Estudo eficaz faz a diferença no seu resultado

Marcos Almeida


23/07/2021 | 16:45 Atualizado há 62 dias

Olá, futuro servidor público! Que bom que você está aqui novamente em busca de mais dicas para a sua preparação e aprovação no concurso do seu sonho.

Atuando nesses anos como coach e mentor para concursos, já observei inúmeros tipos de alunos e as inúmeras maneiras como eles estudam. Há aqueles que só veem videoaulas e dormem na frente do computador, ficam com 10 janelas abertas e vão fazendo outras coisas no computador enquanto acham que estudam pelo que está sendo dito pelo professor. Eu sei que é difícil você ler isso, mas, se estuda dessa forma, sinto muito em te dizer que você está se enganando e não está estudando.

Existem aqueles que leem os PDFs, mas nem sequer marcam as palavras-chave e acham que também estão estudando. Há os que não gostam de teoria e só fazem questões. Temos também os que escrevem páginas e mais páginas de resumo, mas elas não servem para nada, a não ser para esses estudantes acumularem uma pilha de papel em suas casas.

Bom, você deve ter percebido que essas práticas não são adequadas para quem quer ter resultado em concursos, correto? A pessoa que quer ter resultados bons em provas para ser aprovada estuda diferente: ela se organiza e faz com que o estudo seja eficaz, e não joga seu valioso tempo dedicado para aquilo no lixo.

Não se engane achando que uma das ações acima está totalmente adequada para você. Lembre-se de que você é o seu maior adversário e que estudar da maneira correta te fará ser aprovado mais rápido. Assim, você economizará tempo e dinheiro com cursos, materiais etc.

Mas não adianta nada eu falar para você que a forma como você estuda não está correta e não te mostrar um melhor caminho para seguir. Então, chegou a hora!

 

  1. ESTUDO POR VIDEOAULAS

Uma boa metodologia para quem está iniciando a preparação para concursos é estudar por videoaulas, até porque existem pessoas que são mais visuais, ou seja, elas têm mais facilidade de aprender assistindo vídeos mesmo, porém elas erram quando não anotam os pontos-chave da aula. Então, quando for estudar por videoaulas, tenha em mãos um papel e uma caneta para anotar os pontos principais ou até mesmo para fazer um mapa mental, se você for uma pessoa visual.

Faça pausas e volte ao vídeo quando for necessário se não entender o que o professor disse, aumente a velocidade do seu vídeo se ele estiver muito lento – até porque há professores que são muito bons no conteúdo, porém falam tão devagar que te fazem desistir da matéria e você acaba perdendo a oportunidade de aprender com quem realmente entende. É importante também, a cada 45 minutos ou uma hora, fazer uma pausa de oito a 10 minutos, pois chega um determinado ponto em que o nosso nível de concentração diminui e tendemos a perder muito das informações estudadas.

 

  1. ESTUDO POR PDF

Uma outra metodologia de estudo bastante recomendada é o estudo por PDF, principalmente para quem já está em nível de intermediário para avançado. Aí você deve me perguntar: “Mas por que isso, professor?”.

É simples! Nas minhas experiências em concursos e tendo sido aprovado em vários, meu estudo teve muito mais rendimento quando eu estudei por PDF. Quem estuda dessa maneira tem menos chance de se desconcentrar com outras coisas e o foco fica totalmente no texto. Claro que você também precisará fazer as marcações nele e, para isso, existem softwares que você pode usar. Além disso, os PDFs serão em quantidade bem menor que as videoaulas, que costumam ser bem extensas.

 

  1. ESTUDO POR QUESTÕES

Estudo por questões é importante? Claro! Porém eu vejo que alguns alunos nem sequer conhecem a teoria e já vão para as questões. Posso te garantir que, para você conseguir aprender somente por questões, levará mais tempo do que se você conhecesse primeiro a teoria.

Preste atenção, eu não estou falando que estudar por questões é errado – pelo contrário, é fundamental. Porém, não estude somente por elas, você precisa ler a teoria, ou seja, as duas ações trabalham em conjunto.

 

  1. RESUMOS

Se você é concurseiro de verdade, com certeza já fez isso ou ouviu alguém dizendo que já fez: resumir a matéria escrevendo inúmeras páginas de resumo, mas depois não as utiliza para nada, até porque nem consegue carregar todo aquele material se estuda fora de casa. Eu sei como é isso porque já presenciei também. Ou seja, há alunos que gastam um caderno inteiro de “resumo”, só que, na verdade, o material é  o “control+C control+V” do PDF. Aí eu te pergunto: isso é resumo?

Claro que não! Isso é cópia, e não sei para que você vai querer mais uma cópia se já tem o material todo escrito no PDF. Mas acredite, tem muita gente que faz isso e nem sequer usa esse material para revisão, até porque o material é tão extenso e a letra pode ser tão feia que nem a pessoa mesmo consegue entender o que escreveu.

Um resumo de verdade é composto por pontos-chave, palavras-chave, aquilo que, olhando para aquela frase ou palavra, fará você entender rapidamente o assunto.

Viu como essas dicas são importantes para a sua preparação ? Eu espero que, a partir desse artigo, você consulte seu planejamento de estudo e dê uma repaginada na forma como está estudando.

Coloque esse conhecimento em prática e tenha resultados diferentes no seu concurso. Afinal, o nosso maior objetivo aqui é que você passe e passe rápido, mas isso depende muito mais de você do que de nós. Nós somos uma bússola, e você, o barco.

 

Um abraço e até breve.

Marcos Almeida

Me siga no Instagram: @marcosalmeidacoach

Marcos Almeida

Equipe do Gran Cursos Online
4

1

Comentários (1)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *