Estude muito, mas não se esqueça disso

Thiago Paixão


01/07/2021 | 16:34 Atualizado há 79 dias

Em nossa vida, nós precisamos de um foco e de um objetivo a alcançar. Para quem está estudando, foco é tudo. É isso que nos motiva a continuar, é o ar que respiramos, é aquilo que nos faz levantar cedo da cama. Isso é muito importante, porém o estudante deve ter o cuidado de equilibrar a balança. Não só de trabalho vive o homem, assim como não só de estudo vive o candidato. Um equilíbrio perfeito entre essas ações te dá saúde física, mental e emocional para encarar qualquer desafio.

Não estou dizendo que o aluno não deve se preocupar muito com o estudo. Apenas estou afirmando que a balança deve ser equilibrada. Outras coisas demandam sua atenção e o seu investimento, isso é completamente normal. Mente para si mesmo aquele que diz que vai passar ao se mudar para uma fazenda para viver só estudando – nesse caso, o natural é que a pessoa se estresse em menos de um mês.

Eu passei e você também pode apenas vivendo uma vida normal e cotidiana. Haverá sacrifícios, sim. Haverá restrições, sim. Mas sua vida seguirá na maior normalidade possível. Assim, vamos elencar alguns aspectos de sua vida que merecem seu foco e atenção.

 

  1. Tempo

Tempo é um dos ativos nos quais não existe desigualdade. Todos têm o mesmo tempo diariamente, a mesma quantidade de horas. A gestão do tempo tem um impacto enorme em nossas vidas, e mais ainda para aquele que depende dessa organização para adequar seus estudos.

Faça algumas perguntas a si mesmo. Como tem sido o retorno do tempo que você está estudando? Você está concentrando seu tempo em aspectos importantes para melhorar seu rendimento? Acha que o tempo está adequado, nem muito pesado ou muito leve, apenas equilibrado? As decisões mais importantes a respeito do tempo são com o que, para que e em que você o gasta.

 

  1. Seu dinheiro

Para um candidato, essa é uma das grandes preocupações, que inclusive gera uma maior carga de ansiedade. Estudar custa caro. Fazer prova de concurso custa mais caro ainda. Você gasta com livros, cursos, viagens para fazer prova, hotéis, taxa de inscrição, e por aí vai.

Alguns alunos se mantêm trabalhando (por necessidade ou para manter a sanidade) durante seu processo de preparação. Outros são custeados por seus entes queridos. Existem também aqueles que fazem uma poupança para sobreviver enquanto estudam. Tudo isso são vários fatores de estresse.

Existe uma cobrança tremenda por trás dos que são custeados. Para aqueles que trabalham, é sempre uma dúvida entre largar o emprego e só estudar ou não fazer isso. Quem fez uma reserva a cada dia vê a fonte secando. Para todos surge o desespero por cada centavo ser contado.

Eu nunca acreditei que o dinheiro fosse um mal necessário. O dinheiro é uma coisa muito boa quando bem utilizado, mas é perigoso. Ele deve ser tratado com cautela. Quando mal utilizado, provoca desespero, quando bem utilizado, traz segurança.

Então analise: com o que você gasta seu dinheiro? Com quem você gasta? Como seus gastos impactam sua felicidade? Em que você investe? Você está comprando coisas ou experiências? Lembre-se sempre de que o seu maior investimento será em você mesmo.

 

  1. Sua energia

Muitas pessoas utilizam o status “estou extremamente ocupado” como motivo de orgulho. Muitos amam falar como estão cansados e exaustos o tempo inteiro. Com a tecnologia à nossa disposição hoje, recebemos e-mails e notificações constantemente. Em muitos casos, é praticamente impossível separar o trabalho da vida pessoal. Estudo, carreira, amigos, família, hobbies, Netflix… não é fácil ter tudo que se precisa para uma vida equilibrada. A gestão do tempo é importante, mas a da energia também.

Um dos melhores jeitos de endereçar isso é entender em quais coisas você não deveria estar investindo sua energia. Por exemplo, evitar amizades com pessoas muito negativas (ou tóxicas) é um bom começo. Evitar hábitos que te deixam estressado também. Pessoas, projetos e atividades nos quais você não investe energia podem te ajudar a se concentrar no que realmente importa.

Para quem está estudando, isso deveria ser um mantra. A energia necessária para se manter firme em um processo de estudo para concurso é algo imenso. Portanto, seja avarento com sua energia, não a gaste em coisas desnecessárias e que vão te trazer malefícios. Um tempo para uma leitura recreativa será sempre uma atividade bem quista. Atividades físicas ou de lazer também. Bebedeira, não.

 

  1. Sua felicidade

A felicidade é um objetivo bastante válido. No entanto, simplesmente estar contente já é algo que vale a pena ser almejado. Pode ser um contentamento com você mesmo, com seu estado de vida, com seu trabalho, com as pessoas com as quais você convive, com as atividades com as quais você gasta seu tempo, entre outros cenários.

Descobrir o que te faz bem e o que te mantém de pé é sempre um ponto válido.

Engana-se aquele que diz “Quando passar, serei feliz”. Não é a aprovação ou assumir um cargo que te trará felicidade. Isso é satisfação. A felicidade virá de um estado de espírito de paz com seus atos e suas conquistas. Atos corretos levam a uma vida feliz. Você pode ser muito feliz estudando.

As pessoas costumam interpretar mal a relação entre dificuldade e felicidade. A vida de estudar para concurso costuma ser muito difícil sim, mas ela não é infeliz. Fiz vários amigos em minha jornada e tive momentos incríveis, além de ter tido a oportunidade de viajar e conhecer lugares totalmente novos, assim como conhecer pessoas de toda parte do país. Com algumas eu mantenho contato até hoje. Muitas coisas boas podem acontecer durante a sua jornada. O fim não é o mais legal. O caminho, sim, além de todo o processo de aprendizado.

Aproveite seu tempo enquanto estudante. Você pode se surpreender com as experiências que aparecerem.

Essas e outras dicas nós temos no Gran Cursos Online. Fique sempre de olho, que nossa equipe possui um grande acervo de conhecimentos e dicas que te ajudarão com todo o seu processo de aprendizado. Nossos GranXperts estão aqui para sanar qualquer dúvida que você tenha e te apoiar em sua jornada. Lembre-se: todo mundo pode! Somos Imparáveis! Somos Gran!

Thiago Paixão

Delegado de Polícia Civil do Distrito Federal. Coach e professor de Direito Processual Penal.
2

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *