Fernando Escobar

T.I em Foco: Gerência de Projetos

Olá, concurseiro!

Este é meu primeiro artigo aqui no Gran Cursos Online.  Neste “canal”, vou conversar com você sobre Gerência de Projetos, a forma como ela é cobrada nos concursos públicos e como você pode se preparar melhor para ter um bom desempenho nas questões dessa disciplina.

Segundo o PMBOK, gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto, a fim de cumprir os seus requisitos. É realizado através da aplicação e da integração apropriadas dos processos de gerenciamento identificados para o projeto. Todos esses conhecimentos, habilidades, ferramentas, técnicas e processos estão descritos no Corpo de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos – PMBOK, na sigla em inglês.

Neste primeiro artigo, gostaria de compartilhar com você um planejamento sobre como a disciplina de Gerência de Projetos vem sendo cobrada nos concursos e como você pode melhor se planejar e se preparar.  O conceito de planejamento indica que ele consiste no ato de criar e planejar, antecipadamente, uma ação, desenvolvendo, assim, estratégias programadas para atingir determinado objetivo. O planejamento funciona como uma abordagem de identificar um alvo específico, com a intenção de organizar e aplicar as melhores maneiras para atingi-lo.

Minha crença é sobre a abordagem PLAN, PREPARE, PERFORM. Primeiro você PLAN (se planeja). E espero que este artigo auxilie você na orientação dos esforços para seus estudos.  Após o planejamento, você PREPARE (se prepara), executa seu planejamento de estudos, acompanha nossas aulas aqui no Gran Cursos Online, assiste nossas aulas de exercícios e acompanha nossas entradas ao vivo no canal do YouTube. Tudo isso para que, na hora do concurso, você PERFORM (performar/agir) com sucesso. Essa abordagem já me permitiu duas aprovações em concursos federais e pode apoiar você na sua trajetória.

Uma consulta à base de questões nos permite identificar 2.695 questões classificadas sobre a disciplina “Gerência de Projetos”.  Obviamente, esse quantitativo tende a crescer a cada dia, a cada novo concurso realizado e inclusão na base. Entretanto, já nos traz uma amostra significativa, que nos permite aplicar uma análise quantitativa, para orientação de nossos esforços de estudo.

Dessas 2.695 questões (100%), quase a metade (48%) está relacionada ao PMBOK e seus processos de gerenciamento, incluindo estruturas organizacionais; se você considerar os 12% referentes aos conceitos básicos, que inclui o ciclo de vida dos projetos, chegamos a 60% das questões, relacionadas ao que eu conceituo como Fundamentos do Gerenciamento de Projetos.

Outro recorte interessante aponta para 21% das questões relacionadas aos conceitos inerentes ao gerenciamento de projetos, programas e portfólios; além disso, 1% corresponde a questões que remetem à medição de maturidade do gerenciamento de projetos e ao funcionamento dos escritórios de projetos (PMO).  Junto com o grupo anterior, esses conteúdos estão distribuídos nos capítulos 1, 2 e 3 do PMBOK.

Complementando essa análise quantitativa, 18% das questões estão relacionadas às áreas de conhecimento (10) do PMBOK, que são atendidas, individualmente, em cada um dos capítulos do PMBOK, desde o 4 até o 13.  Sobre as áreas de conhecimento, em especial, por serem diversas (10), uma análise mais detalhada indica que Escopo, Riscos, Custos e Tempo são as mais cobradas.  Esse grupo abrange o que chamamos de Restrição Tripla (Escopo, Custos e Tempo), além da disciplina de Riscos, muito demandada no setor público, também em decorrência de recomendações dos órgãos de controle.

Em relação às bancas, desses 100% analisados, 43% das questões são do CESPE/CEBRASPE, com FCC (14%) e Cesgranrio (9%) completando o “TOP 3”.  Entretanto, 23% estão relacionados a outras bancas que, se somados aos 4% da FGV, 3% da ESAF e 2% do CETRO, totalizam 32% das questões, “pulverizadas” entre diversas bancas, o que evidencia a capilaridade da temática e sua previsão e cobrança em diversos certames.

Outro recorte interessante diz respeito ao nível dos cargos, com ampla maioria de 89% das questões sendo cobradas em cargos de nível superior, sendo apenas 11% em nível médio.

Toda essa “numeralha” para demonstrar para você que o assunto é relevante.  Que, a depender de suas pretensões, Gerência de Projetos faz parte do seu caminho ao tão almejado cargo público. Nossas aulas aqui no Gran Cursos Online, em especial as de PMBOK 5, que abordam TODOS os grupos de processos, TODAS as áreas de conhecimento, TODOS os processos do PMBOK, oferecem a você subsídio para PERFORMAR com sucesso nas provas que cobram essa disciplina. Complementarmente, para as principais bancas, também temos aulas apenas de resolução de exercícios.

Se você tiver o tempo necessário, sugiro abordar todo o conteúdo do PMBOK, conforme descrito acima; dessa forma você estará habilitado a GABARITAR essas questões.  Entretanto, se o seu tempo for escasso, afinal o concurso não deve ser específico para gerente de projetos e, se for, deve cobrar outras disciplinas, que também demandarão tempo de estudo… é aqui que entra esse planejamento. Se você precisar focar seus estudos, recomendo os Fundamentos do Gerenciamento de Projetos, além das áreas de conhecimento Escopo, Riscos, Custos e Tempo.

E para tudo isso ficar melhor, as aulas de PMBOK 6 já estão no forno, com início de gravação previsto para março/2019.

Bons estudos!

Fernando Escobar – Mestre em Computação Aplicada, na área de pesquisa de Gestão de Riscos, pela Universidade de Brasília (UNB). Especialista em Gestão Pública pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Possui MBA em Planejamento de Serviços de Governo Eletrônico (e-Gov) pela UNA-MG e formação de Tecnólogo em Processamento de Dados pela FATEC/UNESP-SP. Foi servidor público federal do cargo de Analista em Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, entre 2010 e 2016. Exerceu as funções de Coordenador (2013) e Coordenador-Geral de TI da ENAP entre 2014 e 2015; e de Assessor de Governança (2015) e Diretor de TI (2016) no Ministério do Desenvolvimento Social. Desde Agosto/2016 é Analista Judiciário – Especialidade Informática no TRF 1ª Região, lotado inicialmente no Núcleo de Governança de TI – NUGTI, responsável pelo gerenciamento de projetos estratégicos de TI, consolidação e acompanhamento do Plano Diretor de TI, além da proposição de políticas e normativos. Desde Maio/2018 é Supervisor da Seção de Gestão de Sistemas de Informação – SEGSI.

 

WHATSAPP GCO: receba gratuitamente notícias de concursos! Clique AQUI!

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 920.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga! Mude de vida em 2019!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Cheguei Lá

1 comentário

1 Comentário

  1. David Araújo

    16/03/2019 21:47 em 21:47

    Muito bom a análise realizada sobre a disciplina de gerência de Projetos. Show de bola mesmo e gostaria de resaltar aqui que com base neste artigo seria uma ótima ideia ter outros artigos com essas análises para outras disciplinas focadas em concursos. Creio que os artigos ganharão muitos likes.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo