Carreiras

Concurso PRF: 2.778 vagas para policial são programadas! Inicial de R$ 10 mil!

concurso prf

A Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF) tem urgência na abertura de novo concurso! Afinal, o que faz o policial rodoviário federal?

Concurso PRF tem expectativa de autorização ainda este ano!

A Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF) realizará um novo concurso público em breve. De acordo com informações da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), o pedido feito no fim do mês de julho é para oferta inicial de 2.778 vagas para a carreira de policial rodoviário federal. O pedido é analisado no Ministério do Planejamento (MPDG).

 A pretensão da PRF é que ocorra, ainda em 2018, a formação de quatro novas turmas com 800 novos policiais. Na solicitação, o DPRF argumenta que vários servidores se aposentaram nos últimos quatro anos, deixando uma lacuna de quase 3 mil vagas em aberto, o que prejudica a segurança das rodovias.

No mesmo memorando encaminhado ao Planejamento, o Departamento sugeriu que seja autorizada um concurso público sempre que o número de vagas exceder a 5% dos respectivos cargos, ou, com menor número, de acordo com a necessidade e critério do Ministério da Justiça. Tal efeito tornaria o processo ainda mais célere e menos burocrático.

A FenaPRF já apresentou estudos que colocam como ideal o efetivo de 15605 PRFs nas ruas. Atualmente, o efetivo é de 10320 policiais, bem abaixo do efetivo legal, de 13098.

Sobre a PRF

A PRF é um órgão do Ministério da Justiça e faz parte do Poder Executivo Federal. Apesar de ser uma polícia ostensiva, uniformizada, não é militarizada, ou seja, não submete-se à hierarquia militar.

Sua principal atribuição é realizar a fiscalização e o policiamento ostensivo das rodovias federais, mais conhecidas como BRs.

O concurso PRF já foi encaminhado ao Ministério do Planejamento e, mesmo com a troca de comando no ministério ao qual a Polícia Rodoviária Federal é vinculada, seu prosseguindo está garantido. O aviso 630/2017 foi protocolado ao Planejamento e a autorização do concurso depende da análise da pasta e das negociações políticas por parte da administração da Polícia em questão, que reconhece a necessidade de novos servidores.

Imagem do pedido do concurso PRF protocolado.

Pedido do concurso PRF protocolado.

Renato Dias, novos diretor da Polícia Rodoviária Federal, tem como uma de suas prioridades a realização do concurso PRF. Ele tenta convencer o Ministério da Justiça e do Planejamento a realizar o concurso, segundo um de seus assessores, pois a crise não pode ser impedimento para a estruturação de áreas essenciais como a Segurança Pública.

O certame deverá acontecer o mais breve possível com os esforços dele e de Jesus Caamaño, coordenador geral de recursos humanos da corporação. “A direção da PRF está empenhada em fazer acontecer o concurso e a gestão necessária junto ao Ministério do Planejamento”, garantiu Caamaño, que prepara o edital desde o ano passado, enquanto espera sinal verde para dar seguimento à seleção.

A solicitação de 1300 vagas pretende não sobrecarregar a Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal, que é capaz de formar 600 servidores por semestre, no entanto, a Academia já foi acionada para um possível aumento de contingente.

O parecer obtido foi o de que seria viável a inclusão de 50 alunos a mais por semestre, permitindo assim o incremento da solicitação do concurso. Ainda assim, a quantidade de vagas pedida permaneceu abaixo da que vinha sendo pleiteada nos últimos anos, que era de 1.500 oportunidades na função.

Atuação dos aprovados no concurso PRF

A Polícia Rodoviária Federal atua nas rodovias federais e nas áreas de interesse da União.

Desse modo, muitas vezes, a PRF trabalha em parceria com outras instituições, como:

  1. Ministério Público do Trabalho (MPT),
  2. Polícia Federal (PF),
  3. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa),
  4. Receita Federal,
  5. Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), entre outras, cujas áreas de atuações são as mais diversas.

Carreiras do concurso PRF

Existem duas carreiras efetivas: a de policial rodoviário federal e a de agente administrativo. Os policiais rodoviários federais trabalham executando as atividades fim da PRF, como planejamento de operações, fiscalizações de trânsito, combate à criminalidade. Já os agentes administrativos realizam as atividades meio, que permitem a execução das atividades fim. Como pagamento de folha dos servidores, confecções de documentos, movimentação de processos.

Concurso PRF – O que faz um policial?

Concurserios/as, sabemos que na hora de escolher qual concurso prestar é muito importante conhecer as instituições, os seus devidos campos de atuação e as carreiras e estruturas oferecidas aos candidatos.

Com essas informações, você faz uma escolha mais assertiva entre seus interesses, objetivos, habilidades e o cargo e função pretendidos. Por isso mesmo resolvemos mostrar um pouco da do cargo de policial para você.

Afinal, o que faz o policial rodoviário federal?

Campo de atuação: sua atuação é na área de segurança pública.

O que faz: o policial rodoviário federal é responsável pelo ostensivo patrulhamento nas principais estradas e vias federais, a fim de evitar crimes de trânsito e fiscalizar o tráfego nas rodovias.

É trabalho também do policial rodoviário federal o controle e apreensão de cargas irregulares e/ou ilegais que tentam cruzar as fronteiras do país e policiar essas mesmas fronteiras a fim de evitar que tráficos e contrabandos cruzem essas fronteiras.

Requisitos do concurso PRF

Para ingressar no cargo de Policial Rodoviário Federal, é necessário possuir o ensino superior completo em qualquer área de formação e carteira de habilitação, na categoria B em diante.

O cargo é aberto a homens e mulheres e proporciona estabilidade, devido às contratações via regime estatutário. A remuneração inicial é de R$ 7.177,91, incluindo auxílio-alimentação de R$ 458. Quem tem filho tem direito, ainda, a auxílio-creche de R$ 321.

Porém o valor passou por reajuste e agora o inicial em 2017 será de R$ 9.043,98, considerando os benefícios acima citados e o abono de R$ 1600 criado. O valor ainda será reajustado em  + 4,75% em janeiro de 2018 e 4,50% em 2019. 

Dando a largada aos estudos, os candidatos devem ter em mente o quão fascinante é a carreira de Policial Rodoviário Federal, que passou a se estruturar da seguinte forma a partir de 2013, com a sanção da Lei Federal n. 12.775/2012:

Polícia Rodoviário Federal

ESPECIAL

PRIMEIRA

SEGUNDA

TERCEIRA

A ordem deve ser seguida de forma decrescente

Concurso PRF – Atribuições das classes

  • Classe Especial: atividades de natureza policial e administrativa, envolvendo direção, planejamento, coordenação, supervisão, controle e avaliação administrativa e operacional, coordenação e direção das atividades de corregedoria, inteligência e ensino, bem como a articulação e o intercâmbio com outras organizações e corporações policiais, em âmbito nacional e internacional, além das atribuições da Primeira Classe;
  • Primeira Classe: atividades de natureza policial, envolvendo planejamento, coordenação, capacitação, controle e execução administrativa e operacional, bem como articulação e intercâmbio com outras organizações policiais, em âmbito nacional, além das atribuições da Segunda Classe; 
  • Segunda Classe: atividades de natureza policial envolvendo a execução e controle administrativo e operacional das atividades inerentes ao cargo, além das atribuições da Terceira Classe; e 
  • Terceira Classe: atividades de natureza policial envolvendo a fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

Progressão dos aprovados no concurso PRF

O candidato aprovado no próximo concurso para Policial Rodoviário Federal (PRF) terá as atribuições da Terceira Classe, mas, além das classes, os candidatos serão postulados a outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Terceira Classe – Padrão I, conforme abaixo:

Tabela de progressão do cargo de Policial Rodoviário Federal, no concurso PRF.

Progressão do cargo de Policial Rodoviário Federal, no concurso PRF.

Entendendo a progressão do concurso PRF

Explicando melhor, cada ano equivale a um padrão. Anualmente, os candidatos que ingressarem no posto de policial serão avaliados e, caso isso ocorra de forma positiva, acontecerá a progressão para o padrão posterior.

Cada classe é composta por padrões e, ao final de alguns anos, os aprovados passarão de uma classe para outra. Isso acontecerá até que se chegue à última classe e ao último padrão, geralmente após 18 anos de trabalho na PRF, quando o servidor fará parte da Classe Especial – Padrão III.

Jornada de trabalho dos aprovados no concurso PRF

Os novos policiais, e todos da carreira, exercem suas atribuições em jornada de 40 horas semanais. A distribuição desse quantitativo se dá em escala de serviço, realizada de forma que se trabalhe 24 horas seguidas com folga de 72 horas, ou seja, trabalha um dia e folga três dias.

Lotação no concurso PRF

Os recém-concursados são lotados, prioritariamente, nas regiões de fronteiras. A necessidade de reforçar a presença da PRF nas fronteiras é outro fator que pode influenciar a autorização do concurso ainda em 2017.

Uma auditoria feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) apontou que o efetivo do departamento na região é insuficiente para combater os crimes de fronteira, cujo prejuízo estimado é de R$ 1 bilhão aos cofres públicos. 

Organizador do concurso PRF

Cespe/UnB deverá organizar novo concurso

O novo concurso PRF – Policial (Polícia Rodoviária Federal) deverá contar mais uma vez com a logística do Cebraspe (antigo Cespe/UnB) para aplicação das etapas iniciais do certame, como provas objetivas, discursivas, exames médicos, TAF e demais.

Como demonstra o histórico, desde 2002 o organizador elabora as provas e demais etapas do certame para a carreira de policial rodoviário federal, com exceção do penúltimo, realizado em 2009 e sob supervisão da FunRio.

Sendo assim, a dica de especialistas é de que os candidatos preparem-se neste momento pré-edital com foco no Cespe. A banca tem um estilo tradicional de cobrança e é temida pelo fato de anular uma questão em caso de erro, exigindo do candidato certeza no momento de marcar um item, sob pena de penalização por “chute”.

Vagas sempre acima da média no concurso PRF

Outro dado importante que trazemos para quem deseja ingressar em uma das corporações mais importantes e respeitadas do nosso país é o histórico de vagas das seleções, sempre acima da expectativa. Com exceção do ano de 2008, todos os outros concursos abertos até hoje tiveram mais de 500 vagas, chegando a mil no último edital e 2,2 mil em 2004.

Déficit da organização justifica o concurso PRF

A PRF tem urgência na realização de concurso, devido ao déficit de pessoal (apontado pelo Tribunal de Contas da União, no caso das fronteiras) e à possibilidade de perda de 40% do efetivo atual (4 mil dos cerca de 10 mil ativos) nos próximos dois anos, em razão de aposentadoria.

O departamento ainda irá nomear 579 aprovados no último concurso, de 2013 (feito pelo Cespe/UnB), porém, o quantitativo será insuficiente para estancar a crise de pessoal do órgão, reconhecida pelo ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Tal déficit é responsável pelo fechamento de diversos postos da polícia em todo território nacional, afirma o ofício enviado ao Ministério da Justiça.

A primeira consequência de tal crise é a impossibilidade de dar cabo do compromisso assumido pelo governo com a Organização das Nações Unidas em diminuir o número de acidentes de trânsito à metade até 2020.

Segundo dados levantados pela nossa equipe, das 151 delegacias de polícia rodoviária federal, 32 (21,19%) possuem menos policiais em escala do que o mínimo exigido para sua própria segurança e mais da metade (87) operam com efetivo abaixo do mínimo.

Inicie seus estudos rumo ao concurso PRF

Diante de todas as explanações, você conheceu um pouco da carreira. E agora, mais do que nunca, deve iniciar seus estudos, pois os concursos da PRF sempre atraem quantitativo alto de inscritos. No último, por exemplo, foram mais de 60 mil inscritos e concorrência de 110 candidatos por vaga. O que pode te ajudar neste momento são os estudos pré-edital. Assim, todo conteúdo estará consolidado até a publicação do edital, sobrando tempo para revisar e aprofundar possíveis inclusões.

Resolva as últimas provas do concurso PRF

O concurseiro/a profissional sabe que o que o separa efetivamente da aprovação não são grandes deficiências de conteúdo, nem erros absurdos, mas pequenos detalhes que usualmente são desprezados no dia a dia da preparação. Assim, o concurseiro/a que quer ser aprovado se atém aos mínimos detalhes, e estuda com método, disciplina e planejamento. Um desses métodos é a resolução de provas anteriores. Acesse abaixo as avaliações dos últimos certames da Anvisa.

Edital verticalizado do última concurso PRF

Além de resolver provas das seleções passadas, o edital do último concurso é base de estudos para os candidatos que iniciam a preparação. A fim de personalizar sua preparação, elaboramos e disponibilizamos gratuitamente o ‘’Edital Verticalizado’’ da seleção de 2013 para o cargo de Policial Rodoviário Federal.

Com ele, você vai poder maximizar seus estudos, pondo fim à falta de organização, e ganhando orientação do que estudar dia a dia. Para ter acesso, basta clicar no link abaixo.

Detalhes do concurso PRF:

  • Concurso: Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF 2017)
  • Banca organizadora: Cebraspe (provável)
  • Cargos: Policial
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: 2.778 (expectativa)
  • Remuneração: R$ 10 mil
  • Situação: Previsto
  • Previsão p/ publicação do edital: 2017
  • Link do último edital

O Gran Cursos Online preparou um curso exclusivo para o certame, abordando toda a parte teórica do último edital, com professores (delegados federais, policiais rodoviários federais, juízes,promotores, procuradores, doutores, mestres, especialistas) renomados no mercado educacional.

Matricule-se!

garantia-de-satisfacao-30

carreiras policiais

Cheguei Lá

28 Comentários

28 Comentários

  1. Marcel

    10/11/2016 19:57 em 19:57

    A PRF é do ministerio das cidades e nao da justiça

    • PRF

      30/11/2016 20:34 em 20:34

      É do Ministério da Justiça sim meu amigo … outra coisa, todos já foram nomeados do concurso de 2013, que venceu em 26 de maio de 2016, ou seja, caminho aberto para próximos concursos … eu entrei nesse ultimo e estou em Cuiabá/MT … Espero os Srs. para me render e possibilitar meu retorno ao RJ .. abs a todos …

      • daivid Menezes

        24/05/2017 19:22 em 19:22

        bOA AMIGO. COM CERTEZA QUERO FAZER SUA RENDIÇÃO.

      • igor

        11/09/2017 08:24 em 08:24

        seria um prazer senhor! rs

      • Neumann

        12/09/2017 00:16 em 00:16

        4 Anos e não conseguiu retornar ainda?

  2. Para Trás: Concursos Sudeste 2017: Confira as oportunidades que vão movimentar a região!

  3. Para Trás: Edital PRF - Policial Rodoviário: Baixe o edital verticalizado e resolva provas anteriores! Pedido de 1,5 mil vagas!

  4. Para Trás: Concurso PRF - Policial tem proposta de edital programada p/ este mês!

  5. Para Trás: Aumento PF e PRF é sancionado pelo presidente! Inicial de até R$ 22 mil!

  6. Para Trás: Hoje tem "Como Passar" no concurso para policial da PRF! Dicas e orientações para sua aprovação!

  7. Para Trás: Concurso PRF - Policial Rodoviário: Provas abrangem doze disciplinas! Prepare-se com antecedência e saia na frente

  8. Para Trás: Concurso PRF - Policial Rodoviário precisa repor 3.500 aposentadorias! Inicial de R$ 10 mil

  9. Para Trás: Concurso PRF - Policial: Saiba mais sobre a fascinante carreira com quem entende do assunto!

  10. Para Trás: Concurso PRF - Policial Rodoviário: Comissão organizadora do edital é definida! Inicial de R$ 10 mil

  11. Para Trás: Concurso PRF - Policial Rodoviário pagará inicial de R$ 10 mil em seu próximo certame! Antecipe sua preparação!

  12. Para Trás: Concurso PRF - Policial: órgão ganha mais 10.000 quilômetros para fiscalizar e precisará aumentar efetivo!

  13. Para Trás: Concursos Centro-Oeste 2017: Confira as oportunidades que vão movimentar a região!

  14. Cristina Ramos

    30/01/2017 14:06 em 14:06

    Infelizmente não passei mais, continuo na luta não vou desistir.

    • mota

      03/04/2017 10:39 em 10:39

      Não desista mesmo, pois a vitória virá…

    • PAPAROMEUFOX

      04/08/2017 12:35 em 12:35

      Só estude português para a próxima prova amigo.

      • Robinho

        04/08/2017 23:58 em 23:58

        Paporomeufox, estude português também.

      • Neumann

        12/09/2017 00:23 em 00:23

        “Estude somente…próxima prova, amigo” kkkkkkkkk

  15. Cristina Ramos

    30/01/2017 14:08 em 14:08

    gostei muito .

  16. mota

    03/04/2017 10:36 em 10:36

    Concurso muito bom esse da área policial. Sempre aconselho aos colegas a entrarem na PRF, pois não há os problemas de relacionamentos da PF. Eu só não vou fazer porque estou aguardando nomeação na PCDF. Boa sorte aos candidatos, e nunca desistam, comigo foi na insistência até que consegui passar.

  17. mota

    03/04/2017 10:38 em 10:38

    O GRAN CURSOS é muito bom….

  18. Luís Henrique Barbosa De Araújo

    18/05/2017 11:01 em 11:01

    para complementar os estudos junto com o Gran Cursos
    Seria bom treinar simulados
    site: https://www.preparoconcursos.com.br

  19. Irenio

    12/09/2017 16:06 em 16:06

    Boa tarde. Estou interessado em fazer o concurso da PRF. Ocorre que ao analisar o último edital vi que tinha restrições a pessoas com ceratocone. Descobri o ceratocone em 95 e a doença não evolui. Será que posso fazer o concurso ou terei problemas graves ao tentar? Se alguém tiver como me auxiliar eu agradeço.

  20. Fernando

    13/09/2017 13:50 em 13:50

    Quantos anos os recém-chegados ficam nas fronteiras? E, como funciona o critério para transferir para localidades como MG?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo