Concurso TJ SP Juiz: provas escritas aplicadas! São 266 vagas

Concurso TJ SP Juiz oferta vagas com inicial de R$ 30,6 mil. Confira os requisitos, atribuições e remuneração da carreira

Avatar


04/04/2022 | 15:35 Atualizado há 43 dias

concurso TJ SP Juiz do Tribunal de Justiça do Estado do São Paulo divulgou o resultado final da prova objetiva. No documento consta os habilitados à segunda etapa da seleção.

A segunda etapa do concurso foi composta de 2 (duas) provas escritas realizadas nos dias 6, 13 e 20 de fevereiro de 2022. O resultado preliminar será divulgado em breve.

O candidato teve a possibilidade de consulta à legislação, desacompanhada de anotação ou comentário, vedada a consulta a obras doutrinárias, súmulas e orientação jurisprudencial.

A seleção contempla 266 vagas com a remuneração inicial é de R$ 30.662,48 (subsídio mais indenização).

Veja abaixo o menu com informações sobre o concurso TJ SP Juiz:

Destaques:

Concurso TJ SP Juiz: situação atual

Histórico

28/01/2022 – Convocação para provas escritas
18/01/2022 – Gabarito definitivo
9/11/2021 – Gabarito preliminar
7/11/2021 – Prova aplicada
08 e 20/10/2021 – Mudança na comissão do concurso
22/09/2021 – Prova remarcada

Inscrições para promoção e remoção

No dia 4 de abril de 2022 foi divulgada a abertura das inscrições em relação à seleção para promoção e remoção interna do quadro de magistratura.

Clique aqui e confira o documento

Convocação para provas escritas

Veja abaixo o documento com a listagem com os nomes dos habilitados, datas e localidades da aplicação das provas.

Confira aqui o documento

Gabarito preliminar e recursos

Ansioso(a) pela divulgação do gabarito TJ SP extraoficial para juiz? A equipe de especialistas do Gran Cursos Online realizou a correção das provas aplicadas neste domingo, 7 de novembro de 2021, para o concurso TJ SP.

Veja aqui o gabarito extraoficial para magistratura SP

Clique aqui e vá para o site da banca para ver os cadernos de provas e gabaritos preliminares

Comissão alterada

No dia 20 de outubro de 2021 também teve alterações.

Clique aqui ou veja abaixo:

OFÍCIO da Desembargadora SILVIA ROCHA, Presidente da Comissão do 189º Concurso de Ingresso
na Magistratura, indicando o Desembargador CESAR MECCHI MORALES para compor a Comissão Examinadora do 189º
Concurso de Provas e Títulos para Ingresso na Magistratura do Estado de São Paulo, como 1º Suplente da Seção de Direito
Criminal, em substituição ao Desembargador Roberto Caruso Costabile e Solimene.

No dia 8 de outubro de 2021 foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico (DJe/TJSP) mudanças na comissão do concurso público.

Clique aqui ou veja abaixo:

189º CONCURSO DE PROVAS E TÍTULOS PARA INGRESSO NA MAGISTRATURA
EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 03/2021
A Desembargadora SILVIA ROCHA, Presidente da Comissão do 189º Concurso de Provas e Títulos para Ingresso na Magistratura de São Paulo, no uso de suas atribuições, FAZ SABER que, por aprovação do Colendo Órgão Especial em sessão de 29 de setembro de 2021, foi alterada a composição dos membros da Comissão do 189º Concurso de Provas e Título para Ingresso n Magistratura de São Paulo, conforme contido no item 2 do Edital de Abertura, em decorrência da substituição do Desembargador VICENTE DE ABREU AMADEI, então 2º Suplente da Seção de Direito Público, pelo Desembargador LUÍS PAULO ALIENDE RIBEIRO.

Concurso TJ SP Juiz: remuneração e benefícios

De acordo com o Portal da Transparência do TJ SP, o profissional recebe: o valor do subsídio bruto atribuído em lei sendo R$ 28.883,97, mais a indenização no valor de R$ 1.778,51. Com isso, somando R$ 30.662,48.

As indenizações são conforme listado abaixo:

  • Auxílio-alimentação,
  • Auxílio-transporte,
  • Auxílio Pré-escolar,
  • Auxílio Saúde,
  • Auxílio Natalidade,
  • Auxílio Moradia,
  • Ajuda de Custo, além de outras desta natureza.

Concurso TJ SP Juiz: inscrição

A Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista, doravante denominada VUNESP é a organizadora da seleção.

A inscrição preliminar foi realizada pela internet, no site www.vunesp.com.br, a partir das 9 horas do dia 16 de agosto até às 23h59 do dia 17 de setembro de 2021, observado o horário oficial de Brasília/DF.

O valor da taxa de candidatura teve o valor fixo de R$ 288,83.

Não haverá devolução da importância paga, mesmo que efetuada a mais, nem isenção de pagamento do valor da taxa de inscrição preliminar, exceto ao(à) candidato(a) amparado(a) pela Lei Estadual nº 12.782, de 20.12.2007

Concurso TJ SP Juiz: cargos e vagas

Confira as oportunidades indicadas no edital.

Listagem Vagas
Ampla concorrência 200
Reservada para negros 53
Reservada para PcDs 13
Total 266

Concurso TJ SP Juiz: carreira Magistratura SP

Saiba sobre as exigências para concorrer ao cargo público e demais informações.

Requisitos

  • ser bacharel em Direito, há 03 (três) anos, no mínimo, por instituição de ensino superior oficial ou reconhecida, com diploma registrado pelo Ministério da Educação;
  • ter 03 (três) anos de atividade jurídica até a data da inscrição definitiva, exercida a partir da obtenção do grau de bacharel em Direito, na forma definida no art. 93, I da Constituição Federal e na Resolução nº 75/2009, do Conselho Nacional de Justiça, comprovada por intermédio de documentos e certidões;
  • ter até 65 (sessenta e cinco) anos na data da inscrição definitiva e outras exigências.

Concurso TJ SP magistratura: etapas de provas

  • Primeira etapaProva Objetiva Seletiva
  • Segunda etapaProva Escrita: Discursiva e Prática de Sentença
  • Terceira etapa 
    • I – Inscrição definitiva
    • II – Sindicância da vida pregressa e investigação social do candidato
    • III – Exames de sanidade física e mental
    • IV – Avaliação psicológica
  • Quarta etapa – Prova oral
  • Quinta etapa – Avaliação de títulos

 

Concurso TJ SP Juiz: prova objetiva

Disciplinas

A prova objetiva seletiva, de caráter eliminatório e classificatório, foi composta de 100 (cem) questões, valendo 0,1 cada resposta certa, distribuídas em três blocos de matérias a seguir especificados:

. Questões Disciplinas
Bloco I 30 Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito do Consumidor e Direito da Criança e do Adolescente
Bloco II 35 Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Eleitoral
Bloco III 35 Direito Empresarial, Direito Tributário, Direito Ambiental e Direito Administrativo
Total 100 .

Estrutura da prova

A prova objetiva seletiva foi aplicada no dia 7 de novembro de 2021 com duração de 04 (quatro) horas.

Essa etapa é de caráter  eliminatória e classificatória.

Concurso TJ SP Juiz: prova escrita

A segunda etapa do concurso foi composta de 02 (duas) provas escritas, realizadas em dias distintos, preferencialmente nos finais de semana, com possibilidade de consulta à legislação, desacompanhada de anotação ou comentário, vedada a consulta a obras doutrinárias, súmulas e orientação jurisprudencial.

A primeira prova escrita, com duração de 4 (quatro) horas, discursiva e consistiu de:

I. De questões relativas a Noções Gerais de Direito e Formação Humanística,

II. De questões sobre pontos do programa específico do Anexo I, referente à relação de disciplinas mínimas do concurso para provimento do cargo de Juiz de Direito Substituto da Justiça Estadual, constantes da Resolução CNJ nº 75/2009.

A segunda prova escrita consistirá na prolação de duas sentenças, uma de natureza cível e outra de natureza criminal, com duração de 4 (quatro) horas cada, realizadas em dias distintos.

Concurso TJ SP Juiz: prova oral

O(a) candidato(a) disporá de até 15 (quinze) minutos para discorrer sobre o tema arguido por cada examinador.

Durante a arguição, o(a) candidato(a) poderá consultar códigos ou legislação esparsa, não comentados nem anotados, a critério da Comissão de Concurso.

A nota da prova oral corresponderá à média aritmética simples das 5 (cinco) notas atribuídas ao(à) candidato(a) pelos membros da Comissão de Concurso, sendo considerados aprovados(as) e habilitados(as) para a próxima etapa os(as) candidatos(as) que obtiverem nota não inferior a 6 (seis).

Concurso TJ SP Juiz: avaliação de títulos

De acordo com o gabarito previsto, para cada título, os membros da Comissão de Concurso atribuirão ao candidato nota de 0 (zero) a 10 (dez), sendo esta a nota máxima, ainda que a pontuação seja superior.

Os títulos deverão ser apresentados em fotocópias ou por certidões detalhadas e serão organizadas em pastas pela secretaria do concurso, para avaliação da Comissão de Concurso.

Concurso TJ SP Juiz: trâmites

RETIFICAÇÃO DE EDITAL

No dia 15 de setembro,  foi publicada a retificação no edital em que é prevista uma pequena alteração no conteúdo programático. Confira aqui o documento na íntegra!

Também foi publicado o edital de resultado das solicitações de isenção do pagamento da taxa de inscrição. Os candidatos contemplados terão a inscrição efetivada automaticamente e o restante, deverá fazer o pagamento da taxa até o dia 17 de setembro. Confira aqui a listagem completa e mais informações.

COMISSÃO ORGANIZADORA

Os membros demonstraram entusiasmo com o novo processo seletivo e destacaram a importância do cargo de Juiz para a sociedade. O corregedor Ricardo Anafe, fez a seguinte declaração: “São pessoas que, no futuro, ocuparão os cargos que ocupamos agora: desembargadores das três Seções e integrantes do Conselho Superior da Magistratura. A seleção é difícil, com diversos critérios além do conhecimento, mas este trabalho está em excelentes mãos”.

Os membros da comissão, são os relacionados a seguir:

  • Presidente: desembargadora Silvia Rocha
  • Suplente: desembargadora Maria de Lourdes Rachid Vaz de Almeida

Seção de Direito Criminal:

  • Titular: desembargador Newton de Oliveira Neves
  • 1º Suplente: desembargador Roberto Caruso Costabile e Solimene
  • 2º Suplente: desembargador Ivo de Almeida

Seção de Direito Privado:

  • Titular: desembargador Francisco Eduardo Loureiro
  • 1º Suplente: desembargador Gilson Delgado Miranda
  • 2º Suplente: desembargadora Cláudia Grieco Tabosa Pessoa

Seção de Direito Público:

  • Titular: desembargadora Luciana Almeida Prado Bresciani
  • 1º Suplente: desembargador Dimas Borelli Thomaz Júnior
  • 2º Suplente: desembargador Vicente de Abreu Amadei

Representante do MP:

  • Titular: procuradora Tereza Cristina Maldonado Katurchi Exner
  • Suplente: procurador João Antonio Bastos Garreta Prats

Representante da OAB:

  • Titular: advogado Oreste Nestor de Souza Laspro
  • Suplente: advogada Sheila Christina Neder Cerezetti

TRABALHO REMOTO

Após a população do Estado ser totalmente imunizada, uma nova rotina será adotada pelo órgão. O representante TJ SP afirmou que o Tribunal irá adotar o trabalho remoto na rotina dos servidores, juízes e terceirizados. A economia com a ação será de 800 milhões por ano, segundo projeções internas.

Materiais Gratuitos para o Concurso TJ SP Juiz

Estude para concursos públicos com materiais gratuitos do Gran Cursos Online. Acesse nossa página exclusiva (clique aqui) e confira:

  • E-books,
  • Apostilas,
  • Guias de estudos,
  • Editais verticalizados e muito mais!

 

Resumo do Concurso TJ SP Juiz

concurso TJ SP juiz Tribunal de Justiça do Estado do São Paulo
Situação do concurso edital publicado
Banca organizadora Fundação VUNESP
Cargo Juiz Substituto
Escolaridade Nível superior
Carreira Magistratura
Lotação Estado de São Paulo
Número de vagas 266
Remuneração Inicial de R$ 28.883,97
Inscrições de 16 de agosto até 17 de setembro de 2021
Taxa de inscrição R$ 288,83
Data da prova objetiva 7 de novembro de 2021
Link do edital Clique AQUI para fazer o download do edital TJ SP Juiz 2021

 


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as novidades do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
0

7


Tudo que sabemos sobre:

edital publicado


Comentários (7)

Yasmin Oliveira Barros 2 de Agosto de 2017

Boa tarde,
Tenho uma pequena dúvida para ser Juiz necessita de pós graduação e ter aprovação no exame da OAB?
Grata

 Responder

Camila 4 de Outubro de 2018

Não necessariamente, é preciso compravar experiencia profissional mínima de 3 anos antes da inscrição.

 Responder

William Lima 30 de Outubro de 2017

Sim. Mesmo porque após concluir o curso de Direito, você possui apenas o título de bacharel e não de advogada. Você só é uma advogada após obter a aprovação no exame da OAB. Tendo concluído esta etapa você está apta para exercer a função. Após um período de 3 anos trabalhando como advogada, é possível prestar o concurso para magistratura, como relatado no texto.

 Responder

ELSON 23 de Janeiro de 2019

Não é necessário OAB! Apenas 3 anos de atividade jurídica… Dentre elas está advocacia. Mas há, por exemplo, os Analistas Judiciários (exclusivo de bacharel em direito) e os conciliadores ou mediadores, que também é válido como atividade jurídica. NÃO É OBRIGADO TER OAB PARA PARA SER JUIZ.

 Responder

Andreza rocha 30 de Abril de 2017

Curso juiz

 Responder


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.