A ansiedade é sua inimiga. Aprenda a driblá-la.

A ansiedade é sua inimiga. Aprenda a driblá-la.

A ansiedade é sua inimiga. Aprenda a driblá-la. Por: Gabriel Granjeiro.

Muitos candidatos a uma carreira no serviço público já acordam ansiosos, agitados, com os pensamentos a mil. Afinal, além de terem de resolver uma porção de coisas ao longo do dia como qualquer outra pessoa, eles ainda precisam vencer uma grande quantidade de conteúdos em pouquíssimo tempo até o dia da prova. Sem contar que precisam estar atentos e manter a mente preparada para registrar na memória de longo prazo toda nova informação, para que seja acessada no dia da prova.

O psiquiatra mais lido do Brasil, Dr. Augusto Cury, advoga que a ansiedade é o mal do século. A doença atinge 90% da população em algum momento da vida, da infância à idade adulta, e apresenta sintomas como fadiga excessiva ao acordar, dor de cabeça, sensação de nó na garganta, queda de cabelo, dificuldade de lidar com pessoas mais lentas, sofrimento por antecipação e deficit de concentração e de memória, sem mencionar a hoje tão comentada Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA). Pessoas que sofrem de ansiedade costumam, ainda, ter dificuldade de lidar com perdas e não reagem bem a estímulos que provoquem estresse. Muitas delas precisam de medicamentos e de terapia para controlar a doença e acalmar o corpo e o espírito de forma que consigam se concentrar nos estudos, no trabalho ou em atividades simples como provar roupas que precisam comprar. Outras recorrem à meditação ou à atividade física, como caminhada de alta intensidade, corrida ou outra modalidade aeróbica, que propicia a oxigenação do cérebro, acalma a alma e aumenta a concentração e a capacidade cognitiva.

“No caso específico do concurseiro que sofre de ansiedade, o que já seria desafiante ganha contornos ainda mais dramáticos.”

No caso específico do concurseiro que sofre de ansiedade, o que já seria desafiante ganha contornos ainda mais dramáticos. Ele não tem opção a não ser aprender a controlar a mente com maestria, seja para assimilar os conteúdos que precisa vencer, seja para ter domínio sobre as emoções e não ser acometido pelo temido “branco” no dia D. Um bom começo para alcançar esse autocontrole é focar menos na chegada e mais na caminhada. O candidato precisa saber desfrutar do processo de preparação, vivendo – e curtindo – um dia depois do outro. Afinal, o sucesso ainda está por vir, e viver da antecipação sobre como ele será só produz mais e mais ansiedade.

“As mudanças comportamentais que vamos sugerir o ajudarão a focar mais no presente – que é o que interessa de fato – em vez de continuar a desperdiçar dias, meses e anos sofrendo por antecipação por problemas que podem nunca vir a ocorrer.”

Para ajudar a quebrar o nocivo padrão mental que leva a esse mal, selecionamos algumas dicas de comportamento que você, amigo concurseiro e leitor, deve adotar a partir de hoje. As mudanças comportamentais que vamos sugerir o ajudarão a focar mais no presente – que é o que interessa de fato – em vez de continuar a desperdiçar dias, meses e anos sofrendo por antecipação por problemas que podem nunca vir a ocorrer. Vamos a elas?

  1. Evite más notícias ao acordar

Fuja delas pelo menos até você estar pronto para sair de casa. Nada de acordar conectado, em especial ao trabalho, a desgraças, a catástrofes, a chacinas, a atentados terroristas. O choque de deparar logo cedo com notícias desagradáveis “gera uma descarga de adrenalina intensa no organismo logo pela manhã. Com ela lá no alto, o corpo inicia um ciclo ansioso que fica difícil cessar”, explica a Dra. Fernanda Ramallo, psiquiatra do Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro.

  1. Evite despertadores excessivamente barulhentos

Acordar assustado com o barulho do celular ou do relógio, programados para tocar tão alto que seriam capazes de acordar até o vizinho mais distante da rua, pode comprometer o seu bem-estar. “Despertar com um barulho estrondoso desencadeia um estresse que pode perdurar por todo o dia”, alerta a especialista.

Se você é daqueles que só acordam com o celular gritando, experimente dormir com a cortina aberta, para que a luz do dia entre no quarto e ajude a despertá-lo com mais naturalidade. Alternativamente, programe seu despertador para tocar uma música clássica barroca. Esse gênero musical cria sintonia com a aprendizagem, ajuda na concentração e prepara a mente para os estudos, contribuindo para a realização de projetos pessoais e profissionais.

  1.  Evite pular o café da manhã

Sair de casa sem ter tomado o desjejum deixa o seu aporte energético em deficit antes mesmo do começo do dia. Sem energia suficiente para executar as tarefas diárias, o corpo passa a realizá-las de modo mais lento. O resultado? Sonolência, falta de ânimo para executar até mesmo as tarefas mais triviais, menos produtividade. Como explicam os psiquiatras, esses sintomas são o combustível perfeito para as crises de ansiedade.

  1. Pratique a tolerância e a compreensão

Abílio Diniz, um dos maiores empreendedores brasileiros, já foi um cara durão, estressado, ansioso, impaciente. No livro “Novos caminhos, novas escolhas”, ele relata que, com o tempo, passou a entender melhor seu universo emocional, suas fraquezas e seus medos. Hoje, compreende a própria maneira de ser e se coloca mais no lugar do outro, tendo desenvolvido mais tolerância e compreensão.

Quando uma pessoa desenvolve sua capacidade de empatia, o jogo se torna uma partida de ganha-ganha: ela se torna apta a perceber nos outros o melhor que eles têm a lhe oferecer. Isso faz toda a diferença quando se está buscando a aprovação em concurso público, já que o trabalho em equipe, o estudo em grupo e a ajuda e o apoio dos amigos, colegas e mestres podem ser o grande diferencial entre a reprovação e uma boa classificação. Pense nisso. Pratique isso.

  1. Organize e planeje bem o seu tempo

A falta de habilidade em administrar o tempo é a causa da maioria dos problemas que geram estresse entre os candidatos a concurso público, o que tende a aumentar consideravelmente a ansiedade. Seja diferente e programe suas atividades de leitura e de estudo com a maior antecedência possível. Se já não houver tanto tempo assim, lembre-se de que mesmo uma semana pode ser o suficiente para um bom planejamento, desde que você a aproveite bem.

Um dos bons hábitos de executivos bem-sucedidos diz respeito direta ou indiretamente ao controle do tempo e à organização da agenda. Trata-se de eleger prioridades e de definir com precisão as tarefas importantes que devem ser executadas dia a dia.

Beba dessa fonte. Não agende mais tarefas do que você é capaz de executar, pois isso só vai resultar em maior frustação no fim do dia. E tenha sempre em mente que muito do que você faz nas 18 horas diárias em que está acordado é inútil. Daí a importância de discernir o que é, de fato, importante e de eleger prioridades. Se a aprovação em um concurso for uma das suas, os estudos precisarão vir em primeiro lugar, em detrimento de outras tarefas e de outros compromissos menos relevantes. Essa é mais uma dica do empresário Abílio Diniz. Se funciona para ele, tenho certeza de que também funcionará para você, concurseiro.

  1. Pergunte a si mesmo se o que você julga ser uma tragédia é de fato uma

Reflita sobre o que são tragédias de verdade. Quando você pensa sobre isso, percebe que pouquíssimos eventos na vida podem realmente ser considerados trágicos o bastante para nos deixar ansiosos ou estressados. Para mim, algo trágico pra valer seria uma guerra, um desastre natural, um ataque terrorista, o acometimento por uma doença incurável ou a morte de uma pessoa próxima. O resto das situações ruins são problemas que têm solução.

Quando se enxerga a vida dessa forma, desenvolve-se mais serenidade para resolver os problemas do dia a dia e conclui-se que não há razão para se aborrecer com coisas sem importância. Fica mais fácil direcionar as energias para projetos mais auspiciosos, como a mudança de vida que será alcançada por meio da aprovação em um excelente concurso público.

  1. Evite o convívio com pessoas pessimistas

Pessoas derrotistas tendem a falar apenas sobre desgraças: doenças, mortes, fracassos etc. Poucos minutos de conversa com gente desse tipo têm o poder de minar nossas energias e de acabar com nossa paz e com nossa concentração. Pessoas que veem o lado mau em tudo são treinadas para difundir apenas ideias ruins que nada agregam aos planos de estudo e às táticas de aprovação adotadas por quem estuda para concurso. Portanto, fuja delas como o diabo foge da cruz. E dê uma olhada (aqui) neste artigo que escrevemos sobre a grande importância do pensamento positivo.

Um último conselho: muito cuidado. Quanto maior a pressa em atingir os seus objetivos, maior a ansiedade. Mente acelerada é mente desequilibrada. Vá com calma e leve o tempo que precisar para ser aprovado. Lembre-se do lema: “Não estudamos para passar, mas estudamos até passar”.

Para livrar-se da ansiedade, respire fundo – lenta e compassadamente – e concentre-se nas soluções dos problemas concretos, aceitando a real possibilidade de fracassar, de errar, de perder. Não tenha pressa e saiba conviver com a insegurança. É preciso entregar uma parte da nossa vida a Deus, ao destino, à sorte; mas, quando fazemos a nossa parte com maestria, nossas chances de sucesso aumentam exponencialmente.

Vamos juntos, com equilíbrio, até a posse no cargo dos sonhos!

PS: Siga-me (moderadamente, é claro) em minha recém-lançada página do Facebook e em meu perfil do Instagram. Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.


Gabriel Granjeiro

GabrielDiretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há quase 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

 

 

 


Gabriel Granjeiro
Gabriel Granjeiro
Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online
53 Comentários

53 Comentários

  1. Sebastião Benjamim Alves

    09/01/2017 14:46em14:46

    Gabriel sou concurseiro e aprovado e classificado com resultado final divulgado no Diário Oficial da Prefeitura Municipal de Queimados aguardando a nomeação para posse e aprovado e classificado na 879 colocado na lista final de aprovado no concurso da UFRRJ do Rio Seropédica divulgado no Diário Oficial da União e agora estou preparando para o concurso do TRF e tenho um grande desejo de fazer meu preparatório para concurso com o grancursos online.

    • Maria Aparecida

      12/01/2017 16:00em16:00

      Bem lhe agradeço por esta dedicação com todos nós concurseiros e ao mesmo tempo digo que sempre continue assim.

  2. josy

    09/01/2017 14:50em14:50

    amei…

  3. Eduardo Gil

    09/01/2017 15:05em15:05

    Simplesmente show o artigo. Parabéns…

  4. alceu a. barbosa

    09/01/2017 15:15em15:15

    ALCEU BARBOSA SOU CONCURSEIRO APROVADO EM DOIS TRIBUNAL, MAS PRECISO DE MUITAS MUDANÇAS COMPORTAMENTAIS PARA VENCER ANSIEDADE.

  5. Rodrigo Asa

    09/01/2017 15:30em15:30

    Muito legal esse artigo, Gabriel! Mas só fazendo um adendo quando vc cita no final que “É preciso entregar uma parte da nossa vida a Deus…”
    Se entregarmos somente uma parte, muito pouco teremos que talvez não seja o suficiente para sermos realmente Felizes. É Preciso entregar Toda a Nossa Vida a Deus e que Ele Nos Ajude com isso. No demais, muito bom o artigo… rs
    Abraço e que Deus o Abençoe hoje e sempre!

  6. Mariana

    09/01/2017 15:33em15:33

    Excelente artigo!! Parabéns!!! É de grande valia para nós concurseiros ler palavras como essas, só alimenta nossa motivação.

  7. osmar

    09/01/2017 15:40em15:40

    sou funcionário público no cargo de agente de suporte educacional, estou aprovado como técnico legislativo em uma câmara municipal aguardando nomeação,e vou prestar o concurso do TRF 2.Agradeço por estas orientações.

  8. Carolina Dantas de Lima

    09/01/2017 15:47em15:47

    Boa tarde!!!

    Gabriel amei as dicas Parabéns pelo seu trabalho.
    Eu sou sofra de Ansiedade.

  9. Carolina Dantas de Lima

    09/01/2017 15:49em15:49

    Eu sofro de Ansiedade.

  10. Rodrigo Edwelton

    09/01/2017 15:53em15:53

    Excelente artigo!

    • Myriam Mourao

      27/01/2018 10:53em10:53

      Adorei suas dicas Gabriel sou ansiosa ao extremo

  11. Michelle

    09/01/2017 15:55em15:55

    Boa tarde, Gabriel.

    Obrigada pelo artigo. É Fantástico!

  12. Joseane

    09/01/2017 16:21em16:21

    Amei.Estava precisando.

  13. Valeria Gonçalves

    09/01/2017 16:40em16:40

    Saudações Gabriel!
    Gostei muito do seu artigo, pois nos dá dicas para aliviar uma fase de concurseiros, que gera muito estress. Sendo que ninguém está ileso do frio na barriga na hora H.
    Obrigada!
    Atenciosamente,
    Valéria Caniçal da Silva Gonçalves.

  14. gleyciano

    09/01/2017 17:10em17:10

    quero muito passar nesse concurso da pm

  15. Gorete

    09/01/2017 17:26em17:26

    Artigo sensacional!!! Obrigada.
    A vaga é minha, eu acredito…

  16. Diana Nara

    09/01/2017 18:25em18:25

    Seus artigos me ajudam muito obrigada Granjeiro,por todas palavras de incentivo,sao otimaaas

  17. Thais

    09/01/2017 18:43em18:43

    Excelente artigo! Ansiedade…tentando lidar com a minha. Seguirei as dicas. Obrigada. 🙂

  18. Rogério

    09/01/2017 18:57em18:57

    Colocando Deus à frente de seus projetos.. ..certamente a Vitória será atingida pois Ele nos acalma, nos dá sabedoria e discernimento para enfrentarmos os obstáculos.

  19. Dulcicleide Siqueira Alves Ferreira

    09/01/2017 19:36em19:36

    Obrigada pelas palavras de incentivo, sabedoria e motivação.

  20. Hidevaldo

    09/01/2017 21:48em21:48

    Obrigado Gabriel! Como sempre seus artigos nos animam e nos da força para continuarmos nesta magnifica jornada do conhecimento. Que Deus o abençoe. Voce me motiva!

  21. Noemia

    09/01/2017 22:45em22:45

    Obrigado pelas palavras, que nos faz refletir, sempre aprendo com vc.

  22. André Luiz

    09/01/2017 23:58em23:58

    Sou ansioso por natureza e estava precisando dessa força. Parabéns pelas dicas tão valiosas!

  23. Junior Souza

    10/01/2017 00:17em00:17

    Muito bacana o artigo. Meus parabéns Gabriel e a todos do Gran Cursos Online, a melhor escolha preparatória para concursos. Já comprei material e super recomendo.

  24. Marlene

    10/01/2017 10:20em10:20

    Muito bom estou aproveitando muito obrigado

  25. REJANE MARCELE BARBOSA DA SILVA SOARES

    10/01/2017 11:16em11:16

    Boas dicas….Parabéns!!!!

  26. Noelia Pereira Dos Santos

    10/01/2017 13:23em13:23

    chegou no momento certo obrigada

  27. Rogério Alves

    10/01/2017 14:15em14:15

    Obrigado pela força .excelente muito bom mesmo .

  28. edna Rezende

    10/01/2017 18:17em18:17

    Estou gostando muito de estudar pelo Gran Cursos, além de excelentes professores temos dicas de como proceder durante os estudos. Estou muito satisfeita com o curso, com certeza farei outros, não quero deixar de preparar.
    Gratidão Rogério Granjeiro

  29. Natalie

    10/01/2017 18:28em18:28

    Excelente artigo! Obrigada, Gabriel. Abraços.

  30. Rosangela

    11/01/2017 14:46em14:46

    Obrigada Gabriel!
    Em cada artigo, um destaque importante para nossa caminhada.

    Sucesso à você sempre!!!

  31. Samira Moura

    11/01/2017 23:00em23:00

    Como sempre nos ajuda e muito essas dicas!
    Obrigada!

  32. Manoel Francisco do Rosario Filho

    12/01/2017 05:20em05:20

    Genial, que texto instigante, realmente interessante compreender que a calma é uma excelente porta de entrada para a vitória.
    Eu mesmo, nessa caminhada de estudos, deparei com uma situação inusitada, minha esposa foi acometida com por um câncer de mama e em seguida metástase óssea; ficamos desesperados, eu inconsolável pois ela sempre batalhou ao meu lado e agora não há mais sentido em continuar estudando, ela não estará mais aqui para desfrutar daquilo que provavelmente alcançarei, loucura, vejam que parei tudo e comecei a preocupar-me com o que nem sei se acontecerá, foi ai que ela me disse: se você continuar com esse desespero, vai acabar morrendo antes de mim, ela começou a me dar força quando eu é quem deveria faze-lo.
    Ficou para mim então uma lição muito importante, não devo viver algo que nem aconteceu ainda, sabe, antecipar uma situação e fazer da preocupação um modo de vida.
    Hoje estou desempregado, levanto as 04:00 h e estudo até as 09:00 h, ajudo nas tarefas da casa e a tarde estudo novamente das 16:00 as 19:00 h, mesmo em meio a uma situação adversa tenho conseguido absorver os conteúdos e voltei ao foco, um dia de cada vez, parei para ler essa postagem e separei um pouquinho do tempo para contar um pedacinho da minha história, agora são 05:16 h, mais um dia proporcionado por Deus para eu não reclamar e agradecer mais, abração a todos, bora estudar…

    • Elzimar

      12/01/2017 08:36em08:36

      Manoel,
      Bom dia!

      Meu Deus nem sei o que dizer diante do seu testemunho. Tenha a certeza de que estou chorando e agradecendo a Deus pelas minhas “pequenas” dificuldades. Pedindo perdão a Deus por minhas fraquezas, porque certamente existem dores maiores.
      Meu irmão tenha força, fé e determinação. Deus sabe dos seus esforços e estará com vc e sua esposa até o ultimo dia de suas vidas.
      Que Jesus abençoe abundantemente vcs. E vamos estudar que a nossa vitória está chegando.

      Abraços!

      • Manoel

        12/01/2017 17:34em17:34

        Olá boa tarde, escrevi com a intenção de ajudar outros colegas, entendi que há como superar obstáculos e Deus vai a frente, sucesso para você também e não desista jamais.

    • Maria Claudia

      12/01/2017 13:07em13:07

      Caro Manuel,
      Testemunhos como o seu me fazem entender que não tenho problemas e ainda ouso reclamar algumas vezes. Que Deus possa me perdoar.
      Tenha força e fé, muita fé, tudo vai acontecer na hora de Deus, como deve ser. Sua esposa é uma mulher sábia e Deus lhe será misericordioso. Saúde e luz pra ela.
      Não desista e lembre que para Deus NADA É IMPOSSÍVEL, nada mesmo.
      Forte abraço!!!

      • Manoel

        12/01/2017 17:30em17:30

        Ok, escrevi com essa certeza de ajudar a outros, não desanimar e não ficar ansioso ou no mínimo, driblar tudo isso e ir em busca da vitória que está por vir, abraço.

  33. Maria Claudia

    12/01/2017 13:00em13:00

    Gabriel, obrigada pelas matérias que você escreve, são sempre muito encorajadoras. Sou mega ansiosa e sofro muito no caminho da preparação. Já sou servidora da Justiça do RJ, mas estou tentando um concurso no DF. Estou fazendo o possível e entregando pra Deus o impossível!! Sucesso pra nós…guerreiros!!!

  34. maria dosocorro

    12/01/2017 18:49em18:49

    Bom artigo, um chá de animo…….

  35. Milena Wanderley

    13/01/2017 23:15em23:15

    Agora é só colocar em prática!!!!

  36. DENISE S. Telles

    15/01/2017 09:04em09:04

    seria bom ter acesso a whatzap, gostaria muito de repassar o artigo pra algumas pessoas que sofrem de transtorno de ansiedade, muito bom o artigo! A prática de meditação também ajuda…

  37. kels carvalho

    16/01/2017 18:08em18:08

    Gabriel este artigo veio encachar na hora certa, foi como um injeção de animo, valeu! obrigada

  38. willian

    16/01/2017 20:38em20:38

    Muito bom.

  39. CARLA

    18/01/2017 16:37em16:37

    OBRIGADA POR EXCELENTES ARTIGOS!

  40. MARIANGELA LOURDES LESSA DE BRITO

    19/01/2017 08:39em08:39

    Esse artigo me fez lembrar do concurso do INSS. Eu estava verdadeiramente preparada, estudei tudo o q caiu na prova ( umas coisas com pouca ênfase, mas que em algum momento eu vi). Fui para a prova muito anciosa e com uma vontade de chorar há semas, pois meu filho e marido acreditavam muito em mim e por medo de decepciona-los eu me cobrei demais, e fui para a prova achando que tinha obrigação de passar conclusão, aquela vontade de chorar que me acompanhava há semanas e eu não consegui chegou na hora da prova , eu chorei, fiquei super nervosa e não consegui responder coisas super bobas, fiquei cega para as pegadinhas e fiz apenas 73 pontos em uma prova que eu estava super preparada para fazer.
    Essa é a triste história da concursos Mariângela.

    • Lara Sampaio

      26/03/2017 10:53em10:53

      Mariângela aconteceu o mesmo comigo. Elegi o concurso do Inss como meu sonho e, principalmente, como última e única chance de vida. Todos comemoravam como se tivesse passado antes mesmo da prova, pois viam meu empenho e desempenho. O resultado foi uma pressão enorme e uma grande vergonha e decepção, pois fiz 96 pontos e não passei. Até hoje não consegui reverter a frustração e seguir os estudos. Tento, tento e não tenho mais a menor motivação pra estudar. Até sento, organizo o material e começo, mas não fico mais de 2 horas concentrada…. fico impaciente e desisto…

  41. MARIANGELA Brito

    19/01/2017 08:44em08:44

    Esse artigo me fez lembrar do concurso do INSS. Eu estava verdadeiramente preparada, estudei tudo o q caiu na prova ( umas coisas com pouca ênfase, mas que em algum momento eu vi). Fui para a prova muito anciosa e com uma vontade de chorar há semas, pois meu filho e marido acreditavam muito em mim e por medo de decepciona-los eu me cobrei demais, e fui para a prova achando que tinha obrigação de passar conclusão, aquela vontade de chorar que me acompanhava há semanas e eu não consegui chegou na hora da prova , eu chorei, fiquei super nervosa e não consegui responder coisas super bobas, fiquei cega para as pegadinhas e fiz apenas 73 pontos em uma prova que eu estava super preparada para fazer.Depois de ter passado por isso, hoje, eu não estou mais conseguindo estudar para nenhum concurso.
    Essa é a triste história da concursos Mariângela.

  42. maria rosaneide

    25/01/2017 18:11em18:11

    obrigada sinto-me cada dia mais confiante,excelente artigo!!!

  43. jose sebastiao de oliveira

    14/02/2017 21:43em21:43

    Boa noite!
    Por ter efetuado a prova subjetiva area Direito do Trabalho neste XXI, gostaria de forma URGENTE contatar Professores da referida área, para verificar a minha prova e analisar o orientar-me para entrar com recurso.
    Se algum colega puder ajudar-me agradeço desde já
    Atenciosamente
    Jose Sebastiao de Oliveira
    (61) 985011900

  44. Andrea Vale

    21/02/2017 14:51em14:51

    Boa tarde!
    A ansiedade realmente nos afasta dos nossos objetivos e as dicas deixadas com certeza vao me ajudar muito.
    Com fé e uma vida plenamente entregue à Deus tenho certeza que vou conseguir.
    @MANOEL vc é um excelente exemplo de motivação,não desista de seus sonhos mas também separe um tempo pra vc e sua esposa.
    Que Deus abençoe a todos, e obrigada Gabriel pelo seu belo trabalho.

  45. ivonete santos de lima

    27/02/2017 14:02em14:02

    MUITO BOM MUITO MOTIVADOR DEPOIS QUE LI ESSE ARTIGO ME SINTO MELHOR SOU MUITO ANCIOSA

  46. Renato Teixeira

    06/11/2018 03:54em03:54

    Excelente artigo Gabriel, haja vista ser um mal que deixamos fortalecer cada dia mais, impossibilitando a realização de sonhos. Assim, você tratou do tema com maestria demonstrando os principais pontos que esse inimigo prejudica os concurseiros, aplicando também a todos no geral, provando que pode ser solucionado como qualquer outro problema que não seja trágico de verdade. Ademais, concluiu com dicas cruciais de mudanças comportamentais que tenho certeza se seguidas corretamente o mal da ansiedade não conseguirá vigorar na vida do indivíduo. Parabéns mais uma vez! É destaque, sucesso!Abraço! 👏🏽✨

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo