Dicas sobre a concordância do verbo SER

Yuri Moraes


02/07/2021 | 15:47 Atualizado há 86 dias

Olá! Tudo bem?

Meu nome é Yuri Moraes, sou servidor da Câmara dos Deputados e faço parte da equipe do GranXperts.

 

 

Neste artigo, eu trarei algumas dicas sobre a concordância do verbo SER.

 

Observe que o verbo SER se comporta diferentemente dos outros verbos.

Trata-se de um verbo anômalo, sem padrão algum de radical.

 

As regras de concordância do verbo SER são peculiares e seguem uma lógica bem diferente, pois, em alguns casos, o verbo SER concorda com o sujeito, em outros, concorda com o predicativo.

 

Vamos tentar entender a lógica desse verbo, esquematizando sua concordância:

 

1º caso – Se o verbo SER estiver entre pronome reto e qualquer coisa, a concordância se dará com o pronome reto.

 

Qualquer coisa é tudo aquilo que não é pronome reto, tá?! O que quero dizer é que o verbo SER sempre concorda com o pronome reto, esteja ele no sujeito, esteja ele no predicativo. Observe as frases:

  • O professor sou eu.
  • Nós somos um rascunho de Deus.

 

Na primeira frase, o verbo SER concorda com o pronome reto EU, predicativo.

Na segunda, com o pronome reto NÓS, sujeito.

 

2º caso – Se o verbo SER estiver entre pessoa e coisa, a concordância se dará com a pessoa.

Coisa é tudo aquilo que não é pessoa nem pronome reto, beleza?! Observem as frases:

  • O aluno é seus sonhos.
  • As esperanças do time era Edson Cariús.

 

Na primeira frase, o verbo SER está entre pessoa – “O aluno” – e coisa – “seus sonhos”. O verbo SER, portanto, irá concordar com pessoa, sujeito da oração.

Na segunda, o verbo SER está entre coisa – “As esperanças” – e pessoa – “Edson Cariús”. O verbo SER, portanto, irá concordar com pessoa, predicativo do sujeito.

 

3º caso – Se o verbo SER estiver entre duas coisas, dá-se preferência à coisa plural, esteja ela no sujeito, esteja ela no predicativo. É o que se observa nas frases a seguir. O bom senso pede para flexionar o verbo no plural, mas, quando se quer dar ênfase, admite-se a flexão no singular.

 

  • Tua vida é/são essas ilusões.
  • Seus problemas maiores são/é a dívida com o pai.

 

ATENÇÃO!

Se o verbo SER estiver posicionado entre dois pronomes retos, ele concordará com o primeiro.

  • Nós não somos
  • Tu não és nós.

 

Se o sujeito for um pronome interrogativo, o verbo SER concordará necessariamente com o predicativo.

  • Quem são vocês?
  • Que são frases?

 

4º caso – Quando aparece nas expressões é muito, é pouco, é bastante, o verbo SER fica no singular, e quando indicar quantidade, distância, medida, valor, custo.

  • Dez reais é pouco para irmos ao cinema.
  • Vinte mil reais é muito para um profissional recém-formado.

 

Espero que você tenha gostado e que este artigo possa te ajudar nos estudos e na sua preparação.

Bons estudos e sucesso na sua trajetória!

Caso você esteja precisando de acompanhamento e orientação para os seus estudos, nossa equipe de coaches está à disposição para te ajudar na sua preparação por meio do Programa de Coaching do Gran Cursos Online – GranXperts.

 

 

Não conhece o Programa de Coaching do Gran Cursos Online? Clique aqui para obter maiores informações.

Um abraço!

Yuri Moraes

_________________________________________________________

 

Facebook: Prof. Yuri Moraes

Instagram: @profyurimoraes

Canal no YouTube: Prof. Yuri Moraes

_________________________________________________________

Yuri Moraes

Equipe do Gran Cursos Online
1

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *