Comissão de aprovados no concurso de Oficial de Chancelaria do MRE cobra nomeações para suprir grave déficit! O Gran Cursos Online apoia essa iniciativa!

itamaraty__

Por:  Guilherme Pereira Gaebler

Ex-aluno Gran Cursos Online aprovado em 5º lugar para o Concurso
de Oficial de Chancelaria do Ministério das Relações Exteriores

Oito anos sem concurso para a carreira, cinco meses desde a homologação do resultado final, 171 aprovados e até agora nenhuma nomeação. Essa é a situação do Concurso Público para o cargo de Oficial de Chancelaria, do Ministério das Relações Exteriores (MRE). Os candidatos aprovados aguardam autorização do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) para que as convocações se iniciem, porém não há previsão de quando a espera irá acabar.

O concurso para provimento de 60 vagas de Oficial de Chancelaria teve seu edital publicado em novembro de 2015 e seu resultado final homologado em 11 de maio de 2016. O certame contou com mais de 15 mil inscritos, dos quais 171 obtiveram aprovação após o término de todas as fases, uma das quais consistia na participação num curso de formação em Brasília, DF. Entretanto, o processo de autorização das nomeações no Ministério do Planejamento não é movimentado desde o dia 20 de maio deste ano. A morosidade na tramitação do processo e a falta de informações sobre ele têm gerado crescente insatisfação e preocupação nos aprovados, que ficam prejudicados quanto aos seus planejamentos pessoais e profissionais e que estão tendo seus sonhos de se tornarem servidores públicos indefinidamente protelados.

O atraso do processo relativo ao concurso é flagrante, especialmente quando comparado a outros concursos iniciados posteriormente: o MP autorizou recentemente 600 nomeações para o IBGE, enquanto a nomeação dos candidatos aprovados nos recentes concursos da ANAC e do INSS também é iminente. O impacto financeiro dessas autorizações é considerável, chegando a mais de 1% do orçamento do IBGE e mais de 2% do orçamento da ANAC. Por sua vez, o impacto da nomeação dos aprovados dentro do número de vagas para Oficial de Chancelaria não ultrapassaria 0,21% do orçamento total do MRE.

A carreira de Oficial de Chancelaria, de nível superior e integrante do Serviço Exterior Brasileiro, é responsável por atividades de formulação, implementação e execução dos atos de análise técnica e gestão administrativa necessários ao desenvolvimento da política externa brasileira. O oficial atua em todas as áreas administrativas do MRE, sendo responsável pelo bom funcionamento das mais de 220 representações brasileiras no mundo. Ele também desempenha serviço consular, o qual é fundamental para os a cidadãos que vivem fora do território nacional e que necessitam, por exemplo, da emissão de vistos e passaportes, da realização de atos notariais e de assistência em situações de vulnerabilidade.

Dos 1.000 cargos que compõem a carreira, 182 vagas estão desocupadas, acumuladas nos 8 anos desde o último concurso – em 2008. Até 2020, outros 68 servidores da carreira estarão aptos à aposentadoria, o que acarretará o agravamento na carência de pessoal administrativo. A Secretaria de Relações Exteriores – SERE, sede do MRE em Brasília, fica em situação ainda mais grave, pois perderá 40 Oficiais de Chancelaria com o atual processo de remoção de servidores para postos no exterior.

A carência de servidores causa imensas dificuldades à execução das atividades do ministério. A falta de pessoal é apontada como a principal causa de problemas dentro das unidades gestoras do MRE e a demora na realização de concursos públicos, assim como a resistência para nomear candidatos aprovados nos poucos processos feitos, agravam o quadro. Há clara discrepância entre a dimensão da estrutura do MRE e a quantidade de servidores em atividade. Em junho de 2016, durante sabatina a embaixadores, o senador Aloysio Nunes leu um trecho do relatório de gestão do embaixador do Brasil no Gabão, Bruno Cobuccio: “Desde março de 2014, encontro-me só, sem um segundo (ou terceiro) diplomata, e nem sequer conto com a ajuda de um Oficial de Chancelaria. Trabalhar sozinho, sem a ajuda de outro diplomata, e de um corpo de funcionários capaz, ágil e motivado, é muito difícil e contraprodutivo para os interesses brasileiros…”.

Diante dessa situação, os candidatos aprovados no certame formaram uma comissão para atuar junto aos órgãos competentes e pleitear a urgência de suas nomeações. A estagnação do processo de convocação, além de ser prejudicial aos concursados, que investiram tempo e esforço na preparação, é nocivo à administração pública, que segue lidando com a falta de pessoal após gastar com a realização do concurso e do curso de formação. A suspensão dos concursos públicos federais, segundo o próprio Ministério do Planejamento, não afeta os concursos já autorizados ou concluídos.

Comissão dos Aprovados do Concurso de Oficial de Chancelaria 2015

Avatar
Lucas Gomes
5 Comentários

5 Comentários

  1. Avatar

    KELLY KAROLINY LIMA PEDRONI

    18/10/2016 22:23em22:23

    Gran, nós aprovados do Concurso DEPEN 2015, cuja homologação ocorreu dia 30/06/2016, após quase um ano de vária etapas , também aguardamos ansiosos pela nomeação que ao que nos parece está empacada no MPOG.

    contamos com o apoio do Grancursos também.
    PELA AUTORIZAÇÃO DOS APROVADOS NO CONCURSO DO DEPEN 2015! Estamos todos prontos para trabalhar! Nos ajude a ajudar e fortalecer todo o Sistema Penitenciário!! #NomeiaDEPEN #AutorizaMPOG#NomeaçãoJá #AUTORIZAÇÃOJÁ #AgentesFederaisdeExecuçãoPena#JáPassoudaHora
    Senhor Ministro, por favor, nos ajude! Nosso processo de NOMEAÇÃO DEPEN 2015 está parado no MPOG… Precisamos urgente da AUTORIZAÇÃO e consequente NOMEAÇÃO!! O Sistema Penitenciário Nacional conta com a sua ajuda! #NomeiaDEPEN #AutorizaMPOG #NomeaçãoJá #AUTORIZAÇÃOJÁ #AgentesFederaisdeExecuçãoPena l
    #JáPassoudaHora
    Queremos a nomeação dos Agentes Federais de Execução Penal. #NomeiaDEPEN #MPOGAutorizaDEPEN
    #MPOGAutorizaDEPEN NOMEAÇÃO DOS AGENTES FEDERAIS EXECUÇÃO PENAL #NomeiaDEPEN
    Por um país sério e com serviços públicos de qualidade. #MPOGAutorizaDEPEN #NomeiaDEPEN
    #NomeiaDEPEN
    #MPOGAutorizaDEPEN

  2. Avatar

    Guilherme

    19/10/2016 08:15em08:15

    Gran Cursos, também fui aluno de vocês para o concurso DEPEN/2015 e solicito apoio na luta pela nomeação dos Agentes já formados no CFP/2016, realizado na Academia Nacional de Polícia, no qual muito dinheiro foi investido na formação dos futuros novos servidores. Nós do CFP Depen 2016 CONTAMOS com o Gran Cursos para nos apoiar nesse momento.

  3. Avatar

    Thiago

    24/10/2016 12:15em12:15

    Olá, Guilherme Pereira Gaebler! Meus parabéns pela iniciativa! Eu gostaria de obter mais informações sobre a comissão. Vocês possuem algum grupo ou página para divulgar notícias?

    • Avatar

      Luis

      31/10/2016 16:55em16:55

      Olá, Thiago e Guilherme. Eu também estou na mesma situação, esperando a nomeação. Qual o contato da comissão? Tenho interesse em participar.

      Obrigado e parabéns pela iniciativa, Guilherme.

      • Avatar

        Guilherme

        06/11/2016 18:20em18:20

        Luis, boa tarde! Como não há sistema de notificação dos comentários daqui, só agora vi seu recado.
        A comissão tem um e-mail: comissao.ofchan@gmail.com – sinta-se à vontade para entrar em contato conosco. Toda ajuda será bem-vinda!
        Temos também um grupo no Facebook para mantermos a comunicação entre os aprovados. Mas para mantê-lo organizado, o grupo é restrito apenas aos que foram aprovados no Curso de Formação. Portanto, se quiser participar, depois pegamos seu Facebook para que possamos o incluir lá também.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo