Concurso PGE PI Procurador previsto no PLDO 2023. VEJA

Concurso PGE PI Procurador ofertou 10 vagas com remuneração de R$ 18,3 mil. Saiba os detalhes

Deixe seu like:

Avatar


27/07/2022 | 16:55Atualizado há 23 dias

O último concurso PGE PI Procurador aconteceu em 2014. À época, a Procuradoria-Geral do Estado do Piauí ofertou 10 vagas ao cargo de Procurador do Estado Substituto. A remuneração foi de R$ 18.306,74.

Os candidatos foram avaliados por meio de quatro etapas: prova objetiva, prova subjetiva, prova prática e avaliação de títulos. O Cebraspe foi a banca organizadora do certame.

Recentemente, o órgão foi citado no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) do estado, para o ano de 2023, com previsão de novo concurso público.

Navegue pela matéria utilizando o índice abaixo e saiba tudo sobre o concurso PGE PI Procurador:

Destaques:

PÓS GRAN SOCIAL: AGORA VOCÊ PODE!

Se você busca mudar de vida, saiba que a sua hora chegou! O momento não poderia ser melhor: estamos diante de uma era histórica para os concursos públicos. Já são mais de 100 mil vagas previstas!

Você sabia que fazer uma Pós aumenta as suas chances de aprovação? Exatamente por isso, o Gran decidiu ir além mais uma vez, pensando na sua luta diária por uma vida melhor. Estamos democratizando totalmente o acesso à pós-graduação no Brasil com o lançamento da Gran Pós Social.

Preencha o formulário abaixo ou INSCREVA-SE AQUI e garanta a sua participação e o MAIOR desconto da história. O evento é 100% gratuito e totalmente online! Aguardamos você no dia 1.º/08 às 10h com muitas novidades.

Concurso PGE PI Procurador: situação atual

Previsão orçamentária 2023

O documento foi publicado em maio deste ano. Confira abaixo:

Concurso PGE PI Procurador: previsto no orçamento.

Concurso PGE PI Procurador: previsto no orçamento.

Volte ao topo

Concurso PGE PI Procurador: remuneração e benefícios

Segundo o último edital, o subsídio para o cargo de procurador foi fixado em R$ 18.306,74.

Volte ao topo

Concurso PGE PI Procurador: carreira

Para concorrer ao cargo, é necessário ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e documento comprobatório de inscrição junto à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Os requisitos básicos para a investidura no cargo, são os seguintes:

  • ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • estar em gozo dos direitos políticos;
  • estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • estar quite com as obrigações eleitorais;
  • ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse.

Volte ao topo

Último concurso PGE PI Procurador

A Procuradoria lançou o último edital para o cargo de Procurador Substituto em 2014. Foram ofertadas 10 vagas.

A taxa de inscrição foi fixada em R$ 210,00. O certame teve 3.179 inscritos, uma demanda de 318 candidatos por vaga.

Prova Objetiva

A prova objetiva foi composta por 100 questões de conhecimentos específicos, do tipo múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D e E), sendo uma única resposta correta. Constaram como conteúdos da prova:

  • Direito Constitucional,
  • Direito Administrativo,
  • Direito Civil,
  • Direito Empresarial,
  • Direito Processual Civil,
  • Direito Ambiental,
  • Direito Agrário,
  • Direito do Trabalho,
  • Direito Processual do Trabalho,
  • Direito Tributário,
  • Direito Financeiro,
  • Direito Econômico,
  • Direito Previdenciário e
  • Legislação Estadual.

A nota em cada questão da prova objetiva, feita com base nas marcações da folha de respostas, foi igual a: 0,10 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,025 ponto negativo, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,00, caso não haja marcação ou haja mais de uma marcação.

Prova Subjetiva

A prova subjetiva foi avaliada quanto ao domínio do conteúdo dos temas abordados – demonstração de conhecimento técnico aplicado –, bem como quanto ao domínio da modalidade escrita da língua portuguesa.

As questões da prova subjetiva valeram 2,50 pontos cada, totalizando 10,00 pontos. Foi eliminado do concurso público o candidato que obteve nota menor 5,00 pontos.

Prova Prática

A prova prática consistiu da elaboração de uma peça judicial ou um parecer de natureza jurídica, de até 120 linhas, abrangeu os objetos de avaliação constantes no edital. A prova prática avaliou o domínio do conteúdo – demonstração de conhecimento jurídico aplicado–, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da língua portuguesa. Nos casos de fuga ao tema, ou de não haver texto, o candidato receberá nota na prova prática igual a zero.

Avaliação de Títulos

Foram convocados para a avaliação de títulos os candidatos aprovados na prova prática. Foram considerados para pontuação os seguintes títulos:

  • Exercício, por prazo superior a dois anos, do magistério superior, em disciplina da área jurídica, desenvolvido em Instituição de Ensino Superior pública e/ou particular, reconhecida pelo Ministério da Educação.
  • Exercício de cargo, de emprego ou de função privativa de bacharel em Direito, na Administração Pública.
  • Exercício da advocacia privada.
  • Livros publicados, de autoria individual, no âmbito da ciência jurídica.
  • Artigos, pareceres, ensaios e trabalhos jurídicos publicados em revistas jurídicas especializadas com conselho editorial.
  • Diploma, devidamente registrado, de Doutor em Direito. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de doutorado, expedido por instituição reconhecida pelo MEC, desde que acompanhado do histórico escolar do candidato.
  • Diploma, devidamente registrado, de Mestre em Direito. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de mestrado, expedido por instituição reconhecida pelo MEC, desde que acompanhado do histórico escolar do candidato.
  • Certificado, devidamente registrado, de curso de pós-graduação ao nível de especialização na área jurídica, com carga horária mínima de 360 horas. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de especialização, expedido por instituição reconhecida pelo MEC, desde que acompanhado do histórico escolar do candidato.

Volte ao topo

Concurso PGE PI Procurador: materiais gratuitos

Estude para concursos públicos com materiais gratuitos. O Gran Cursos Online tem uma página exclusiva com diversos conteúdos (clique aqui e acesse):

  • Apostilas,
  • E-books,
  • Cursos gratuitos,
  • Questões/Provas comentadas e muito mais.

 

Resumo do Concurso PGE PI Procurador

Concurso PGE PI Procurador Procuradoria-Geral do Estado do Piauí
Situação atual Previsto
Banca organizadora a definir
Cargo Procurador Substituto
Escolaridade Nível Superior
Carreira Jurídica
Lotação Estado do Piauí
Número de vagas a definir
Remuneração R$ 18.306,74 (último edital)
Clique aqui para ver o último edital

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2022

CONCURSOS 2023

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Deixe seu like:

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

Tudo que sabemos sobre:

previsto


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.