e 23 de abril de 2017. As demais etapas ocorreram até julho do mesmo ano até julho.

Volte ao topo

Materiais gratuitos

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em frente em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então este curso é para você!

Organizamos de forma objetiva e prática em um só material algumas das principais disciplinas e conteúdos cobrados em concursos públicos para intensificar as suas chances de aprovação, tudo preparado por nossa equipe de colaboradores e professores especialistas no assunto. E o melhor: todo o conteúdo é totalmente gratuito! Mesmo se você ainda não começou a estudar, não deixe essa oportunidade passar. Nunca é tarde! Garanta a sua oportunidade no Curso Gratuito Imparável 2020!

Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

Volte ao topo

Resumo do concurso Polícia Penal RS

Concurso Polícia Penal RS Superintendência de Serviços Penitenciários – Susepe RS
Situação Atual válido
Banca organizadora Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciência – FUNDATEC
Cargos Agente Penitenciário Administrativo, Agente Penitenciário e Técnico Superior Penitenciário
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Segurança Pública e Administrativa
Lotação Rio Grande do Sul
Número de vagas 80 vagas
Remuneração de R$ 4.500 a R$ 8.500
Inscrições 14 de janeiro a 16 de fevereiro de 2022
Taxa de inscrição
  • Nível Médio Completo: R$ 92,64
  • Nível Superior Completo: R$ 211,15
Data da prova objetiva 27/03/2022
Clique aqui para ver o edital SUSEPE RS 2022

 


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

 CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as novidades do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Deixe seu like:

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

Tudo que sabemos sobre:

Válido


Comentários (8)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.