T.I em foco: BRB, IADES, PMBOK e você

Olá, Concurseiro/a!

O concurso do BRB está movimentando o mercado concurseiro, principalmente no DF, mas com impactos em todo o Brasil. Então, vou mudar um pouco o foco de minhas postagens, pois quero dar algumas dicas para orientar sua preparação. Como sempre, meu objeto de estudo é o PMBOK e a disciplina de Gerência de Projetos.

Para ajudar você na sua preparação, fui em uma base de questões e filtrei pela disciplina de Gerência de Projetos e a banca IADES. Obtive o retorno de 40 questões do IADES, sobre Gerência de Projetos, ao longo do tempo, e fui analisar CADA UMA DESSAS QUESTÕES para ajudar você!

Dessas 40 questões, 1 foi anulada (percentual baixo), e outra dizia respeito à disciplina de BPM – Gestão de Processos, tendo sido (minha avaliação) categorizada de forma incorreta pelo site. Então, nosso universo de análise é composto por 38 questões.

Num corte “temporal”, metade dessas 38 questões estão dispostas ao longo dos últimos 3 anos (2017, 2018 e 2019), o que pode indicar uma tendência de cobrança do tema, que impacta nosso processo de preparação e estudos, pois a disciplina tende cada vez mais a ser cobrada nos editais.

Do universo de 38 questões, 21 questões (55%) dizem respeito a conceitos do gerenciamento de projetos, com detalhamento a respeito de: conceitos ou exemplos de portfólio, programa, projetos e operações (12), conceitos sobre fases / grupos de processos (6), contexto de iniciação de projetos (2) e estruturas organizacionais (1).

Como já informei a você em posts passados, esse conteúdo de conceitos está todo concentrado nos capítulos 1 (INTRODUÇÃO), 2 (AMBIENTE EM QUE OS PROJETOS OPERAM) e 3 (O PAPEL DO GERENTE DE PROJETOS) do PMBOK – versão 6. Portanto, cabe uma orientação forte de estudos para concentrar atenção naquilo que é mais cobrado!

O segundo tema mais cobrado historicamente pelo IADES é o relacionado à área de conhecimento do escopo, com 10 questões (26%); quanto ao escopo, a maior incidência aponta para a Estrutura Analítica do Projeto – EAP, mas a banca também cobra que você saiba quais são os processos desta área de conhecimento.

O terceiro tema mais cobrado é sobre a área de conhecimento de riscos, com 3 questões (8%) – o foco da cobrança é sobre os processos de gerenciamento de riscos e o que é executado em cada um deles.

Perceba que, tanto sobre a área de conhecimento do escopo quanto a de riscos, existe uma sistemática de cobrança, e (obviamente) deve existir uma abordagem orientada de estudos: o IADES cobra que você conheça os processos e o que é feito em cada um deles (chegando ao detalhe de seu funcionamento, no caso específico da EAP).

Continuando a análise, temos uma dispersão de temas, todos com apenas 1 questão cobrada. Neste grupo, destaque sobre uma questão a respeito da técnica do valor agregado – de todas, a mais “complexa” para resolver, pois exige o conhecimento do funcionamento do método do valor agregado e de suas fórmulas – nossas aulas já gravadas abordam essa temática, com exemplos.

Além desta, uma questão da área de conhecimento de integração (quais os processos que a compõem), uma da área de conhecimento de cronograma (quais os processos que a compõem) e uma da área de conhecimento da comunicação (para que servem esses processos).

Perceba, aqui, que, apesar da dispersão, existe um “método” de cobrança da disciplina – definições e processos que as compõem, o que permite que nosso estudo seja amplo (cobrindo todo o PMBOK), mas, ao mesmo tempo, superficial (conceitos gerais, nomes de processos e suas respectivas funcionalidades).

Espero que, com este post, você tenha elementos para melhor orientar sua preparação. O PMBOK é extenso, mas a banca cobra de forma concentrada. Olhando o edital voltado para a área da TI, pelo quantitativo de questões específicas e a enormidade de conteúdo cobrado, eu “chuto” umas duas ou três questões sobre o tema na prova. Com este post, acredito que você tenha insumos para gabaritar essas questões e TURBINAR seu desempenho.

Lembrando que o IADES cobra a versão 6 do PMBOK, a qual é abordada em minhas aulas aqui no Gran Cursos – e o término de gravação das aulas, com todos os capítulos, todas as áreas de conhecimento, todos os processos, está chegando perto!

E vem aí nossa MARATONA AO VIVO BRB – TI! Não perca! Vamos juntos!

Bons estudos!

Fernando Escobar

Mestre em Computação Aplicada, na área de pesquisa de Gestão de Riscos, pela Universidade de Brasília (UNB). Especialista em Gestão Pública pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Possui MBA em Planejamento de Serviços de Governo Eletrônico (e-Gov) pela UNA-MG e formação de Tecnólogo em Processamento de Dados pela FATEC/UNESP-SP. Foi servidor público federal do cargo de Analista em Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, entre 2010 e 2016. Exerceu as funções de Coordenador (2013) e Coordenador-Geral de TI da ENAP entre 2014 e 2015; e de Assessor de Governança (2015) e Diretor de TI (2016) no Ministério do Desenvolvimento Social. Desde Agosto/2016 é Analista Judiciário – Especialidade Informática no TRF 1ª Região, lotado inicialmente no Núcleo de Governança de TI – NUGTI, responsável pelo gerenciamento de projetos estratégicos de TI, consolidação e acompanhamento do Plano Diretor de TI, além da proposição de políticas e normativos. Desde Maio/2018 é Supervisor da Seção de Gestão de Sistemas de Informação – SEGSI.

 

WHATSAPP GCO: receba gratuitamente notícias de concursos! Clique AQUI!

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 920.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga! Mude de vida em 2019!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

 

Fernando Escobar
Fernando Escobar
Analista de TI no TRF 1 e professor de Governança, Gestão de TI nas Organizações Públicas e Gestão de Projetos
1 comentário

1 Comentário

  1. Ferreira Detetive Particular

    28/05/2019 11:30 em 11:30

    Excelente artigo, concurso ainda é o caminho mais seguro para a estabilidade financeira!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo