Carreiras

Concursos Forças Armadas: Saiba TUDO sobre as carreiras! Soldo de até R$ 10 mil após formatura!

Concursos Forças Armadas

Concursos Forças Armadas contam com milhares de vagas abertas e iminentes! Saiba TUDO!

As Forças Armadas, essenciais à execução da política de segurança nacional, são constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, e destinam-se a defender a Pátria e a garantir os poderes constituídos, a lei e a ordem. São Instituições nacionais, permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República e dentro dos limites da lei.

O Ministério da Defesa (MD) é o órgão do Governo Federal incumbido de exercer a direção superior das Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica. Uma de suas principais atribuições é o estabelecimento de políticas ligadas à Defesa e à Segurança do País, além da implementação da Estratégia Nacional de Defesa, em vigor desde dezembro de 2008.

Os membros das Forças Armadas, em razão de sua destinação constitucional, formam uma categoria especial de servidores da Pátria e são denominados militares.

Os militares encontram-se em uma das seguintes situações:
a) na ativa:
I – os de carreira;
II – os incorporados às Forças Armadas para prestação de serviço militar inicial, durante os prazos previstos na legislação que trata do serviço militar, ou durante as prorrogações daqueles prazos;
III – os componentes da reserva das Forças Armadas quando convocados, reincluídos, designados ou mobilizados;
IV – os alunos de órgão de formação de militares da ativa e da reserva; e
V – em tempo de guerra, todo cidadão brasileiro mobilizado para o serviço ativo nas Forças Armadas;

b) na inatividade:
I – os da reserva remunerada, quando pertençam à reserva das Forças Armadas e percebam remuneração da União, porém sujeitos, ainda, à prestação de serviço na ativa, mediante convocação ou mobilização
II – os reformados, quando, tendo passado por uma das situações anteriores estejam dispensados, definitivamente, da prestação de serviço na ativa, mas continuem a perceber remuneração da União; e
lll – os da reserva remunerada e, excepcionalmente, os reformados, executando tarefa por tempo certo, segundo regulamentação para cada Força Armada.

Confira o bate-papo “Como Passar?” nas Forças Armadas:

 

Do Ingresso nas Forças Armadas

O ingresso nas Forças Armadas é facultado, mediante incorporação, matrícula ou nomeação, a todos os brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei e nos regulamentos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

Da Hierarquia Militar e da Disciplina

A hierarquia e a disciplina são a base institucional das Forças Armadas. A autoridade e a responsabilidade crescem com o grau hierárquico.

A hierarquia militar é a ordenação da autoridade, em níveis diferentes, dentro da estrutura das Forças Armadas. A ordenação se faz por postos ou graduações dentro de um mesmo posto ou graduação se faz pela antiguidade no posto ou na graduação. O respeito à hierarquia é consubstanciado no espírito de acatamento à seqüência de autoridade.

Disciplina é a rigorosa observância e o acatamento integral das leis, regulamentos, normas e disposições que fundamentam o organismo militar e coordenam seu funcionamento regular e harmônico, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do dever por parte de todos e de cada um dos componentes desse organismo.

Do Valor Militar

São manifestações essenciais do valor militar:
I – o patriotismo, traduzido pela vontade inabalável de cumprir o dever militar e pelo solene juramento de fidelidade à Pátria até com o sacrifício da própria vida;
II – o civismo e o culto das tradições históricas;
III – a fé na missão elevada das Forças Armadas;
IV – o espírito de corpo, orgulho do militar pela organização onde serve;
V – o amor à profissão das armas e o entusiasmo com que é exercida; e
VI – o aprimoramento técnico-profissional.

Dos Direitos

São direitos dos militares:
I – a garantia da patente em toda a sua plenitude, com as vantagens, prerrogativas e deveres a ela inerentes, quando oficial, nos termos da Constituição;
II – a percepção de remuneração correspondente ao grau hierárquico superior ou melhoria da mesma quando, ao ser transferido para a inatividade, contar mais de 30 (trinta) anos de serviço;
III – a remuneração calculada com base no soldo integral do posto ou graduação quando, não contando 30 (trinta) anos de serviço, for transferido para a reserva remunerada, ex officio, por ter atingido a idade-limite de permanência em atividade no posto ou na graduação, ou ter sido abrangido pela quota compulsória; e
IV – nas condições ou nas limitações impostas na legislação e regulamentação específicas:
a) a estabilidade, quando praça com 10 (dez) ou mais anos de tempo de efetivo serviço;
b)o uso das designações hierárquicas;
c) a ocupação de cargo correspondente ao posto ou à graduação;
d) a percepção de remuneração;
e) a assistência médico-hospitalar para si e seus dependentes, assim entendida como o conjunto de atividades relacionadas com a prevenção, conservação ou recuperação da saúde, abrangendo serviços profissionais médicos, farmacêuticos e odontológicos, bem como o fornecimento, a aplicação de meios e os cuidados e demais atos médicos e paramédicos necessários;
f) o funeral para si e seus dependentes, constituindo-se no conjunto de medidas tomadas pelo Estado, quando solicitado, desde o óbito até o sepultamento condigno;
g) a alimentação, assim entendida como as refeições fornecidas aos militares em atividade;
h) o fardamento, constituindo-se no conjunto de uniformes, roupa branca e roupa de cama, fornecido ao militar na ativa de graduação inferior a Terceiro-Sargento e, em casos especiais, a outros militares;
i) a moradia para o militar em atividade, compreendendo;
1) alojamento em organização militar, quando aquartelado ou embarcado; e
2) habitação para si e seus dependentes: em imóvel sob a responsabilidade da União, de acordo com a disponibilidade existente;
j) o transporte, assim entendido como os meios fornecidos ao militar para seu deslocamento por interesse do serviço; quando o deslocamento implicar em mudança de sede ou de moradia, compreende também as passagens para seus dependentes e a translação das respectivas bagagens, de residência a residência;
l) a constituição de pensão militar;
m) a promoção;
n) a transferência a pedido para a reserva remunerada;
o) as férias, os afastamentos temporários do serviço e as licenças;
p) a demissão e o licenciamento voluntários;
q) o porte de arma quando oficial em serviço ativo ou em inatividade, salvo caso de inatividade por alienação mental ou condenação por crimes contra a segurança do Estado ou por atividades que desaconselhem aquele porte;
r) o porte de arma, pelas praças, com as restrições impostas pela respectiva Força Armada; e
s) outros direitos previstos em leis específicas.

Dos Deveres Militares

Os deveres militares emanam de um conjunto de vínculos racionais, bem como morais, que ligam o militar à Pátria e ao seu serviço, e compreendem, essencialmente:
I – a dedicação e a fidelidade à Pátria, cuja honra, integridade e instituições devem ser defendidas mesmo com o sacrifício da própria vida;
II – o culto aos Símbolos Nacionais;
III – a probidade e a lealdade em todas as circunstâncias;
IV – a disciplina e o respeito à hierarquia;
V – o rigoroso cumprimento das obrigações e das ordens; e
VI – a obrigação de tratar o subordinado dignamente e com urbanidade.

Das Prerrogativas

As prerrogativas dos militares são constituídas pelas honras, dignidades e distinções devidas aos graus hierárquicos e cargos.

São prerrogativas dos militares:
a) uso de títulos, uniformes, distintivos, insígnias e emblemas militares das Forças Armadas, correspondentes ao posto ou graduação, Corpo, Quadro, Arma, Serviço ou Cargo;
b) honras, tratamento e sinais de respeito que lhes sejam assegurados em leis e regulamentos;
c) cumprimento de pena de prisão ou detenção somente em organização militar da respectiva Força cujo comandante, chefe ou diretor tenha precedência hierárquica sobre o preso ou, na impossibilidade de cumprir esta disposição, em organização militar de outra Força cujo comandante, chefe ou diretor tenha a necessária precedência; e
d) julgamento em foro especial nos crimes militares

Aeronáutica 

Os concursos para ingressar na Força Aérea Brasileira são realizados de acordo com a escolaridade exigida. Quem tem nível médio e técnico pode ingressar na FAB por meio dos concursos para o corpo de graduados e se tornar militar de carreira. Já aqueles que têm nível superior podem fazer concursos para oficiais temporários ou de carreira.

Para cumprir a missão de defesa do espaço aéreo, a Força Aérea Brasileira realiza diversas treinamentos e missões operacionais. Além disso, participa de ajudas humanitárias dentro e fora do País. O militar que ingressa na FAB deverá, recorrentemente, participar dessas missões.

O jovem aprovado em concurso seguirá a carreira das Armas e permanecerá na Força até passar para a chamada Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar).

Todos os interessados podem ingressar na carreira militar participando dos exames de admissão para os cursos de formação de oficiais e formação de sargentos. Cada exame de seleção ou admissão dá acesso a um determinado quadro dentro da Aeronáutica.

A FAB oferece anualmente mais de 20 concursos para civis e militares que desejam progredir na carreira. Os civis que desejam ingressar no militarismo têm oportunidade de fazê-lo desde os 14 até os 42 anos.

Homens e mulheres

Os alunos da Escola Preparatória de Cadetes do Ar, oficiais de infantaria, capelães e algumas especialidades de sargentos restringem o ingresso apenas a homens.

Os demais concursos da FAB admitem candidatos de ambos os sexos. Hoje a Força Aérea já possui, por exemplo, mulheres aviadoras, pilotando inclusive aviões de caça.

Conheça abaixo as maneiras de seguir carreira militar na Aeronáutica através de concurso público.

JOVENS

CPCAR – Curso Preparatório de Cadetes do Ar

O CPCAR, ministrado pela Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EpCAr), em Barbacena/MG, destina-se a preparar, sob o regime de internato, jovens para o ingresso no Curso de Formação de Oficiais Aviadores da Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga/SP.

O CPCAR tem duração de 3 (três) anos, sendo equivalente ao Ensino Médio regular do Sistema Nacional de Ensino e abrange instruções nos Campos Geral e Militar. O candidato, no momento da matrícula, mediante ato do Comandante da EPCAR, passa à situação de Aluno da EPCAR (Praça Especial, conforme a Lei nº 6.880, de 9 de dezembro de 1980 – Estatuto dos Militares), a ser mantida durante o Curso Preparatório.

O aluno que concluir com aproveitamento o CPCAR, segundo o respectivo Plano de Avaliação, fará jus aos certificados de conclusão do Ensino Médio e do próprio CPCAR. Os Alunos concludentes do CPCAR com aproveitamento e que venham a ser considerados “APTOS” na Inspeção de Saúde (INSPSAU), no Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF) e no Teste de Aptidão para a Pilotagem Militar (TAPMIL), poderão concorrer ao número de vagas previsto à matrícula no primeiro ano do Curso de Formação de Oficiais Aviadores (CFOAV) da Academia da Força Aérea (AFA)

Escola: Escola Preparatória de Cadetes do Ar – EPCAR
Cidade: Barbacena-MG
Inscrições: Previstas para maio
Escolaridade: nível fundamental
Duração: 3 anos (Ensino Médio)
Sexo: Ambos
Idade: Não ter menos de 14 (quatorze) anos nem completar 19 (dezenove) até 31 de dezembro do ano da matrícula (conforme alínea “a”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464)
Soldo: Não divulgado
Provas: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Redação.

CFT – B – Curso de Formação de Taifeiros

O Curso de Formação de Taifeitos (CFT), com duração aproximada de 16 (dezesseis) semanas, abrange instruções nos Campos Militar e Técnico-Especializado, de âmbito regional, será ministrado pelas OM designadas pelo DEPENS, divulgada em momento oportuno na página eletrônica do certame.

Um período de instrução de, aproximadamente, 21 (vinte e um) dias corridos, em regime de internato, contados a partir da data do início do Curso, será ministrado aos que vierem a ser matriculados, fazendo parte do estágio probatório para adaptação à vida na caserna, estando inserido na instrução do Campo Militar.

O candidato matriculado no CFT, mediante ato do Comandante do COMAR da área onde estiver sendo ministrado o Curso, passará à situação de Aluno, em situação de equivalência à graduação de Taifeiro-de-Segunda-Classe (T2).

Escola: Comandos Aéreos Regionais – COMAR
Cidades: Belém – PA, Recife – PE, Rio de Janeiro – RJ, São Paulo – SP, Canoas – RS, Brasília – DF, Manaus – AM
Inscrições: Previstas para janeiro a fevereiro
Duração: 16 semanas
Escolaridade: nível médio
Sexo: Masculino
Idade: Não ter menos de 18 (dezoito) anos e nem completar 25 (vinte e cinco) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “j”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464)
Soldo: Não divulgado
Provas: Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Especializados.

GRADUAÇÃO

CPOR – Curso de Preparação de Oficiais da Reserva da Aeronáutica

O Curso de Graduação em Engenharia no ITA tem a duração de 5 anos, dos quais os 2 primeiros anos constituem o Curso Fundamental, comum a todos os alunos, e os 3 últimos correspondem aos Cursos Profissionais, específicos para cada especialidade de Engenharia.

As especialidades de Engenharia oferecidas pelo ITA são: Aeroespacial, Aeronáutica, Civil-Aeronáutica, de Computação, Eletrônica e Mecânica-Aeronáutica.

No 1º ano de ITA os alunos são militares do CPOR (Centro de Preparação de Oficiais da Reserva da Aeronáutica) e recebem soldo. Durante o mês de fevereiro há atividades exclusivamente no CPOR. Não há atividades militares no 2º ano. No 3º ano, os alunos optantes são convocados e passam a ser Aspirantes-a-Oficial, têm instruções quinzenais, usam farda diariamente e recebem soldo.

Após a formatura, os optantes passam ao posto de Primeiro-Tenente e são incluídos no Quadro de Oficiais Engenheiros da Ativa da Aeronáutica (QOEng), onde tem uma carreira estável e devem permanecer por pelo menos 5 anos. Há a possibilidade de serem convocados para servir em localidades que não são, necessariamente, de sua primeira escolha.

Escola: Instituto de Tecnologia da Aeronáutica – ITA
Cidade: São José dos Campos-SP
Inscrições: Previstas para agosto 2017
Duração: 05 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: Ambos
Idade: Não ter menos de 17 (dezessete) anos e nem completar 25 (vinte e cinco) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “h”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464)
Soldo: R$ 7.350,00 após a formatura
Provas: Física, Português, Inglês, Matemática e Química

CFS – B – Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica

Para se tornar sargento da Força Aérea Brasileira, o candidato precisa ter menos de 24 anos e o Ensino Médio completo. O curso é realizado na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), com duração de dois anos ou 24 semanas, dependendo da área.

Os militares têm formação técnica e podem atuar em mais de vinte áreas, como controle de tráfego aéreo, eletricidade e instrumentos, eletrônica, meteorologia, administração, cartografia, informações aeronáuticas, entre outras. Ao receber o diploma, o aluno passa a graduação de 3º Sargento Especialista, podendo seguir carreira na FAB e, por meio de seleções internas, ter acesso ao oficialato.

Escola: Escola de Especialistas de Aeronáutica – EEAR
Cidade: Guaratinguetá-SP
Inscrições: Previstas para agosto 2016
Duração: 02 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: Ambos
Idade: Não ter menos de 17 (dezessete) anos e nem completar 25 (vinte e cinco) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “h”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464)
Soldo: R$ 3.111,00 após a formatura
Provas: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física

OFICIAIS

A FAB forma oficiais de carreira na Academia da Força Aérea (AFA), mas também admite profissionais formados em faculdades civis. Localizada em Pirassununga (SP), a AFA forma os oficiais para a atividade fim da FAB, oferecendo os cursos de formação de Oficiais Aviadores, de Oficiais Infantes e Oficiais Intendentes. Os candidatos devem ter Ensino Médio e o mínimo de 17 e o máximo de 21 anos.

Os cursos de Aviadores e Intendentes são para ambos os sexos e o de Infantaria admite apenas candidatos do sexo masculino. O curso é de nível superior e tem duração de quatro anos. Ao formar-se o Cadete é diplomado Aspirante-a-Oficial da Força Aérea Brasileira e terá acesso ao generalato.

CFOINF – Curso de Formação de Oficiais de Infantaria da Aeronáutica

Escola: Academia da Força Aérea – AFA
Cidade: Pirassununga-SP
Inscrições: Previstas para abril
Duração: 04 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: Masculino
Idade: Não ter menos de 17 (dezessete) anos nem completar 23 (vinte e três) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “b”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo: R$ 6.268,00 após formatura
Provas: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Física e Redação.

CFOAV – Curso de Formação de Oficiais Aviadores da Aeronáutica

Escola: Academia da Força Aérea – AFA
Cidade: Pirassununga-SP
Inscrições: Previstas para abril
Duração: 04 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: Ambos
Idade: Não ter menos de 17 (dezessete) anos nem completar 23 (vinte e três) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “b”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo: R$ 6.268,00 após formatura
Provas: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Física e Redação.

CFOINT – Curso de Formação de Oficiais Intendentes

Escola: Academia da Força Aérea – AFA
Cidade: Pirassununga-SP
Inscrições: Previstas para abril
Duração: 04 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: Ambos
Idade: Não ter menos de 17 (dezessete) anos nem completar 23 (vinte e três) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “b”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo: R$ 6.268,00 após formatura
Provas: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Física e Redação.

QUADROS DE APOIO

Para as atividades de apoio, a FAB também admite, por meio de concurso público, homens e mulheres de diferentes formações, como profissionais de saúde, comunicação social, engenharia, direito, administração, tecnologia da informação, entre outros.

A FAB possui diferentes quadros de oficiais, que variam de acordo com a área de formação. Após aprovação na prova teórica, exames médicos e teste físico, o candidato passa por um curso de adaptação à carreira militar que dura em média 17 semanas (pouco mais de quatro meses) e é realizado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (Ciaar), em Belo Horizonte (MG).

Cada quadro tem uma exigência específica de idade para ingresso e diferentes progressões na carreira. O médico e engenheiro, por exemplo, podem chegar ao posto de Major-Brigadeiro. Já um jornalista ou advogado, ao posto de Coronel.

A FAB também abre esporadicamente oportunidades para oficiais temporários, nas quais os profissionais de áreas diversas podem permanecer na Força por até oito anos.

CAFAR – Curso de Adaptação de Farmacêuticos da Aeronáutica

Escola: Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica – CIAAR
Cidade: Belo Horizonte-MG
Inscrições: Previstas para março a abril
Duração: 17 semanas
Escolaridade: nível superior em Farmácia
Sexo: Ambos
Idade: Não completar 36 (trinta e seis) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “d”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo: Não divulgado
Provas: Língua Portuguesa, Conhecimentos Especializados e Redação.

CAMAR – Curso de Adaptação de Médicos da Aeronáutica

Escola: Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica – CIAAR
Cidade: Belo Horizonte-MG
Inscrições: Previstas para julho
Escolaridade: nível superior em Medicina
Duração: 17 semanas
Sexo: Ambos
Idade: Não completar 36 (trinta e seis) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “d”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo:  R$ 8.877,60 após curso de formação
Provas: Língua Portuguesa, Conhecimentos Especializados

CADAR – Curso de Adaptação de Dentistas da Aeronáutica

Escola: Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica – CIAAR
Cidade: Belo Horizonte-MG
Inscrições: Previstas para julho
Escolaridade: nível superior em Odontologia
Duração: 17 semanas
Sexo: Ambos
Idade: Não completar 36 (trinta e seis) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “d”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo:  R$ 8.877,60 após curso de formação
Provas: Língua Portuguesa, Conhecimentos Especializados

CFOE – Curso de Formação de Oficiais Especialistas

Escola: Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica – CIAAR
Cidade: Belo Horizonte-MG
Inscrições: Previstas para julho
Escolaridade: nível superior em Odontologia
Duração: 17 semanas
Sexo: Ambos
Idade: Não completar 36 (trinta e seis) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “d”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo:  R$ 8.877,60 após curso de formação
Provas: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Conhecimentos Especializados e Redação.

EIAC – Estágio de Instrução e Adaptação de Capelães da Aeronáutica

Escola: Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica – CIAAR
Cidade: Belo Horizonte-MG
Inscrições: Previstas para março a abril
Duração: 17 semanas
Escolaridade: nível superior de formação teológica regular, reconhecido pela autoridade eclesiástica da religião Católica ou Evangélica.
Sexo: Ambos
Idade: Não ter menos de 30 (trinta) anos nem completar 41 (quarenta e um) anos de idade até o dia 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “f”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo: R$ 5.469,00 após curso de formação
Provas: Língua Portuguesa, Conhecimentos Especializados e Redação.

EAOAP – Estágio de Adaptação de Oficiais de Apoio da Aeronáutica

Escola: Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica – CIAAR
Cidade: Belo Horizonte-MG
Inscrições: Previstas para março a abril
Duração: 18 semanas
Escolaridade: nível superior em diverssas áreas
Sexo: Ambos
Idade: Não completar 32 (trinta e dois) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “e”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo: R$ 8.877,60 após curso de formação
Provas: Língua Portuguesa, Conhecimentos Especializados e Redação.

EAOEAR – Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica

Escola: Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica – CIAAR
Cidade: Belo Horizonte-MG
Inscrições: Previstas para março a abril
Duração: 18 semanas
Escolaridade: nível superior em Engenharia
Sexo: Ambos
Idade: Não completar 36 (trinta e seis) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula. (conforme alínea “e”, inciso V, Art. 20 da Lei nº 12.464).
Soldo: R$ 8.877,60 após curso de formação
Provas: Língua Portuguesa, Conhecimentos Especializados e Redação.

Exército

O Exército Brasileiro tem a missão de contribuir para a garantia da soberania nacional, dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, salvaguardando os interesses nacionais e cooperando com o desenvolvimento nacional e o bem-estar social. Para isso, prepara a Força Terrestre, mantendo-a em permanente estado de prontidão.

Homens e mulheres que pretendam seguir carreira no Exército têm algumas opções, de acordo com idade e nível de escolaridade, seja como militar de carreira ou temporário.

O jovem aprovado em concurso irá seguir a carreira militar e permanecerá na Força Armada até passar para a Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar). De acordo com idade e o nível de escolaridade, existem várias opções para homens e mulheres ingressarem no Exército Brasileiro (EB), como militar de carreira.

A carreira poderá começar a partir dos 16 (dezesseis) anos de idade, que é o limite mínimo de idade para a inscrição no concurso da Escola Preparatória de Cadetes do Exército.

Para o militar de carreira, oficial ou sargento, o ingresso só é possível mediante a aprovação em concurso público, de âmbito nacional, para uma das Escolas de Formação abaixo:

JOVENS

Concurso de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército

A Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), localizada na cidade de Campinas, SP, é o estabelecimento de ensino militar do Exército responsável por selecionar e preparar os jovens para o ingresso no Curso de Formação de Oficiais das Armas, do Quadro de Material Bélico ou do Serviço de Intendência.

A seleção é feita anualmente, por meio de um concurso de admissão de âmbito nacional, no qual são oferecidas cerca de 400 vagas para o sexo masculino e 40 vagas para o sexo feminino.

Em caso de aprovação em todas as etapas da seleção, o candidato é matriculado e passa a ser militar da ativa do Exército Brasileiro, na condição de Aluno da EsPCEx. Se concluir o curso com aproveitamento, prosseguirá para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende (RJ), onde, após 4 anos, concluirá o Curso de Formação e será declarado Aspirante a Oficial  das Armas, do Quadro de Material Bélico ou do Serviço de Intendência do Exército Brasileiro.

Escola: Escola de Cadetes do Exército (EsPCex)
Cidade:  Campinas – SP
Inscrições: previstas para maio de 2017
Duração: 4 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: feminino e masculino
Idade:
 no mínimo, 17 e, no máximo 22 anos, completados até 31 de dezembro do ano de matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 6.268,00
Provas:  Português, Redação, Física, Química, Matemática, Geografia, História e Inglês.

Curso de Formação de Sargentos – CFS/EsSA

A Escola de Sargentos das Armas (EsSA), localizada na cidade de Três Corações (MG), o estabelecimento de ensino do Exército Brasileiro destinado exclusivamente à formação de Sargentos Combatentes de carreira, das armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações.

O ano de instrução é dividido em dois períodos: o Período Básico (PB), sob a coordenação da ESA, com duração de 34 (trinta e quatro) semanas, é desenvolvido nas seguintes unidades do corpo de tropa: Campo Grande-MS, Jundiaí-SP, Rio de Janeiro-RJ, Jataí-GO, Recife-PE, Pouso Alegre-MG, Fortaleza-CE, Alegrete-RS, Blumenau-SC, Altamira-PA, Juiz de Fora-MG, Pirassununga-SP.

Ao final do PB e conforme seus méritos, os alunos fazem a opção pela Arma (Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia ou Comunicações) em que desejam ingressar. O Período de Qualificação é desenvolvido de forma centralizada nas instalações da ESA, em Três Corações, e é composto de 43 (quarenta e três) semanas, nas quais o aluno recebe instruções específicas da Arma escolhida.

A cerimônia de encerramento do curso é o ponto culminante e o marco de encerramento do ano escolar, com a entrega dos diplomas e a promoção dos alunos à graduação de 3º Sargento.

Escola: Escola de Sargentos das Armas (EsSA)
Cidade: Três Corações – MG
Inscrições: previsto para maio de 2017
Duração: Período Básico com 34 semanas e Período de Qualificação com 43 semanas
Escolaridade: nível médio
Sexo: feminino ou masculino
Idade: ter entre 17 e 24 anos
Soldo: R$ 3.325,00 após curso de formação
Provas: Matemática, Português, Redação, História e Geografia do Brasil

Curso de Formação de Sargentos – CFS/EsSLog

A Escola de Sargentos de Logística (EsSLog), situada no Rio de Janeiro (RJ), é o estabelecimento responsável pelos cursos de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos de Material Bélico, Intendência, Topografia, Manutenção de Comunicações e Saúde. Além do Curso de Formação de Sargentos Músicos e do Curso de Especialização em Mestre de Música.

Escola: Escola de Sargentos de Logística (EsSLog)
Cidade: Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: previsto para maio de 2017
Duração: Período básico com 34 semanas e Período de Qualificação com 43 semanas
Escolaridade: nível médio/técnico
Sexo: feminino e masculino
Idade: ter entre 17 e 24 anos
Soldo: R$ 3.325,00 após curso de formação
Provas: Matemática, Português, Redação, História e Geografia do Brasil

CIAvEx – Curso de Formação de Sargentos – Aviação 

A Aviação do Exército (AvEx) é o segmento aéreo do Exército Brasileiro e foi recriada com o objetivo primaz de proporcionar aeromobilidade ao mesmo. Além disso, ela carrega consigo o desígnio de ser um vetor de modernidade para, com isso, constituir-se num pólo de absorção, domínio e difusão de tecnologia e doutrina deste segmento da guerra moderna. Para tanto, a cada dia, a Aviação do Exército vem se desenvolvendo pelo constante aprimoramento técnico-profissional de seus integrantes, pelo adestramento operacional de seus elementos orgânicos e pelo aperfeiçoamento das doutrinas atinentes ao emprego da aviação em prol da Força Terrestre.

Para ingressar na Aviação do Exército o pretendente deve primeiro ingressar no Exército Brasileiro e ser um Oficial ou Sargento. Como Oficial o ingresso acontecerá nos postos de Piloto ou Gerente (Manutenção, Aviônicos e Administrativo).

Já para Sargentos os postos disponíveis são de Manutenção ou Apoio de Voo. Inicialmente o aluno irá frequentar o curso de Formação de Sargentos, com duração de um ano e seis meses, após o qual será promovido à graduação de 3º Sargento de Aviação (de carreira) e será classificado em uma das Organizações Militares da Aviação do Exército.

Após dois anos, o sargento retornará ao CIAvEx para realizar um curso de especialização nas áreas de manutenção ou apoio de voo.

Escola: Centro de Instrução de Aviação do Exército – CIAvEx
Cidade: Taubaté-SP
Inscrições: prevista para novembro de 2016
Duração: um ano e seis meses
Escolaridade: Ser formado na EsSA
Sexo: masculino
Idade: entre 18 e 24 anos
Soldo: R$ 3.325,00
Provas: –

GRADUAÇÃO 

Curso de Formação e Graduação (CFG)

O CFG, com duração de cinco anos letivos, destinado aos brasileiros que tenham concluído, com aproveitamento, o ensino médio, tem como objetivo a formação do oficial e a graduação do engenheiro militar para o exercício dos cargos privativos da Engenharia Militar de oficial subalterno e oficial intermediário, conforme o disposto na legislação federal vigente.

O CFG compreende a graduação em uma das especialidades de Engenharia e, simultaneamente, a formação militar necessária ao oficial da ativa, do Quadro de Engenheiros Militares (QEM), ou da reserva, do Corpo de Oficiais da Reserva do Exército (CORE). A instrução militar é ministrada nos Curso de Formação de Oficiais da Reserva (CFOR) e Curso de Formação de Oficiais Engenheiros Militares (CFRm), com estágios diferenciados entre os optantes pela ativa e pela reserva.

– Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Ativa do Quadro de Engenheiros Militares (destinado aos(às) candidatos(as) que desejam seguir a carreira militar);

– Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Reserva de 2ª Classe do Quadro de Engenheiros Militares (destinado aos(às) candidatos(as) que não desejam seguir a carreira militar).

Escola: Instituto Militar de Engenharia (IME)
Cidade: Rio de Janeiro – RJ
Inscrições: previsto para agosto de 2017
Duração: 5 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: feminino e masculino
Idade: entre 16 e 22 anos até 31 de dezembro do ano da matrícula no CFG do IME
Soldo: R$ 1.054,00 durante o curso de Formação e R$ 7.350,00 após a conclusão do curso de formação
Provas: Matemática, Física, Química, Português e Inglês.

OFICIAIS

Curso de Formação de Oficiais Combatentes, de Intendência e de Material Bélico 

Após a conclusão com aproveitamento do Curso de Formação de Cadetes na EsPCEx, o aluno prosseguirá para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende (RJ), onde, após 4 anos, concluirá o Curso de Formação e será declarado Aspirante a Oficial  das Armas, do Quadro de Material Bélico ou do Serviço de Intendência do Exército Brasileiro.

Escola: Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN)
Cidade: Resende – RJ
Inscrições: por intermédio da EsPCEx
Duração: 4 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: masculino e feminino
Idade:
Soldo: R$ 6.268,00 após curso de formação 
Provas: 

Curso de Formação de Oficiais do Quadro de Engenheiros

O CFrm destina-se aos(às) candidatos(as) diplomados e concludentes da graduação em Engenharia plena por Instituição de Ensino Superior oficialmente reconhecida, em área de engenharia objeto do concurso, que desejam seguir a carreira militar. Tem a duração de um ano e currículos bem estruturados, orientados para atender à formação do oficial, proporcionando-lhe a instrução militar e adaptação profissional para o seu ingresso no Quadro de Engenheiros Militares.

De acordo com o art. 20 do Decreto nº 96.304, de 12 de julho de 1988, o(a) aluno(a), ao ingressar no CFrm, é matriculado(a) no Curso Básico de Formação Militar do QEM (CBFM/QEM) e, se aprovado(a) neste curso, é matriculado(a) no Curso de Formação Específica do QEM (CFE/QEM). Enquanto matriculado(a) no CBFM/QEM ou no CFE/QEM, o(a) candidato(a) ao QEM é considerado(a), para fins de curso, como primeiro-tenente do Quadro de Material Bélico, da reserva de 2ª Classe, fazendo jus à remuneração e precedência hierárquica da referida situação militar. Ao término do curso, será nomeado(a) oficial da ativa do QEM e terá pela frente toda a carreira a seguir no Exército, passando gradativamente pelos postos de 1º Tenente, Capitão, Major, Tenente-Coronel e Coronel. Dependendo do seu aperfeiçoamento e desempenho profissional, poderá galgar os postos de General-de-Brigada e de General-de-Divisão.

O concludente do CFrm será movimentado para uma das organizações militares do Exército Brasileiro, em qualquer região do território nacional, para exercer as atividades relacionadas com a Engenharia Militar.

Escola: Instituto Militar de Engenharia (IME)
Cidade: Rio de Janeiro – RJ
Inscrições: previsto para agosto de 2017
Duração: 1 ano
Escolaridade: nível superior
Sexo: feminino e masculino
Idade: no máximo 26 anos de idade até o dia 31 de dezembro do ano de matrícula no curso
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de formação
Provas: Português, Inglês e Conhecimentos Específicos

Curso de Formação de Oficiais de Saúde – CFO/ Saúde (Médicos, Dentistas e Farmacêuticos)

O Curso de Formação de Oficiais de Saúde possibilita o ingresso de ambos os sexos, desde que sejam possuidores do ensino superior completo na área de medicina, odontologia e farmácia. O curso que possui duração de 35 semanas é realizado na Escola de Saúde do Exército (EsSEx), localizada na cidade do Rio de Janeiro – RJ. A EsSEx é o estabelecimento de ensino militar do Exército responsável pela seleção e formação de oficiais do Quadro do Serviço de Saúde do Exército Brasileiro. Também são realizados pela EsSEx cursos de pós-graduação nas áreas de Enfermagem, Veterinária e Psicologia, além de capacitações para subtenentes e sargentos de saúde.

Escola: Escola de Saúde do Exército (EsSEx)
Cidade: Rio de Janeiro – RJ
Inscrições: previstas para junho de 2017
Duração: 35 semanas
Escolaridade: nível superior
Sexo: feminino e masculino
Idade: ter entre 20 e 36 anos, referenciados a 31 de dezembro no ano da matrícula;
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de Formação
Provas: Conhecimentos Básicos e Específicos, Língua Inglesa e Língua Espanhola

Curso de Formação Complementar do Exército 

A Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx), localizada na cidade de Salvador (BA), é o estabelecimento de ensino militar do Exército responsável pela seleção e preparação de recursos humanos para atuar nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Direito, Magistério, Informática, Economia, Psicologia, Estatística, Pedagogia, Veterinária, Enfermagem e Comunicação Social.

O Capelão Militar também tem seu ingresso pela EsFCEx mediante concurso público específico. Possibilita o ingresso de ambos os sexos já graduados no ensino superior nas áreas de interesse do concurso.

Escola: Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx)
Cidade: Salvador-BA
Inscrições: junho de 2016
Duração: 35 semanas
Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino e feminino
Idade: ter no máximo 36 anos até 31 de dezembro do ano da matrícula
Soldo: R$ 7.350,00 após o curso de formação
Provas: Língua Portuguesa, História do Brasil, Geografia do Brasil, Língua Inglesa ou espanhola

Marinha

A Marinha do Brasil tem a missão de preparar e empregar o Poder Naval, a fim de contribuir para a defesa da Pátria. Estar pronta para atuar na garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem; atuar em ações internacionais e em apoio à política externa do País, a fim de contribuir para a salvaguarda dos interesses nacionais.

Para ingressar nessa força o interessado tem duas opções: como militar de carreira ou pelo Alistamento Militar, indispensável para todo jovem brasileiro do sexo masculino, de acordo com a Lei do Serviço Militar (lei No 4.375, de 17 de agosto de 1964).  O processo de seleção é informatizado e impessoal, segundo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Defesa e pela necessidade de contingente das três Forças.

O Ingresso na Marinha do Brasil, para provimento no quadro funcional efetivo de carreira, ocorre por meio de concursos públicos destinados a candidatos de ambos os sexos, com as mais variadas formações de níveis de escolaridade (fundamental, médio ou superior) em diversas áreas de atuação e formação.

Conheça as opções para ingresso nas carreiras da Marinha:

CPAEN – Concurso Público de Admissão à Escola Naval 

Os cursos ministrados na Escola Naval (EN), denominados “Cursos de Graduação da Escola Naval”, são destinados à formação de Oficiais para o Corpo da Armada (CA), o Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) e o Corpo de Intendentes de Marinha (CIM), são realizados de modo diversificado, proporcionando habilitações de interesse militar-naval, dentro da área de Ciências Navais, tendo seu ensino estruturado em um Ciclo Escolar e um Ciclo Pós-Escolar.

Os Oficiais do Corpo da Armada exercerão cargos relativos à aplicação do Poder Naval e seu preparo. Os Oficiais do Corpo de Fuzileiros Navais exercerão cargos relativos à aplicação do Poder Naval e seu preparo, em especial nas operações anfíbias. Os Oficiais do Corpo de Intendentes da Marinha exercerão cargos relativos à aplicação e ao preparo do Poder Naval, que visem ao atendimento das atividades logísticas e das relacionadas com a economia, as finanças, o patrimônio, a administração e o controle interno.

O término do CPE corresponde à graduação em Ciências Navais e habilitação para todos os cursos. Os GM que concluírem o CPE com aproveitamento receberão o Diploma de Graduação em Ciências Navais e a respectiva Ficha Histórico-Escolar e serão nomeados Segundos-Tenentes, posto em que se inicia a carreira de Oficial da Marinha.

Escola: Escola Naval 
Cidade: Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: previstas para abril de 2017
Duração: 4 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: feminino e masculino
Idade: 18 anos completos e menos de 23 anos
Soldo: R$ 6.673,00 após curso de formação
Provas: Matemática, Língua Portuguesa, Física e Inglês

CPACN – Concurso Público de Admissão ao Colégio Naval 

O Colégio Naval (CN) é um estabelecimento de ensino da Marinha sediado em Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro, cujo propósito é selecionar alunos para o Curso de Graduação da Escola Naval (EN). O curso conduzido pelo CN denominado “Curso de Preparação de Aspirantes”, é destinado ao preparo intelectual e físico do aluno visando uma futura seleção para o ingresso na EN, ministrando o ensino básico em nível médio, além do ensino militar-naval.

O ingresso no Curso de Preparação de Aspirantes será efetivado no ato da matrícula, por ocasião da admissão no 1º ano do curso, para os candidatos aprovados em Concurso Público de admissão e classificados dentro do número de vagas fixadas.

A aprovação no curso permite ao aluno receber o certificado de conclusão do Ensino Médio acompanhado da respectiva Ficha Histórico-Escolar, e também o Certificado de Reservista Naval.

Escola: Colégio Naval
Cidade: Angra dos Reis-RJ
Inscrições: previstas para julho de 2017
Duração: 3 anos
Escolaridade: nível fundamental
Sexo: masculino
Idade: mais de 15 e menos de 18 anos até a matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 956,00
Provas: Matemática, Português, Inglês, Física, História, Geografia, Química, Biologia e Informática

CPAEAM – Concurso Público de Admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros

O Curso de Formação de Marinheiros para a Ativa será conduzido nas Escolas de Aprendizes-Marinheiros (EAM), sob regime de internato, inteiramente gratuito e tem duração de um ano letivo, realizado em um único período escolar de 48 (quarenta e oito) semanas, no qual serão ministradas disciplinas do Ensino Básico e do Ensino Militar-Naval. Durante este curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o Aprendiz-Marinheiro perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares.

As vagas no Corpo de Praças das Armadas estão distribuídas entre as seguintes especialidades: Armamento (AM) Comunicações Interiores (CI) Máquinas (MA) Arrumador (AR) Comunicações Navais (CN) Manobras e Reparos (MR) Artífice de Mecânica (MC) Cozinheiro (CO) Mergulho (MG) Artífice de Metalurgia (MT) Direção de Tiro (DT) Motores (MO) Aviação (AV)* Eletricidade (EL) Operador de Radar (OR) Caldeiras (CA) Eletrônica (ET) Operador de Sonar (OS) Carpintaria (CP) Hidrografia e Navegação (HN) Sinais (SI) Segurança do Tráfego Aquaviário (SQ).

O C-FMN será estruturado em duas fases. A primeira, no grau hierárquico de Aprendiz-Marinheiro, destinada principalmente à formação militar naval e a segunda, no grau hierárquico de Grumete (GR), destinada prioritariamente a iniciar a especialização técnica, sendo denominada Formação Inicial Continuada (FIC), em três áreas assim estabelecidas: Eletroeletrônica, Apoio e Mecânica.

Ao concluir o Curso com aproveitamento, o GR prestará juramento à Bandeira, assumindo compromisso de tempo de serviço (Compromisso de Engajamento), por um período de 2 (dois) anos, contados a partir do dia imediato ao do término do Curso de Formação de Marinheiros.

Após a conclusão do Curso de Formação de Marinheiros, o GR será promovido à graduação de Marinheiro (MN) e, para atender às necessidades da Tabela de Lotação dos Setores de Distribuição de Pessoal da Marinha do Brasil, poderá ser designado para servir a bordo de Navio ou Organização Militar (OM) da MB, em todo o território nacional, onde cumprirá um Estágio Inicial (EI) destinado à avaliação do desempenho ao longo do primeiro ano da graduação

Escola: Escola de Aprendizes Marinheiros
Cidade: Fortaleza-CE, Recife-PE, Vitória-ES, Florianópolis-SC
Inscrições: previstas para julho de 2017
Duração: 3 anos
Escolaridade: nível médio
Sexo: masculino
Idade: mais de 18 e menos de 22 anos até o primeiro dia de janeiro do ano de matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 879,00 + benefícios
Provas: Matemática, Português e Ciências (Física e Química)

CSM-Md –  Concurso Público para ingresso de Médicos no Corpo de Saúde Marinha

O Corpo de Saúde da Marinha (CSM) destina-se a suprir a Marinha com Oficiais para o exercício de cargos técnicos relativos às atividades necessárias à manutenção, no mais alto grau, da higidez do pessoal militar da Marinha voltado para aplicação do Poder Naval e seu preparo, além das atividades inerentes à carreira militar, nos termos da Lei nº 9.519/97.

As vagas no CSM-Md são destinadas a profissionais com graduação em Medicina. O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial fará o CFO, com duração de 36 semanas, realizado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), na cidade do Rio de Janeiro – RJ.

O candidato ingressará na graduação de Guarda-Marinha e, durante este curso, o Guarda-Marinha perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

O ingresso no Corpo de Saúde da Marinha (CSM) ocorrerá no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato ter sido aprovado e classificado em todas as fases da Seleção Inicial e ter sido aprovado em todas as fases do CFO.

Escola: Centro de Instrução Almirante Wandenkolk – CIAW
Cidade: Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: 
Duração: 36 semanas

Escolaridade: nível superior em Medicina
Sexo: masculino e feminino
Idade: menos de 36 anos de idade
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de formação
Provas: Prova de conhecimentos profissionais

CP-CEM – Concurso Público para ingresso no Corpo de Engenheiros

O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial realizará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW). O Curso tem por finalidade o preparo do candidato para o exercício de funções em Organizações Militares da Marinha, situadas em qualquer Unidade da Federação, de acordo com as suas qualificações e atendendo à conveniência do serviço, por meio da necessária instrução militar-naval.

As vagas para o CP-CEM são destinadas a profissionais de nível superior com especialização nas seguintes áreas: Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Cartográfica, Engenharia Civil, Engenharia de Materiais, Engenharia de Produção, Engenharia de Sistemas de Computação, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia Mecânica, Engenharia Mecatrônica, Engenharia Naval, Engenharia Nuclear e Engenharia Química.

Durante o CFO, o candidato fará um Estágio de Aplicação (EA), com duração de até 6 (seis) semanas, que tem por finalidade a adaptação às características do serviço naval inerentes à profissão, à complementação de sua formação militar-naval e à avaliação complementar para o desempenho de funções técnicas e administrativas. Será realizado em Organizações Militares (OM) especialmente designadas para tal, sob a supervisão do CIAW. O CFO terá a duração de, aproximadamente, 39 (trinta e nove) semanas.

O ingresso no EN ocorrerá no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato obter a aprovação em todas as fases da Seleção Inicial e ter sido aprovado em todas as fases do CFO.

Escola: Centro de Instrução Almirante Wandenkolk 
Cidade: Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: previstas para abril de 2017
Duração: 39 semanas

Escolaridade: nível superior em Engenharia
Sexo: feminino e masculino
Idade: até 36 anos de idade
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de formação
Provas: Matemática, Física e Conhecimentos Específicos

 
CP-CSM-CD – Concurso Público para ingresso no Corpo de Saúde

O Corpo de Saúde da Marinha (CSM) destina-se a suprir a Marinha com Oficiais para o exercício de cargos técnicos relativos às atividades necessárias à manutenção, no mais alto grau, da higidez do pessoal militar da Marinha voltado para aplicação do Poder Naval e seu preparo, além das atividades inerentes à carreira militar, nos termos da Lei nº 9.519/97.

O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial fará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), realizado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), na cidade do Rio de Janeiro – RJ. As vagas são destinadas a profissionais com graduação em medicina com as seguintes especializações Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, Dentística, Endodontia, Patologia Bucal e Estomatologia, Periodontia e Radiologia.

O ingresso no Corpo de Saúde da Marinha (CSM) ocorrerá no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato ter sido aprovado e classificado em todas as fases da Seleção Inicial e ter sido aprovado em todas as fases do CFO.

Escola: Centro de Instrução Almirante Wandenkolk
Cidade:
Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: prevista para maio de 2017
Duração: 36 semanas

Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino e feminino
Idade: ter menos de 36 anos no dia 1º de janeiro do ano de matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de formação
Provas: Conhecimentos Específicos para o cargo

CP-CSM-S – Concurso Público para ingresso no Corpo de Saúde

O Corpo de Saúde da Marinha (CSM) destina-se a suprir a Marinha com Oficiais para o exercício de cargos técnicos relativos às atividades necessárias à manutenção, no mais alto grau, da higidez do pessoal militar da Marinha voltado para aplicação do Poder Naval e seu preparo, além das atividades inerentes à carreira militar, nos termos da Lei nº 9.519/97.

O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial fará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), realizado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), na cidade do Rio de Janeiro – RJ. Os candidatos aprovados ingressarão em vagas nas áreas de Enfermagem, Farmácia, Fonoaudiologia e Nutrição.

O ingresso no Corpo de Saúde da Marinha (CSM) ocorrerá no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato ter sido aprovado e classificado em todas as fases da Seleção Inicial e ter sido aprovado em todas as fases do CFO.

Escola: Centro de Instrução Almirante Wandenkolk
Cidade:
Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: prevista para maio de 2017
Duração: 36 semanas

Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino e feminino
Idade: ter menos de 36 anos no dia 1º de janeiro do ano de matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de formação
Provas: Conhecimentos Profissionais

CP-QC-IM –  Concurso Público para Ingresso no Quadro Complementar

O Quadro Complementar de Oficiais Intendentes da Marinha (QC-IM) destina-se a suprir a Marinha com Oficiais para o exercício de cargos relativos à aplicação e ao preparo do Poder Naval, que visem ao atendimento das atividades logísticas e das relacionadas com a economia, as finanças, o patrimônio, a administração e o controle interno.

As vagas no CP-QC-IM são destinadas a profissionais com graduação de nível superior em Administração, Ciências Contáveis e Economia.

O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial realizará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW). O curso é constituído por um Período de Adaptação e uma etapa básica, compreendendo as atividades previstas nos respectivos currículos. Durante este curso o Guarda-Marinha perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

O ingresso no QC ocorrerá no posto de Segundo-Tenente, após o candidato ter sido aprovado e classificado em todas as fases da Seleção Inicial e ter sido aprovado em todas as fases do CFO

Escola: Centro de Instrução Almirante Wandenkolk
Cidade:
Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: prevista para maio de 2017
Duração: 39 semanas

Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino e feminino
Idade: ter menos de 36 anos no dia 1º de janeiro do ano de matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 6.673,00 após curso de formação
Provas: Conhecimentos Profissionais

CP-CapNav –  Concurso Público para Ingresso no Quadro de Capelães Navais 

O Quadro de Capelães Navais (CN) destina-se ao preenchimento de cargos técnico-administrativos que visam às atividades de apoio técnico e às atividades gerenciais e administrativas em geral, além das atividades inerentes à carreira militar, nos termos da Lei nº 9.519/97 e da Lei nº 6.923/81.

O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial realizará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW). O curso é constituído por um Período de Adaptação e uma etapa básica, compreendendo as atividades previstas nos respectivos currículos. Durante este curso o Guarda-Marinha perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa

O Quadro de Capelães Navais possuí vagas nos cargos de Sacerdote da Igreja Católica Apostólica Romana, Pastor da Igreja Assembléia de Deus e Pastor da Igreja Batista.

O ingresso no CN ocorrerá no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato obter a aprovação em todas as fases da Seleção Inicial e ter sido aprovado em todas as fases do CFO.

Escola: Centro de Instrução Almirante Wandenkolk
Cidade:
Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: prevista para maio de 2017
Duração: 39 semanas

Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino e feminino
Idade: ter menos de 36 anos no dia 1º de janeiro do ano de matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de formação
Provas: Conhecimentos Profissionais

CP-T – Concurso Público para Ingresso no Quadro Técnico do Corpo Auxiliar 

O Quadro Técnico (T) do Corpo Auxiliar da Marinha destina-se ao preenchimento de cargos técnico-administrativos que visam às atividades de apoio técnico e às atividades gerenciais e administrativas em geral, além das atividades inerentes à carreira militar, nos termos da Lei nº 9.519/97.

O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial realizará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW). As vagas são destinadas para profissionais com graduação em cursos de nível superior nas seguintes áreas: Biblioteconomia, Comunicação Social, Direito, Estatística, Geologia, Informática, Meteorologia, Oceanografia, Pedagogia, Serviço Social e Segurança do Tráfego Aquaviário.

O Curso é constituído por um Período de Adaptação de, aproximadamente, três semanas e uma etapa básica compreendendo as atividades previstas nos respectivos currículos. Durante este curso o Guarda-Marinha perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médicoodontológica, psicológica, social e religiosa.

O ingresso no Quadro Técnico (T) ocorrerá no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato ter sido aprovado e classificado em todas as fases da Seleção Inicial e ter sido aprovado em todas as fases do CFO.

Escola: Centro de Instrução Almirante Wandenkolk
Cidade:
Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: prevista para maio de 2017
Duração: 39 semanas

Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino e feminino
Idade: ter menos de 36 anos no dia 1º de janeiro do ano de matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de formação
Provas: Conhecimentos Profissionais

QC-CA e FN – Concurso Público para Ingresso nos Quadros Complementares Corpo da Armada e Fuzileiros Navais 

Os Oficiais do Corpo da Armada exercerão cargos relativos à aplicação do Poder Naval e seu preparo. O Corpo da Armada é composto pelo Quadro de Oficiais da Armada e pelo Quadro Complementar de Oficiais da Armada (QC-CA). Os Oficiais do Corpo de Fuzileiros Navais exercerão cargos relativos à aplicação do Poder Naval e seu preparo, em especial nas operações anfíbias.  O Corpo de Fuzileiros Navais é composto pelo Quadro de Oficiais Fuzileiros Navais e pelo Quadro Complementar de Oficiais Fuzileiros Navais (QC-FN).

Ingressarão no QC-CA e no QC-FN os candidatos civis e militares graduados nas habilitações requeridas pela MB, aprovados em CP, Curso de Formação de Oficiais (CFO) e Estágio de Aplicação de Oficiais.

Os Segundos e Primeiros-Tenentes do QC-CA servirão, obrigatóriamente, embarcados nos navios da MB e a eles serão cometidas responsabilidades por atividades operacionais, técnicas e administrativas nas áreas de eletrônica, mecânica e sistemas de armas visando o aprestamento daqueles meios navais.

O candidato ingressará na graduação de Guarda-Marinha e durante o curso perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

O Quadro Complementar de Oficiais da Armada oferta vagas para cargos nas áreas de Eletrônica, Máquinas e Sistemas de Armas. Já para o quadro complementar de Oficiais Fuzileiros Navais são oferecidas vagas para as áreas de Eletrônica, Máquinas, Sistemas de Armas e Educação Física.

Escola: Centro de Instrução Almirante Wandenkolk
Cidade:
Rio de Janeiro-RJ
Inscrições: prevista para maio de 2017
Duração: 36 semanas

Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino e feminino
Idade: ter menos de 36 anos no dia 1º de janeiro do ano de matrícula no curso de formação
Soldo: R$ 7.350,00 após curso de formação
Provas: Conhecimentos Profissionais

Concursos Forças Armadas ABERTOS

Concurso EsSA

  • Concurso: Escola de Sargentos das Armas (Concurso ESA)
  • Banca organizadora: A própria
  • Cargo: Sargento
  • Escolaridade: nível médio
  • Número de vagas: 1.100
  • Remuneração: de R$ 3 mil
  • Inscrições: 8 de maio a 12 de junho de 2017
  • Taxa de inscrição: R$ 80
  • Data da prova objetiva: 24 de setembro de 2017

Concurso EsPCEx 2017

  • Concurso: Escola Preparatória de Cadetes do Exército (Concurso EsPCEx 2017)
  • Banca organizadora: A própria
  • Cargo: Cadete
  • Escolaridade: nível médio
  • Número de vagas: 440
  • Remuneração: de R$ 6.268,00  após a formatura
  • Inscrições: 01 de maio a 20 de junho de 2017
  • Taxa de inscrição: R$ 90,00
  • Data da prova objetiva: 30 de setembro e 1º de outubro 2017

Concurso Marinha Mercante

  • Concurso: Marinha Mercante
  • Banca organizadora:  Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga)
  • Cargos: Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM)
  • Escolaridade: Nível médio
  • Número de vagas: 285
  • Remuneração: R$ 900 (durante o estágio) e R$ 5.967,00 (após formado)
  • Inscrições: Entre 11 de maio e 8 de junho de 2017
  • Taxa: R$ 55,00
  • Data da prova: 19 de agosto e 20 de agosto de 2017

Estudando para concursos das Forças Armadas? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!

Matricule-se!

Cheguei Lá

11 Comentários

11 Comentários

  1. Logan Silveira

    21/09/2016 11:58 em 11:58

    Gostaria de saber se uma pessoa civil que esta com a despensa e não quis servir pode estar concorrendo a uma vaga militar realizando algum concurso.

    • Paulo sergio

      26/09/2016 10:31 em 10:31

      Sim amigo normal !

  2. Para Trás: Concursos Militares 2017: confira as oportunidades. Prepare-se e garanta a sua vaga!

  3. Juliana

    14/02/2017 12:12 em 12:12

    Gostaria de saber se já tem previsão de concurso para o curso de quadro complementar do exército

  4. Arianny

    15/02/2017 09:28 em 09:28

    Gostaria de saber se quem está cursando o ensino médio com data prevista de término para Julho de 2017 pode estar participando do concurso?

  5. Brenda

    17/03/2017 01:47 em 01:47

    Olá, obrigada pelo esclarecimento. Mas uma observação, no site da FAB, diz que a idade do EAOAP: “Não completar 32 (trinta e dois) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula.” Apenas CAFAR, CADAR e CAMAR que é não completar 36 (trinta e seis) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula.

    • Equipe Gran Cursos Online

      17/03/2017 18:35 em 18:35

      Olá Brenda, boa noite!

      Fizemos a alteração. Sobre o requisito para o EAOAP.

      Estamos à disposição.

      Atenciosamente,
      – Comunicação Gran Cursos Online

  6. Ludmila

    19/04/2017 21:58 em 21:58

    Como que eu faço para fazer a inscrição pra entrar na espcex???

    • Anna

      20/04/2017 09:29 em 09:29

      Olá Ludmila, bom dia!

      As inscrições deverão ser feitas no site indicado no edital. Fique de olho em nosso blog para saber quando o concurso for aberto e todos os detalhes.

      Estamos à disposição.

      Atenciosamente,

      – Comunicação Gran Cursos Online

  7. Railda

    09/05/2017 15:02 em 15:02

    Oi eu tenho 24 anos posso entrar no exercito?

  8. almir

    13/05/2017 23:09 em 23:09

    sou marinheiro ao passar para sargento do Exercito qual será o meu soldo durante o curso de formação?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo