O ambiente de estudo e a técnica dos “5 S”

Olá, caro leitor e aluno do Gran! Hoje trago um tema mais leve para a nossa reflexão em face dos estudos para concurso público: o ambiente de estudos. A intenção é destacar a importância desse ambiente e a influência dele em seu desempenho, além de trazer uma técnica que pode ser aplicada para melhorar sua organização na hora de estudar.

Ao longo desses meses em casa devido à pandemia, você já deve ter percebido o quanto é fundamental ter um local específico para os estudos e a relevância que esse ambiente tem para o foco, a concentração e a produtividade do estudante.

Escolher um ambiente que te inspire é o ponto inicial, pois você deve se sentir confortável e ter tranquilidade para executar as tarefas diárias e vencer o cronograma. Para aqueles que tinham o costume de estudar em bibliotecas ou em salas de estudos, adaptar-se à nova rotina não foi fácil. Além das distrações naturais que temos em casa, foi preciso lidar com o barulho e com a família dividindo o mesmo ambiente.

Escolher um lugar específico da casa para estudar, um ambiente em que você tenha todo o material disponível, é determinante para sua aprovação.

Para te ajudar no desafio de estabelecer um local adequado para estudar, trago uma técnica japonesa desenvolvida no ano de 1950 por Kaoru Ishikawa. Ela tem por objetivo combater o desperdício de tempo e melhorar o ambiente de trabalho, mas podemos utilizar esses conceitos e adaptá-los ao local de estudos e ao seu desempenho durante essa atividade. A ideia é te ajudar a utilizar melhor o período de estudo, além de manter a qualidade e a organização do local escolhido.

As técnicas são: Seiri, Seiton, Seisô, Seiketsu e Shitsuke. Traduzidas para o português, seriam: Senso de Seleção, de Organização, de Limpeza, de Padronização e de Disciplina. Vamos nessa?!

  1. Seiri – Senso de Seleção

Iniciaremos pelo Senso de Seleção, no sentido de lidar com os estudos e com o local onde estes se realizam de forma prática. Você deve excluir do seu ambiente tudo que for desnecessário para aquele momento em que decidiu estudar.

É importante não só ter espaço, mas também facilidade de acesso, ou seja, é necessário ter à mão tudo que você for precisar durante o período de estudos: uma boa iluminação, livros, notebook, cadernos, canetas, um bom curso, uma plataforma de questões. Tudo isso te faz ganhar tempo e te ajuda a desenvolver a disciplina necessária para estudar.

Deixar uma garrafa com água e um pequeno lanche no canto da mesa também é uma ótima estratégia para permanecer ali e se manter sentado até que a atividade seja concluída. Lembre-se: só se levante ao finalizar a tarefa!

Quem vai dizer o que é importante ficar ali é você! Avalie tudo o que é relevante para a execução das suas atividades, mas tome cuidado! O desafio é descartar o que for supérfluo e dispensável e manter o que terá utilidade imediata. Por exemplo, uma garrafa d’água maior, mais variedade de cores de canetas, enfim, há objetos mais ou menos utilizados conforme sua maneira de estudar.

Assim, disponha os objetos de acordo com o uso constante, ocasional e necessário que eles tenham. Mantenha no seu ambiente apenas aquilo que seja imprescindível ter durante o processo e, ao mesmo tempo, não venha tirar sua concentração desse momento.

  1. Seiton – Senso de Organização

Após selecionar o que é essencial ter no ambiente de estudos, partimos para a parte de organizar esse local. Ordenar os objetos, ter um local separado para cada coisa, saber onde estão os materiais também são ações que vão te ajudar quando você for sentar para estudar.

Muitos reclamam da falta de tempo, mas, pela falta de ordem do ambiente, perdem o pouco de tempo que têm procurando coisas e materiais que essas pessoas já deveriam saber onde estão.

A ideia aqui é criar um local único e exclusivo para cada coisa, na medida certa, para evitar acúmulo e estoque de coisas excessivas que podem te fazer perder tempo ou tirar espaço do seu ambiente.

Aplicar essa estratégia fará tudo que você precisa estar ao seu alcance sem tanto esforço, aumentando mais a sua a disponibilidade de tempo para se manter focado.

  1. Seisô – Senso de Limpeza

Nesse aspecto, dois quesitos serão levados em consideração: a questão da limpeza do ambiente, de forma que este seja um local limpo e agradável para se estar, levando em conta a preservação da higiene, além das relações interpessoais e dos conteúdos que você consome.

Explico: esse tópico levará em consideração as pessoas que estão ao seu lado durante a sua trajetória, ou as pessoas que servem de motivação e que tenham alcançado o mesmo objetivo que o seu e que você acompanha nas redes sociais.

Esse período de estudos será de muitas renúncias, e ter pessoas que estejam na mesma situação que você, com o mesmo objetivo, te ajudará a se manter estudando, pagando o preço para se tornar servidor.

Lugar limpo, arejado, e pessoas e conteúdo que fortaleçam suas forças são fundamentais tanto para o seu bem-estar pessoal quanto para aumentar sua produtividade.

  1. Seiketsu – Senso de Padronização

Chegamos no senso que te auxiliará a construir o hábito dos estudos (mantendo os três primeiros sensos) e um ambiente agradável, saudável, organizado, cercado de pessoas que te servem de motivação e de inspiração.

Aqui a atenção será direcionada a você criar um método de estudo, um cronograma para fomentar a disciplina e o compromisso consigo mesmo e com seu sonho. Ter o local adequado e organizado com seu material ali, já disponível, e com horário estabelecido, te poupará tempo e energia.

Além disso, o planejamento do seu dia e das suas atividades, tendo em mente que esse período será reservado para os estudos, fará você criar o hábito dos estudos.

  1. Shitsuke – Senso de Disciplina

Para adquirir o hábito dos estudos, é imprescindível e necessária a repetição, que nada mais é do que a famosa disciplina. Não tem para onde correr!

Seria legal que fosse agradável estar todos os dias no mesmo lugar, mas, na maioria das vezes, não será. Por isso, fazer do ambiente onde você estará todos os dias um local agradável, que te inspire, é fundamental.

É por meio da disciplina, cumprindo as regras estabelecidas por si mesmo, de maneira repetitiva, que se adquire o hábito.

A mudança de comportamento é paulatina, de modo que a disciplina é o início e o final dos “5 S” propostos. Inicia por causa do seu comprometimento em se organizar e orquestrar seu próprio ambiente de estudo e da vida, e chega ao fim pelo cumprimento daquilo que foi proposto.

Com o tempo, cada vez menos energia será gasta, de maneira que tanto para o ambiente de trabalho como para o de estudos os resultados dependem exclusivamente de quem se compromete com os requisitos.

Gostou? Muito legal, né? Essa técnica fez total sentido para mim e espero que tenha feito para você também! A ideia é que você entre em ação e aplique as indicações transmitidas aqui.

Conte sempre com a equipe de GranXperts caso necessite de um acompanhamento individualizado de alta qualidade. Estamos sempre prontos.

 

Bons estudos, um abraço.

Nelson Marangon

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Nelson Marangon
Advogado-Colaborador da DP-DF e coach do Gran Cursos Online
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo