Concurso CGM Natal RN: LDO prevê novo edital para 2020!

Projeto de Lei solicita novo concurso CGM Natal RN!

A Prefeitura Municipal de Natal, capital do Rio Grande do Norte, publicou no Diário Oficial do Município desta terça, 16 de julho, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020. No documento está previsto a realização de um novo concurso para a Controladoria Geral do Município (concurso CGM Natal RN).

Isto porque, de acordo com a Lei aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo Prefeito, o projeto de Lei tem, entre outros objetivos, a intenção de realizar ações institucionais para fortalecimento do órgão. Com isso, a LDO prevê a realização do novo certame, além da criação de um plano de cargos, carreira e vencimentos para a CGM.

Confira abaixo a previsão para o novo concurso da CGM Natal RN:

Concurso CGM Natal RN

Concurso CGM Natal RN: previsão do novo concurso para a CGM

Navegue pela matéria com o índice abaixo:

Concurso CGM Natal RN: remunerações

Apesar de solicitar a abertura do novo concurso em 2020, a LDO ainda não apresentou qual será o quantitativo de vagas e nem quais cargos serão ofertados no próximo certame.

Porém, de acordo com o Portal da Transparência da Prefeitura de Natal, o vencimento básico para nível médio é de R$ 2.304,76 e para nível superior é de R$ 6.415,37.

Concurso CGM Natal RN: sobre o órgão

A Controladoria Geral do Município é um órgão de apoio e assistência imediata ao Prefeito Municipal, integrado, portanto, ao Gabinete do Chefe do Município. O órgão tem por competências:

I – exercer a plena fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial dos órgãos e das entidades públicas da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Municipal, quanto à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação de subvenções e renúncia de receitas;

II – verificar a exatidão e a regularidade das contas e a boa execução do orçamento, adotando medidas necessárias ao seu fiel cumprimento;

III – realizar auditoria e exercer o controle interno e a conformidade dos atos financeiros e orçamentários dos órgãos do Poder Executivo com a legalidade orçamentária do Município;

IV – no exercício do controle interno dos atos da administração, determinar as providências exigidas para o exercício do controle externo da Administração Pública Municipal Direta e Indireta a cargo da Câmara Municipal, com o auxílio do Tribunal de Contas;

V – avaliar o cumprimento das metas previstas no plano plurianual, a execução dos programas de governo, acompanhando e fiscalizando a execução orçamentária;

VI – avaliar os resultados, quanto à eficácia e à eficiência, da gestão orçamentária, financeira, patrimonial e fiscal, nos órgãos públicos da Administração Municipal, bem como da aplicação das subvenções e dos recursos públicos, por entidades de direito privado;

VII – exercer o controle das operações de crédito e garantias, bem como dos direitos e haveres do Município;

VIII – fiscalizar o cumprimento do disposto na Lei Complementar nº. 101, de 04 de maio de 2000;

IX – examinar as fases de execução da despesa, inclusive verificando a regularidade das licitações e contratos, sob os aspectos da legalidade, legitimidade, economicidade e razoabilidade, inclusive solicitando pareceres de auditores fiscais municipais, estaduais e federais quando julgar necessários;

X – orientar e supervisionar tecnicamente as atividades de fiscalização financeira e auditoria na Administração Municipal;

XI – expedir atos normativos concernentes à fiscalização financeira e à auditoria dos recursos do Município;

XII – proceder ao exame prévio nos processos originários dos atos de gestão orçamentária, financeira e patrimonial dos órgãos da Administração Pública Municipal e nos de aplicação de recursos públicos municipais nas entidades de direito privado;

XIII – promover a apuração de denúncias formais, relativas a irregularidades ou ilegalidades praticadas, em relação aos atos financeiros e orçamentários, em qualquer órgão da Administração Municipal;

XIV – propor ao Prefeito Municipal a aplicação das sanções cabíveis, conforme a legislação vigente, aos gestores inadimplentes, podendo, inclusive, sugerir o bloqueio de transferências de recursos do Tesouro Municipal e de contas bancárias;

XV – sistematizar informações com o fim de estabelecer a relação custo/benefício para auxiliar o processo decisório do Município;

XVI – implementar o uso de ferramentas da tecnologia da informação como instrumento de controle social da Administração Pública Municipal;

XVII – tomar medidas que confiram transparência integral aos atos da gestão do Executivo Municipal, inclusive dos órgãos da Administração Indireta;

XVIII – criar comissões para o fiel cumprimento das suas atribuições;

XIX – implementar medidas de integração e controle social da Administração Municipal;

XX – promover medidas de orientação e educação com vistas a dar efetividade ao Controle Social e à Transparência da Gestão nos órgãos Administração Pública Municipal;

XXI – participar dos Conselhos de Desenvolvimento Municipal, de Saúde, Educação e Assistência Social, na forma prevista no regulamento de cada órgão;

XXII – proceder, no âmbito do seu Órgão, à gestão e ao controle financeiro dos recursos orçamentários previstos na sua Unidade, bem como à gestão de pessoas e recursos materiais existentes, em consonância com as diretrizes e regulamentos emanados do Chefe do Poder Executivo;

XXIII – velar para que sejam revistos ou suspensos temporariamente os contratos de prestação de serviços terceirizados, assim considerados aqueles executados por uma contratada, pessoa jurídica ou física especializada, para a contratante Prefeitura Municipal de Natal, caso a contratada tenha pendências fiscais ou jurídicas.

XXIV – exercer outras atividades correlatas.

Outros concursos previstos para 2020

Além do concurso para a Controladoria Geral do Município, o Projeto de Lei também antecipa que serão realizados novos concursos para a Secretaria de Educação, a Câmara Municipal e implantações de Planos, Carreiras e Remuneração dos Servidores da Guarda Municipal.

Detalhes concurso CGM Natal RN

  • Concurso: Controladoria Geral do Município de Natal RN (concurso CGM Natal RN)
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargos: a definir
  • Escolaridade: a definir
  • Número de vagas: a definir
  • Remuneração: até R$ 6,4 mil
  • Situação: PREVISTO
  • Previsão p/ publicação do edital: 2020

 

Quer garantir a sua aprovação no concurso TJ CE? Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros!

Cursos Online para o Concurso CGM Natal RN

Quer ficar por dentro dos concursos abertos e previstos? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2019

CONCURSOS 2020

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

WHATSAPP GCO

Notícias Relacionadas

Raphaella Torres
Raphaella Torres
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo