Concurso STM: a suspensão do prazo de validade foi prorrogada

O último edital do concurso STM foi publicado em 2017 com oferta de vagas para os cargos de Técnico e Analista

Avatar


26 de Maio 6 min. de leitura

A suspensão do prazo de validade do concurso do STM foi prorrogada. O Superior Tribunal Militar decidiu que os trâmites continuarão suspensos até o dia 31 de dezembro de 2021.

O último concurso do foi publicado em 2017, o edital ofertou vagas para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário. A remuneração inicial varia de R$ 7. 591,37 a R$ 12.455,30. O edital ofertou 42 vagas, o quantitativo de nomeados, até o momento, é de 137 aprovados. A validade do edital foi prorrogada por mais dois anos.

A PLOA 2021 prevê 740 vagas para criação e 62 vagas para provimento para a Justiça Militar da União.

Veja todas as informações sobre o certame e as carreiras ao longo desta matéria:

Concurso STM: situação atual

O STM publicou no Diário Oficial da União do dia 22 de janeiro de 2021 dois editais de convocação de candidato aprovado no concurso STM.

Conforme consta nos editais, os candidatos aprovados têm o prazo de 4 dias úteis para comunicar à Diretoria de Pessoal acerca de interesse em ser indicado para nomeação no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, com exercício na cidade de Porto Alegre – RS.

A Manifestação deve ser encaminhada para o e-mail: sedeg@stm.jus.br.

A falta de manifestação implicará renúncia tácita à indicação para nomeação no Tribunal, e o candidato continuará na lista de aprovados da Justiça Militar da União.

Validade prorrogada

A equipe de comunicação do Gran Cursos Online  já havia antecipado que o edital de 2017 seria prorrogado. O edital nº 22, de 5 de maio de 2020, prorrogou a validade por mais dois anos.

Veja logo abaixo o quadro o quantitativo de aprovados que tomaram posse:

Concurso STM: posse!

Concurso STM: posse!

Concurso STM: remuneração e benefícios

A estrutura remuneratória do Superior Tribunal Militar é composta por três classes e e 13 padrões. A remuneração inicial de ocupantes do cargo de Técnico é de R$  7. 591,37, já os ocupantes do cargo de Analista tem a remuneração inicial no valor de R$ R$ 12.455,30.  Esses valores são referentes ao vencimento básico e Gratificação de  Atividade Judiciária. Veja a estrutura remuneratória completa:

Cargo Classe Padrão Vencimento Básico (R$) GAJ – 140% (R$) Remuneração (R$)
Analista Judiciário C 13 7.792,30 10.909,22 18.701,52
12 7.565,34 10.591,48 18.156,82
11 7.344,99 10.282,99 17.627,98
B 10 7.131,06 9.983,48 17.114,54
9 6.923,36 9.692,70 16.616,06
8 6.550,01 9.170,01 15.720,02
7 6.359,23 8.902,92 15.262,15
6 6.174,01 8.643,61 14.817,62
A 5 5.994,18 8.391,85 14.386,03
4 5.819,60 8.147,44 13.967,04
3 5.505,76 7.708,06 13.213,82
2 5.345,40 7.483,56 12.828,96
1 5.189,71 7.265,59 12.455,30
Técnico Judiciário C 13 4.749,33 6.649,06 11.398,39
12 4.611,00 6.455,40 11.066,40
11 4.476,70 6.267,38 10.744,08
B 10 4.346,31 6.084,83 10.431,14
9 4.219,71 5.907,59 10.127,30
8 3.992,16 5.589,02 9.581,18
7 3.875,88 5.426,23 9.302,11
6 3.763,00 5.268,20 9.031,20
A 5 3.653,40 5.114,76 8.768,16
4 3.546,98 4.965,77 8.512,75
3 3.355,71 4.697,99 8.053,70
2 3.257,97 4.561,16 7.819,13
1 3.163,07 4.428,30 7.591,37

Concurso STM: cargos e vagas

As vagas do concurso STM 2017 foram distribuídas entre entre as cidades do Rio de Janeiro-RJ, São Paulo-SP, Juiz de Fora-MG, Porto Alegre-RS, Santa Maria-RS, Bagé-RS, Curitiba-PR, Salvador-BA, Recife-PE, Fortaleza-CE, Belém-PA, Manaus-AM, Campo Grande-MS e Brasília-DF.

  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA 
    Vagas: 1
    Jornada de trabalho:
    Principais atribuições: atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao  planejamento, coordenação, supervisão e execução de tarefas, envolvendo: elaboração de pareceres, de  informações, de relatórios, estudo e análise de documentos de natureza administrativa; entre outras.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: ANÁLISE DE SISTEMAS
    Vagas: 1
    Principais atribuições: atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao  planejamento, coordenação, supervisão e execução de tarefas ligadas ao desenvolvimento, manutenção e  implantação de sistemas de processamentos de dados; quaisquer outras atividades inerentes à área de atuação.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: CONTABILIDADE
    Vagas: 1
    Principais atribuições: atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao  planejamento, coordenação, supervisão, controle interno, auditoria e execução de tarefas ligadas aos serviços  de contabilidade, verificando contas, emitindo relatórios e pareceres, conforme a legislação específica, para  apurar os elementos necessários à elaboração orçamentária e ao controle da situação patrimonial e financeira  da JMU;
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: ENGENHARIA CIVIL 
    Vagas: 1
    Principais atribuições: atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, à coordenação, à orientação, à supervisão e à execução de tarefas que envolvem obras e de  edificações, bem como à administração e fiscalização de obras e à elaboração de pareceres técnicos; redação  de documentos diversos;
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: ESTATÍSTICA
    Vagas: 1
    Principais atribuições: atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao  desenvolvimento de estudos e pesquisas; levantamento, organização, sistematização e avaliação de  informações; elaboração de relatórios, gráficos e tabelas; análises estatísticas; elaboração de padronizações estatísticas; entre outras.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: REVISÃO DE TEXTO
    Vagas: 1
    Principais atribuições: atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao  planejamento, organização, coordenação, supervisão, assessoramento, estudo, pesquisa e execução de tarefas  que envolvam elaboração, análise, revisão e adequação gramatical e de estilo, de textos técnicos e de outras  produções em Língua Portuguesa; entres outras.
  •  ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: SERVIÇO SOCIAL
    Vagas: 1
    Principais atribuições: atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, organização e execução de tarefas na área de assistência social e de medidas necessárias ao bem estar social e ao desenvolvimento profissional dos servidores; quaisquer outras atividades inerentes à área de atuação; entre outras.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: JUDICIÁRIA
    Vagas: 3
    Principais atribuições: atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, à coordenação, à supervisão e à execução de tarefas, envolvendo elaboração de projetos,  pareceres, informações, relatórios, pesquisas e estudos na legislação, na jurisprudência e na doutrina, inclusive de outros países, para fundamentar análise, conferência e instrução de processos; entre outras.
  • TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA
    Vagas: 20
    Principais atribuições: atividades de nível intermediário, relacionadas ao planejamento, à  organização e à execução de tarefas de apoio às atividades administrativa e judiciária, envolvendo: organização,  guarda, arquivamento e andamento de processos e documentos; entre outras.
  • TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: PROGRAMAÇÃO DE  SISTEMAS
    Vagas: 2
    Principais atribuições: atividades de nível intermediário, relacionadas com o desenvolvimento ou execução de programas e sistemas, bem como com a conversão de planos de trabalho em fluxogramas e comandos de instrução para a operação; entre outras.

Cargos vagos

De acordo com informações da Coordenação de Gestão de Pessoas do STM, atualmente, 25  cargos estão vagos. Veja o detalhamento logo abaixo:

  • 2 Analistas Judiciários;
  • 18 Técnicos Judiciários e nas Auditorias da JMU;
  • 1 Analista Judiciário; e
  • 4 Técnicos Judiciários.

Concurso STM: carreira

  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA 
    Requisitos: curso de graduação de nível superior em  qualquer área de formação.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: ANÁLISE DE SISTEMAS
    Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior na área  de Tecnologia da Informação ou de graduação em qualquer curso de nível superior.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: CONTABILIDADE
    Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Contábeis.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: ENGENHARIA CIVIL 
    Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em  Engenharia Civil.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: ESTATÍSTICA
    Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Estatística.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: REVISÃO DE TEXTO
    Requisitos: : diploma, devidamente registrado, de curso de nível superior de graduação em Letras, com habilitação em Língua Portuguesa.
  •  ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: SERVIÇO SOCIAL
    Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Serviço Social.
  • ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: JUDICIÁRIA
    Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito.
  • TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA
    Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio.
  • TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: PROGRAMAÇÃO DE  SISTEMAS
    Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio, ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, acrescido de habilitação específica em cursos de Tecnologia da Informação na área de programação que somados apresentem a carga horária mínima de 120 horas/aula.

Concurso STM: etapas

As etapas do concurso STM  foram de prova objetiva para todos os cargos e de prova discursiva para o cargo de Analista Judiciário. A aplicação das provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de Analista Judiciário – todas as áreas/especialidades tiveram a duração de 4 horas e 30 minutos.

Prova objetiva

As provas objetivas contarão com 120 itens, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório.

Disciplinas

Conhecimentos gerais para todos os cargos

Língua portuguesa
Organização da Justiça Militar da União
Ética no serviço público
Acessibilidade
Noções de Direito COnstitucional
Noções de Direito Administrativo
Qualidade no atendimento ao público e trabalho em equipe
Noções de informática
Língua Portuguesa

Estrutura da prova

A prova objetiva foi constituída de itens para julgamento, o julgamento de cada item foi de CERTO ou ERRADO.

Prova Discursiva

A redação constituiu na produção de um texto dissertativo, de até 30 linhas, acerca de tema dos conhecimentos básicos definidos no edital. Apenas para os cargos de nível superior.

Quantitativo de redações a serem corrigidas no concurso STM

Abaixo, a tabela com a quantidade de redações que serão corrigidas no processo do concurso STM.

Correção das provas discursivas para os cargos do concurso STM.

Correção das provas discursivas para os cargos do concurso STM.

Concurso STM 2010

Em 2010, o Superior Tribunal Militar lançou edital com 106 vagas distribuídas entre os empregos de técnico e analista. As oportunidades foram lotadas na Secretaria do Superior Tribunal Militar, que fica em Brasília (DF), e no Quadro Permanente das Auditorias da Justiça Militar da União, espalhadas em diversos Estados.

Organizado pelo Cespe/UnB, o concurso STM a avaliação foi por meio de provas objetivas para todos os cargos, testes discursivos para o cargo de analista e exames de aptidão física para candidatos aos cargos de  técnico judiciário na especialidade de segurança. As vagas foram distribuídas entre as cidades de São Paulo (SP), Belém (PA), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA).

Nomeados

No último concurso STM, realizado em 2010, houve 544 convocações para as carreiras de técnico e analista judiciário, sendo a maioria, 254, para a carreira de técnico judiciário – área administrativa. Em um percentual geral, foram 4 vezes a mais que as vagas do edital.

Concurso STM: sobre o Tribunal

O primeiro tribunal militar no Brasil foi criado em 1º de abril de 1808, pelo regente D. João, e chamado de Conselho Supremo Militar e de Justiça, sendo, assim, o mais antigo tribunal superior do país. Em 1891 foi organizado o Supremo Tribunal Militar, com as mesmas competências do extinto Conselho Supremo Militar e composto por quinze ministros (quatro da Marinha, oito do Exército e três togados, presididos pelo oficial-general mais graduado entre estes). Em 1946 teve alterado o nome para Superior Tribunal Militar.

Concurso STM: curso Gratuito Imparável

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em frente em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então este curso é para você!

Organizamos de forma objetiva e prática em um só material algumas das principais disciplinas e conteúdos cobrados em concursos públicos para intensificar as suas chances de aprovação, tudo preparado por nossa equipe de colaboradores e professores especialistas no assunto. E o melhor: todo o conteúdo é totalmente gratuito! Mesmo se você ainda não começou a estudar, não deixe essa oportunidade passar. Nunca é tarde! Garanta a sua oportunidade no Curso Gratuito Imparável!

Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

Resumo do concurso STM

Concurso Superior Tribunal Militar (Concurso STM)
Banca organizadora A definir
Cargos A definir
Escolaridade Nível médio e superior
Carreiras A definir
Lotação A definir
Número de vagas A definir
Remuneração de R$ 7. 591,37 a R$ 12.455,30
Situação último edital vigente!
Link do edital Clique AQUI para fazer o download do edital

Quer conquistar a sua aprovação no concurso STM?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

Comece a estudar no Gran Cursos

Depoimentos relacionados

Em busca de estabilidade e conforto para a família, Isabella Modesto estudou por três anos para conquistar uma vaga para…

Natural de Aracaju, a professora Érika Ramos decidiu ingressar na conquista pelo cargo público por 2 principais razões: a busca…

Persistência e dedicação sempre foram palavras que permearam a vida de Elisa da Silva Gomes Lana, natural de Costa Verde…

Daniele Laís saiu de seu emprego no SENAC DF aproveitando um momento de mudança no seu cargo, hoje extinto, e…

Evelyn Rodrigues é natural de Brasília/DF, mas hoje mora em Aracaju/SE, onde realizou e foi aprovada no Concurso Prefeitura Barra…

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

41


Tudo que sabemos sobre:

concurso stm edital stm


Comentários (41)

Avatar Odilea 27 de Novembro de 2017

Virou novela esse concurso.

 Responder

Avatar Elisangela 11 de Dezembro de 2017

Bom dia.
Pelo que entendi, as provas discursivas serão aplicadas somente para nível superior?
A regra aplicada aos Tribunais não se aplica ao STM, tendo provas discursivas para todos os cargos?

Agradeço pelo esclarecimento.

Obrigada

 Responder

Avatar Marcelo Elísio Severo Wanderley 12 de Dezembro de 2017

Estou focado e direcionado a conquistar uma vaga para o cargo de técnico judiciário do STM, para que isso aconteça é preciso estudar com afinco e também ser agraciado por Deus 👋

 Responder

Avatar Mara 11 de Janeiro de 2018

O cargo 9 – Administrativo também precisa de curso técnico ou quem tem apenas o ensino médio também pode fazer?

 Responder

Avatar Eduardo 1 de Fevereiro de 2018

Apenas ensino médio, vamos ler o edital!!!

 Responder

Avatar Natalia 7 de Março de 2018

Quando vai sair a lista com o nome dos aprovados?

 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *