Os 7 pecados capitais dos concurseiros – parte i

Eu sei que a gula, a avareza, a luxúria, a ira, a inveja, a preguiça e a vaidade não estão diretamente ligados à nossa proposta de te ajudar na sua preparação para concursos públicos. Se bem que, pensando aqui, a preguiça nos faz procrastinar; a gula impacta diretamente o equilíbrio que nosso corpo precisa ter para a mente funcionar bem; a ira pode te deixar impaciente com seus erros e limitações…

Bom, essas análises ficam para um outro momento.

Vamos conhecer aqui, de maneira mais técnica, prática e direta, os 7 pecados capitais dos concurseiros na sua etapa de preparação para alcançar o tão sonhado cargo público. Friso que os itens não estão descritos em ordem de importância ou prioridade, mas seguem sim uma linha de raciocínio.

 

1º – IGNORÂNCIA

Palavra forte, não é!? Mas calma, explico. A ignorância pode “descrever indivíduos que deliberadamente ignoram ou desconsideram informações ou fatos importantes” (WIKIPEDIA, 2021). Nesse primeiro momento, chamo sua atenção para o que, acredito, é o pontapé inicial para os seus estudos: conhecer o edital e a banca examinadora do seu concurso.

É por meio da leitura do edital que você vai traçar sua trajetória de estudos. Muitos concurseiros não veem necessidade em ler todo o edital, apenas se focam na leitura dos pontos que julgam ser os mais importantes. Mas, para chegar competitivo(a) no dia da prova, é importantíssimo você conhecer o edital, de maneira que, se te perguntarem qualquer coisa sobre ele, você deverá saber responder.

É importante também conhecer o perfil da banca examinadora do seu concurso porque o estilo das provas de uma mesma banca geralmente se mantém e isso te trará uma grande vantagem com relação àqueles que não têm ideia de como ela se configura.

Assim que você souber qual vai ser a banca examinadora do seu concurso, acesse o site dela, pesquise por provas antigas dos últimos concursos, converse com pessoas que fizeram provas dessa banca, encontre padrões nas questões e, em outras palavras, entre na “mente” do examinador.

Esses dois pontos, que, muitas vezes, são ignorados por muita gente, não serão ignorados por você. Isso te trará mais confiança na sua preparação, seu ponto de partida.

 

2º – ALEATORIEDADE

“Isa, o filho do primo da minha tia passou em um concurso estudando de forma aleatória, solta”, eles disseram. Ok! Pode ser que isso aconteça? Pode sim, mas isso definitivamente é uma exceção, não é o que acontece com a maioria das pessoas. E aqui, no Gran Cursos Online, a gente não trabalha falando em exceções. Isso não faria sentido, não é mesmo?

Então, eu poderia elencar vários motivos óbvios para justificar que estudos soltos não funcionam, como, por exemplo: quando optamos por realizar esse tipo de estudo, na maioria das vezes, optamos por disciplinas com as quais temos maior afinidade; perdemos tempo parando para pensar sobre o que vamos estudar naquele dia; não temos a noção do todo, do que já vimos e do que ainda precisa ser estudado etc.

Dessa forma, é importante que você se planeje. Isso mesmo: prepare de antemão o que você vai estudar naquele dia e naquela semana. Uma dica: todo domingo, organize os seus horários da semana que entrará. Estipule metas diárias de estudo que você quer cumprir em cada dia, ao longo da semana, de acordo com a sua realidade e disponibilidade.

Estabeleça horários fixos de estudo. Lembre-se: quanto mais flexível você for com seus horários, maiores são as chances de você não estudar e de não fazer o que precisa ser feito.

Conheça-se, saiba em qual momento do seu dia você é mais produtivo. A isso nós chamamos de cronotipia, que é a “predisposição natural que cada indivíduo tem de sentir picos de energia ou cansaço, de acordo com a hora do dia” (BBC, 2018). Saber em que momento do dia nosso corpo está mais desperto é importante para organizarmos e realizarmos nossas atividades diárias. Dica: nesses horários em que você está mais descansado, dê prioridade para estudar as matérias mais difíceis.

Entenda os seus limites, reconheça suas forças e estipule um alvo, se desafie com as suas metas diárias. Os desafios nos motivam a colocá-los em prática, pois condicionam os nossos pensamentos para serem realizados, aproximando-nos do que foi anteriormente estipulado.

Ao final do seu estudo, recompense-se. Depois de a meta ser cumprida, permita-se fazer o que gosta e que te dê prazer. Assista a episódios de sua série favorita ou faça passeios com as pessoas que você ama. O importante é ressaltar que até as pequenas conquistas devem ser valorizadas e celebradas. É de degrau em degrau que você se aproxima do seu sonho. Comemore cada esforço, pois isso servirá como combustível físico e emocional para você alcançar as próximas metas.

 

3º – INDISCIPLINA

Certa vez, li uma frase que me chamou a atenção e que fez muito sentido para mim: “não se negocia com a disciplina”. Nunca mais me esqueci disso.

Quantas vezes você já se pegou negociando com suas tarefas que precisavam ser cumpridas? “Acho que vou estender a minha pausa por mais uns 20 minutinhos”; “Hoje quero dormir um pouco mais e começo uma hora mais tarde meus estudos”; “Não estou a fim de fazer minha corrida matinal, amanhã eu faço”; “Hoje não vou resolver exercícios, vou ficar só na teoria”, e várias outras desculpas.

Esses são apenas alguns exemplos que me vieram à mente de atividades que você já pode ter negociado (eu já negociei também). Esses fatos, se fossem únicos, não seriam em si um problema. A grande questão é que uma negociação puxa a outra, sabemos disso. Sabe aquele discurso de “evitar o primeiro gole”? Então, a ideia aqui é essa.

Para nós, que estamos inseridos no contexto de estudo para concurso, disciplina pode ser definida como o cumprimento das responsabilidades específicas de cada pessoa, que eu chamo de metas diárias. Ter disciplina é ter um comportamento metódico e determinado, que vai te ajudar a colocar suas metas em prática sem você se perder no meio do caminho.

Não se dê a opção de negociar com o que você se propôs a fazer. Claro, não estamos falando de imprevistos urgentes, estamos falando de prazeres imediatos que precisam ser ignorados. Seu sonho é possível, tenha certeza disso. Mas alcançá-lo não é e nunca será fácil. É preciso se esforçar para isso, e eu te digo, por experiência, que é a disciplina que vai ligar, como uma ponte, as metas que você traçou ao seu objetivo.

Alguns fatores podem te ajudar a ser cada dia mais disciplinado(a): tenha muito claro o que você quer, estabeleça metas diárias, tenha um olhar para todas as áreas da sua vida (físico, emocional, psicológico, social…), fique longe de distrações, faça pausas, seja organizado e flexibilize sua agenda, se necessário.

Veja bem, quando falo em flexibilizar, eu me refiro a ter sabedoria para adaptar o seu planejamento (como vimos no segundo item desse texto) e ajustar algo para você ter um resultado mais eficaz, e não em mudar algo por mero capricho momentâneo. Entendeu? É reorganizar os planos até encontrar a melhor estratégia para potencializar esse processo.

A partir do momento que você decidiu aceitar esse desafio de ser servidor público, coloque na cabeça que essa é a sua prioridade. Viva por esse sonho. Dê o seu melhor a cada dia.

 

No próximo artigo, eu volto com os últimos quatro pecados capitais dos outros concurseiros, mas que não são seus!

Conte comigo e com a equipe do Gran Cursos Online.

Vamos juntos!

 

Isa Marques Alemar

Pedagoga – Área Educacional

Servidora Pública – Analista Pedagógica/PMU

GranXpert – Mentoria e Coaching

Instagram: @isa_alemar

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
2 Comentários

2 Comentários

  1. Avatar

    Eric

    10/06/2021 19:58em19:58

    Muito bom! Engraçado é que às vezes achamos que somos os únicos a passarem por essas situações e nos desesperamos, mas com calma e disciplina é possível chegar lá. Obrigado pelas palavras!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo