Aluno do Gran Cursos é aprovado em sete concursos públicos

cheguei-la

Dedicação, esforço e perseverança. Essas são algumas das palavras-chave indispensáveis para quem quer ser aprovado em concurso público hoje em dia. Apesar de o número de vagas ter subido consideravelmente nos últimos anos, é notório que a quantidade de candidatos aumentou ainda mais. Passar e tomar posse se tornou um sonho de diversas pessoas e, por conseguinte, a aprovação se tornou muito mais difícil.

No entanto, nada disso foi empecilho para o analista de sistemas André Fernandes, 32 anos de idade. Durante um ano este ex-aluno do Gran criou uma rotina forte de estudos e se preparou da melhor maneira para os certames que estavam por vir. O resultado veio: foram sete aprovações, sendo três dentro do número de vagas.

Não foi fácil, a falta de tempo e dinheiro são empecilhos consideráveis para quem quer encarar uma maratona de estudos. Após encarar uma demissão, André viu ali uma oportunidade onde muitos enxergariam o desastre.

“A demissão me fez olhar para frente e mudar minha própria história, não depender da simpatia de nenhum gestor para poder permanecer empregado. Fui em busca do sonho de me tornar servidor público”, explica André.

Ao mesmo tempo em que encarava a demissão, André enfrentou problemas pessoais. A internação da irmã portadora de necessidades especiais, falecimento do avô, tudo ao mesmo tempo. A ideia de desistir da carreira pública passou pela cabeça de André mas, no final das contas, ele saiu fortalecido.

“Ganhei de presente da minha esposa a matrícula na turma para o concurso do TSE, no Gran Cursos. Foi fundamental, pois tive a sorte de ter aula somente com professores bons, que não só com conteúdos, mas com experiências e motivações iam me animando e me direcionando para o meu objetivo”, conta.

A partir daí começou a maratona de estudos. “Um ano parece muito, mas quando você se compromete e se vê envolvido o tempo passa e acabamos nem percebendo”.

No início, André focou na resolução de exercícios ao mesmo tempo em que estudava as disciplinas. Foram cerca de 19.000 exercícios feitos ao longo do ano. “Fiz uma planilha que contabilizava a quantidade e o meu aproveitamento, o que me dava certa referência em cada disciplina”. Eram oito horas por dia, seis vezes por semana. Após o fim do curso regular, André cursou algumas plêiades que o auxiliaram a fixar o conhecimento, mas é preciso relaxar para não perder o rumo.

“Sempre gostei de sair, estar entre amigos e familiares; curtir minha filha, enfim, tive que abrir mão de tudo isso, pois é fundamental manter o foco. Relaxar? É essencial! Procurava ir ao cinema, realizar alguma atividade física e acabei acostumando a me renovar a cada domingo”, revela André sobre utilizar o tempo livre de seu sagrado dia de descanso.

Vieram os primeiros concursos e as primeiras aprovações. “No primeiro semestre de 2012 fiz os concursos do TSE, do TRE-SP e da PF, em que obtive aprovação, porém não fique com uma pontuação dentro das vagas. Não fiquei frustrado, mas sim animado, pois apresentava evolução”. A partir deste ponto… Sucesso!

No segundo semestre vieram mais três aprovações, estas dentro dos números de vagas. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Ibama; Anatel; e Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. Agora era só escolher!

“Eu sabia que a caminhada era longa, mas o desejo de depender apenas da minha capacidade e de oferecer uma qualidade de vida melhor para as minhas filhas e para minha família me faziam fortalecer cada vez mais em busca do meu propósito. E consegui”, comemora.

E quem disse que André não quer mais? Próximo alvo: Polícia Federal! “Com uma tonelada a menos de pressão nas costas”, André se prepara para a prova. André faz questão de agradecer aos professores e à equipe do Gran Cursos que tanto o ajudaram nesta longa e árdua caminhada. “Sou grato a todos pelo compartilhamento de experiências motivadoras e por todas as pessoas que acreditaram no meu sucesso”, agradece.

André Fernandes ainda deixa uma dica para quem vai encarar os livros e provas neste ano que se inicia: “Acredite sempre e nunca desista dos seus objetivos! Não saia da fila, pois sua hora vai chegar! A minha chegou. 2013 é o ano!”, finaliza.

Guilherme Teixeira
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo