Anatomia de Cabeça e Pescoço: pontos mais cobrados em provas de concursos em Odontologia

INTRODUÇÃO

O conhecimento da anatomia da face e, especificamente, da cavidade oral é de extrema importância para a prática do cirurgião-dentista. Por esse motivo, quando pensamos em concursos para a área de Odontologia, um dos temas mais frequentemente abordados é Anatomia de Cabeça e Pescoço.

Considerando que é um conteúdo muito extenso, alguns alunos questionam quais os tópicos mais abordados nas provas. E a resposta é: DEPENDE. Depende essencialmente de dois fatores: 1) a especialidade pretendida e 2) o tempo de estudo até a data da prova.

Em relação a especialidade pretendida, sabe-se que normalmente as provas para os cargos de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial trazem questões que cobram um nível mais aprofundado de anatomia, pelo fato da especialidade atuar de forma mais abrangente na face do paciente. As questões de prova para cirurgião-dentista clínico acabam cobrando questões menos aprofundadas ou com tópicos voltados para a cavidade oral.

Em relação ao tempo de estudo até a prova, se o aluno tem um planejamento de estudo à longo prazo, vale a pena se programar para estudar todo o conteúdo de Anatomia de Cabeça e Pescoço. No entanto, se o tempo é curto, ele precisa se dedicar aos tópicos mais importantes, que caem com maior frequência. Este artigo tem o objetivo de trazer exatamente isso: os tópicos mais cobrados em provas de concursos em Odontologia.

De forma didática, vamos separar os 4 principais temas: ossos da face, vascularização da face, músculos e nervos da face.

OSSOS DA FACE

O crânio é dividido em duas partes: neurocrânio e viscerocrânio. Resumidamente, o neurocrânio delimita a cavidade do crânio e aloja as estruturas cerebrais, e o viscerocrânio forma o esqueleto da face, aloja os órgãos do sentido e o início dos sistemas digestório e respiratório.

O neurocrânio é composto por 8 ossos: 1 frontal, 1 occipital, 1 esfenoide, 1 etmoide, 2 temporais e 2 parietais. O viscerocrânio é composto por 14 ossos: 2 zigomáticos, 2 maxilas, 2 nasais, 2 lacrimais, 2 palatinos, 2 conchas nasais inferiores, 1 mandíbula e 1 vômer.

Atenção: realmente são 2 maxilas unidas por uma sutura intermaxilar.

Numa vista superior do crânio, existem algumas suturas que eventualmente têm sido cobradas em prova. São elas: sutura coronal (que une o osso frontal e os ossos parietais), sutura sagital (que une os ossos parietais) e sutura lambdoide (que une os ossos parietais e o osso occipital).

Em relação a cavidade da órbita, especialmente para os cargos de Cirurgião Bucomaxilofacial, é importante estudar com um pouco mais de detalhes.

A cavidade orbital aloja os bulbos oculares, os músculos extrínsecos do olho, nervos, vasos sanguíneos, tecido adiposo retrobulbar e parte do aparelho lacrimal. Ela é composta por 7 ossos: frontal, zigomático, maxila, lacrimal, etmoide, esfenoide e osso palatino. Importante lembrar que os ossos nasais NÃO fazem parte da órbita.

Deve-se destacar que as conchas nasais inferiores são ossos independentes no esqueleto facial, diferente das conchas nasais médias e superiores que fazem parte do osso etmoide. Por isso atenção: as questões podem tentar confundir o aluno perguntando se as conchas nasais inferiores fazem parte do osso etmoide.

A maxila é um dos principais ossos da porção central da face. Ela faz articulação com praticamente todos os outros ossos da face: ossos nasais, lacrimais, zigomáticos, conchas nasais inferiores, palatinos, vômer, frontal, etmoide e esfenoide. Sobre a mandíbula, é importante citar que ela é o único osso móvel do esqueleto facial, estando diretamente envolvida na fala e mastigação.

VASCULARIZAÇÃO DA FACE

                As artérias que vascularizam a face em sua maioria são ramificações da artéria carótida externa. Ao longo do seu trajeto ascendente, a artéria carótida externa emite os seguintes ramos: tireóidea superior, lingual, facial, faríngea ascendente, occipital, auricular posterior, e os ramos terminais, temporal superficial e maxilar.

Especificamente sobre a artéria maxilar, este é o ramo mais calibroso da artéria carótida externa. Seus ramos se destinam a dura-máter craniana, às estruturas profundas da face, ao palato, parte da cavidade nasal, à mandíbula, à maxila, aos dentes, aos músculos da mastigação e à ATM. Além disso, subdivide-se em 3 partes principais: mandibular, pterigoidea e pterigopalatina.

As duas principais veias associadas à drenagem extracraniana são a veia facial e veia retromandibular. A veia facial constitui a principal rede de drenagem da face, da órbita e da fronte. Já retromandibular é a principal via de drenagem da região temporal, infratemporal e regiões profundas da face, incluindo cavidade nasal e oral.

MÚSCULOS DA FACE

Vamos dar ênfase aos músculos da mastigação: masseter, temporal, pterigoideo medial e pterigoideo lateral. Nesse sentido, MUITA ATENÇÃO. Muitas das questões relacionadas a músculos da face exigirão MEMORIZAÇÃO. As questões cobram muito o conhecimento de origem, inserção e ação. Percebam, ainda, que os músculos apresentam feixes e que estes podem apresentar origens e inserções diferentes.

 

 

NERVOS DA FACE

                Praticamente todos os 12 pares cranianos apresentam algum tipo de inervação na face. A tabela a seguir traz informações que frequentemente são cobradas em prova. As questões normalmente abordam sobre o par craniano e sua denominação (p. ex. V par = nervo trigêmeo; VII par = nervo facial), se é um nervo essencialmente sensitivo, motor ou misto e sua ação.

 

REFERÊNCIAS

TEIXEIRA LMS, REHER P, REHER VGS. Anatomia aplicada à odontologia. 2ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

 

Agora algumas questões para termos uma ideia de como esse assunto pode ser abordado nas provas de concursos em Odontologia. São poucas questões nesse momento pelo fato de ser um assunto muito extenso, com muitas possibilidades de abordagem. Em nossas aulas, são discutidas outras muitas questões.

 

QUESTÕES DE CONCURSOS

1. (IBADE – 2020 – Prefeitura de Vila Velha/ES – Cirurgião-Dentista) A calvária, representada pelas porções superior e posterior do neurocrânio, é constituída pelos seguintes ossos ou parte deles:

A) Parietal, maxila, esfenoide, temporal e occipital.

B) Frontal, pariental, esfenoide, temporal e etmoide.

C) Zigomático, parietal, esfenoide, temporal e occipital.

D) Occipital, parietal, esfenoide, temporal e mandíbula.

E) Frontal, pariental, esfenoide, temporal e occipital.

Resposta: E.

 

 2. (CONSULPLAN – 2017 – TRF – 2ª REGIÃO – Analista Judiciário – Odontologia) “A veia _________, no seu trajeto intraparotídeo, alcança o ângulo da mandíbula e sai da parótida; a seguir, se bifurca em um ramo anterior e outro posterior. O ramo anterior une-se à veia facial para formar a veia facial comum, e o ramo posterior reúne-se com a veia auricular posterior e constitui a veia jugular externa.” Assinale a alternativa que completa corretamente a afirmativa anterior.

A) Angular.

B) Submentoniana

C) Retromandibular

D) Profunda da face.

Resposta: C.

 

3. (IBADE – 2020 – IAPEN – AC – Cirurgião Dentista) Qual inserção do músculo pterigóideo lateral?

  A) Fóvea pterigóidea e disco articular da articulação temporomandibular.

  B) Ápice e face medial do processo coronóide da mandíbula até abaixo da sua base.

  C) Face medial do ângulo da mandíbula oposto ao músculo masseter.

  D) Face lateral do ramo da mandíbula, da incisura da mandíbula até o ângulo da mandíbula.

  E) Ângulo da boca.

Resposta: A.

 

4) (IBADE – 2020 – IAPEN – AC – Cirurgião Dentista) Qual par de nervo craniano é responsável pela inervação dos músculos mímicos da face?

A) V.

B) IV.

C) VII.

D) III.

E) VIII.

Resposta: C.

 

Então é isso, pessoal. Sintam-se à vontade para questionar, sugerir artigos, tirar dúvidas… Estarei nas plataformas do GranCursosOnline e no meu Instagram.

Um abraço e bons estudos!

 

Prof. Daniel Miranda

@danielmirandabucomaxilo

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo