Concurso TJ PI: inscrições abertas! Inicial de R$ 7,3 mil

Concurso TJ PI está ofertando 80 vagas para o cargo de Analista Judiciário em diversas especialidades. As provas serão aplicadas em setembro de 2022

Avatar


22/06/2022 | 15:30 Atualizado há 5 dias

O concurso TJ PI está em andamento! As inscrições para o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí estão abertas até o dia 11 de julho de 2022, através do site da banca organizadora, Idecan.

O certame está ofertando 80 vagas para o cargo de Analista Judiciário, para profissionais com formação em Direito, Serviço Social, Psicologia, TI e outros.

Uma retificação no edital de abertura deverá ser publicada nos próximos dias. O Ministério Público do Piauí recomendou para a comissão organizadora do concurso, uma alteração no edital para que o candidato possa ter acesso às anotações, após o término da prova, para facilitar na fase de interposição de recursos.

Veja abaixo o índice com informações sobre o concurso TJ PI:

Destaques:

Análise do edital TJ PI

O professor Vandré Amorim fez uma análise completa do edital do concurso TJ PI! Acompanhe o conteúdo na íntegra:

Concurso TJ PI: situação atual

Histórico

  • 22 de junho de 2022: MPPI solicita alteração no edital de abertura. VEJA AQUI
  • 08 de junho de 2022: retificação no edital de abertura:

Concurso TJ PI: primeira retificação no edital de abertura

  • 06 de junho de 2022: edital publicado!
  • 02 de junho de 2022 – Projeto básico publicado. VEJA AQUI o documento na íntegra! 
  • 31 de maio de 2022 – Edital confirmado para os próximos dias e detalhamento dos cargos ofertados.
  • 27 de maio de 2022 – órgão confirma a oferta de 80 vagas cargo de Analista Judiciário, nas especialidades administrativa, judiciária e apoio especializado.
  • 26 de maio de 2022 – Assinatura do contrato com a banca. VEJA AQUI!
  • 05 de maio de 2022 – Presidente do órgão, José Ribamar Oliveira, confirma publicação do edital para os próximos dias: “No final – da próxima semana no mais tardar na semana seguinte. Está na fase de elaboração final para a assinatura da presidência”.
  • 18 de abril de 2022 – Presidente do TJ PI confirma a oferta de vagas para enfermeiros. VEJA AQUI!
  • 13/04/2022 – Coren – PI publicou que o novo certame terá vagas para enfermeiros
  • 22/03/2022 – Comissão de licitação designada VEJA AQUI
  • 10/02/2022 – Alteração na comissão Veja aqui o documento na íntegra! 
  • 14/01/2022 – Presidente prevê lançamento do edital e relação de vagas
  • 7/01/2022 – Comissão formada e publicada no DOE/PI Clique aqui e confira o documento na íntegra
  • 7/11/2021 – SEAD abre solicitação para novo certame
  • Junho/2021 – Estudo sobre agregação de comarcas e novas seleções
  • 12/04/2021 – Encerramento de validade do concurso para servidores

Volte ao topo

Concurso TJ PI: remuneração e benefícios

De acordo com o edital, o concurso TJ PI oferece a seguinte remuneração:

Grupo Funcional Subsídio Auxílio Alimentação Auxílio Saúde Total
Analista Judiciário R$ 7.328,01 R$ 1.923,52 R$ 813,01 R$ 10.064,54

Volte ao topo

Concurso TJ PI: inscrição

Os interessados em participar do concurso TJ PI poderão se inscrever no período de 07 de junho até o dia 11 de julho de 2022 pelo endereço eletrônico www.idecan.org.br. A taxa de inscrição é de R$ 110,00

Concurso TJ PI: isenção de taxa de inscrição

O pedido de isenção de taxa de inscrição será aceito para os candidatos com os seguintes perfis:

  • deficientes, amparados pela Lei estadual n. 4.835, de 23 de maio de 1996 e suas alterações, bem como aqueles enquadrados nas hipóteses previstas na Lei Estadual nº 5.953/2009;
  • doadores de sangue e/ou doadores de medula óssea, amparados pela Lei estadual n. 5.268, de 10 de dezembro de 2002, e pela Lei estadual n. 5.397, de 29 de junho de 2004, desde que apresentem documento comprobatório da condição de doador;
  • desempregados/hipossuficientes nos termos da Lei Estadual nº 5.953/2009;
  • mesários e colaboradores em pelo menos duas eleições, consecutivas ou não, sendo que cada turno é considerado uma eleição, amparado pela Lei Estadual n° 6.882, de 26 de agosto de 2016, comprovado através de declaração ou diploma expedido pela Justiça Eleitoral, contendo nome completo do eleitor, a função desempenhada, o turno e a data da eleição
  • considerados de baixa renda que atenderem os requisitos da Lei Estadual nº 5.953/2009 pagarão somente 50% (cinquenta por cento) do valor da taxa de inscrição.

O candidato que desejar requerer a isenção da taxa de inscrição deverá, obrigatoriamente, realizar sua inscrição no Concurso no período improrrogável de 07 a 09 de junho de 2022.

Volte ao topo

Concurso TJ PI: cargos e vagas

De acordo com o edital, o concurso TJ PI oferece 80 vagas no total, divididas da seguinte forma:

CARGOS VAGAS
Analista Judiciário – Especialidade: Judiciária Analista Judicial 30 + CR
Analista Judiciário – Especialidade: Judiciária Oficial de Justiça e Avaliador 12 + CR
Analista Judiciário – Especialidade: Apoio Especializado Analista de Sistemas/Banco de Dados 03 + CR
Analista Judiciário – Especialidade: Apoio Especializado Analista de Sistemas/Desenvolvimento 04 + CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Analista de Sistemas/Infraestrutura 01 + CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Arquiteto CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Assistente Social 5 + CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Auditor CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Contador 03 + CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Fisioterapeuta 01+ CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Enfermeiro 01+ CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Engenheiro Civil 01+ CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Engenheiro Eletricista CR
Analista Judiciário – Especialidade  Apoio Especializado Médico 02 + CR
Analista Judiciário – Especialidade  Apoio Especializado Médico Psiquiatra CR
Analista Judiciário – Especialidade  Apoio Especializado Nutricionista CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Odontólogo 01 + CR
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Psicólogo 5 + CR
Analista Judiciário – Especialidade Administrativa – Analista Administrativo 11+ CR
Analista Judiciário – Especialidade Administrativa – Estatístico CR

 

Volte ao topo

Os requisitos e as atribuições dos cargos são os seguintes:

CARGOS REQUISITOS ATRIBUIÇÕES
Analista Judiciário – Especialidade: Judiciária – Analista Judicial Bacharelado em Direito a) confeccionar minutas, atos ordinatórios, emitir informações e manifestações; b) verificar a regularidade formal e legal de petições e processos; c) realizar estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo; d) fornecer suporte técnico jurídico aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal, auxiliando na elaboração de minutas e decisões; e) realizar serviços de natureza judiciária na respectiva área de atuação, envolvendo matéria que exija conhecimentos jurídicos; f) inserir, atualizar e consultar informações em base de dados; g) verificar e certificar decurso de prazos processuais; h) atender ao público interno e externo; i) redigir, digitar e conferir expedientes diversos, dar fiel cumprimento às determinações judiciais e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
Analista Judiciário – Especialidade: Judiciária – Oficial de Justiça e Avaliador Bacharelado em Direito a) cumprir, pessoalmente e na forma da lei, as ordens e os atos judiciais; b) lavrar certidões e autos dos mandados na forma da lei; c) certificar, expressamente, a data, a hora e o local do deslocamento para realização completa do ato judicial, mencionando as circunstâncias essenciais relacionadas à sua execução, e as situações adversas que dificultaram ou impediram o cumprimento do ato; d) retirar, diariamente, os mandados; e) cumprir os mandados dentro do prazo legal, salvo se outro não for estipulado pela autoridade ou por norma; f) devolver os mandados de intimação para audiência previamente, antes da data designada para a audiência; g) cumprir a escala de plantão; h) avaliar os bens penhorados e/ou arrestados nos atos processuais, sem prejuízo de outras avaliações e atribuições compatíveis com sua função determinadas pelo superior hierárquico.
Analista Judiciário – Especialidade: Apoio Especializado Analista de Sistemas/Banco de Dados Curso de Nível Superior em Tecnologia da Informação a) realizar atividades de nível superior que envolvam a elaboração de projetos para criação e manutenção de banco de dados corporativo, planejando seu layout físico e lógico; b) instalar, configurar, gerenciar, monitorar e adequar o funcionamento de sistemas gerenciadores de bancos de dados; c) criar estratégias de auditoria e melhoria da performance do banco de dados, realizando a instalação de upgrades, downgrades, patches e releases, incluindo a realização de atividades de backup e restore; d) planejar, coordenar e executar as migrações de dados de sistemas, bem como efetuar replicação e atualização de bases de dados em produção para desenvolvimento por meio de importações/exportações de bancos de dados; e) monitorar as aplicações, efetuando ajustes de desempenho (tunning) de aplicação e banco de dados, propondo ajustes de melhorias nos programas e aplicações; f) monitorar a utilização de memória, processador, acesso a discos, volume de dados dos bancos de dados; g) prestar suporte técnico a usuários e desenvolvedores; h) emitir pareceres técnicos, relatórios, informações e outros documentos oficiais; i) elaborar documentação técnica relativa aos procedimentos e controles; j) elaborar especificações técnicas de bens e serviços de tecnologia da informação relacionados à sua área de atuação e termo de referência para contratações de T.I.C.; k) gerir contratos com fornecedores de bens e serviços de tecnologia da informação; l) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados em informática.
Analista Judiciário – Especialidade: Apoio Especializado Analista de Sistemas/Desenvolvimento Curso de Nível Superior em Tecnologia da Informação a) realizar atividades de nível superior que envolvam a gestão de informação, análise e diagnóstico das necessidades dos usuários; b) coordenar e gerir processos de desenvolvimento de sistemas; c) estabelecer e monitorar a utilização de normas e padrões para o desenvolvimento de sistemas; d) elaborar projetos de sistemas de informação de acordo com a metodologia de desenvolvimento de sistemas vigente; e) levantar e especificar os casos de uso, utilizando artefatos definidos na metodologia; f) construir protótipos de telas e sistemas; g) elaborar, implementar e testar os códigos de programas de acordo com o plano de testes dos sistemas; h) produzir documentação necessária para os usuários de sistemas de informação; i) prestar o assessoramento técnico no que se refere a prazos, recursos e alternativas de desenvolvimento de sistemas, efetuando a prospecção, análise e implementação de novas ferramentas de desenvolvimento; j) efetivar treinamentos relativos à utilização dos sistemas de informação, ferramentas de acesso e manipulação de dados; k) realizar alterações, manutenções e adequações necessárias ao bom funcionamento dos sistemas; l) acompanhar e avaliar o desempenho dos sistemas implantados, identificando e providenciando as medidas corretivas competentes; m) planejar estrategicamente e analisar os sistemas de informações; n) administrar os componentes reutilizáveis e repositórios; o) monitorar a certificação e inspecionar os modelos e códigos de sistemas; p) elaborar e manter o modelo corporativo de dados; q) administrar os dados; r) elaborar especificações técnicas de bens e serviços de tecnologia da informação relacionados à sua área de atuação e termo de referência para contratações de T.I.C.; s) gerir os contratos com fornecedores de bens e serviços de tecnologia da informação; t) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de tecnologia da informação; u) desenvolver outras atribuições de mesma natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Analista de Sistemas/Infraestrutura Curso de Nível Superior em Tecnologia da Informação a) realizar atividades de nível superior que envolvam o projeto de redes de computadores, definindo a topologia e a configuração necessária; b) instalar, customizar e manter os recursos de rede; c) analisar a utilização e o desempenho das redes de computadores, identificando os problemas e promovendo as correções no ambiente operacional; d) planejar a evolução da rede, visando à melhoria na qualidade dos serviços; e) prestar o suporte técnico e consultoria relativos à aquisição, à implantação e ao uso adequados dos recursos de rede; f) avaliar e especificar as necessidades de hardware e software básico e de apoio; g) configurar ambientes operacionais, h) instalar, customizar e manter software básico e de apoio; i) analisar o desempenho do ambiente operacional, efetuando as adequações necessárias; j) analisar a utilizar os recursos de software e hardware e o planejamento da evolução do ambiente, visando à melhoria na qualidade do serviço; k) prestar consultoria e suporte técnico relativos à aquisição, implantação e uso adequado dos recursos de hardware e software; l) prospectar, analisar e implementar novos recursos de hardware, software e rede, visando à sua utilização na organização; m) analisar a viabilidade de instalação de novas aplicações no ambiente operacional da organização, objetivando manter o padrão de desempenho de serviços implantados; n) desenvolver sistemáticas, estudos, normas, procedimentos e padronização das características técnicas, visando à melhoria da segurança e dos serviços prestados; o) elaborar especificações técnicas de bens e serviços de tecnologia da informação relacionados à sua área de atuação e termo de referência para contratações de T.I.C.; p) gerir contratos com fornecedores de bens e de serviços de tecnologia da informação; q) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de tecnologia da informação, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Arquiteto Curso de Nível Superior em Arquitetura / Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) realizar estudo e análise de interfaceamento de projetos; b) elaborar e acompanhar a execução de projetos arquitetônicos dentro do complexo arquitetônico dos prédios do Poder Judiciário; c) elaborar relatórios referentes ao andamento, execução e finalização das obras executadas pelo Poder Judiciário; d) providenciar e manter atualizado os levantamentos das condições físicas dos imóveis pertencentes ao Poder Judiciário; e) fiscalizar e acompanhar as atividades das obras de construção, manutenção, ampliação, reforma e executar o projeto e operacionalização referentes aos serviços de arquitetura; f) propor a elaboração e a aplicação de normas e de procedimentos técnicos na sua área de atuação; g) exercer outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Assistente Social Curso de Nível Superior em Serviço Social / Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) avaliar os casos, elaborando estudo ou perícia social, com a finalidade de subsidiar ou assessorar a autoridade judiciária no conhecimento dos aspectos socioeconômicos, culturais, interpessoais, familiares, institucionais, comunitários e outros; b) emitir laudos técnicos, pareceres e respostas a quesitos, por escrito ou verbalmente, em audiências e ainda realizar acompanhamento e reavaliação de casos; c) desenvolver ações de aconselhamento, orientação, encaminhamento, prevenção e outros, no que se refere às questões sociojurídicas; d) desenvolver atividades específicas em quaisquer unidades jurisdicionais; e) estabelecer e aplicar procedimentos técnicos de mediação junto ao grupo familiar em situação de conflito; f) contribuir e/ou participar de trabalhos que visem à integração do Poder Judiciário com as instituições que desenvolvam ações na área social, buscando a articulação com a rede de atendimento à infância, juventude e família, para o melhor encaminhamento; g) acompanhar visitas de pais às crianças, em casos excepcionais, quando determinado judicialmente; h) fiscalizar instituições e/ou programas que atendam criança e adolescente sob medida protetiva e/ou em cumprimento de medida socioeducativa, quando da determinação judicial, em conformidade com a legislação vigente; i) realizar trabalhos junto à equipe multiprofissional, com objetivo de atender à solicitação de estudo psicossocial; j) elaborar mensal e anualmente relatório estatístico, quantitativo e qualitativo sobre as atividades desenvolvidas, bem como pesquisas e estudos, com vistas a manter e melhorar a qualidade do trabalho; k) supervisionar estágio de alunos do curso de serviço social, mediante prévia autorização do Tribunal de Justiça; l) planejar e coordenar as atividades técnicas e administrativas específicas do setor social; m) elaborar e manter atualizado cadastro de recursos da comunidade; n) elaborar, implementar, coordenar, executar e avaliar, controlando e fiscalizando se necessário, planos, programas e projetos que sejam do âmbito de atuação do serviço social, de acordo com as diretrizes fixadas pelo Tribunal, nos serviços de atendimento a magistrados e servidores; o) assessorar a Alta Administração, sempre que necessário, nas questões relativas à matéria do serviço social. p) atender a todas as determinações judiciais relativas à prática do serviço social.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Auditor Curso de Nível Superior entre uma das seguintes áreas: Administração, Ciências Atuariais, Ciências Contábeis, Direito, Economia, Engenharia Civil ou Informática. a) desenvolver atividades de controle interno; b) realizar auditoria, prestações de contas e outros trabalhos correlatos nas diversas unidades, departamentos, coordenadorias e seções do Poder Judiciário; c) elaborar relatórios, manuais, pareceres, certificados, notas técnicas e estudos, no exercício das atividades de controle interno relacionadas à fiscalização e à avaliação; d) assessorar a Presidência do Tribunal de Justiça junto ao Tribunal de Contas do Estado; e) realizar ações segregadas de auditoria e de controle interno, com atuação direta nos processos e procedimentos, a priori e a posteriori; f) analisar demonstrações financeiras, planilhas de formação de preço relativos aos processos de Licitações e Contratos; g) realizar outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Contador Curso de Nível Superior em Ciências Contábeis / Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) examinar planos de contas do Poder Judiciário; b) realizar cálculos necessários à liquidação de julgados e à atualização de valores de títulos, guias e depósitos judiciais; c) realizar conciliação bancária e analisar demonstrações financeiras dos órgãos do Poder Judiciário; d) realizar escrituração, demonstrações e análises contábeis conforme definido pelo Conselho Federal de Contabilidade e) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de contabilidade, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Fisioterapeuta Curso de Nível Superior em Fisioterapia / Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) elaborar diagnóstico fisioterapêutico; b) realizar atividades destinadas à promoção, ao tratamento e à recuperação da saúde de pacientes mediante a aplicação de técnicas fisioterapêuticas; c) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de fisioterapia; d) redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Enfermeiro Curso de Nível Superior em Enfermagem/ Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) realizar atividades a fim de promover e de preservar a saúde de magistrados, servidores e seus dependentes; b) planejar, organizar, supervisionar e/ou executar serviços de enfermagem, tais como a realização de serviços emergenciais, o acompanhamento a pacientes, a manutenção dos prontuários atualizados, o controle do estoque e das condições de uso dos materiais, equipamentos, medicamentos, soluções, aparelhos e instrumentos utilizados no atendimento; c) planejar e/ou participar de programas de saúde e da elaboração de relatórios; d) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de enfermagem, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Engenheiro Civil Curso de Nível Superior em Engenharia Civil/ Inscrição no Conselho Profissional respectivo. a) realizar atividades de nível superior a fim de garantir os padrões de qualidade técnica e de segurança das obras e reparos de edificações, bem como a adequada manutenção de instalações; b) planejar e elaborar orçamentos, projetos e especificações nas obras e serviços de engenharia do Poder Judiciário; c) elaborar laudos e termos de referências na área de engenharia necessários à contratação de obras e serviços respectivos; d) realizar a avaliação de imóveis para fins de aquisição, alienação e locação; e) assessorar a comissão de licitação na contratação de obras e serviços de engenharia, bem como acompanhar e fiscalizar a execução dos serviços contratados; f) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de engenharia, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Engenheiro Eletricista Curso de Nível Superior em Engenharia Elétrica/ Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) realizar atividades a fim de garantir os padrões de qualidade técnica na geração, transmissão, distribuição e utilização de energia elétrica, bem como a adequada manutenção e reparo das instalações; b) planejar e elaborar orçamentos, especificações, projetos elétricos e termos de referência; c) assessorar a comissão de licitação na contratação de obras e serviços de engenharia elétrica, bem como acompanhamento e fiscalização da execução dos serviços contratados; d) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de engenharia elétrica, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade  Apoio Especializado Médico Curso Superior em Medicina, podendo ser exigida habilitação específica / Inscrição no Conselho Profissional respectivo. a) prestar assistência médica aos magistrados, servidores e seus dependentes; b) coordenar campanhas preventivas de saúde pública; c) elaborar laudos, pareceres técnicos, executar perícias em juntas médicas, em especial para fins de aposentadoria e licença; d) controlar as condições de uso dos equipamentos e aparelhos utilizados no atendimento médico; e) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de medicina, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade  Apoio Especializado Médico Psiquiatra Curso Superior em Medicina, podendo ser exigida habilitação específica / Inscrição no Conselho Profissional respectivo. a) participar de equipe multidisciplinar e executar atividades relativas ao planejamento operacional e execução, acompanhamento e avaliação de projetos, planos, programas, campanhas, estudos, encontros, cursos e eventos em geral; b) instruir expedientes administrativos, elaborar relatórios, pareceres médicos, informações, pareceres técnicos e outros instrumentos que forneçam dados para decisões superiores; c) anotar em prontuários os atos médicos realizados, registrando inclusive impressão diagnóstica e tratando, quando for o caso; d) preencher e visar mapas de atendimento, com fins de elaborar relatórios mensais para consolidação de dados estatísticos; e) realizar exames criminológicos, bem como desempenhar outras atividades correlatas ou outras atribuições que possam vir a surgir, da mesma natureza e nível de complexidade, conforme as necessidades da área; f) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de psiquiatria, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade  Apoio Especializado Nutricionista Curso de Nível Superior em Nutrição/ Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) prestar assistência especializada a magistrados e a servidores, ativos e inativos, bem como aos respectivos dependentes; b) coordenar campanhas de reeducação alimentar; c) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de nutrição, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior; d) acompanhar e fiscalizar a execução dos serviços contratados relacionados à sua área de atuação.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Odontólogo Curso de Nível Superior em Odontologia/ Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) realizar atividades com o fim de promover e preservar a saúde bucal de magistrados, servidores e dependentes; b) diagnosticar e tratar afecções da cavidade oral; c) executar perícias, além de elaborar e aplicar medidas preventivas relativas à saúde bucal e geral; d) controlar o estoque e uso de equipamentos, aparelhos, materiais, instrumentos, medicamentos e soluções utilizados para atendimento odontológico; e) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de odontologia, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Apoio Especializado Psicólogo Curso de Nível Superior em Psicologia / Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) proceder à avaliação de crianças, adolescentes, adultos e idosos, elaborando o estudo psicológico, com a finalidade de subsidiar ou assessorar a autoridade judiciária no conhecimento dos aspectos psicológicos de sua vida familiar, institucional e comunitária, para que o magistrado decida e ordene as medidas cabíveis; b) proceder ao encaminhamento para psicodiagnóstico, terapia e atendimento especializado (escolar, fonoaudiológico, etc); c) realizar o acompanhamento de casos objetivando a clareza para definição da medida, avaliando a adaptação criança/família, reavaliando e constatando a efetivação de mudanças, verificando se os encaminhamentos a recursos sociais e psicológicos oferecidos na comunidade e a aplicação das medidas de proteção e socioeducativas foram efetivados; d) aplicar técnicas de orientação, aconselhamento individual, casal e de família; e) fornecer subsídios por escrito (em processo judicial) ou verbalmente (em audiência), emitir laudos, pareceres e responder a quesitos; f) executar o cadastramento de casais interessados em adoção, de crianças adotáveis, crianças e adolescentes acolhidos, de recursos e programas comunitários psicossociais e de áreas afins (educação, saúde, cultura e lazer), além de treinamento de famílias de apoio, visando à reinserção à família biológica ou à substituta; g) promover a prevenção e controle da violência intrafamiliar, extrafamiliar e institucional contra crianças e adolescentes e de condutas infracionais e violência doméstica e familiar contra a mulher e contra o idoso; h) ministrar supervisão de estagiários de psicologia; i) elaborar pesquisas e estudos, ampliando o conhecimento psicológico na área do direito e da psicologia judiciária, levantando o perfil dos atendidos e dos psicólogos e assistentes sociais; j) fornecer indicadores para formulação de programas de atendimento, relacionados a medidas de proteção socioeducativas, na área da Justiça da Infância e Juventude, auxiliando na elaboração de políticas públicas relativas à família, à infância e à juventude; l) realizar atividades que exijam conhecimentos específicos e aprofundados de psicologia, além de outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Administrativa – Analista Administrativo Bacharelado ou Licenciatura em geral a) realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; b) emitir informações e pareceres; elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; c) elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos; d) atender ao público interno e externo; e) redigir, digitar e conferir expedientes diversos; f) realizar outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
Analista Judiciário – Especialidade Administrativa – Estatístico Curso de Nível Superior em Estatística / Inscrição no Conselho Profissional respectivo a) planejar e desenvolver investigações estatísticas; b) coordenar os trabalhos de coleta, análise e interpretação de dados; c)elaborar parecer, instrumentais técnicos, pesquisas organizacionais, pesquisas de satisfação, laudos e relatórios; d) fornecer informações que favoreçam a tomada de decisões e o acompanhamento da execução de atividades; e) acompanhar e analisar, sistematicamente, a legislação relacionada com a sua área de atuação; f) realizar outras atribuições de natureza e grau de complexidade correlatos que venham a ser determinadas pela autoridade superior; g) consolidar os dados estatísticos para o Conselho Nacional de Justiça.

 

Volte ao topo

Concurso TJ PI: carreira

O Servidor é regido pelo Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Piauí, instituído pela Lei Complementar Estadual nº 13, de 03 de janeiro de 1994, e suas alterações, e pela Lei Complementar Estadual nº 115, de 25 de agosto de 2008, e suas alterações.

Confira abaixo a estrutura remuneratória do órgão. As informações foram retiradas do Portal da Transparência e são referentes ao mês de abril de 2022:

Cargo Nível Referência Vencimento Básico
ANALISTA 6A III R$ 14.470,28
ANALISTA 6A II R$ 13.807,52
ANALISTA 6A I R$ 13.175,12
ANALISTA 5A III R$ 12.571,68
ANALISTA 5A II R$ 11.995,87
ANALISTA 5A I R$ 11.446,46
ANALISTA 4A III R$ 10.922,17
ANALISTA 4A II R$ 10.421,93
ANALISTA 4A I R$ 9.944,60
ANALISTA 3A III R$ 9.489,11
ANALISTA 3A II R$ 9.054,51
ANALISTA 3A I R$ 8.639,78
ANALISTA 2A III R$ 8.244,07
ANALISTA 2A II R$ 7.866,48
ANALISTA 2A I R$ 7.506,19
ANALISTA 1A III R$ 7.162,38
ANALISTA 1A II R$ 6.834,34
ANALISTA 1A I R$ 6.521,32
TÉCNICO 5B III R$ 6.222,62
TÉCNICO 5B II R$ 5.937,63
TÉCNICO 5B I R$ 5.665,66
TÉCNICO 4B III R$ 5.406,17
TÉCNICO 4B II R$ 5.158,56
TÉCNICO 4B I R$ 4.922,31
TÉCNICO 3B III R$ 4.696,84
TÉCNICO 3B II R$ 4.481,72
TÉCNICO 3B I R$ 4.276,45
TÉCNICO 2B III R$ 4.080,59
TÉCNICO 2B II R$ 3.893,68
TÉCNICO 2B I R$ 3.715,35
TÉCNICO 1B III R$ 3.545,19
TÉCNICO 1B II R$ 3.382,79
TÉCNICO 1B I R$ 3.227,87
AUXILIAR 5C III R$ 3.080,01
AUXILIAR 5C II R$ 2.938,95
AUXILIAR 5C I R$ 2.804,34
AUXILIAR 4C III R$ 2.675,90
AUXILIAR 4C II R$ 2.553,34
AUXILIAR 4C I R$ 2.436,40
AUXILIAR 3C III R$ 2.324,81
AUXILIAR 3C II R$ 2.218,34
AUXILIAR 3C I R$ 2.116,73
AUXILIAR 2C III R$ 2.019,77
AUXILIAR 2C II R$ 1.927,27
AUXILIAR 2C I R$ 1.839,00

Volte ao topo

Concurso TJ PI: etapas da prova

O certame será composto apenas por prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, abrangendo os objetos de avaliação constantes nos conteúdos programáticos dispostos no edital.

Prova objetiva do Concurso TJ PI

As provas objetivas de múltipla escolha serão realizadas nas datas previstas de 10 e 11 de setembro de 2022, nas cidades de Floriano, Paraíba, Picos, Teresina e região metropolitana, todas no Estado do Piauí, com duração de 4h para realização, nos turnos manhã e tarde.

  • 10 de setembro de 2022 (tarde 14h): Analista Judicial e Contador
  • 11 de setembro de 2022 (manhã 8h): Analista Administrativo, Analista de Sistemas / Banco de Dados, Analista de Sistemas/Desenvolvimento, Analista de Sistemas / Infraestrutura, Arquiteto, Assistente Social, Auditor, Fisioterapeuta, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Engenheiro, Eletricista, Estatístico, Médico, Médico Psiquiatra, Nutricionista, Odontólogo, Psicólogo.
  • 11 de setembro de 2022 (tarde 14h): Oficial de Justiça e Avaliador

Disciplinas

Área Conteúdo Número de questões Peso Total de Pontos Perfil Mínimo   para Aprovação
Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa 30 2,00 80,00 60% do total de pontos
Legislação específica 10
Conhecimentos Específicos Concernentes ao cargo a que está concorrendo 60 3,00 180,00
Totais 100 260,00 156 pontos

Estrutura da prova

Os itens das provas objetivas serão do tipo múltipla escolha, com 5 (cinco) opções (A a E) e uma única resposta correta.

Volte ao topo

Últimos concursos TJ PI

Analista Judiciário

O concurso anterior do órgão teve edital publicado em 2015 com 180 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva para a carreira de Analista Judiciário. A organizadora foi a Fundação Getúlio Vargas – FGV.

Os ocupantes da carreira de Oficial de Justiça tem a sua disposição:

a) Indenização de transporte, variando entre R$ 800,00 – Entrância Inicial, R$ 1.000,00 – Entrância Intermediária e R$ 1.200 – Entrância Final, conforme Lei Complementar Estadual nº 115/2008 e suas alterações;

b)Adicional de Periculosidade, R$ 300,00, conforme disposto no art. 35 da Lei Complementar Estadual nº 115/2008 e suas alterações.

Os servidores do Poder Judiciário que desempenham atividades com habitualidade em locais insalubres ou em contato permanente com substâncias tóxicas e/ou radioativas fazem jus à gratificação de insalubridade no valor de R$ 300,00, conforme disposto no art. 34 da Lei Complementar Estadual nº 115/2008 e suas alterações.

O concurso público foi composto de somente prova escrita objetiva.

Prova objetiva

Essa etapa foi de caráter eliminatório e classificatório. As provas foram realizadas no município de Teresina – PI.

Confira abaixo as matérias cobradas de acordo com o conteúdo programático.

  • Língua Portuguesa – 30 questões
  • Conhecimentos específicos – 70 questões
  • Total – 100 questões

A prova foi composta por 100 questões do tipo múltipla escolha, sendo cinco alternativas e somente uma resposta correta. Cada item teve o valor de 1 (um) ponto.

Para ser classificado, os candidatos precisaram acertar, no mínimo, 30% (9 questões) no módulo de conhecimentos básicos; 50% (35) em conhecimentos específicos; e 50% (50 questões) no total da prova.

Técnico Judiciário

Em 2009 foi lançado edital de abertura para provimento nos cargos de Analista Judiciário em diversas especialidades e para Técnico Judiciário. A Fundação Carlos Chagas foi a organizadora da seleção na época.

Chances ofertas no edital TJ PI 2009:

  • Analista Judiciário – 169 vagas e
  • Técnico Judiciário – 81 vagas.

Foram contempladas oportunidades nas seguintes especialidades para Técnico Judiciário: Técnico Administrativo, Técnico em Contabilidade, Técnico em Eletricidade, Técnico em Informática, Técnico Gráfico, Bombeiro Hidráulico, Marceneiro e Pedreiro.

Os candidatos inscritos foram avaliados por meio de prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos. Os profissionais receberiam a remuneração composta pelo vencimento básico mais gratificação de atividade judiciária (GAJ) e o auxílio alimentação. Os valores variavam de R$ 1.170,24 a R$ 1.788,54 – dependendo da ocupação.

Volte ao topo

Concurso TJ PI 2017: nomeações

O último Concurso TJ PI realizado no ano de 2017, contou com vagas para ingresso na carreira de Analista Judiciário. Oportunidades foram ofertadas para profissionais com formação nas áreas: jurídica, tecnologia da informação, saúde e administrativa.

Com o prazo de vigência do certame suspenso devido a pandemia do coronavírus, novas nomeações continuam a acontecer. Confira as últimas nomeações publicadas no Diário de Justiça do Estado do Piauí na última sexta-feira (09 de abril de 2021).

Volte ao topo

ANALISTA JUDICIÁRIO / ÁREA: JUDICIÁRIA/ CARGO: ESCRIVÃO JUDICIAL

Nome Classificação
SILVIANY ALCÂNTARA VASCONCELOS 101ª
ANDRESSA BARROS DE MEDEIROS 104ª
MANUELA EVANGELISTA ARAÚJO DE ALBUQUERQUE 105ª
JULIANA REIS COSTA 27ª (Negros)

 

ANALISTA JUDICIÁRIO / ÁREA: ADMINISTRATIVA/ CARGO: ANALISTA JUDICIAL

Nome Classificação
ITALO ALVES DE SOUSA LEÃO 71ª
CECÍLIA MARIA DA SILVA SANTANA 11ª (PCD)
THIAGO FERREIRA DOS REIS 77ª
VICTOR BITTENCOURT DA SILVA FILHO 78ª

 

ANALISTA JUDICIÁRIO / ÁREA: ADMINISTRATIVA/ CARGO: ANALISTA ADMINISTRATIVO

Nome Classificação
LUCIANO FERREIRA BANDEIRA FILHO 17ª (Negros)
BRUNO LIMA MARTINS 59ª
VILMAR SOARES DO NASCIMENTO 9ª (PcD)
THISSIANE MARLA ALVES CAVALCANTE 61ª
ALINE DE ASSIS TEIXEIRA 63ª
ALINE RODRIGUES GOMES 19ª (NEGROS)
GUSTAVO DE OLIVEIRA MARQUES 64ª
MARCILENE IBIAPINA COELHO DE CARVALHO 65ª

 

ANALISTA JUDICIÁRIO – APOIO ESPECIALIZADO – ANALISTA DE SISTEMAS / DESENVOLVIMENTO

Nome Classificação
JACKSON CUNHA CASSIMIRO 25ª
RAFAEL CARDOSO COELHO 26ª
HENRIQUE DE PAULA BARBOSA 27ª
JOSÉ AUGUSTO BALTAZAR ALVES 28ª

 

Clique aqui para consultar o documento oficial de nomeações para o Concurso TJ PI

Volte ao topo

Concurso TJ PI: materiais gratuitos

👉 Edital Verticalizado TJ PI – Oficial de Justiça e Avaliador – VEJA AQUI

👉 Edital Verticalizado TJ PI – Analista Judicial – VEJA AQUI

👉 Edital Verticalizado TJ PI – Analista Administrativo – VEJA AQUI

Raio-X das disciplinas

Os professores do Gran prepararam duas aulas especiais para analisar as disciplinas cobradas no edital de abertura do concurso TJ PI!

Veja a seguir, os conteúdos na íntegra:

Acompanhe a aula exclusiva, com a análise das disciplinas para Analista Judicial e Oficial de Justiça AQUI!

Volte ao topo

Concurso TJ PI: depoimento dos aprovados

Bárbara Valle resolveu voltar a estudar para concursos quando era mãe de 4 filhos, aproveitava todo tempo que tinha e teve que abrir mão de algumas coisas para conquistar o 1º lugar no concurso do TJPA. Conheça a história da Bárbara e inspire-se a não desistir da sua aprovação!

Se prepare com o Gran Cursos Online

A Assinatura Ilimitada do Gran Cursos Online está disponibilizada em uma plataforma 100% online, onde será possível ter acesso a diversas funcionalidades com o intuito de facilitar e viabilizar a sua aprovação!

O concurseiro poderá escolher a opção de plano que melhor se encaixa com o bolso e desfrutar de diversas formas de pagamento. Está disponibilizado o Plano Individual, o Plano Dupla e o Plano Amigos.

São 30 dias de garantia com acesso ao Gran Questões + 50% de desconto em aulões presenciais + acompanhamento de desempenho + acesso a fórum de dúvidas com os professores e muito mais!

Está esperando o que para se tornar um Gran Aluno e garantir a sua aprovação em 2022?

VEJA AQUI a Assinatura Ilimitada 7.0

Resumo do concurso TJ PI

Concurso TJ PI Tribunal de Justiça do Estado do Piauí
Situação atual edital publicado 
Banca organizadora Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional)
Cargos Analista Judiciário
Escolaridade Nível superior
Carreiras Tribunais
Lotação Estado do Piauí
Número de vagas 80 vagas
Remuneração Inicial de R$7.328,01
Inscrições de 07 de junho até 11 de julho de 2022
Taxa de inscrição R$ 110,00
Data da prova objetiva 10 e 11 de setembro de 2022
Clique aqui para ver o edital TJ PI 2022

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
14

0


Tudo que sabemos sobre:

destaque edital publicado


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.