Concurso TJ SP tem validade suspensa! Saiba os detalhes!

Concurso TJ SP de níveis médio e superior tem pausa na contagem do período de validade

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo decidiu acatar a recomendação dada anteriormente pelo TCESP e o MPSP. Ambos editaram ato normativo que estabelece uma série de regras e vedações relacionadas às despesas de pessoal. Uma delas é não poder convocar aprovados no concurso TJ SP, em virtude da pandemia do Coronavírus. A ação foi indicada, no dia 03 de junho de 2020. A publicação do ato de suspensão foi divulgada no dia 26 de junho de 2020. Confira o documento abaixo:

Concursos TJ SP – Comarcas Capital e Interior (suspensão) – Clique aqui e confira

Recentemente, no dia 16 de junho de 2020, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou Projeto de Lei (PL) nº 350/202 que autoriza a suspensão dos concursos em todos os âmbitos da região, nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. A força parlamentar veio também da cobrança feita pela comissão de aprovados no concurso TJ SP para Escrevente que seriam prejudicados, caso a contagem desse continuidade.

Com isso, desde o dia 28 de maio de 2020 estão suspensas as validades dos concursos para Escrevente, Administrador Judiciário, Contador Judiciário, Enfermeiro Judiciário e Médico Judiciário.

Ano passado, o órgão divulgou documento com os indicativos de vacâncias e dos novos cargos criados para o Tribunal. De acordo com a publicação, na época havia 1.158 cargos vagos, somente na Comarca da Capital. Além disso, 792 cargos foram criados para atender exclusivamente às unidades que ainda não foram instaladas.

O TJ SP já havia informado, em maio daquele mesmo ano, que 5.393 servidores ocupantes do cargo de Escrevente Técnico Judiciário já preenchem ou preencherão os requisitos para se aposentar nos próximos seis meses.

Utilize o índice abaixo e navegue pela matéria:

Concurso TJ SP: situação atual

VIGÊNCIA SUSPENSA PELO TJ SP

Veja abaixo os trechos do documento:

DESPACHO DA E. PRESIDÊNCIA
De 23.06.20:
Suspendendo os prazos de validade dos concursos públicos para provimento de cargos de Escrevente Técnico Judiciário para a Comarca da Capital e todas as Circunscrições Judiciárias que compõem da 1ª a 10ª Regiões Administrativas Judiciárias, abaixo relacionados, a partir de 28.05.2020 até o término da vigência do estado de calamidade pública definido no Decreto Legislativo nº 6/2020 (…) Suspendendo os prazos de validade dos concursos públicos para a Comarca da Capital abaixo relacionados, a partir de 28.05.2020 até o término da vigência do estado de calamidade pública definido no Decreto Legislativo nº 6/2020.”

PL SOBRE SUSPENSÃO DA VALIDADE

Foi aprovada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, no dia 16 de junho de 2020, o Projeto de Lei (PL) nº 350/202 que versa sobre a autorização da suspensão da validade dos concursos públicos vigentes na região.

A medida foi comemorada pela comissão dos aprovados no concurso TJ SP que aguardam serem convocados para tomar posse no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Ainda de acordo com o grupo a mobilização será contínua com os parlamentares para que a presidência do TJ SP tome a ação de suspender, por período determinado, a contagem do prazo de validade do certame.

Clique aqui e saiba mais – Assista ao vídeo

PORTARIA COM LIMITE DE GASTOS

Veja parte da publicação do ato normativo estabelecido pelo Tribunal de Justiça:

Dispõe sobre as limitações com gasto de pessoal impostas pela Lei Complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, e dá outras providências.

 

Art. 1º. Ficam vedadas, entre o dia 27 de maio de 2020 a 31 de dezembro de 2021:

I – a concessão, a qualquer título, de vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração, bem como a criação ou majoração de qualquer vantagem ou benefício pecuniário, inclusive indenizatório, salvo se o ato de concessão decorrer de decisão judicial transitada em julgado ou determinação legal anterior à vigência da Lei Complementar nº 173, de 2020.

II – a admissão ou contratação de pessoal, salvo reposição de cargos de chefia, direção e assessoramento que não implique aumento de despesa, bem como as reposições decorrentes da vacância de cargos efetivos ou vitalícios, autorizada a realização de concurso público exclusivamente para esta última hipótese;

III– a contagem deste tempo como de período aquisitivo necessário para a concessão de qualquer adicional por tempo de serviço, sexta-parte e licença prêmio, assegurado o cômputo para os demais fins, como para a aposentadoria.

Art. 2º. A vedação contida no inciso II, do art. 1º, não obsta os procedimentos tendentes à lotação, à relotação, à realocação ou ao remanejamento, em sua vacância, de cargos efetivos ou vitalícios já criados, mediante destinação à unidade administrativa diversa, visando ao atendimento das necessidades do serviço e à melhor distribuição de pessoal e desde que não implique aumento de despesa.

Art. 3º. Este Ato Normativo entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.”

Leia na íntegra (https://www.tce.sp.gov.br/legislacao/ato/ato-normativo-01-tjspptcespmpsp-3-junho-2020)

Concurso TJ SP Cartórios

Um novo concurso TJ SP irá acontecer. A Fundação VUNESP foi a banca definida e já há comissão formada para ser responsável pela organização. Com isso, o edital está iminente!

No último certame foram ofertadas 165 vagas para profissionais atuarem, na prestação de serviços para Outorga de Delegações de Notas e Registros, em diversas regiões do Estado de São Paulo

Último concurso TJ SP

O último edital TJ SP para a carreira foi lançado em 2017 com 235 vagas. As chances eram para as Circunscrições Judiciárias que compõem as 2ª, 3ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8º, 9ª e 10ª Regiões Administrativas Judiciárias. O certame foi organizado pela Fundação Vunesp.

Utilize o último edital do concurso TJ SP cargo para se preparar para os próximos certames do órgão na carreira. O documento sempre é uma boa maneira de se nortear em relação aos próximos concursos, já que, normalmente, os conteúdos presentes não são alterados.

Desse modo, uma preparação adiantada pode garantir a aprovação desejada.

Concurso TJ SP: requisitos

Para ingressar na carreira é necessário que o candidato inscrito no concurso TJ SP tenha ensino médio completo.

Concurso TJ SP: remunerações e benefícios

A remuneração inicial do cargo é de R$ 6.193,73 com benefícios, incluindo o vencimento de R$ 4.706,53.

Os benefícios adicionais a receber pelos profissionais são:

  •  Auxílio Alimentação de R$ 1.012,00
  • Auxílio Transporte de R$ 176,00
  • Auxílio Creche sendo R$ 423,00/filho (máximo de 2 filhos)
  • Auxílio Saúde no valor de R$ 336,00
  • Adicional de Quinquênio sendo 5% em cima do vencimento (a cada 5 anos)
  • Adicional de 6ª Parte de 20% ao completar 20 anos no órgão
  • Adicional de Qualificação:
    • 5% para nível superior;
    • 7,5% para pós-graduação-lato sensu (especialização);
    • 10% para mestrado;
    • 12,5% para doutorado.

Concurso TJ SP: atribuições

O Escrevente é responsável por:

  • executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça;
  • dar andamento em processos judiciais e administrativos;
  • atender ao público interno e externo;
  • elaborar e conferir documentos;
  • controlar a guarda do material de expediente;
  • atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Concurso TJ SP: etapas e provas

Segundo o edital do concurso TJ SP, os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva e prova prática.

A prova prática foi composta de duas atividades: formatação de um texto preestabelecido e digitação de um texto.

A formatação de um texto preestabelecido foi realizada em microcomputador do tipo PC através do editor de texto Microsoft Word 2010.

Foram observados erros cometidos nos seguintes itens:

  • Tipo de fonte;
  • Tamanho da fonte;
  • Formatação da fonte:
    • Negrito;
    • Itálico;
    • Sublinhado.
  • Alinhamento do texto;
  • Espaçamento do texto (entre linhas, entre parágrafos);
  • Margem;
  • Parágrafo.

Digitação de um texto: cópia de texto impresso, com aproximadamente 1.800 caracteres, em microcomputador do tipo PC com processador Intel® ou similar, utilizando-se de software específico para uso na prova, em ambiente gráfico Microsoft Windows e teclado com configurações ABNT 2.

Concurso TJ SP: disciplinas

A avaliação do concurso TJ SP  contou 100 questões, divididas em três blocos:

O bloco I foi composto por 24 questões de Língua Portuguesa.

Com 40 questões, o segundo bloco foi de noções de Direito e se dividiu entre as disciplinas de:

  • Direito Penal;
  • Processual Penal;
  • Processual Civil;
  • Constitucional;
  • Administrativo;
  • Normas da Corregedoria Geral de Justiça.

O terceiro e último bloco foi de conhecimentos gerais, que contou com 40 questões, divididas entre as disciplinas de:

  • Atualidades (6);
  • Informática (14);
  • Raciocínio Lógico (10);
  • Matemática (6).

Critérios para aprovação

A prova objetiva do certame TJ SP foi avaliada na escala de zero a dez pontos, sendo os blocos I e II de caráter eliminatório, em que o candidato necessitava acertar, no mínimo, 50% das questões de cada bloco.

O bloco III  foi apenas de caráter classificatório, considerado habilitado na prova objetiva o candidato que obteve a nota final igual ou superior a cinco pontos no conjunto dos três blocos.

Concurso TJ SP: convocados para a prova prática

Foram convocados para a Prova Prática os candidatos habilitados e melhor classificados na prova objetiva das Circunscrições Judiciárias que compõem a 2ª, 3º, 5ª, 6ª, 7ª, 8º, 9ª e 10ª Regiões Administrativas Judiciárias, respeitando-se os percentuais de 20% para os candidatos negros e 5% para os candidatos da lista especial, em razão da decisão exarada pelo Conselho Nacional de Justiça – CNJ, conforme segue:

Concurso TJ SP: número de convocados para a prova prática.

concurso TJ SP: número de convocados para a prova prática.

Concurso TJ SP: déficit de servidores

O TJ SP apresenta um déficit de 3.159 escreventes em todo o Estado. O número é referente a dezembro de 2016 e já engloba aposentadorias e exonerações.

Depois de passar por votação, no dia 22 de fevereiro de 2019, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou o PL 714/10 que criou 2.419 vagas de escrevente técnico judiciário do TJ SP. 

A justificativa pela grande quantidade de vagas para Escrevente Técnico Judiciário é a necessidade da substituição de servidores municipais que vêm prestando serviços em comarcas do interior do estado de São Paulo.

Segundo o Projeto de Lei, a criação das vagas objetiva o atendimento de determinação feita pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Concurso TJ SP: análise do edital TJSP 2017

No vídeo abaixo o professor Aragonê Fernandes aborda o último edital detalhadamente e fornece dicas valiosas de estudo para o concurso TJ SP.

[VÍDEO] Clique aqui e veja a análise do concurso TJ SP!

Materiais gratuitos

Estude para concursos públicos com os materiais gratuitos do Gran Cursos Online. Acesse nossa página exclusiva e conheça:

  • E-books
  • Apostilas
  • Guias de estudos
  • Editais verticalizados e muito mais!

Resumo do concurso TJ SP

Concurso Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Banca organizadora Fundação VUNESP
Cargos Escrevente Técnico Judiciário (nível médio)
Escolaridade Nível médio
Carreiras Administrativa / Judiciária
Lotação Estado de São Paulo
Número de vagas 235 + CR
Remuneração Inicial de R$ 6.193,73 (com benefícios)
Inscrições Encerradas
Situação Validade suspensa
Link do edital
Quer conquistar a sua aprovação no concurso TJ SP?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Lanna Sant'Anna
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
62 Comentários

62 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso TJ SP?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Para o Topo