Você tem vocação para ser Auditor Fiscal?

Avatar


12/01/2017 | 12:25 Atualizado há 1717 dias

auditor fiscal

Fala, Futuro Fiscal!!!

Você continua estudando para Auditor Fiscal pelas atratividades ou por vocação? Como assim, Quintiliano? Antes de você tentar responder, deixe-me contar sobre a passagem de Ulisses pela ilha das Sereias. Elas “cantavam uma música maravilhosa que enfeitiçava todos quando passavam junto da ilha e a ouviam. Fascinados, os navios aproximavam-se demasiado das costas rochosas, naufragavam e os marinheiros eram prontamente devorados pelas Sereias. Ulisses, que ia passar no local, tomou as suas providências, pois queria ouvir o Canto das Sereias sem, no entanto, correr perigo ou pôr em risco os companheiros e os barcos.

Para isso, mandou aos marinheiros e aos remadores que tapassem os ouvidos com cera e que o amarrassem, muito bem preso, ao mastro da embarcação. Em seguida avisou-os de que não podiam libertá-lo em circunstância alguma, mesmo que ele o ordenasse ou implorasse insistentemente. Assim conseguiu ouvir a beleza do canto e, simultaneamente, evitar o perigo mortal que todos corriam”¹.

Muitos estudantes são como os marinheiros que vão para a ilha dos auditores fiscais pelas atratividades do cargo (excelentes salários, estabilidade, carga horária, status sociais etc) – verdadeiros cantos de sereias que, sem dúvida, atraem milhares de candidatos. No entanto, ao fim de um de ano de estudos, esses ‘concurseiros-marinheiros’ desavisados acabam devorados pelas sereias da enorme quantidade de disciplinas e da complexidades de cada uma delas; ou pela demora da publicação do edital; enfim, fracassam em seu projeto de serem nomeados auditor fiscal.

Por outro lado, existem os Ulisses da auditoria fiscal. Esses ‘concurseiros-ulissianos’ possuem uma característica definidora. Assim, como Ulisses passou pela ilha das sereias desejando ardentemente voltar para sua casa (Ítaca) e para os braços de seu amor (Penélope), isto é, Ulisses sabia muito bem qual era o seu lugar natural (linguajar grego); esses concurseiros têm profundo em seus corações que estudam para os altos cargos da Administração Tributária porque são vocacionados a este mister. Sentem que nasceram para exercer aquelas atribuições. Sentem que irão contribuir para a justiça tributária em nosso país e, sobretudo, se vêem como auditores fiscais.

Uai, Quintiliano, sempre achei que fosse uma questão de oportunidade. Isto é, saiu o edital e eu estava preparado (estudei o núcleo duro das carreiras de auditoria, agora é só focar nas específicas). Não, meu querido Futuro Fiscal. Não será assim que se passará pela ilha das sereias. Estudar para um cargo desses (com tantos cantos de sereia belíssimos por aí), requer muito mais do que dedicação e força de vontade.

Requer de você, Futuro Fiscal, que tome medidas como as de Ulisses diante de si e dos seus marinheiros. Isso significa ir além dos outros marinheiros-concurseiros. Significa ir além das famosas HBC (horas-bunda-cadeira, expressão cunhada pelo Demétrio e Alexandre Meirelles).

Significa o que então, Quintiliano, pelo amor dos mares?

Ora, Futuro Fiscal, significa se “amarrar ao mastro da embarcação” durante a travessia. Ou seja, você irá ouvir os mais belos cantos das sereias (aumento salarial recente para os Auditores Fiscais da Receita Federal, por exemplo), porém, você estará preso em suas convicções e não irá mudar de rumo nos estudos quando ouvir o próximo canto da sereia para o cargo de auditor de controle externo do TCDF ou TCU, por exemplo, caso tenha sido auditoria tributária sua escolha inicial.

Entendeu, Futuro Fiscal?

Agora, como você irá saber se está vocacionado para a área de auditoria? Isso é mais simples ainda e tem a ver com a arritmia cardíaca. Calma, para ilustrar isso, eu irei pedir sua permissão para contar como foi isso para mim. Tudo bem? Então vamos lá!!!

Depois de eu deixar a Polícia Federal, fui me dedicar ao cargo de Agente Penitenciário Federal, no Departamento Penitenciário Nacional (Depen/MJ), com lotação em Porto Velho/RO. Sempre gostei de desafios, por isso aceitei a incumbência de realizar licitações públicas no Depen. O temido setor de compras da administração pública. Fui subindo nas atribuições, passei de pregoeiro para chefe de serviços, depois para chefe da divisão de contratos e, por fim, a coordenador substituto. Nesse período, iniciei meu contato com as carreiras de analista da CGU e de auditor de controle externo do TCU. Minha equipe tinha que respondê-los nas auditorias internas e isso começou a chamar a minha atenção. Alguns processos foram tão emblemáticos e complexos que eu tive que conhecer a fundo as atribuições desses cargos de controle. Foi aí que mudei o rumo da minha vida. Abandonei a segurança pública (após 9,5 anos de dedicação) e fui para a auditoria fiscal. Sou tão apaixonado pelo que faço hoje que decidi mudar a minha formação também. Restringi meu campo de atuação em Letras Português e fui me dedicar a Ciências Contábeis, deixando o projeto de mestrado em linguística, análise do discurso, para depois da aposentadoria – ou seja, nunca mais.

Quintiliano, o que isso tem a ver com arritmia cardíaca? A bizarrice acontece agora, Futuro Fiscal. Eu queria ser auditor fiscal e passei a desejar isso como todas as minhas forças interiores. Um certo dia estava almoçando no restaurando do Ministério da Justiça e na mesa ao lado tinham dois auditores almoçando. Levantei-me e fui a mesa deles e pedi para me sentar ao lado. Eles deixaram. Não trocamos uma só palavra, mas naquele almoço eu era o pretinho mais feliz do mundo. Minhas bizarrices não pararam por aí. Nas escoltas áreas, eu ia na sala dos auditores no aeroporto só para dizer ‘oi’ e saia de lá me sentindo o cara mais feliz do mundo porque um auditor disse ‘oi’ para mim. Na alfândega de Brasília, no aeroporto, cansei de estacionar minha moto próxima às vagas dos auditores (inclusive, até hoje eu faço isso, mas agora é porque uma das vagas é reservada para nós naquele espaço). No trânsito, tinha ainda a mania de acompanhar uma viatura da Secretaria de Fazenda, só para ficar dizendo que eu ainda iria dirigir uma daquela (hoje faço questão de sair em diligência com a viatura caracterizada).

Sei que são ridículos esses exemplos. Como dizia Fernando Pessoa: Não seriam cartas de amor se não fossem ridículas. Só que, em cada um desses episódios, meu coração faltava sair pela boca de tanta emoção. Assim como quando eu era criança e fica abestado ao ver meu tio chegar fardado do trabalho na polícia, eu ficava emocionado quando eu via uma pessoa de carne e osso exercendo o cargo que eu gostaria de tomar posse. Claro, durante a minha preparação foram muitos cantos de sereias, porém, eu estava emocionalmente amarrado ao meu sonho de trabalhar na auditoria; de ser auditor.

Agora, eu acredito que você já tem condições de responder a nossa pergunta: Você, Futuro Fiscal, estuda para carreira fiscal só pelas atratividades dessa carreira ou por que você descobriu a sua vocação?

Espero que, assim como Ulisses, pelos dois. Você terá que passar pela ilha das sereias. Escute os cantos da Sereia, mas saiba bem o que faz o seu coração faltar sair do peito, suas mãos tremerem e seu sangue desaparecer da face. E nós aqui do Gran Cursos Online estamos com você nesse barco e manteremos você bem preso durante essa jornada rumo ao seu Sucesso.

Busque o topo, é lá que a gente vai se encontrar!!!

Samuel Quintiliano

¹ retirado do site <http://www.olimpvs.net/index.php/mitologia/a-historia-de-ulisses/> visita em 04/01/2017.


samuel-quintiliano

Samuel Quintiliano – Auditor Fiscal de Atividades Urbanas do DF. Aprovado em vários concursos públicos, dentre eles, Auditor Fiscal do Tesouro Estadual de Pernambuco, Auditor de Controle Externo do Tribunal de Contas da União, Analista de Finanças e Controle, área contábil, do Tesouro Nacional.

 

 

 


Estudando para concursos da área fiscal ? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

matricule-se 3

assinatura-ilimitada-

garantia-de-satisfacao-30

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:

CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ-Natálial CHEGUEI-LÁ (7)
Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
0

4


Tudo que sabemos sobre:

auditor-fiscal Coluna Futuro Fiscal


Comentários (4)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *