Concurso TJDFT: Benefícios de trabalhar no Tribunal. Inscrições na próxima quinta, dia 22!

Concurso TJDFT

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT)

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (Concurso TJDFT) abrirá na próxima quinta-feira, dia 22, o prazo de inscrições para o concurso público destinado as carreiras de técnico e analista judiciários. O TJDFT tem suas particularidades quando comparado com outros tribunais estaduais, pois é “sui generis”, ou seja, mantido e organizado pela União, posto que o Distrito Federal não se confunde quer com Estado-Membro, quer com Município. Nessa linha, difere-se de outros tribunais, por exemplo, quanto as remunerações iniciais, que é equiparado aos dos Tribunais Superiores. 

Oportunidade por tempo limitado: 20% de desconto em todos os curso do TJDFT!

A oferta contempla vagas para cargos de nível médio médio, nos postos de técnico judiciário – área administrativa; apoio especializado nas áreas de enfermagem e programação de sistemas, cujo requisito é, além do nível médio, curso técnico na área. Para nível superior, as chances são para o posto de analista judiciário nas áreas judiciária; oficial de justiça avaliador federa, que requerem graduação em direito, e para o apoio especializado nas especialidades de análise de sistemas, biblioteconomia, psicologia, suporte em tecnologia da informação, medicina (clínica médica, ginecologia-obstetrícia, neurologia, pediatria e psiquiatria), odontologia, que exigem nível superior na respectiva área e em alguns casos registro no Conselho Regional da categoria.  

– Ainda tem dúvidas? Então, confira 10 motivos que, certamente, farão a diferença em sua escolha:

1. Remunerações altas no início das carreiras. Técnicos R$ 6 mil e analistas até R$ 9 mil.
2. Por padrão, a carga horária de trabalho é de sete horas diárias. Dependendo da unidade, pode ser necessário que trabalhe pela manhã ou num horário diferente. Algo muito importante: servidor estudante tem direito à jornada especial, de forma que sua jornada seja compatível com o horário de estudos. Via de regra, a jornada é aferida por meio eletrônico, e não costuma ser difícil faltar, sob compensação das horas não trabalhadas, para resolver problemas particulares, de qualquer natureza.
3. Regime estatutário, ou seja, estabilidade.
4. Auxílio alimentação no valor de R$ 799.
5. Benefícios básicos como plano de saúde, auxílio-creche e auxílio-transporte.
6. Gratificação de Atividade Judiciária – GAJ (90% sobre os vencimentos); Adicional de Qualificação e Treinamento, entre outras.
7. O TJDFT é conhecido pelo alto índice de convocações de aprovados, ou seja, o interesse da administração é aproveitar ao máximo os candidatos que se mostrarem aptos no concurso.
8. Retribuição pelo exercício de função comissionada ou cargo em comissão.
9. Para concorrer ao cargo de técnico judiciário administrativo é necessário apenas o ensino médio completo. Já para analistas, superior em direito para oficial de justiça e diversas graduações para outras especialidades.
10. Ascensão, crescimento profissional e desenvolvimento na carreira.

Tribunal chama muito!

Além das boas remunerações e das vantagens de ser servidor do TJDFT, aqueles que têm desejam ingressar nu judiciário brasiliense devem se atentar ao quadro de nomeados do último concurso, que teve sua validade expirada em julho deste ano. É que, conforme consta no site do órgão, o concurso que oferecia apenas 110 vagas imediatas em edital obteve um número muito expressivo de nomeações: 1.360. Desse quantitativo, 927 foram para o posto de Técnico Judiciário – Área: Administrativa, seguido do cargo de Analista Judiciário – Área: Judiciária, com 314 e do posto de Analista Judiciário -Área Judiciária: Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, com 112 convocados.

Concorrência é alta – Somente na última seleção, que teve sua validade expirada em julho deste ano e contou também com o Cespe/UnB como organizador, foram registrados 87.184 participações, uma média de 792,58 candidatos por vaga. A maior demanda foi por uma das 87 vagas de técnico judiciário, média de 790,86 candidato/vaga.  As carreiras no TJDFT oferecem uma série de possibilidades e benefícios, o que é fator motivacional de preparação por quem deseja ingressar no judiciário da capital do país. 

Importante:

Clique no link a seguir e confira o organograma atual do TJDFThttp://www.tjdft.jus.br/organograma

Regimento Interno do TJDFT: http://www.tjdft.jus.br/publicacoes/regimento-interno-do-tjdft

Provimento: http://www.tjdft.jus.br/provimento       LOJhttp://www.planalto.gov.br/Fique por dentro

Detalhes:

  • Concurso: Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios ( Concurso TJDFT)
  • Organizador: Cespe/UnB
  • Cargos: Analista Judiciário e Técnico Judiciário
  • Escolaridade: Nível médio e superior
  • Número de vagas: 80 + CR
  • Remuneração: de R$ 5.425,79 a R$ 8.863,84, além de benefícios
  • Inscrições: entre 22 de outubro e 8 de novembro de 2015
  • Taxa: entre R$ 95,00 (nível superior) e R$ 65,00 (nível médio)
  • Prova objetiva/discursiva: 20 de dezembro de 2015.

edital

Não perca mais tempo! Prepare-se com quem mais aprova no TJDFT! Conheça o “Projeto TJDFT – A Vaga é Minha” e mude a sua vida! 20% OFF para os primeiros 300 inscritos com o cupom PROJETOTJDFT20. 

Índice de aprovação TJDFT 2013: 45,2% ou 1.744 aprovados na primeira fase de um total de 3.858 candidatos;

Confira os depoimentos de quem  CHEGOU LÁ clicando AQUI.

Os nossos cursos online já estão de acordo com o edital de 2015. Ao adquirir um dos preparatórios de nosso site você terá a garantia de um material atualizado e relevante ao certame atual. 

Matricule-se

Confira também: Tradução do Edital em Vídeo –


https://www.facebook.com/groups/TJDFT.concurso/?fref=ts

Apostila em versão digital – A partir de R$ 34,99

cta-tjdft2

Depoimentos de alunos aprovados AQUI.

     aprovados-tjdft

Principais de Distrito Federal

1 comentário

1 Comentário

  1. Avatar

    Priscila

    20/10/2015 17:25em17:25

    Oi, me tirem uma duvida! o salário do técnico começa com R$ 5.425,79…ou ganha menos nos primeiros meses. Porque não sou de DF e estou vendo se vale a pena mesmo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo