Ex-aluno do Gran Cursos é exemplo de força e determinação!

CHEGUEI-LÁ-Matheus-da-Silva

Aprovados em diversos concursos!

Ingressar na iniciativa privada ou se dedicar à carreira pública? Uma dúvida que fez parte da vida de Matheus da Silva Borges, mas o concurseiro fez a escolha certa, pois foi aprovado para os cargos de Administrador da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), de Soldado da Polícia Militar do Goiás (PMGO), de Agente e Escrivão da Polícia Civil do Goiás (PCGO), e alcançou a 3ª Colocação no concurso de Soldado da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

Matheus lembra que a caminhada não foi nada fácil, pois teve que decidir entre a carreira pública ou privada. “Há aproximadamente um ano, eu tinha acabado de me formar no curso de Administração e via nascer um novo desafio em minha vida: tentar o ingresso na iniciativa privada ou me dedicar à carreira pública? Optei por estudar para concursos públicos, mais especificamente carreiras policiais, algo novo em minha vida até então”, lembra o estudante.

O concurseiro é prova de que para se ter sucesso na carreira pública é preciso, antes de mais nada, se dedicar. Escolher uma escola preparatória de qualidade é uma das decisões mais importantes a serem tomadas. “Realizei pesquisas por cursos preparatórios que ofereciam um serviço de qualidade, e então a escolha pelo Gran Cursos foi inevitável, pois era a melhor estrutura disponível no mercado aliada a uma excelente equipe de professores, o que facilitou e muito no meu caminho rumo à aprovação”, destaca.

Apoio familiar

Para Matheus, uma das coisas mais importantes durante sua luta para ter o Governo como patrão foi o apoio da família. “Durante os estudos, o apoio incondicional da família foi fundamental, principalmente da minha mãe, minha principal incentivadora. Com essa base bem estruturada, tomei gosto pelos estudos e decidi me dedicar integralmente a este projeto. Abdiquei de saídas com amigos e namorada (sempre muito compreensível), das cervejinhas aos finais de semana e inclusive do lazer em determinados momentos, visando a uma preparação extremamente focada nos objetivos definidos, o tão sonhado ingresso na carreira pública”, recorda.

“Nesse período de estudos, passei por momentos bons e outros muito ruins, como quando tinha sido aprovado no concurso de soldado da PMGO na 10ª colocação (o primeiro que fiz após essa preparação). Semanas depois, o concurso foi cancelado. O baque foi grande, bateu uma tristeza, desestímulo e até mesmo vontade de largar os estudos. Foi preciso me reestruturar e recuperar minha autoestima e confiança, passos fundamentais para nós, concurseiros”.

Mas Matheus não deixou o desanimado tomar conta e, mais uma vez, foi à luta. “Consegui recuperar meu foco na preparação e elaborei um plano de ensino semanal, em que era dada bastante importância à parte básica (português, raciocínio lógico, informática e atualidades) pois, a meu ver, os candidatos estão cada vez mais preparados nas partes específicas e o que vem fazendo a diferença entre aprovados e reprovados é a parte básica. Você precisa se preparar bastante para a parte específica, assim você estará nivelado com os melhores, e procurar fazer a diferença na parte básica, pois esta é deixada de lado por muitos bons candidatos”, avalia o concurseiro.

Plantar tanto esforço e dedicação só trouxe bons frutos para Matheus, Cargo de Administrador da Conab, Cargo de Soldado da PMGO, Cargos de Agente e Escrivão da PCGO e a 3ª Colocação no concurso de Soldado da PMDF. “E os estudos continuam rumo a voos ainda maiores, as aprovações estão apenas começando. Todos são capazes de conquistar seus objetivos, basta ter dedicação, foco, disciplina e fé”, declara.

Aprendendo com quem chegou lá

Confira algumas dicas que Matheus preparou para você:

– É importante, se possível, iniciar a preparação antes da publicação do edital.

– A parte básica, principalmente português, tem feito a diferença.

– É fundamental a resolução de provas anteriores e exercícios da banca que irá fazer o seu concurso, assim você irá conhecer o perfil da banca.

– Estabeleça uma carga horária. A minha, por exemplo, era de aproximadamente nove horas diárias de segunda a sexta.

– Acredite no seu potencial, a autoconfiança é fundamental.

Rodrigo Calado
Rodrigo Calado
Vice-presidente e Cofundador do Gran Cursos Online.
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo