A inteligência emocional em benefício do concurseiro

Avatar


11 de Agosto de 2017 2 min. de leitura

Caros(as) concurseiros(as),

Vocês já ouviram falar no termo Inteligência Emocional (IE)? Esse é um conceito da psicologia que trata sobre a capacidade que a pessoa tem de reconhecer e avaliar seus sentimentos e os dos outros, bem como sobre a habilidade de lidar com eles.

O termo surgiu em 1990 pelos pesquisadores Salovey e Mayer. Porém, ficou conhecido quando o psicólogo Daniel Goleman escreveu o Best-seller, intitulado Inteligência Emocional.

Goleman acredita que a IE é um fator primordial para que a pessoa tenha sucesso na vida e a descreve em 5 habilidades:

  1. Autoconhecimento Emocional: reconhecer as próprias emoções e sentimentos quando ocorrem.
  2. Autocontrole Emocional: lidar com os próprios sentimentos, adequando-os a cada situação vivida.
  3. Automotivação: dirigir as emoções a serviço de um objetivo ou realização pessoal.
  4. Reconhecimento de emoções em outras pessoas: reconhecer emoções no outro e empatia de sentimentos.
  5. Habilidade em relacionamentos interpessoais: interação com outros indivíduos, utilizando competências sociais.

As 3 primeiras habilidades são consideradas intrapessoais. E são nelas que vamos focar, a fim de que vocês, concurseiros(as), consigam chegar ao objetivo traçado: passar na prova!

O autoconhecimento emocional é um diferencial para você se destacar. Saber que sentimentos, como a ansiedade, o medo e a angústia, existem é o primeiro passo para conseguir lidar com eles e minimizá-los durante a prova. Esses sentimentos decorrem de pensamentos ditos “negativos”, pensamentos esses que devem ser desmistificados e transformados em fator motivador para um melhor desempenho (autocontrole emocial).

Exemplificando: “Sempre que eu travo numa questão, me acho incapaz de resolver o resto da prova”. Esse pensamento é disfuncional, tendo em vista que não há nenhuma evidência concreta de que desconhecer uma questão significa que você não saberá as outras. Essa é uma angústia comum a quase todos que fazem provas.

Se você tiver internalizado que desconhecer uma questão não significa que você não saberá o resto, sua ansiedade e sensação de impotência diminuirão. Afinal, você não deixará esse sentimento negativo e disfuncional afetar você (automotivação).

Comece observando seus sentimentos e pensamentos. Depois treine a metacognição, ou seja, pense sobre seu pensar. Desmistifique os disfuncionais, reveja se, de fato, eles fazem sentido a ponto de afetar tanto você.

Eu sei, não é tão simples quanto parece. É preciso treino e derrubar barreiras de crenças que foram criadas ao longo das nossas vidas, mas é possível e eu tenho certeza de que isso irá ajudar você a diminuir a ansiedade durante os estudos e a prova.

Para eventuais dúvidas, estou à disposição.

Email: thaisbaerepsi@gmail.com

www.facebook.com/psicologathaisbaere

Telefone: (61) 98161-9780

Thais Baère – Psicóloga especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental.

Graduada em Psicologia pelo Instituto de Ensino Superior de Brasília – IESB (2013); possui título de especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental pelo Instituto Brasileiro de Neuropsicologia e Ciências Cognitivas – IBNEURO; reconhecida pelo Conselho Regional de Psicologia como especialista em Psicologia Clínica; possui título de especialização em Saúde da Pessoa Idosa pela Universidade de Brasília – UnB; atuou como psicóloga hospitalar na área privada; trabalhou como psicóloga assistencial em uma ONG de Brasília; e, atualmente, é psicóloga clínica em consultório particular em Brasília-DF, com foco em ansiedade e depressão.

 


 

Estudando para concursos públicos ? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

[su_button url=”https://www.grancursosonline.com.br” target=”blank” style=”flat” background=”#ff0000″ size=”7″ icon=”icon: shopping-cart”]Matricule-se![/su_button]

garantia-de-satisfacao-30

0

Depoimentos relacionados

Nome do aluno aprovado
Concurso em que foi aprovado

Daniele Laís saiu de seu emprego no SENAC DF aproveitando um momento de mudança no seu cargo, hoje extinto, e…

Nome do aluno aprovado
Concurso em que foi aprovado

Ernesto Luiz Lima é de Limoeiro, interior de Pernambuco. Sua trajetória não foi nada fácil, mas hoje ele pode dizer…

Nome do aluno aprovado
Concurso em que foi aprovado

Natural da terra Caruru e da Maniçoba, o belenense Diego Barroso sempre sonhou em ingressar no serviço público por três…

Pedro Higor Faustino
Concurso Polícia Federal

Pedro Higor Faustino é natural de Juazeiro/BA, mas reside desde pequeno em Brasília/DF, onde mais tarde começaria a sonhar com…

Éder Gomes
Concurso Ministério da Economia

Éder Gomes é de Ceilândia-DF e foi aprovado no concurso de temporários do Ministério da Economia para o cargo de…

Wallace Batista
Concurso ALESE

Wallace Batista dos Santos é de Aracaju, capital do Estado de Sergipe. De família humilde, quando adolescente, ele chegou a…

Luiz Faustino
Concurso ALESE

Natural de Aracaju, cidade onde reside e exerce seu cargo, Luiz Faustino Correa Freire compartilhou conosco a sua história de…

Gabriel Evangelista
Concurso PF

Nosso aluno Gabriel, aprovado no concurso PF, disse não ter acreditado quando viu seu nome na lista de aprovados, a…

Avatar

Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
0

4


Comentários (4)

Avatar Cláudia SantosGomes 23 de Agosto de 2018

gostei, POIS MUITO DO QUE NOS PROPORCIONAMOS ESTA RELATIVAMENTE LIGADO AS NOSSAS EMOÇÕES.

0
 Responder

Avatar Gabi 12 de Agosto de 2017

Ótimo artigo!! Parabéns para a autora.

0
 Responder

Avatar Thais Baère 13 de Setembro de 2017

Obrigada!!Que bom que gostou!

0
 Responder

Avatar Mirian Paparelli Murda 12 de Agosto de 2017

Achei ótima a proposta de vocês! Parabéns por terem colocado a terapia cognitivo comportamental para viabilizar os concurseiros.

0
 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *