Concurso TJMG: edital publicado! Níveis médio e superior

Concurso TJMG: edital oferta vagas para analista e oficial judiciário. Saiba aqui requisitos, etapas e datas indicadas

Avatar


23/06/2022 | 21:49 Atualizado há 48 dias

O edital TJMG foi publicado. O concurso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais oferta 183 vagas para os cargos de Oficial e Analista Judiciário.

A remuneração inicial é de R$ 3.264,98, para cargos de nível médio e de R$ 5.113,09 para os cargos de nível superior.

O certame está sendo organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) e os interessados em concorrer às vagas podem realizar as inscrições entre os dias 30 de agosto e 29 de setembro no endereço eletrônico:  www.ibfc.org.br.

O valor da inscrição custa R$ 80,00 (oitenta reais), para os cargos de nível médio e R$ 100,00 (cem reais), para os cargos de nível superior de escolaridade.

O concurso TJMG contará com as seguintes etapas:

  • uma prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos/especialidades oferecidos;
  • uma prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para os cargos/especialidades de nível superior.

A prova objetiva está marcada para o dia 04 de dezembro de 2022.

Veja abaixo o índice com informações sobre o edital TJ MG (Minas Gerais):

Destaques:

Edital TJMG: análise do edital

Confira a análise do edital TJMG com o professor e coordenador de carreiras de tribunais Vandré Amorim

Edital TJMG: remuneração e benefícios

Para os cargos de nível médio, o vencimento básico inicial é de R$ 3.264,98

Já para cargos de nível superior, o valor é de R$ 3.264,98

Auxílios recebidos:

Além disso, o órgão oferece os seguintes benefícios:

  • Auxílio-creche,
  • Auxílio saúde,
  • Auxílio-transporte,
  • Abono e
  • Adicional de desempenho a partir de três anos.

Volte ao topo

Edital TJMG: inscrições

Os interessados poderão se inscrever no site do organizador Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) no período entre 30 de agosto e 29 de setembro no endereço eletrônico:  www.ibfc.org.br.

O valor da inscrição será de R$ 80,00 (noventa reais), para os cargos de nível médio de escolaridade e R$ 100,00 (cem reais), para os cargos de nível superior de escolaridade.

A data limite para pagamento é 30 de setembro de 2022.

Isenção do valor da inscrição

Poderão solicitar a isenção do valor da inscrição os candidatos:

  • Comprovadamente desempregados;
  • Inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Volte ao topo

Edital TJMG: cargos e vagas

O edital TJMG oferta vagas imediatas e formação de cadastro de reserva.

Saiba abaixo os detalhes das ocupações e o quantitativo ofertado.

<td”>105

CARGOS VAGAS
Analista Judiciário / Assistente Social 106
Oficial Judiciário/Assistente Técnico de Controle Financeiro 2
Oficial Judiciário/Oficial de Justiça 61
Analista Judiciário/Administrador 1
Analista Judiciário/Analista de Tecnologia da Informação 1
Analista Judiciário/Analista Judiciário 1
Analista Judiciário/Assistente Social
Analista Judiciário/Bibliotecário 2
Analista Judiciário/Contador 1
Analista Judiciário/Enfermeiro 1
Analista Judiciário/Engenheiro Civil 1
Analista Judiciário/Engenheiro Eletricista 3
Analista Judiciário/Engenheiro Mecânico 3
Analista Judiciário/Médico 4
Analista Judiciário/Psicólogo 23
Analista Judiciário/Revisor Judiciário 1

Cargos vagos

O total de cargos vagos é de 3.331. Confira:

  • Oficial Judiciário: 2.959 cargos vagos;
  • Técnico Judiciário: 372 cargos vagos.

Volte ao topo

Edital TJMG: carreira

Requisitos

Oficial Judiciário (Classe D) – Assistente Técnico de Controle Financeiro

Requisitos: Conclusão de curso técnico de contabilidade, reconhecido por órgão governamental competente.

Oficial Judiciário (Classe D) – Oficial de Justiça

Requisitos: Conclusão de curso de nível médio de escolaridade, reconhecido por órgão governamental competente.

Analista Judiciário (Classe C) – Administrador

Requisitos: Graduação em curso de nível superior de Administração, Administração ou Gestão Pública, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista Judiciário (Classe C) – Analista de Tecnologia da Informação

Requisitos: Graduação em curso superior na área de Tecnologia da Informação, reconhecido por órgão governamental competente, com registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso + Atuação mínima de 2 (dois) anos na área de Tecnologia da Informação.

Analista Judiciário (Classe C) – Analista Judiciário

Requisitos: graduação em curso de nível superior de Direito, reconhecido por órgão governamental competente.

Analista Judiciário (Classe C) – Assistente Social

Requisitos: Graduação em curso de nível superior de Serviço Social, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria.

Analista Judiciário (Classe C) – Bibliotecário

Requisitos: graduação em curso de nível superior de Biblioteconomia, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista Judiciário (Classe C) – Contador

Requisitos: Graduação em curso de nível superior de Ciências Contábeis, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista Judiciário (Classe C) – Enfermeiro

Requisitos: Graduação em curso de nível superior de Enfermagem, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista Judiciário (Classe C) – Engenheiro Civil

Requisitos: Graduação em curso superior de Engenharia Civil, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista Judiciário (Classe C) – Engenheiro Eletricista

Requisitos:  Graduação em curso de nível superior de Engenharia Elétrica, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista Judiciário (Classe C) – Engenheiro Mecânico

Requisitos:  Graduação em curso de nível superior de Engenharia Mecânica, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista Judiciário (Classe C) – Médico

Requisitos: Graduação em curso de nível superior de Medicina, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista Judiciário (Classe C) – Psicólogo

Requisitos:  Graduação em curso de nível superior de Psicologia, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria.

Analista Judiciário (Classe C) – Revisor Judiciário

Requisitos:  Graduação em curso de nível superior de Letras ou Direito, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Volte ao topo

Edital TJMG: conheça as etapas

O concurso público será composto de:

  1. prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos/especialidades oferecidos; e
  2. prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para os cargos/especialidades de nível superior de escolaridade.

As provas serão realizadas nas cidades de Belo Horizonte, Betim, Contagem, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.

Prova objetiva

Confira abaixo as disciplinas que serão cobradas e valores.

Para o cargo de Oficial Judiciário (Classe D), especialidades: Assistente Técnico de Controle Financeiro e Oficial de Justiça, todos de nível médio de escolaridade:

Língua Portuguesa (15)
Noções de Direito (15)
Noções de Informática (5)
Conhecimentos Específicos (20)
Raciocínio Lógico (5)

Para o cargo de Analista Judiciário (Classe C), especialidade: Analista de Tecnologia da Informação, de nível superior de escolaridade:

Língua Portuguesa (15)
Noções de Direito (15)
Inglês Técnico (5)
Conhecimentos Específicos (20)
Raciocínio Lógico (5)

Para o cargo de Analista Judiciário (Classe C), especialidade Analista Judiciário, de nível superior de escolaridade:

Língua Portuguesa (20)
Noções de Informática (10)
Conhecimentos Específicos (25)
Raciocínio Lógico (5)

Para o cargo de Analista Judiciário (Classe C), especialidades: Administrador, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Engenheiro
Mecânico, Médico, Psicólogo e Revisor Judiciário, todos de nível superior de escolaridade:

Língua Portuguesa (15)
Noções de Direito (15)
Noções de Informática (5)
Conhecimentos Específicos (20)
Raciocínio Lógico (5)

Estrutura da prova

A prova objetiva de múltipla escolha constará de 60 questões, cada uma com 5 opções de resposta (A, B, C, D e E), das quais apenas uma delas será a alternativa correta.

A prova tem a duração máxima de 4h30min (quatro horas e trinta minutos), para os cargos de nível médio (objetiva de múltipla escolha), e de 5h (cinco horas) para os cargos de nível superior.

Prova discursiva

Será composta de texto dissertativo abordando tema de conhecimento específico para as especialidades de Analista Judiciário e Bibliotecário.

Haverá estudo de caso para as especialidades de Administrador, Analista de Tecnologia da Informação, Assistente Social, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Mecânico, Médico, Psicólogo e Revisor Judiciário.

Na prova discursiva também serão analisados o emprego e a correção das normas da língua culta padrão.

Último concurso TJMG (edital)

Os últimos concursos do TJMG aconteceram em 2011, para a 2ª Instância, e em 2017 para a certame de 1ª Instância, com vagas para nível médio e superior. O mais antigo foi realizado pela banca Fumarc e foi apenas para a formação de cadastro de reserva. Já o certame mais recente, organizado pela banca Consulplan, ofertou 15 vagas imediatas.

Volte ao topo

Nomeações

Nos últimos concursos, realizados em 2017, foram mais de 500 profissionais nomeados para atuação no órgão.

Voltar

Edital TJMG: materiais gratuitos

Estude para concursos públicos com os materiais gratuitos do Gran Cursos Online. Acesse nossa página exclusiva e conheça:

  • E-books,
  • Apostilas,
  • Guias de estudos,
  • Editais verticalizados e muito mais!

Volte ao topo

Edital TJMG: motivos para fazer o concurso

  • Progressão na carreira,
  • Remuneração inicial atrativa,
  • Tribunal convoca muitos aprovados.

Volte ao topo

Resumo do Edital TJMG

Edital TJMG  Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Situação Atual edital publicado
Banca organizadora Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)
Cargos Analista Judiciário e Oficial de Justiça
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Administrativa e jurídica
Lotação Minas Gerais
Número de vagas 182 + CR
Remuneração de R$ 3.264,98 a R$ 5.113,09
Inscrições de 30/08/2022 a 29/09/2022
Taxa de inscrição de R$ 80,00 a R$ 100,00
Data da prova objetiva 04/12/2022
Clique aqui para ver o edital TJMG 2022

 


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

 

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
11

0


Tudo que sabemos sobre:

edital publicado


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.