Concurso Polícia Civil MG: 201 vagas solicitadas para Delegado

Concurso Polícia Civil MG: iniciais de R$ 11,4 mil

A Polícia Civil de Minas Gerais já finalizou os estudos para o próximo concurso Polícia Civil MG Delegado. De acordo com informações da Corporação, para o cargo de Delegado foi encaminhado ao governo o pedido de 201 vagas.

Os estudos para o novo certame estavam sendo realizados desde 2019.

Confira ao longo desta matéria mais informações sobre o concurso PCMG, para facilitar a sua leitura, navegue utilizando o índice abaixo:

Concurso Polícia Civil MG Delegado: situação atual

A PCMG informou à Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online que, ao todo, a Corporação enviou um pedido ao governo para a realização de concurso público para o preenchimento de 1.514 vagas. Destas, 201 vagas são para o cargo de Delegado.

Histórico do concurso:

  • Estudos foram realizados entre os anos de 2019 e 2020
  • Outubro: PCMG confirma que solicitou 1.514 vagas ao governo

Concurso Polícia Civil MG Delegado: remuneração e benefícios

O Delegado de Polícia ingressa no cargo no nível I, classe A, recebendo R$ 11.475,60. Ao chegar no topo da carreira a remuneração ofertada é de R$ 17.353,98. Conforme indica a tabela abaixo:

Concurso Polícia Civil MG Delegado: estrutura remuneratória

Concurso Polícia Civil MG Delegado: estrutura remuneratória

Concurso Polícia Civil MG Delegado: cargos e vagas

Para o próximo certame, a Polícia Civil de Minas Gerais solicitou 201 vagas.

  • Delegado de Polícia
    Vagas: 201
    Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Concurso Polícia Civil MG Delegado: carreira

O cargo de Delegado é organizado em cinco graus (A, B, C, D e E) e quatro níveis (I, II, Especial e Geral).

Concurso Polícia Civil MG Delegado: requisitos

Para o cargo de Delegado de Polícia, é necessário possuir nível superior, correspondente a graduação em Direito.

Concurso Polícia Civil MG Delegado: atribuições

Segundo a Lei Complementar 84 de 25 de julho de 2005, são atribuições do Delegado de Polícia:

  • a direção da unidade da Polícia Civil em que esteja em exercício;
  • a orientação, a coordenação, o controle e a fiscalização dos serviços policiais civis no âmbito de sua circunscrição e das ações de investigação criminal para apuração de infração penal, com autonomia e independência, para a busca da verdade real;
  • a decisão sobre a lavratura do auto de prisão em flagrante;
  • a requisição, a quem de direito, das medidas necessárias à efetivação das investigações criminais e a representação pela decretação de prisões, pela expedição de mandados de busca e apreensão e a adoção de outras medidas cautelares no âmbito da polícia judiciária, observadas as disposições legais e constitucionais;
  • a presidência dos inquéritos policiais, a lavratura de termos circunstanciados de ocorrência e dos demais atos e procedimentos de natureza investigativa, penal ou administrativa previstos na legislação;
  • a expedição de intimações e a determinação para condução coercitiva de pessoas, na hipótese de não comparecimento sem justificativa, nos termos da legislação;
  • a definição pela formalização do ato de indiciamento, fundamentando a partir dos elementos de fato e de direito existentes nos autos;
  • a realização e a determinação da busca pessoal e veicular no caso de fundada suspeita de prática criminosa ou cumprimento de mandado judicial;
  • a promoção de ações para a garantia da autonomia ética, técnica, científica e funcional de seus subordinados no que se refere ao conteúdo dos serviços investigatórios, bem como a garantia da coesão da equipe policial e, quando necessário, a requisição formal de esclarecimentos sobre contradição, omissão ou obscuridade em laudos, relatórios de serviço e outros;
  • a efetivação de ações para a realização do bem-estar geral e a garantia das liberdades públicas e o aprimoramento dos métodos e procedimentos policiais, além da promoção da polícia comunitária e da mediação de conflitos que assegurem a efetividade dos direitos humanos;
  • a gestão para atualização de dados e informações pertinentes à unidade policial sob sua responsabilidade no âmbito dos sistemas em uso na Polícia Civil;
  • a decisão de avocar, quando conveniente e por ato motivado, inquéritos policiais e demais procedimentos presididos por Delegado de Polícia de hierarquia inferior;
  • a permanente articulação técnico-científica entre a prova objetiva e a prova subjetiva de que trata a legislação, para a maior eficiência, eficácia e efetividade do ato investigativo, visando subsidiar eventual processo criminal;
  • o exercício da fiscalização relacionada à comercialização de produtos controlados e ao funcionamento de locais destinados às diversões públicas e a recepção e o acolhimento do aviso relativo à realização de reuniões e eventos sociais e políticos em ambientes públicos, nos termos do art. 5º , XVI, da Constituição da República;
  • a direção dos serviços de trânsito e a identificação civil e criminal no âmbito do Estado;
  • a determinação para captura de infratores e o cumprimento de alvarás de soltura;
  • a participação no planejamento para a atuação integrada dos órgãos de segurança e de justiça no âmbito de sua circunscrição.

 

Último concurso Polícia Civil MG Delegado

A polícia Civil de Minas Gerais publicou o seu último edital de concurso para o provimento de 76 vagas para o cargo de Delegado de Polícia Substituto em 2018.

O certame foi organizado pela FUMARC – Fundação Mariana Resende Costa e ACADEPOL – Academia de Polícia Civil de Minas Gerais e ofertou vencimento inicial de R$ 11.475,57 para o cumprimento de jornada de 40 horas semanais.

Etapas

O concurso compreendeu as seguintes etapas:

  • Provas de Conhecimentos
    • Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
    • Prova Dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório;
    • Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório;
  • Exames Biomédicos e Biofísicos, de caráter eliminatório;
  • Prova de Títulos, de caráter classificatório; e
  • Investigação Social, de caráter eliminatório.

Prova objetiva

A prova objetiva foi aplicada no dia 17 de junho de 2018 em Belo Horizonte e teve a duração de 4h30.

Disciplinas

A prova objetiva versou sobre as disciplinas de:

  • Direito Administrativo – 10 questões
    Direito Civil – 10 questões
    Direito Constitucional – 10 questões
    Direito Penal – 10 questões
    Direito Processual Penal – 10 questões
    Direitos Humanos – 5 questões
    Medicina Legal – 10 questões
    Noções de Criminologia

Estrutura da prova

A prova objetiva para o cargo de Delegado de Polícia Substituto constou de 70 questões de múltipla escolha, cada uma com 4 alternativas de respostas, tendo apenas uma resposta correta.

Prova dissertativa

A prova dissertativa do concurso PCMG para Delegado foi aplicada no dia 12 de agosto de 2018 e teve duração máxima de 4 horas.

A prova constou de duas questões dissertativas para cada uma das disciplinas abaixo:

  • Direito Adminsitrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Penal; e
  • Direito Processual Penal.

A prova dissertativa veleu 40,00.

Prova oral

Os candidatos que obtiveram as melhores pontuações nas provas objetivas e dissertativa do concurso PC MG foram convocados para a Prova Oral.

Esta prova foi composta de questões das matérias de:

  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Penal; e
  • Direito Processual Penal.

A avaliação para cada disciplina variou de 0 a 10 pontos e considerou o domínio jurídico, a capacidade de argumentação, articulação do raciocínio e o uso correto do vernáculo durante a exposição.

Avaliação Psicológica

A etapa de Avaliação Psicológica tem como intuito avaliar o candidatos nos seus aspectos de inteligência, características de personalidade adequadas ao exercício profissional e aptidões específicas.

Para esta etapa, foram convocados 228 candidatos com as melhores pontuações.

Exames Biomédicos e Biofísicos

A etapa de Exames Biomédicos e Biofísicos ocorreram em momentos distintos.

Os Exames Biomédicos tiveram como objetivo aferir se os candidatos gozam de boa saúde física.

Já os Exames Biofísicos constaram de testes físicos. Sendo eles:

  • flexão de braço;
  • agilidade e coordenação motora;
  • corrida de 50 metros rasos; e
  • teste de cooper.

Cada teste teve a pontuação máxima de 25 pontos.

Prova de Títulos

Os candidatos que foram aprovados na Prova de Conhecimento Objetiva e Dissertativa, e convocados para a Prova Oral tiveram de apresentar títulos comprobatórios de conhecimentos jurídicos.

A prova de títulos valeu, no máximo, 05 pontos.

Foram considerados os seguintes títulos:

TítulosPontuação
documento comprobatório de aprovação em concurso público para Juiz de Direito Estadual ou Federal, Promotor de Justiça da União ou dos Estados, Delegado de polícia (Federal ou Estadual), Defensor Público, Advogado da União ou do Estado 02 (dois) pontos
diploma de Curso Superior, Excetuado o de Bacharel em Direito,
expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido
02 (dois) pontos
diploma de Curso de Especialização em Criminologia, expedido por
estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido
02 (dois) pontos
diploma de curso jurídico de pós-graduação, expedido por
estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido a saber:
lato sensu - Especialização.
stricto sensu – Mestrado.
stricto sensu – Doutorado.
lato sensu - Especialização: 02 (dois) pontos.
stricto sensu – Mestrado: 03 (três) pontos.
stricto sensu – Doutorado: 04 (quatro) pontos.
certificado de conclusão de curso de natureza policial da Academia
de Polícia Civil de Minas Gerais, ou congênere, com carga horária igual
ou superior a 80 (oitenta) horas/aula.
: 01(um) ponto para cada curso de
natureza policial diferente, até o limite de 03 (três) pontos.

Investigação Social

Os candidatos que não foram eliminados nas etapas anteriores foram convocados para a etapa de Investigação Social.

A etapa de Investigação Social tem como objetivo verificar se o candidato apresenta idoneidade moral e conduta compatíveis com as responsabilidade do cargo.

Para isso, os seguintes fatores foram analisados:

  • prática de ato tipificado como ilícito penal;
  • prática, em caso de servidor públic, de trangressões disciplinares;
  • prática de ato que possa importar em repercussão social de caráter negativo ou comprometer a função de segurança e confiabilidade da Corporação; e
  • dependência química (drogas lícitas e/ou ilícitas).

Motivos para fazer o concurso

  • O novo concurso deve ofertar 201 vagas para o cargo de Delegado.
  • A remuneração ofertada é bem atrativa.
  • É uma carreira é típica de estado.

Depoimentos de aprovados

Curso Gratuito Imparável 2020

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em frente em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então este curso é para você!

Organizamos de forma objetiva e prática em um só material algumas das principais disciplinas e conteúdos cobrados em concursos públicos para intensificar as suas chances de aprovação, tudo preparado por nossa equipe de colaboradores e professores especialistas no assunto. E o melhor: todo o conteúdo é totalmente gratuito! Mesmo se você ainda não começou a estudar, não deixe essa oportunidade passar. Nunca é tarde! Garanta a sua oportunidade no Curso Gratuito Imparável 2020!

Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

 

Saiba mais sobre o concurso Polícia Civil MG AQUI

 

Resumo do concurso Polícia Civil MG Delegado

Concurso Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (concurso Polícia Civil MG)
Banca organizadora a definir
Cargos Delegado de Polícia
Escolaridade Nível superior
Carreiras policial
Lotação Minas Gerais
Número de vagas 201 vagas solicitadas
Remuneração de R$ 11.475,60 a R$ 17.353,98
Situação VAGAS SOLICITADAS
Link do edital Clique AQUI para fazer o download do edital Delegado de Polícia Substituto  – 2018
Quer conquistar a sua aprovação no concurso Polícia Civil MG?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Lorena Martins
Lorena Martins
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

Principais de Minas Gerais

Principais de Sudeste

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso Polícia Civil MG?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo