Cheguei Lá

Trabalhando em dois empregos, James Almeida conseguiu o 1º lugar no Hemocentro

Conheça a história do James Almeida, aprovado em 1º lugar na Fundação Hemocentro de Brasília, para o cargo de Técnico em Radiologia:

Motivado pela estabilidade financeira, James decidiu dedicar-se aos concursos públicos. No início, lá em 2008, o concursando não tinha tanto compromisso em estudar e acabava reprovado em muitos certames.

Com o tempo, ele conta que, mesmo se esforçando mais, acabava cometendo erros que atrapalhavam seus objetivos. “Eu ia confiante em fazer uma boa prova na parte específica, que tem peso maior, e não me preocupava com as básicas: português, raciocínio lógico, matemática, informática, por exemplo”, diz. “Eram exatamente essas matérias que me reprovavam, então em algum momento decidi encará-las”, conclui.

Como o Hemocentro não havia realizado concurso anteriormente, as técnicas de estudo para a prova tiveram de ser adaptadas. “Antes do edital sair, eu estudava as matérias básicas, principalmente português, raciocínio lógico e a legislação do DF (LC 840 e LODF), mas também um pouco da parte específica de radiologia”, lembra ele. No entanto, assim que saiu o edital, James precisou correr com os conteúdos novos que não esperava. “Fiquei desesperado! Tinha muito conteúdo relacionado a Hemoterapia e pouca coisa específica da radiologia, que era aquilo que eu havia me preparado. Porém, havia quatro meses até a prova, então foi uma corrida contra o tempo para tentar estudar todo o conteúdo específico”.

Diante de um desafio contra o tempo, o aluno precisou seguir uma rotina rigorosa de estudos para ver tudo o que era exigido para a prova. “Estudei um conteúdo de cada vez, li e reli as normas, guias e portarias. Assisti todas as aulas das matérias, e algumas eu tive que rever para entender, e por fim, resolvi todos os exercícios que eu achei na internet. Só depois disso eu começava um novo conteúdo. Deu certo! Abracei o edital faltando 20 dias para a prova, assim pude revisar o que tinha maior chance de cair na prova e as matérias que eu tinha mais dificuldade”, recorda.

Toda a corrida de estudos foi levada enquanto ele se dividia como técnico em radiologia em dois hospitais. Para fazer o plano dar certo, ele garante que a melhor solução foi construir um planejamento sólido e manter o foco. “Montei um cronograma de estudos em que estudava nos horários livres e me dediquei bastante a cumpri-lo. Nessas horas, a disciplina é essencial”, garante. Nos momentos finais da jornada, James contou, ainda, com a última jogada. “Reagendei as minhas férias para dias antes da prova para que eu pudesse revisar todo o conteúdo”.

Ao longo de todo o processo, o aprovado aponta o Gran Cursos Online como um grande impulsionador na preparação dele. “O diferencial para minha aprovação neste concurso foi a assinatura ilimitada porque percebi que muito do conteúdo do meu cargo também estava em outros cursos disponibilizados no site: Analista enfermagem, Analista laboratório, Técnico em hemoterapia e técnico administrativo. Tinha um pouquinho em cada curso e, se eu precisasse comprar todos eles, o investimento estaria fora do meu alcance. Está tudo lá, é só clicar e estudar. Fiquei como uma criança em um parque de diversões”, elogia.

Segundo James, outro ponto importante é que ele encontrou no site materiais exclusivos e que foram determinantes para uma preparação diferenciada e à frente da concorrência. “O Gran Cursos Online também foi essencial porque muitas matérias específicas, principalmente relacionadas ao Distrito Federal, só se encontravam no portal dele”, observa o aluno.

A preparação final também é uma etapa que não deve ser ignorada. Para ele, dividir a experiência com o Gran Cursos Online foi crucial. O “Gran finale” foi o Gran dicas Hemocentro, o aulão de véspera da prova com professores ‘tops’. Saí de lá altamente empolgado e motivado. Foi a cereja do bolo da minha preparação”, completa ele.

O aluno, que já havia sido aprovado na Secretaria de Saúde do DF (SES DF) e no Hospital Universitário de Brasília (HUB/EBSERH), aconselha que uma das coisas mais importantes é ver o estudo como um aliado. “Em primeiro lugar devemos acabar com aquele estigma que estudar é algo ruim, cansativo, desgastante! Tem que fazer do estudo algo agradável! Cansou de ler? Vá assistir uma videoaula! Cansou? Vá revisar! Cansou? Vá resolver exercícios! Cansou? Faça um simulado, resolva um prova de concurso como se estivesse valendo! Quando você começa a estudar parece chato, mas logo você começa a ver os resultados e isso traz muita motivação”, defende o primeiro colocado.

Além de estudar, segundo ele, deve-se, ainda, reservar momentos para guardar os cadernos e sentir-se recompensado por tudo que já foi conseguido. “A vida do concursando não é só estudar: respeite o descanso! Coloque metas de estudo e se premie por elas. Eu fazia assim: ‘Preciso estudar esse conteúdo até o final de semana, assim merecerei tomar aquela gelada no domingo'”.

Como tática de estudo, James sugere organizar os estudos em blocos. “Um bloco de estudo é um tempo ininterrupto que você estuda de forma concentrada sem nada tirar sua atenção”, explica. “Eu comecei com blocos de estudo de 20 minutos, mas já alcancei até 1h30 bem concentrado”, completa.

O aluno conclui que, no fim das contas, o mais importante é não parar de estudar e seguir firme até que a aprovação chegue. “Concurso tem mais haver com preparação do que com inteligência. Quem se mantém estudando sempre passa hora ou outra”, argumenta.

Você foi aprovado em algum concurso com a ajuda do Gran Cursos Online? Responda aqui ao nosso questionário online e compartilhe a sua história de sucesso com quem está na mesma jornada!

Ficou inspirado? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

matricule-se 3

assinatura-222

garantia-de-satisfacao-30

Para o Topo