Como conseguir mais horas de estudo por dia

Uma dificuldade comum dos estudantes para concursos públicos é atingir metas altas de estudos diários/semanais, e o que mais se ouve é: só tenho “x” horas de estudo por dia porque eu trabalho, ou porque faço faculdade, ou pelo fato de ter filhos pequenos etc.

Este artigo é para você que precisa encontrar no seu dia a dia essas horas a mais para, enfim, atingir um número adequado de tempo de estudos diário, rumo à tão sonhada aprovação.

Pense bem, a grande maioria das pessoas reclama dos afazeres diários – não só os concurseiros, e sim quase todos em relação aos compromissos do dia a dia. Então o primeiro ponto é saber que esse problema não é só seu, é perfeitamente comum as pessoas terem pouco tempo para realizarem suas atividades. Pensando melhor ainda, na maioria das vezes, você sabe o que fazer para organizar seu tempo e ganhar horas extras, o que falta é rever as suas prioridades.

Assim, a primeira dica (e talvez a mais importante) é fortalecer o seu propósito e mentalizar mais o seu mural de sonhos, redirecionando assim as suas prioridades. Para chegar ao seu objetivo, é fundamental que esteja bem claro o motivo pelo qual você quer o concurso público. O seu sonho se deve à vocação, à remuneração atrativa, à estabilidade financeira? Entenda o que te faz acordar mais cedo e permanecer focado estudando durante horas a fio.

Propósito é aquela vontade imensa que sentimos de alcançar algum objetivo para chegar a uma realização. Assim, cria-se o mural dos sonhos, composto por imagens bem próximas do que se deseja para a vida, como um brasão de certa Polícia, ou um contracheque do cargo almejado, tudo isso no intuito de compreender melhor onde se quer chegar, e também com a intenção de acordar sempre motivado para correr atrás dessa realização.

Eu, por exemplo, deixava o brasão de determinada Polícia na tela de fundo do meu celular, pois isso me motivava a seguir buscando meu sonho de ser Delegado, e mais que isso, instigava-me a largar o celular (um dos piores inimigos do concurseiro) e imediatamente voltar focado para os livros. É legal deixar essa imagem impressa no seu mural dos sonhos, junto com seu plano de estudos semanal e seu edital do concurso com as evoluções de estudo.

Dito isso, vamos para o que você precisa fazer para obter mais horas de estudo diário: inicialmente, analise toda a sua rotina. Quem tem muitos compromissos fixos durante a semana perceberá que isso ajuda a encontrar pequenas brechas no dia a dia as quais podem ser dedicadas aos estudos, e, para quem tem muito tempo disponível, isso é fundamental para promover a organização e evitar a procrastinação, deixando os horários de estudo durante o dia já pré-determinados.

Esse artigo serve principalmente para quem tem pouco tempo e precisa encontrar lacunas no dia para utilizar em sua preparação – algumas dicas são fundamentais:

 

 

Dica 1: Acordar mais cedo ou dormir mais tarde.

Para seguir essa dica, é fundamental você se conhecer. Existem alunos que rendem mais acordando na madrugada e iniciando os estudos antes do trabalho ou das atividades diárias, já outros gostam de dormir mais tarde e conseguem render mais noite adentro.

Para alguns, são necessárias oito horas de sono, para outros, apenas seis são suficientes. De qualquer forma, é possível diminuir um pouco o seu tempo de sono diário para utilizar esse período nos estudos, mas que fique claro: descansar é fundamental. Você tem de respeitar seu corpo e dormir corretamente, não adianta dormir cinco horas e ter um dia de estudos sem rendimento.

Você pode fazer alguns testes, até para seu corpo ir se acostumando. Experimente diminuir 30 minutos do seu horário de sono diário e, caso se sinta bem com a redução, acaba de ganhar três horas e 30 minutos de estudos na semana. Mas caso não se sinta bem com isso, esqueça. Não adianta nada passar o dia com sono, isso até prejudica seu aprendizado.

Dessa forma, programe a hora de dormir e a hora de acordar. Para quem vai estudar durante a noite, é importante estabelecer um limite para não prejudicar o dia seguinte; para quem vai madrugar e iniciar os estudos cedinho, é fundamental dormir no horário adequado, até para descansar durante as horas necessárias e render durante a manhã.

Antes que alguém pergunte, não existe um melhor ou pior, ou um certo ou errado, você precisa se conhecer e se adequar à sua realidade. Uns são mais diurnos, outros, noturnos, e cada um rende melhor de uma forma. Use isso a seu favor.

 

Dica 2: Hora do almoço.

Utilize seu tempo com inteligência. Se você tem duas horas de almoço, é perfeitamente possível você se adequar para consumir a refeição em 30 ou 40 minutos e utilizar o tempo restante para os estudos. Se for preciso, leve marmitas para o trabalho, e nada de ficar à toa ou papeando com os colegas – esse é o momento de rever suas prioridades, então explique para seus amigos que você tem outras atividades para fazer, especialmente se o seu edital já estiver aberto.

Se quiser, reserve um dia na semana para almoçar com os amigos ou falar sobre o trabalho, até porque as relações interpessoais são importantes (apesar de secundárias nesse momento de estudos).

Caso você trabalhe em casa (home office) ou não esteja trabalhando, se possível, prepare suas refeições com antecedência (no domingo por exemplo) para a semana toda. Isso evita que você gaste um bom tempo preparando a sua alimentação.

Só para ficar claro: se você conseguir almoçar em uma hora todos os dias (e não em duas, como exemplificado), terá lucrado sete horas de estudos na semana.

 

Dica 3: Deslocamento para o trabalho ou compromissos.

Considerando essa época triste de pandemia e de isolamento social, acaba-se poupando o tempo de deslocamentos diários, mas, pensando em épocas “normais” de nosso dia a dia, quem vai de transporte público para o trabalho ou outros compromissos corriqueiros e gasta, por exemplo, cerca de 30 minutos de locomoção de um local ao outro, pode utilizar esse tempo para estudar.

Aqui as videoaulas são recomendadas e, no Gran Cursos Online, você consegue baixar as aulas antecipadamente e assisti-las no seu deslocamento, sem utilizar a sua Internet. Não se esqueça de usar fones de ouvido para melhorar seu nível de concentração e não atrapalhar os outros.

Os audiobooks também são ótimos e, para quem vai dirigindo, são ideais. Uma dica é você mesmo gravar as suas revisões ou leis secas, e ir ouvindo no carro. Existem ainda audiobooks das legislações sem comentários facilmente disponíveis que você pode utilizar, sempre cuidando da atenção ao volante.

É evidente que o nível de concentração e o rendimento não serão os mesmos, mas aqui a informação que deve ficar é: qualquer minuto estudado deve ser aproveitado. Independentemente de quantos minutos forem, é fundamental aprender a utilizar o tempo a seu favor.

 

Não importa se você tem somente cinco minutos livres, utilize esse tempo para estudar.

Lembrando que os horários quebrados devem ser utilizados para estudos rápidos, diferente dos períodos nos quais há blocos cheios de tempo. Durante os períodos de 50 minutos de estudos e 10 minutos de intervalo, você estará com a concentração máxima, até para temas mais longos ou que exigem um raciocínio mais concentrado, mas períodos curtos podem ser utilizados, por exemplo, para estudar a lei seca. Nesse tempo, é possível estudar um número considerável de artigos sem se cansar tanto ou perder a concentração, pois o estudo da legislação sem comentários pode ser realmente cansativo, mas é fundamental para a aprovação (lembrando que em grande parte da prova objetiva cobra-se justamente a lei seca).

 

Dica 4: Elabore o seu Plano de Estudos semanal.

Um plano de estudos semanal evita que você procrastine os momentos nos quais deveria estudar, e é importante que você elabore mais do que um plano de estudos, e sim o que se chama de plano de vida semanal.

Organize todas as suas atividades necessárias da semana, desde a hora de acordar até a hora de dormir (sim, até os horários do sono devem estar ali); com isso, você perceberá todas as horas disponíveis do seu dia, e vai se surpreender, pois são o suficientes para incluir ao menos quatro horas diárias de estudos.

Uma observação importante: não se esqueça de realizar atividade física de 30 minutos a uma hora ao menos três vezes na semana. Além de te manter saudável, a atividade física regular é também forte aliada da memória e do raciocínio lógico. Ou seja, o exercício físico efetivamente vai te ajudar nos estudos.

 

Dica 5: Descanso e lazer para aprender mais.

Sim, é necessário separar um tempo durante a sua semana para o descanso e o lazer. Além de evitar um desgaste pessoal excessivo ou desordens familiares, é importante para que seu rendimento nos estudos não diminua depois de algumas semanas. O ideal é o rendimento e as horas de estudo permanecerem numa crescente até a data do certame.

Para os meus alunos, durante os estudos pré-edital, sempre deixo um dia da semana livre para o lazer. Isso muda no pós-edital, já que a prova está marcada. Mesmo assim, algumas horas são importantes para você assistir a uma série, ler um livro ou se dedicar à atividade que mais te agradar.

Quando isso é devidamente programado, esses momentos em nada atrapalham os estudos. O que não pode ocorrer é você se propor a assistir dois episódios de 30 minutos de uma série e acabar assistindo toda a temporada. Se essa vontade bater, lembre-se de seu propósito e visualize o mural dos sonhos. O que é mais importante para você?

O que eu faço com meus alunos é organizar pequenas recompensas diárias ou semanais. Se batermos a meta diária de cinco horas, ótimo, vamos assistir a um episódio de uma série antes de dormir, já que o cronograma está em dia, e assim por diante.

Por fim, a dica que fica é: organize-se, planeje e estude. A responsabilidade final é sua (e o mérito será seu). Seguindo essas orientações, você perceberá que existem minutos de estudo ainda perdidos no seu dia; buscando esse tempo, você acumulará várias horas de estudo no decorrer da semana. Quando se pensa em um mês então, percebe-se o quanto colocar essas dicas em prática faz diferença. Bons estudos!

 

Valter Parr Corrêa

Delegado de Polícia do Distrito Federal

Mestre em Ciências Jurídico-Criminais pela FDUL

Coach Criacional

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos

Notícias Relacionadas

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo