Motivação para cumprimento de objetivos

Marcelo Macintyre


18/06/2021 | 13:51 Atualizado há 124 dias

Olá, amigo (a) concurseiro(o), tudo bem? No presente artigo, vou mostrar alguns pontos importantes que considero serem fundamentais na questão da motivação, disciplina e cumprimento de seus objetivos.

Um fator que se destaca quando falamos em meta é o fato de que temos de nos manter firmes nos propósitos para conseguirmos alcançá-la, mas todos sabemos que, a médio e longo prazo, isso não será tarefa fácil. Ao cumprir cada meta, porém, você ganhará confiança e motivação para seguir adiante. Um tijolo de cada vez, 1% todos os dias.

Metas são a maneira mais simples de manter seu objetivo nos trilhos, e o processo de definição delas é tão fácil quanto o esquema que irei chamar de “1-2-3”:

  1. Certifique-se de que seus objetivos sejam realistas e viáveis

É importante manter a barra alta, mas não tão alta que você nunca vá alcançá-la. Definir metas que estão além do seu alcance é um recibo para o desastre. É importante ter objetivos – “Sonhos” – que podem levar algum tempo para serem alcançados e fornecer motivação para o plano de longo prazo.

Esse tipo de definição de metas de longo prazo fornecerá o foco e a disciplina necessários para que a motivação persista quando o estudo e o desenvolvimento estiverem em épocas mais difíceis.

Objetivos de curto prazo, como ir bem em um concurso “meio”, são realistas, alcançáveis e também contribuem para o objetivo do “Sonho” de longo prazo. No início da sua jornada, quando você se sentar com uma caneta e papel, comece sua lista com objetivos desafiadores, mas que sabe que pode alcançar. Quando você chegar lá, terá a preparação e a motivação para definir metas novas e mais altas para seguir em frente.

  1. Certifique-se de que seus objetivos são flexíveis

A preparação para concurso público é muito exigente e há diversas situações que podem atrapalhar seu rendimento e progresso. As restrições de tempo são provavelmente as mais comuns, especialmente para os iniciantes. A maioria dos concurseiros (as) tem emprego, família ou ambos.

Alguns ainda estão na faculdade. Todos nós temos responsabilidades diárias que precisam ser consideradas ao projetarmos metas e cronogramas de estudos. Depois, há os inevitáveis contratempos que te manterão fora da sua programação e atrapalharão seu objetivo dentro da meta.

Talvez você pegue um resfriado e precise descansar por alguns dias. Ou pior, talvez tenha de entregar um trabalho complexo para seu chefe ou professor. Seja qual for a causa, haverá momentos em que você não poderá seguir seu plano e isso irá atrapalhar o progresso que você está fazendo em direção aos seus objetivos. Certifique-se de que suas metas sejam flexíveis para que interrupções curtas no processo de estudos gerem menos impacto.

  1. Certifique-se de ter uma maneira de medir seu progresso

Como você sabe que está progredindo em direção a seus objetivos? Alguns objetivos básicos são fáceis de medir, como por exemplo a relação exercícios/acertos. Se você precisa perder 5 kg e tem um plano alimentar sensato com o qual consegue perder, digamos, meio quilo por semana, a balança contará a história. É assim com os exercícios preparatórios.

O desempenho deve ser aferido semanalmente e a sua análise será o norte dos seus estudos. “Em qual disciplina devo aumentar, diminuir ou manter a carga horária?” – são perguntas como essa que devem ser feitas para você se situar dentro da própria realidade e, assim, melhorar o seu rendimento.

Já estamos nos divertindo? É muito mais fácil ficar motivado e trabalhar duro se você estiver se divertindo. Dessa maneira, você ficará motivado e animado com os estudos, provas, e seu progresso produzirá mais motivação e disposição para você fazer o trabalho duro. Portanto, procure maneiras de tornar sua meta algo que você anseia.

Experimente alterar um pouco a rotina de estudos para evitar que ela fique entediante. Mescle as matérias das ciências exatas com as de ciências humanas e jamais fique por horas lidando com a mesma disciplina.

Na verdade, rotina e planejamento são elementos-chave para um programa de estudos bem sucedido. Isso não significa que você sempre tenha de fazer a mesma coisa da mesma maneira. Colocar um pouco de variedade na rotina é fácil e te ajudará a manter as coisas interessantes. Custe o que custar, tente manter seu processo interessante e divertido. Se você está se divertindo e vendo resultados, a empolgação com tudo isso realmente te manterá motivado.

Marcelo Macintyre

Agente de Polícia da PCDF, pós-graduado em Investigação Policial e GranXpert
4

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *