APF: Como responder questões sobre contagem de Pontos de Função

Há muitas questões sobre contagem de Pontos de Função e neste artigo explico como respondê-las.

Fala, meus consagrados! Tudo beleza com vocês?

Vejam a seguinte questão que caiu no concurso do BACEN de 2005 para a Área 2 (Analista de Sistemas):

[FCC 2005 BACEN –  Área 2 – Analista de Sistemas] Considere a tabela abaixo (parcialmente preenchida), para cálculo de pontos de função:

Sabendo que a complexidade funcional (Simples, Média e Complexa) é determinada em função da quantidade de registros e/ou arquivos lógicos e itens de dados referenciados, é correto afirmar que, aos totais atribuídos a Arquivo Lógico Interno, Arquivo de Interface Externa e Entrada Externa, correspondem, respectivamente, as classificações:

[A] Complexa, Média e Simples.

[B] Simples, Simples e Complexa.

[C] Simples, Média e Complexa.

[D] Média, Média e Complexa.

[E] Média, Complexa e Simples.

Para entendermos como vamos responder essa questão, precisamos aprender como montar a Tabela de Complexidade da Análise de Ponto de Função (APF).

Introdução

A Análise de Pontos de Função (APF) é um método para a medição de tamanho funcional de um software a partir da visão do usuário.

O processo de contagem de pontos de função é composto pelas seguintes sete etapas:

  • Reunir a documentação disponível;
  • Determinar propósito, escopo, fronteiras e partições;
  • Identificar requisitos como funcionais, não funcionais ou mistos;
  • Medir as funções de dados;
  • Medir as funções de transação;
  • Calcular o tamanho funcional; e
  • Documentar e reportar.

Funções de dados

Representam requisitos de armazenamento do usuário.

São classificadas em:

  • Arquivos Lógicos Internos (ALI):
    • São grupos de dados:
      • Logicamente relacionados (do ponto de vista do usuário); e
      • Mantidos pela própria aplicação;
  • Arquivos de Interface Externa (AIE):
    • São grupos de dados:
      • Logicamente relacionados (do ponto de vista do usuário); e
      • Apenas referenciados de outras aplicações.

Funções de transação

Representam requisitos de processamento do usuário.

São classificadas em:

  • Entradas Externas (EE):
  • São transações com o objetivo de:
    • Atualizar arquivos lógicos internos; ou
    • Modificar o comportamento do sistema;
  • Consultas Externas (CE):
    • São transações que representam simples recuperação de dados de arquivos lógicos internos e/ou arquivos de interface externa;
  • Saídas Externas (SE):
    • São transações com o objetivo de apresentação de informação;
      • Porém envolvendo lógica de processamento adicional a uma consulta externa.

Tabela de Complexidade

Agora vamos  montar a Tabela de Complexidade. Tudo que precisamos saber é a seqüência 3, 4, 5, 6, 7, 10, 15! Não é a seqüência que aparece no seriado Lost (4, 8, 15, 16, 23, 42), mas devemos aprendê-la! 😀

Notem que os primeiros 5 números são seguidos, o que facilita sua absorvição.

De posse dos números, vamos agora montar um pré-tabela antes da tabela de contagem de pontos de função. Ela ficará assim:

Valor
ALI
AIE
SE
EE
CE
15
15
10
10
10
7
7
7
7
6
6
6
5
5
5
4
4
4
4
3
3
3

Observem o seguinte:

  • Criamos sempre a pré-tabela pela ordenação decrescente da seqüência numérica citada;
  • Para marcação dos valores para ALI (Arquivos Lógicos Internos), começamos de cima para baixo;
    • Essa função é a mais importante na contagem de pontos de função e por isso pegam os três maiores números seguidos;
  • Começamos de cima para baixo também para os valores AIE (Arquivos de Interface Externa);
    • Porém iniciamos a partir do segundo maior número e há um salto do valor médio para o mais baixo desse tipo de função;
  • Após o ALI  (Arquivos Lógicos Internos), a tabela é preenchida um nível abaixo a cada coluna;
  • Para os valores SE (Saída Externa), EE (Entrada Externa) e CE (Consulta Externa), iniciamos de baixo para cima;
    • Sendo que as marcações dos valores dessas funções são iguais, divergindo somente a marcação do SE que começa pelo valor 4;
    • Em ambos, há um salto dos seus valores médios para os altos;
  • Os valores dos EE (Entrada Externa) e CE (Consulta Externa):
    • São iguais; e
    • São parecidos com os do SE (Saída Externa), porém, um nível abaixo.

Depois de montada a pré-tabela, fica fácil de montar a Tabela de Complexidade:

Simples ou Baixa
Média
Complexa ou Alta
ALI (Arquivos Lógicos Internos)
7
10
15
AIE (Arquivos de Interface Externa)
5
7
10
SE (Saída Externa)
4
5
7
EE (Entrada Externa)
3
4
6
CE (Consulta Externa)
3
4
6
Agora vamos fazer algumas questões para treinarmos.

Questões de concursos

[FCC 2005 BACEN –  Área 2 – Analista de Sistemas] Considere a tabela abaixo (parcialmente preenchida), para cálculo de pontos de função:

Sabendo que a complexidade funcional (Simples, Média e Complexa) é determinada em função da quantidade de registros e/ou arquivos lógicos e itens de dados referenciados, é correto afirmar que, aos totais atribuídos a Arquivo Lógico Interno, Arquivo de Interface Externa e Entrada Externa, correspondem, respectivamente, as classificações:

[A] Complexa, Média e Simples.

[B] Simples, Simples e Complexa.

[C] Simples, Média e Complexa.

[D] Média, Média e Complexa.

[E] Média, Complexa e Simples.

Comentários:

Agora é só responder à questão do início do artigo:

  • 7 é o valor para a complexidade funcional simples ou baixa para ALI;
  • 7 é o valor para a complexidade funcional média para AIE; e
  • 6 é o valor para a complexidade funcional complexa ou alta para EE.

Podemos encontrar as seguintes nomenclaturas para as complexidades simples, média e complexa: baixa, média e alta, respectivamente.

Gabarito: letra C.

[CESPE/CEBRASPE 2020 Ministério da Economia – Tecnologia da Informação – Desenvolvimento de Software] As informações a seguir são relativas a uma mensuração de sistemas em pontos de função.

[I] manutenção de sete páginas HTML estáticas no portal da organização, contida em um projeto de desenvolvimento

[II] manutenção na interface, especificamente de logotipos, e mudança de botões da aplicação, que totalizam nove pontos de função transacionais impactados

[III] criação de identidade visual para dez páginas do portal associadas à área de comunicação social da organização

A seguinte tabela mostra a quantidade de itens obtida na contagem para o projeto de desenvolvimento.

Tendo como referência as informações precedentes, julgue o próximo item, de acordo com o roteiro de métricas de software do SISP (versão 2.1).

De acordo com os dados da tabela apresentada, as funções transacionais representam 21 pontos de função.

Comentários:

A questão agora trata de uma contagem de pontos de função. A tabela da questão traz medições para aplicarmos os valores da Tabela de Complexidade. Temos que multiplicar a quantidade de cada função de acordo com a complexidade citada na tabela.

Para funções de dados, temos a seguinte quantidade de pontos de função:

  • ALI: 3 (quantidade) x 15 (valor da complexidade alta para ALI) = 45;
  • AIE: 1 (quantidade) x 7 (valor da complexidade média para AIE) = 7; e
  • Total de 52 pontos de função (resultado da soma de 45 mais 7).

Para funções de transações, temos a seguinte quantidade de pontos de função:

  • EE: 2 (quantidade) x 6 (valor da complexidade alta para EE) = 12;
  • CE: 3 (quantidade) x 3 (valor da complexidade baixa para CE) = 9;
  • SE: não foi medido na situação da questão;
  • Total de 21 pontos de função (resultado da soma de 12 mais 9).

A questão está correta, pois as funções transacionais representam 21 pontos de função.

Gabarito: CERTO.

[CESPE/CEBRASPE 2020 Ministério da Economia – Tecnologia da Informação – Desenvolvimento de Software] As informações a seguir são relativas a uma mensuração de sistemas em pontos de função.

[I] manutenção de sete páginas HTML estáticas no portal da organização, contida em um projeto de desenvolvimento

[II] manutenção na interface, especificamente de logotipos, e mudança de botões da aplicação, que totalizam nove pontos de função transacionais impactados

[III] criação de identidade visual para dez páginas do portal associadas à área de comunicação social da organização

A seguinte tabela mostra a quantidade de itens obtida na contagem para o projeto de desenvolvimento.

Tendo como referência as informações precedentes, julgue o próximo item, de acordo com o roteiro de métricas de software do SISP (versão 2.1).

De acordo com a tabela apresentada, as funções de dados representam mais de 55 pontos de função.

Comentários:

Como vimos nos comentários da questão anterior, as funções de dados representam 52 pontos de função e não 55, como cita a questão, portanto, gabarito errado.

Gabarito: ERRADO.

[FCC 2020 AL/AP – Analista Legislativo – Desenvolvedor de Sistemas] Para um cálculo hipotético de Ponto por Função − PF, considere as quantidades e correspondentes funções:

− 3 EE baixa complexidade

− 1 EE média complexidade

− 2 EE alta complexidade

− 3 ALI baixa complexidade

− 2 ALI média complexidade

− 4 AIE baixa complexidade

− 3 AIE alta complexidade

− 5 SE baixa complexidade

− 5 CE média complexidade

E os seguintes valores padrão:

− 3, para EE baixa

− 4, para EE média

− 6, para EE alta

− 7, para ALI baixa

− 10, para ALI média

− 5, para AIE baixa

− 10, para AIE alta

− 4, para SE baixa

− 4, para CE média

Sem considerar o fator de ajuste, o total de pontos Função de Dados e o total de pontos Função de Transação são, respectivamente,

[A] 12 e 65.

[B] 91 e 16.

[C] 91 e 65.

[D] 12 e 91.

[E] 16 e 65.

Comentários:

Outra questão de contagem de pontos de função. O que facilitou é que o examinador deu os valores da Tabela de Complexidade e agora é só fazer a contagem de pontos de função.

Para funções de dados, temos a seguinte quantidade de pontos de função:

  • 3 ALI baixa complexidade: 3 x 7 (valor da complexidade baixa para ALI) = 21;
  • 2 ALI média complexidade: 2 x 10 (valor da complexidade média para ALI) = 20;
  • 4 AIE baixa complexidade: 4 x 5 (valor da complexidade baixa para AIE) = 20;
  • 3 AIE alta complexidade: 3 x 10 (valor da complexidade alta para AIE) = 30;
  • Total de 91 pontos de função.

Para funções de transações, temos a seguinte quantidade de pontos de função:

  • 3 EE baixa complexidade: 3 x 3 (valor da complexidade baixa para EE) = 9;
  • 1 EE média complexidade: 1 x 4 (valor da complexidade média para EE) = 4;
  • 2 EE alta complexidade: 2 x 6 (valor da complexidade alta para EE) = 12;
  • 5 SE baixa complexidade: 5 x 4 (valor da complexidade baixa para SE) = 20;
  • 5 CE média complexidade: 5 x 4 (valor da complexidade média para CE) = 20;
  • Total de 65 pontos de função.

Para funções de dados, temos 91 PF’s. Para funções de transações, 65 PF’s. Então, gabarito é a letra C.

Gabarito: letra C.

Referências

  • Como é o processo de contagem de pontos de função?. Disponível em: https://www.fattocs.com/blog/como-e-o-processo-de-contagem-de-pontos-de-funcao/
  • Conceito: Análise de Pontos de Função (APF). Disponível em: https://www.trt9.jus.br/pds/pdstrt9/guidances/concepts/apf_41E4E1FC.html

Bom, espero que tenha mais ajudado do que atrapalhado no estudo de APF!

Então é isso!

[]’s e até a próxima!
_________________________
Professor Rogerão Araújo

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Rogério Araújo
Rogério Araújo
Auditor Federal do STN, especialista em Governança em TI e professor de Desenvolvimento de Sistemas
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo