Concurso CGU: autorizado! banca a definir. Veja!

Concurso CGU: Edital pode ser publicado em novembro e ofertará vagas para os cargos de Técnico e Auditor Federal. Entenda!

Avatar


15/09/2021 | 05:22 Atualizado há 3 dias

Tem concurso CGU pintando na área. A autorização do certame para Controladoria-Geral da União foi publicada no Diário Oficial da União em 27 de julho de 2021. Serão ofertadas 300 vagas para os cargos de Auditor Federal de Finanças e Controle e 75 vagas para Técnico Federal de Finanças e Controle, totalizando 375 vagas. As remunerações são de até R$ 19,1 mil.

O ministro da CGU, Wagner Rosário, respondeu a questionamentos em sua conta no Twitter e informou que o edital do novo concurso CGU deve ser publicado em novembro e as provas serão aplicadas em fevereiro de 2022. Além disso, a CGU avaliará a possibilidade de realizar as provas em capitais do país.

O órgão possui atualmente um déficit de servidores muito grande, cerca de 3,1 mil cargos vagos. Ou seja, este concurso CGU é um dos mais aguardados por quem quer ingressar na carreira de Controle.

Veja abaixo o índice com informações sobre o concurso CGU:

Destaques:

Concurso CGU: Análise da Autorização

Na live a seguir nosso Gran Professor, Anderson Ferreira, falou sobre a expectativa de publicação do edital do concurso CGU, dos cargos e vagas, além de diversas dicas para montar seu cronograma de estudos. Assista e fique pode dentro!

Concurso CGU: Situação Atual

06 de setembro de 2021: ministro confirma datas

Em resposta a um comentário, o Ministro da CGU afirmou que a publicação do edital do novo concurso CGU está prevista para novembro de 2021. Além disso, também  apontou o mês de fevereiro como mais provável para a realização das avaliações. Veja como foi o comunicado clicando aqui.

02 de setembro de 2021: possibilidade de provas nas capitais

Internauta questionou no Twitter sobre a possibilidade de aplicação das provas do concurso CGU em pelo menos uma capital em cada uma das regiões. Em resposta, o ministro Wagner do Rosário disse que o órgão vai tentar atender a este pleito. Veja aqui as respostas do ministro no Twitter.

28 de agosto de 2021: previsão de aplicação das provas e o que estudar

Nas redes sociais, o ministro-chefe da CGU, Wagner Rosário, afirmou que as áreas do conhecimento que poderão cair nas provas do concurso CGU serão: Auditoria, Fiscalização, Tecnologia da Informação, Finanças, Contabilidade Pública e/ou Direito. Além disso, o ministro informou que a probabilidade é que as provas sejam realizadas em janeiro ou fevereiro de 2022.

Concurso CGU

Concurso CGU: provas podem acontecer somente em 2022!

27 de agosto de 2021: Portaria reduz prazos

A Portaria 10.352/2021 reduziu para dois meses o prazo de antecedência mínima entre a publicação do edital e a realização da primeira prova do concurso CGU. Confira a íntegra clicando aqui.

28 de julho de 2021: Ministro confirma edital ainda este ano

O concurso CGU terá edital publicado ainda este ano. O anúncio foi feito por meio das redes sociais, em resposta a um internauta que perguntou se o edital sairia este ano, o ministro respondeu: “Sim!”.

Concurso

Concurso CGU: Ministro confirma edital em 2021 via Twitter

27 de julho de 2021: Autorização publicada

Foi publicado no Diário Oficial da União em 27 de julho a autorização do certame. A Controladoria-Geral da União ofertará 375 oportunidades para as carreiras de Auditor Federal de Finanças e Controle, 300 vagas, e Técnico Federal de Finanças e Controle, 75 vagas. O prazo para a publicação do edital de abertura do concurso CGU será de seis meses, contado a partir da publicação da Portaria. Confira o documento na íntegra.

25 de maio de 2021: Ministro anuncia 375 vagas

O ministro da CGU, Wagner Rosário, anunciou em programa transmitido no Youtube que teve conversa com o chefe da Economia e ano que vem será realizado novo concurso CGU com oferta de 375 vagas para técnicos e auditores. Confira clicando aqui.

O ministro disse ainda que o custo para manutenção dos salários dos novos servidores e das unidades é de R$ 1,1 bilhão por ano. Em contrapartida, o benefício financeiro em evitar saída e recuperar recursos totalizou um montante de R$ 17,9 bilhões em 2020.

20 de fevereiro de 2020: CGU solicita novo certame

Em fevereiro de 2020, foi confirmada a solicitação ao Ministério da Economia para a autorização do concurso CGU e, no começo de março, a equipe de comunicação do Gran Cursos Online recebeu a confirmação de andamento do processo. Todavia, a CGU confirmou que enviaria novo pedido para o Ministério até dia 31 de maio. A demanda será para orçamento de 2021.

O número de vagas que serão ofertadas só poderá ser disponibilizado após a sinalização positiva do Ministério da Economia para abertura de novo concurso público da Controladoria-Geral da União. Adiantamos que estão previstas para o próximo certame a oferta de:

  • Auditor Federal de Finanças e Controle (AFFC) – nível superior; e
  • Técnico Federal de Finanças e Controle (TFFC) – nível médio.

Pedidos de concurso

A Controladoria busca realizar novo concurso CGU desde 2016. Para se ter uma ideia, no ano de 2018, a CGU protocolou pedido de autorização para preenchimento de 650 vagas para o cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle.

A expectativa é que o concurso CGU seja autorizado em breve, já que o órgão passa por um grande déficit para Auditores. De acordo com os últimos dados divulgados, a CGU conta com 1.338 cargos vagos e sua maior necessidade são nas unidades regionais, principalmente na região Norte. Para ser Auditor da Controladoria-Geral da União é necessário ter diploma de nível superior em qualquer área de formação. A remuneração inicial para a carreira é R$ 19.197,06.

Vale lembrar que em 2015, a CGU solicitou 620 vagas, mas teve o pedido negado. Na época, o Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon) mostrou-se preocupado com a situação, pois a CGU tem urgência na realização de certame, uma vez que trabalha com apenas 40% do quadro preenchido, segundo o presidente do (Unacon Sindical).

Concurso CGU: Remuneração e Benefícios

O concurso CGU é um certame atrativo, principalmente por conta da remuneração ofertada. Segundo o Portal da Transparência do Órgão, o salário pago aos cargos anunciados é de:

  • Auditor Federal de Finanças e Controle (AFFC): R$ 19.197,06 (classe A, padrão I); e
  • Técnico Federal de Finanças e Controle (TFFC): R$ 7.283,31 (classe A, padrão I).

Além disso, o concurso CGU paga a título de benefício:

  • Auxílio Alimentação;
  • Adicional de qualificação;
  • Adicional de cursos de capacitação;
  • Auxílio-creche aos profissionais com filhos.

CGU: Progressão salarial por carreira

Os valores salariais do concurso CGU aumentam bastante conforme o servidor vai progredindo na carreira. Veja nas tabelas abaixo a tabela salarial para Auditor e Técnico:

Progressão Auditor Federal de Finanças e Controle (AFFC)

Classe Padrão Subsídio
Especial IV
III
II
I
R$ 27.369,67
R$ 26.609,28
R$ 26.138,79
R$ 25.676,60
C III
II
I
R$ 24.689,04
R$ 24.204,95
R$ 23.730,33
B III
II
I
R$ 23.265,03
R$ 22.370,22
R$ 21.931,59
A III
II
I
R$ 21.501,56
R$ 21.079,96
R$ 19.197,06

Progressão Técnico Federal de Finanças e Controle (TFFC)

Classe Padrão Subsídio
Especial IV
III
II
I
R$ 12.514,58
R$ 11.938,91
R$ 11.579,92
R$ 11.231,75
C III
II
I
R$ 10.546,24
R$ 10.229,13
R$ 9.921,56
B III
II
I
R$ 9.035,92
R$ 8.764,23
R$ 8.500,69
A III
II
I
R$ 7.741,88
R$ 7.509,10
R$ 7.283,31

Concurso CGU: Cargos e Vagas

Já estão autorizadas para o concurso CGU 375 vagas para os cargos de Auditor e Técnico do concurso CGU, veja abaixo:

Auditor Federal de Finanças e Controle

  • Vagas: 300;
  • Jornada de trabalho: 40h semanais.

Técnico Federal de Finanças e Controle

  • Vagas: 75;
  • Jornada de trabalho: 40h semanais.

Porém, a verdade é que o órgão está com grande déficit de funcionários, confira a tabela:

Cargo CGU Total Vagos
Técnico Federal de Finanças e Controle 1.962 1.683
Auditor Federal de Finanças e Controle 3.053 1.471

Boa notícia, tendo em vista que segundo informações do órgão, no concurso de 2012 foram nomeados 398 candidatos. Ou seja, 148 vagas a mais que o previsto em edital.

Concurso CGU: Carreira

Atribuições por cargo do concurso CGU

Editada pelo Ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, a Portaria 814/2020 estabelece as atribuições de Auditores e Técnicos de Finanças e Controle. Veja abaixo as principais:

Auditor Federal de Finanças e Controle

  • Supervisionar e coordenar as atividades de auditoria interna governamental e de apuração;
  • Supervisionar e coordenar inspeções;
  • Supervisionar e coordenar a recepção, a triagem e a instrução das manifestações de ouvidoria, dos requerimentos e dos recursos recebidos pela CGU;
  • Coordenar as ações de supervisão e de orientação dos órgãos e entidades nas atividades de gestão de riscos, auditoria interna governamental, controles internos, prevenção da corrupção, governança, integridade, transparência e acesso à informação, ouvidoria e correição;
  • Avaliar os programas de integridade no âmbito dos acordos de leniência firmados pela CGU;
  • Coordenar a elaboração de diretrizes e planos voltados ao aperfeiçoamento dos sistemas em que a CGU atua como órgão central;
  • Supervisionar a prospecção e o desenvolvimento de soluções de tecnologia que suportem as atividades finalísticas da CGU;
  • Coordenar o processo de elaboração e de validação das informações da Prestação de Contas do Presidente da República e do Relatório de Gestão Fiscal;
  • Supervisionar e coordenar os trabalhos de comissões de negociação de acordos de leniência;
  • Supervisionar e coordenar ações investigativas;
  • Supervisionar e coordenar as atividades relacionadas aos processos de novação de dívida;
  • Coordenar as atividades de avaliação de desempenho e de supervisão das unidades de auditoria interna, de ouvidoria e de correição dos órgãos e entidades do Poder Executivo federal;
  • Presidir a condução de processos e procedimentos correcionais avocados pela CGU em razão do disposto nos incisos V e VI do art. 51 da Lei nº 13.844, de 18 de junho de 2019; e
  • Supervisionar e coordenar a execução de outras atividades de competência da CGU.

Técnico Federal de Finanças e Controle

  • Propor e monitorar a adoção de medidas para a correção e a prevenção de falhas e omissões nos órgãos e entidades supervisionados;
  • Executar atividades de recepção, triagem, análise e instrução de manifestações de ouvidoria;
  • Compor equipes para a realização de atividades de auditoria interna governamental e de apuração;
  • Compor equipes para a realização de inspeções;
  • Participar de ações de supervisão e de orientação dos órgãos e entidades nas atividades de gestão de riscos, auditoria interna governamental, controles internos, prevenção da corrupção, governança, integridade, transparência e acesso à informação, ouvidoria e correição;
  • Executar atividades relacionadas ao controle da qualidade dos dados e à segurança das informações que suportam as atividades da CGU;
  • Monitorar os gastos públicos utilizando técnicas e ferramentas de análise aplicadas às bases de dados governamentais;
  • Elaborar relatórios de auditoria;
  • Analisar a legalidade dos atos de admissão, aposentadorias e pensões;
  • Executar atividades inerentes à avaliação de programas de integridade no âmbito dos acordos de leniência firmados pela CGU;
  • Executar atividades inerentes à elaboração da Prestação de Contas do Presidente da República e do Relatório de Gestão Fiscal;
  • Executar atividades relacionadas aos processos de novação de dívida;
  • Executar atividades inerentes à avaliação de desempenho e à supervisão das unidades de auditoria interna, de ouvidoria e de correição dos órgãos e entidades do Poder Executivo federal;
  • Compor comissões de negociação de acordos de leniência;
  • Compor equipes para a realização de ações investigativas; e
  • Executar outras atividades de competência da CGU, determinadas pela chefia imediata.

Requisitos do concurso CGU

Gerais

  • Ter nacionalidade brasileira. No caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses;
  • Ter plenos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Estar quite com as obrigações do Serviço Militar (para os candidatos do gênero masculino);
  • Possuir diploma quanto ao nível de escolaridade exigido;
  • Ter idade mínima de 18 anos;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por junta médica oficial designada pela Coordenação-Geral de Recursos Humanos da CGU;
  • Apresentar declaração de bens com dados até a data da posse;
  • Certidão dos setores de distribuição dos foros criminais da Justiça Federal, Estadual, Militar Federal e Eleitoral (crimes eleitorais) dos lugares em que tenha residido o candidato nos últimos cinco anos;
  • Declaração firmada pelo candidato, da qual conste não haver sofrido condenação definitiva por crime ou contravenção, nem penalidade disciplinar de demissão, no exercício de cargo ou de destituição de função pública;
  • Declaração do órgão público ao qual esteja vinculado o candidato à data da matrícula no Curso de Formação;
  • Folha de antecedentes expedida pela Polícia do Distrito Federal e/ou dos Estados onde residiu o candidato (últimos cinco anos e expedida em, no máximo, seis meses).

Auditor Federal de Finanças e Controle

  • Diploma de nível superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, concluído em instituição reconhecida pelo MEC.

Técnico Federal de Finanças e Controle

  • Certificado de conclusão do ensino médio ou de curso técnico equivalente em instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Nomenclatura dos cargos CGU

Ocorreu a mudança da nomenclatura da carreira de Finanças e Controle. Esta ação foi possível por meio da Lei nº13.327, em 2016, onde os cargos de Analista de Finanças e Controle e Técnico de Finanças e Controle, começaram a ser reconhecidos como Auditor Federal de Finanças e Controle e Técnico Federal de Finanças e Controle.

Sobre a CGU

A Controladoria-Geral da União (CGU) é o órgão que assessora o Governo Federal no combate a corrupção e promove o aprimoramento da gestão dentro do Executivo. Além disso, é responsável pelo controle interno do Governo, realizando atividades relacionadas à defesa do patrimônio público e ao incremento da transparência da gestão, por meio de ações de auditoria pública, correição, prevenção e combate à corrupção e ouvidoria.

A CGU também deve exercer, como Órgão Central, a supervisão técnica dos órgãos que compõem o Sistema de Controle Interno e o Sistema de Correição e das unidades de ouvidoria do Poder Executivo Federal, prestando a orientação normativa necessária.

Último concurso CGU

Analista

Realizado em 2012, o último concurso CGU para o cargo, anteriormente chamado de Analista de Finanças e Controle, contou com seis etapas para o ingresso do candidato. Sendo elas:

  • Etapa 1: Prova Objetiva 1 – de Conhecimentos Básicos, de caráter eliminatório e classificatório, comum a todas as Áreas, valendo, no máximo, 60 pontos ponderados;
  • Etapa 2: Prova Objetiva 2 – de Conhecimentos Específicos, de caráter eliminatório e classificatório, comum a todas as Áreas, valendo, no máximo, 60 pontos ponderados;
  • Etapa 3: Prova Objetiva 3 – de Conhecimentos Especializados, para cada Área/Campo de Atuação, de caráter eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 180 pontos ponderados;
  • Etapa 4: Prova Discursiva – de caráter eliminatório e classificatório, valendo, no máximo 90 pontos;
  • Etapa 5: Sindicância de Vida Pregressa – de caráter unicamente eliminatório, a ser realizada pela ESAF, segundo regras estabelecidas pela Controladoria-Geral da União, mediante o exame da documentação exigida do candidato indicada no edital;
  • Etapa 6: Curso de Formação – de caráter eliminatório, ao qual serão submetidos somente os candidatos habilitados e classificados nas Etapas 1 a 4 deste processo seletivo.

Foram ofertadas 250 vagas no último concurso CGU para Analista de Finanças e Controle. Confira os conteúdos cobrados e o número de vagas para cada especialidade abaixo:

Conteúdo comum a todas as áreas

    • 20 questões – Língua Portuguesa
    • 05 questões – Administração Pública
    • 05 questões – Língua Inglesa ou Espanhola
    • 05 questões – Raciocínio Lógico, quantitativo e analítico

Administrativa – 18 vagas

Conteúdo especializado:

  • 10 questões – Administração Estratégica
  • 05 questões – Contabilidade Pública
  • 25 questões – Licitações, Contratos e Convênios
  • 20 questões – Regime Jurídico dos Servidores da União

Correição – 12 vagas

Conteúdo especializado:

  • 12 questões – Direito civil e direito processual civil
  • 06 questões – Direito empresarial
  • 12 questões – Direito penal e direito processual penal
  • 30 questões – Correição no Poder Executivo Federal

Comunicação Social – 04 vagas

Conteúdo especializado:

  • 10 questões – Fundamentos da Comunicação e Legislação Básica
  • 10 questões – Jornalismo
  • 15 questões – Publicidade e Propaganda
  • 15 questões – Mídias eletrônicas e Internet
  • 10 questões – Relações Públicas

Auditoria e Fiscalização (Infraestrutura) – 22 vagas

Conteúdo especializado:

  • 15 questões – Obras – Planejamento, Normas, Fiscalização e Legislação
  • 15 questões – Obras de Edificações Especiais
  • 15 questões – Obras Rodoviárias
  • 15 questões – Obras Hídricas

Auditoria e Fiscalização (Geral) – 118 vagas

Conteúdo especializado:

  • 05 questões – Contabilidade Pública
  • 10 questões – Políticas Públicas
  • 10 questões – Auditoria em TI
  • 10 questões – Conhecimento de banco de dados
  • 35 questões – Técnicas de Controle

Tecnologia da Informação – Sistemas – 32 vagas

Conteúdo especializado:

  • 06 questões – Gestão de Tecnologia da Informação
  • 18 questões – Desenvolvimento de Sistemas
  • 12 questões – Desenvolvimento e Conteúdo WEB
  • 12 questões – Engenharia de Software
  • 12 questões – Administração de Banco de Dados

Tecnologia da Informação – Infraestrutura – 14 vagas

Conteúdo especializado:

  • 15 questões – Gestão de Tecnologia da Informação
  • 15 questões – Sistemas de Computação
  • 15 questões – Redes de Computadores
  • 15 questões – Segurança da Informação

Prevenção e Ouvidoria – 30 vagas

Conteúdo especializado:

  • 18 questões – Ciência Política e Gestão Pública
  • 12 questões – Relações Internacionais
  • 18 questões – Direitos Humanos e Cidadania
  • 12 questões – Responsabilização de Pessoas Jurídicas pela prática de Atos Ilícitos

Os concursos da CGU são tradicionalmente realizados pela Esaf. As seleções compreendem provas objetivas e discursivas. A remuneração para o cargo, na época, era de R$ 12.960,77. Mas a Lei Nº 13.327, de 29 de julho de 2016, aumentou a remuneração e alterou o nome do cargo. A taxa de inscrição custou R$ 140. 

Lotação: Os recém-concursados são lotados prioritariamente em Brasília/DF (órgão central). Mas o último edital ofereceu vagas para o Acre, Pará, Rondônia, Roraima, Amazonas e outros estados da federação. 

Nomeações do Concurso CGU

As nomeações são um ponto interessante, pois foram convocados 148 candidatos a mais do que o previsto no edital. Vale a pena estar preparado para o concurso CGU, né? Veja o quadro de convocações. Ao todo foram 398 nomeados.

Área UF Campo de atuação Qtd
Administrativa DF 31
Auditoria e Fiscalização DF Geral 164
Auditoria e Fiscalização AC Geral 6
Auditoria e Fiscalização AM Geral 5
Auditoria e Fiscalização AP Geral 5
Auditoria e Fiscalização PA Geral 5
Auditoria e Fiscalização RO Geral 5
Auditoria e Fiscalização RR Geral 3
Auditoria e Fiscalização DF Infraestrutura 34
Comunicação Social DF 4
Correição DF 22
Prevenção da Corrupção e Ouvidoria DF 48
TI DF Desenvolvimento de Sistemas de Informação 46
TI DF Infraestrutura de TI 20

Notas de corte

CARGO ÁREA VAGAS NOTA PROVA OBJETIVA NOTA PROVA DISCURSIVA NOTA FINAL PORCENTAGEM
Analista Administrativa 17 224 87,25 311,25 79,88%
Correição 11 241 85,25 326,25 83,65%
Comunicação Social 4 230 73,50 303, 50 77,82%
Auditoria e Fiscalização (Infra) 20 211 78,50 289, 50 74,23%
Auditoria e Fiscalização (Geral) 93 225 67,50 292,50 75%
T.I Sistemas 30 227 85,75 312,75 80,19%
T.I Infra 13 222 77,50 299,50 76,79%
Prevenção e Ouvidoria 28 207 84,00 291 74,61%

 

Técnico no Concurso CGU

Já para o cargo de técnico, o último concurso CGU aconteceu em 2008, também sob organização da ESAF. Na ocasião, foram ofertadas 180 vagas entre ampla concorrência e pessoas com deficiência. Foram registrados 38.321 candidatos inscritos, sendo que a lotação com maior procura foi a do Órgão Central/DF, com 28.689 inscrições.

Os candidatos podiam escolher entre as seguintes lotações:

Estado VAGAS %
ACRE 4 2%
AMAPÁ 6 3%
AMAZONAS 7 4%
MATO GROSSO 8 4%
PARÁ 4 2%
RONDÔNIA 7 4%
RORAIMA 3 1%
TOCANTINS 4 2%
DISTRITO FEDERAL 137 76%
180

 

A avaliação foi feita através de uma única etapa: prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos, de caráter eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 150 pontos ponderados.

  • Conhecimentos Gerais e Específicos
    • 25 questões – Língua Portuguesa;
    • 08 questões – Raciocínio Lógico-Quantitativo;
    • 10 questões – Conhecimentos Gerais;
    • 05 questões – Informática;
    • 10 questões – Direito Constitucional;
    • 07 questões – Matemática;
    • 07 questões – Língua Inglesa ou Língua Espanhol;
    • 10 questões – Legislação Aplicada à CGU e Regime Jurídico dos Servidores Públicos.

Notas de corte

CARGO Estado VAGAS NOTA FINAL PORCENTAGEM
Técnico ACRE 4 130 86,66%
AMAPÁ 6 131 87,33%
AMAZONAS 7 136 90,66%
MATO GROSSO 8 135 90%
PARÁ 4 136 90,66%
RONDÔNIA 7 131 87,33%
RORAIMA 3 130 86,66%
TOCANTINS 4 133 88,66%
DISTRITO FEDERAL 137 134 89,33%

 

Concurso Controladoria Geral da União: como se preparar? Saiba com nossos GranXperts!

Concurso CGU: Materiais Gratuitos

O que estudar

Pensando na sua preparação para o concurso CGU, o Gran Cursos Online preparou lives especiais gratuitas sobre as principais disciplinas cobradas na prova.

Nossos professores de AFO, Língua Portuguesa e Contabilidade Pública esperam por você. Agarre essa chance. Clique aqui e participe.

Como você viu acima, cada cargo possui suas matérias específicas. Esse já é um excelente primeiro passo para dar inicio aos seus estudos, mas para facilitar ainda mais sua jornada, veja abaixo os temas que mais aparecem nas provas de acordo com as principais disciplinas:

Língua Portuguesa

O gráfico abaixo aponta os principais conteúdos cobrados nas provas CGU.

Concurso

Concurso CGU: principais conteúdos cobrados em Língua Portuguesa

Direito Constitucional

Concurso

Concurso CGU: principais conteúdos cobrados em Direito Constitucional

Legislação dos Órgãos

Concurso

Concurso CGU: principais conteúdos cobrados em Legislação dos órgãos.

 

Essas e outras informações podem ser encontradas no GRAN Questões. A plataforma indica as disciplinas e assuntos mais cobradas de acordo com os editais anteriores, facilitando seus estudos. Confira!

Além disso, siga as recomendações abaixo para dar inicio a sua preparação.

Tenha um plano de estudos para o concurso CGU

Pela relação de matérias cobradas nas últimas provas, você com certeza pôde perceber que não é pouca coisa: de fato, muitas pessoas costumam dizer que os concursos da área de controle não são para iniciantes.

Contudo, com a devida organização e um bom plano de estudos a aprovação é possível, mesmo para quem está começando os estudos para concursos pela primeira vez.

Assim, seu cronograma de estudos deve levar em consideração:

  • As matérias mais cobradas e de maior peso em certames anteriores;
  • A dificuldade que você tem em cada assunto;
  • As tendências apontadas por professores e especialistas para a área;
  • Qualquer mudança no cargo que possa influenciar o conteúdo programático.

Sabemos que montar um cronograma de estudos, especialmente pela primeira vez, pode ser uma tarefa complicada! Por isso, preparamos alguns conteúdos que podem ajudá-lo a se organizar. Confira:

Além disso, temos um curso completo, totalmente gratuito, para te ajudar nessa jornada.

Curso Gratuito Imparável 2021

Muitas oportunidades vão aparecer este ano no mundo dos concursos públicos. As seleções serão retomadas e novos concursos vão ser abertos. A chance de ter uma remuneração alta, estabilidade e um vida melhor nunca esteve tão perto de ser alcançada.

Quando você vai parar de postergar a realização dos seus sonhos e começar a agir para alcançá-los?

Se você tem o desejo de vencer todas as dificuldades e tem a dedicação necessária para alcançar os seus objetivos, o Gran Cursos Online preparou algo especialmente para você.

A nossa equipe de especialistas em concursos públicos e mudanças de vidas organizou um material focado nas principais disciplinas e conteúdos cobrados nos concursos de todo o país!

Um material incrível e feito sob medida para você começar a se preparar para as principais seleções. Nós poderíamos cobrar caro em um material como esse, mas transformar histórias é o que amamos fazer. Por isso, estamos disponibilizando todo esse curso GRATUITAMENTE para todos que acessarem o link abaixo.

Agora não há mais a hora de dar desculpas, é hora de começar a agir. Garanta a sua oportunidade no Curso Gratuito Imparável 2021!

Resumo do Concurso CGU

Concurso CGU Controladoria Geral da União 
Situação autorizado
Banca organizadora A definir
Cargos Auditor Federal de Controle e Finanças e Técnico Federal de Finanças e Controle
Escolaridade Níveis médio e superior
<Carreiras Controle
Lotação Distrito Federal
Número de vagas 300 para Auditor Federal
75 para Técnico Federal
Remuneração de R$ 7,4 mil a R$ 19 mil
Link do edital Link do último edital


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2021

CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as novidades do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
11

15


Tudo que sabemos sobre:

autorizado CGU Concurso CGU


Comentários (15)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *