Cheguei Lá

Disciplina e muita resolução de exercícios fizeram Italo Gervásio chegar à aprovação no TCU

TCU

O Tribunal de Contas da União é o órgão de controle externo do governo federal e auxilia o Congresso Nacional na missão de acompanhar a execução orçamentária e financeira do país e contribuir com o aperfeiçoamento da Administração Pública em benefício da sociedade. Para isso, tem como meta ser referência na promoção de uma Administração Pública efetiva, ética, ágil e responsável.

O Tribunal é responsável pela fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial dos órgãos e entidades públicas do país quanto à legalidade, legitimidade e economicidade.

O Tribunal realizou em meados de 2015 um concurso público para provimento de vagas nos cargos de Auditor Fiscal de Controle Externo (em diversas especialidades) e Técnico. Na oportunidade foram ofertadas 108 vagas distribuídas entre os cargos supracitados e os aprovados foram lotados em sedes do TCU em diversos munícipios, com exceção dos Auditores de Controle Externo da área da Tecnologia da Informação, que foram todos lotados na sede do Tribunal em Brasília.

O concurso, organizado pelo Cebraspe, atraiu uma grande concorrência e, ao todo, 38.723 pessoas disputaram os cargos ofertados, ou seja, aproximadamente, 921 candidatos por vaga. A grande concorrência foi motivada pela remuneração atrativa que o órgão oferta e também pelo fato de o Tribunal ser reconhecido como um excelente local para se trabalhar. De acordo com levantamento realizado pela Revista Você S/A, o TCU foi eleito como a melhor instituição pública para se trabalhar.

O Cheguei Lá desta semana tem o orgulho de receber nosso ex-aluno que hoje é Auditor Federal de Controle Externo, Ítalo Gervásio, que logrou êxito no concurso e foi aprovado para o cargo de Auditor de Controle Externo (TI), cargo que ainda ocupa. O entrevistado retorna ao quadro Cheguei Lá para contar um pouco de sua trajetória de estudos com o intuito de motivar os concurseiros e provar que, com o devido empenho e dedicação, é completamente possível ser aprovado em concursos de alto nível.

O entrevistado começa falando que a sua ideia de ingressar em alguma carreira pública foi motivada pela família. Convivendo com pessoas da família que já eram servidores, o aluno pôde conhecer um pouco mais de perto a estabilidade empregatícia, a segurança de vida e diversos outros benefícios que os servidores públicos possuem. Além disso, o aluno destaca que também quis ingressar no serviço público para trabalhar com seriedade e eficiência, com o intuito de melhorar a imagem dos servidores e do serviço público em si. “Inicialmente optei pela carreira pública por influência da família. Depois passei a gostar da ideia de trabalhar para melhorar a imagem do serviço público”.

O aluno lembra que, mesmo antes da publicação do edital, já estudava as matérias que mais gostava e que eram mais proveitosas em seus ciclos de estudos. Posteriormente, ainda na fase pré-edital, ele comenta que se preocupou em se aperfeiçoar nas disciplinas que tinha mais dificuldade. O aprovado também lembra que um dos seus pontos fortes ao longo da trajetória foi estudar com regularidade e fazer um cronograma de estudos que cumpria fielmente, no qual dividia as matérias que seriam estudadas no dia pelo nível de dificuldade.

“No começo a rotina era meio bagunçada. Basicamente estudava antes do edital somente o que gostava. Com o tempo passei a me preparar estudando as matérias que tinha mais dificuldade antes do edital. Pro concurso do TCU, só estudei a matéria específica antes da publicação do edital. Estudava pelo menos uma hora por dia de segunda a sexta, sem exceção. Com a publicação do edital, fiz um quadro de estudos e o segui fielmente. Basicamente estudava pela manhã as matérias que considerava mais difíceis e a noite as mais fáceis .”

Ítalo revela que durante todo o período de sua preparação se dividiu entre o trabalho e os estudos. Ele frisa que, apesar de ambas as responsabilidades, a aprovação em um concurso público é um projeto viável para quem tem a rotina cheia, mas se organiza. Sabendo disso, o aprovado não mediu esforços para conciliar as atividades pois sabia que a dedicação diária, os estudos e a resolução de exercícios contribuiriam muito para a conquista do seu sonho. Ele frisa que os exercícios foram uma excelente forma de estudar, revisar o conteúdo e fazer uma autoavaliação do rendimento.

“Durante todo o período de estudos, eu estive trabalhando. No período pré-edital eu fazia muitos exercícios regularmente e quando o edital foi lançado continuei em um bom ritmo e resolvi muitas provas anteriores . Para conciliar é importante organização e escolher o material adequado. Para as matérias específicas estudei em torno de um ano e meio. Em quase todo o tempo o estudo foi baseado em resoluções de questões de concursos anteriores.”

O aprovado trilhou parte de sua caminhada de preparação para o certame com o Gran Cursos Online. Com um pacote completo de revisão para o TCU, ele pôde assistir aulas bem objetivas e direcionadas para seu certame. Ele frisa que a experiência dos professores em suas respectivas disciplinas contribuíram muito para sua conquista e destaca que as aulas mais proveitosas foram as de resoluções de provas antigas. “Adquiri um pacote de revisão em videoaula. As aulas que mais gostei foram as que resolviam questões de provas antigas dos concursos do TCU.”

Consciente de que o estudo precisa ser um processo organizado e minucioso, o aluno comenta mais uma vez sobre a importância dos candidatos realizarem provas anteriores para entenderem as tendências de cobrança das bancas organizadoras. Além disso, ele frisa que fazer uma análise pós-prova para compreender o que nos levou ao erro em determinada questão é extremamente importante para continuarmos evoluindo.

“A primeira dica é fazer muitas provas antigas. Os assuntos que as bancas consideram importantes para determinado concurso não costuma mudar muito. Outra dica é sempre após uma prova tentar entender todas as questões que você errou ou acertou sem convicção. Caso isso não seja feito, você continuará errando.”

Relembrando a sensação que teve ao ver seu nome na lista de aprovados, o Auditor do TCU conta que sentiu um grande alívio combinado com uma sensação de euforia e viu que todas as listas de exercícios que tinha respondido valeram muito a pena. “É difícil descrever mas lembro que naquele dia nenhuma outra coisa me importava. Só tive vontade de ir embora do trabalho, ligar pra minha família e comemorar.”

Já nomeado e cumprindo suas atribuições no Tribunal, o aprovado revela que está realizado profissionalmente e muito satisfeito com o cargo e o órgão que trabalha.  “Não pretendo estudar pra outro concurso.”

Por fim, Ítalo deixa uma mensagem motivacional para os concurseiros que almejam, assim como ele, “Chegar Lá”

“Com dedicação, material adequado e organização, é possível alcançar a aprovação no cargo que você almeja.”

Confira abaixo a entrevista em vídeo do aprovado:


Você foi aprovado em algum concurso com a ajuda do Gran Cursos Online? Parabéns! Responda aqui ao nosso questionário online e compartilhe a sua história de sucesso!

Prepare-se com quem tem tradição de aprovação em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

Matricule-se!
 

garantia-de-satisfacao-30

Cheguei Lá

3 Comentários

3 Comentários

  1. Marco André Santos Machado

    22/07/2018 10:40 em 10:40

    Parabéns Ítalo pela sua grande aprovação.
    Esse é o cargo que botei como meta!
    Queria, se possível, que você falasse sobre o material usado para estudo da parte específica da prova

  2. Priscila Rodrigues da Silveira

    26/07/2018 11:23 em 11:23

    Oi.Bom dia.Gostaria que o Ítalo falasse um pouco do concurseiro que possui filhos e esposa.Ele possui? Como seria a conciliação de trabalho, família e estudos? E uma dúvida me chamou a atenção quanto a sua idade. Quantos anos teria o Ítalo no início e fim dessas lutas como concurseiro?

  3. Luana Goes

    02/08/2018 15:20 em 15:20

    Parabéns, Ítalo, e obrigada por partilhar conosco sua trajetória de estudos.
    Organização, foco e disciplina são as “chave-mestras” para aprovação em concurso público. Pelo que pude perceber, o Ítalo já tinha uma caminhada pregressa de estudos bastante forte, uma vez que se graduou em Engenharia da Computação pelo IME (Instituto Militar de Engenharia), uma das melhores instituições de ensino superior de nosso país. Não tem segredo, fato é que necessitamos nos disciplinar nos estudos. Sucesso a todos!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo