Coaching para Concursos

Como passar no concurso PRF – Parte 1

Veja as minhas dicas de como passar no concurso PRF

Dicas de como passar no concurso PRF

Dicas de como passar no concurso PRF

Após minhas duas aprovações no concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal) – em 2002, fui o primeiro colocado, reprovei na prova física e só entrei no concurso seguinte -, é inevitável a pergunta: “Como você conseguiu?”. Como passar no concurso PRF?

Bom, primeiramente, credito meu sucesso à persistência e à paciência. Já se foram cinco anos desde quando decidi ser Policial Rodoviário Federal, por volta do ano 2000, até o dia em que comecei a trabalhar efetivamente, 3 de janeiro de 2005. O foco foi fundamental; sem ele, teria sucumbido quando caí em 2002…

Professor! Pare de enrolar! Quero saber como foi sua preparação e como passar no concurso PRF!!!

Certo! Para falar da minha preparação, é preciso lembrar que já se passaram mais de 15 anos. Naquela época, ter computador e internet era um luxo. Então, estudava com apostilas e materiais muito mais escassos que os de hoje. Além disso, em 2002, as matérias consistiam em: Língua Portuguesa, Matemática, Conhecimentos Gerais, Conhecimentos De Informática e Legislação De Trânsito.

Ora, para quem vinha de sucessos repetidos em vestibulares e tinha feito 3 anos de Engenharia da Computação, meu caso, “bastava” se concentrar em Conhecimentos Gerais e Legislação de Trânsito. Afinal, de Língua Portuguesa e Matemática poderia aproveitar o que estudei nos cursinhos pré-vestibulares, e informática era o meu trabalho.

Inicialmente, então, comecei a decorar o Código de Trânsito Brasileiro. Além disso, revisava Língua Portuguesa e Matemática. Ocorre que eu não conhecia a banca Cespe/UnB. Em um “estalo”, resolvi imprimir duas provas da época, uma foi da Petrobrás e outra da Polícia Federal, para ver como me saía. O resultado foi catastrófico. Isso nos leva ao primeiro grande passo para passar na Polícia Rodoviária Federal:

  • 1) Mescle teoria e exercícios. Além disso, conheça bem a banca que vai realizar a prova.

 

Ficou claro que aquele caminho traçado inicialmente não me levaria ao sonhado cargo. Precisava reformular meus estudos.

  • 2) Entenda o tamanho do desafio e faça um planejamento adequado.

 

Diante do quadro desenhado, adquiri novos materiais e criei o que seria minha primeira versão do “cronograma matador”. Defini tópico a tópico o que iria estudar e pontuei prazos a serem respeitados. Comprometi-me com a vitória! Sendo assim, fui fazer a prova confiante.

Ao conferir o gabarito, achei que não passaria. Escrevi mensagens para o Departamento de Polícia Federal e para o Cespe/UnB reclamando do certame. Parei com as atividades físicas. Meu maior erro…

  • 3) Confie na vitória e não desista!

 

Quando saiu o resultado do concurso PRF, minha grande surpresa: primeiro colocado entre mais de 540 mil candidatos! O planejamento estava certo, a dedicação foi recompensada! No entanto, não confiei na vitória. Por ter parado a preparação para o TAF, reprovei na prova física.

  • 4) Treine para o teste de aptidão física com a mesma disciplina e dedicação com que estuda.

 

Depois de me reerguer, tracei o plano para o próximo concurso e retomei a caminhada. Em 2003, saiu o novo concurso com as seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática; Conhecimentos de Informática; Conhecimentos Gerais; Legislação de Trânsito; e Noções de Direito (Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal).  Percebam que surgiram coisas novas a serem estudadas, isso resultou em mais duas lições:

  • 5) Prepare-se com antecedência e esteja pronto para surpresas no edital.

 

  • 6) Faça um novo planejamento pós-edital com dois objetivos: estudar as alterações e focar naquilo que é mais cobrado pela banca.

 

Com os resultados positivos de 2002, aprendi que meu planejamento, dedicação e comprometimento eram suficientes para passar na prova objetiva. Faltava a preparação física. Alinhando esses fatores, entrei na PRF, na qual permaneci por 9 anos.

Professor! Tudo muito bom, tudo muito legal… Mas isso foi há tanto tempo… Como é hoje?

De fato, se, em 2002, fui o primeiro colocado fazendo cerca de 75% dos pontos, isso, atualmente, joga o candidato no “bolo” intermediário (a nota de corte para redação em 2013, último concurso, ficou perto de 53% da pontuação líquida). O que mudou de lá para cá? Como já mencionei, antes não existia tanto material e informação à disposição. Isso, por um lado, representa grande ganho! Porém, significa enorme problema se não for bem trabalhado.

  • 7) Cuidado com a aquisição de muitos materiais, você poderá ficar perdido em meio a tanta informação.

 

  • 8) Escolha uma fonte de qualidade, como o Gran Cursos Online, e crie um cronograma no qual esteja bem definido como as videoaulas ou PDFs serão digeridos.

 

E depois? O que mais podemos reforçar para garantir nossa vaga?

No próximo artigo (leia aqui),contarei como fazer um bom cronograma para o concurso PRF e outros passos a serem dados rumo à aprovação!!!

Acompanhe o blog do Gran Cursos Online aqui e saiba todas as atualizações sobre o concurso PRF

Já pensou em estudar para a PRF orientado por um coach de concursos públicos? Clique aqui e tenha mais chances de passar na PRF!

Vamos que vamos!!!

Um abraço.


Rodrigo Silva

Analista Legislativo da Câmara dos Deputados. Aprovado diversos concursos públicos, destacando-se o primeiro lugar na Polícia Rodoviária Federal, Banco do Brasil e Técnico de Controle Interno na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.


 

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2018: confira aqui os certames previstos ainda para este ano!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para o próximo ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 800.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo