Concurso TRE PA: divulgado o projeto básico! IBFC é a banca!

Novo concurso TRE PA ofertará vagas para ingresso nos cargos de Técnico e Analista!

Atenção concurseiros! A banca organizadora do próximo concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Pará foi definida! De acordo com o documento, publicado no Diário Oficial da União, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) ficará responsável pela organização geral do concurso TRE PA.

O Gran Cursos Online obteve acesso exclusivo ao projeto básico do concurso com a relação de vagas, as disciplinas que serão cobradas, lotações e muito mais. Confira!

Nesta matéria, você fica por dentro de todas as informações atuais do próximo edital, dos cargos e vagas previstos e detalhes do último certame. Navegue pelo índice abaixo:

Concurso TRE PA: situação atual

Veja o histórico do certame.

PROJETO BÁSICO

De acordo com o documento, o concurso público terá validade de 2 (dois) anos, podendo ser prorrogado por igual período.

> Clique aqui e acesse o projeto básico TRE do Pará <

A lotação dos convocados nos cargos de Analista Judiciário – Área Judiciária (sem especialidade) e Técnico Judiciário – Área Administrativa (sem especialidade) ocorrerá na secretaria e nos cartórios eleitorais da capital e do interior do Estado do Pará.

Confira abaixo a jornada de trabalho por ocupação, a remuneração e o auxílio alimentação:

Concurso TRE PA

Concurso TRE PA: remuneração e benefícios.

Além da remuneração (composta pelo vencimento e gratificação) e auxílio alimentação acima informados, os ocupantes dos cargos efetivos do Poder Judiciário Federal podem fazer jus a outros benefícios como auxílio-transporte, auxílio pré-escolar e programa de assistência à saúde, bem como adicionais de qualificação decorrentes da formação e capacitação, de acordo com os requisitos e na forma prevista em normativos internos

As inscrições para o concurso público deverão ser abertas pelo período mínimo de 30 (trinta) dias e realizadas de forma online, no sítio eletrônico da contratada, disponível 24 (vinte e quatro) horas, ininterruptamente, durante todo o período de inscrição. Os valores das taxas de inscrição deverão ser depositados em conta específica do Tesouro Nacional, no Banco do Brasil S.A., mediante recolhimento por meio da GRU (Guia de Recolhimento da União).

Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, exceto para os candidatos amparados pela Lei 13.656/2018.

Em relação às etapas de prova, veja todos os detalhes abaixo por cargo:

Analista Judiciário – Área Judiciária (sem especialidade)

Conhecimentos Gerais – 40 questões
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; noções de informática; normas aplicáveis aos servidores
públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos – 40 questões
Direito Constitucional, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal e noções de Administração Pública.

Prova Discursiva
Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

Duração da prova: 4 horas.

Analista Judiciário – Área Administrativa (sem especialidade)

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; noções de informática; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos
Direito Constitucional, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Administração Pública, Administração Financeira e Orçamentária, noções de Direito Civil, de Direito Processual Civil,de Direito Penal e de Direito, Processual Penal.

Prova Discursiva
Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

Duração da prova: 4 horas.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade em Medicina (Psiquiatria)

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; noções de informática; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos
Ética médica e bioética. Conhecimentos clínicos e conduta médico-pericial. Perícia psiquiátrica. Psiquiatria Geral. Psicoterapias. Emergências psiquiátricas. Intervenção hospitalar. Trabalho com equipes multidisciplinares. Diagnóstico diferencial em psiquiatria. Psiquiatria Forense.

Prova Discursiva
Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

Duração da prova: 4 horas.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade em Análise de Sistemas

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos
Infraestrutura e conectividade. Desenvolvimento de Sistemas. Banco de dados. Segurança de informação. Gestão e governança de TIC. Noções de Direito Constitucional; Noções de Direito Administrativo; Noções de Administração Pública; Inglês técnico.

Prova Discursiva
Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

Duração da prova: 4 horas.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Sem Especialidade

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; noções de informática; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal; noções de arquivologia.

Conhecimentos Específicos
Noções de Direito Administrativo, de Direito Constitucional, de Direito Eleitoral, de Administração Pública e de Administração Financeira e Orçamentária.

Duração da prova: 3 horas.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Operação de Computadores

Conhecimentos Gerais
Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; normas aplicáveis aos servidores públicos federais; regimento interno do Tribunal.

Conhecimentos Específicos
Fundamentos da Computação, Sistemas Operacionais, Aplicativos, Noções de redes de computadores. Inglês técnico.

Duração da prova: 3 horas.

Critérios de avaliação

Serão eliminados do concurso os candidatos que:

  • não tenham acertado, no mínimo, 60% (sessenta por cento) das questões da prova de conhecimentos gerais;
  • não tenham acertado, no mínimo, 60% (sessenta por cento) das questões da prova de conhecimentos específicos.

A nota das provas objetivas no concurso corresponderá à média aritmética ponderada das notas obtidas em cada prova, na escala de 0 (zero) a 10 (dez), atribuindo-se:

  • peso 1 (um) à nota da prova de conhecimentos básicos;
  • peso 3 (três) à nota da prova de conhecimentos específicos.

Observada a reserva de vagas para os candidatos negros e com deficiência, e respeitados os empates na última colocação, serão considerados aprovados no concurso público os candidatos, classificados no cargo de Técnico Judiciário conforme a seguir:

  • Para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa (sem especialidade): classificados até a 200ª colocação.
  • Para os demais cargos de Técnico Judiciário: até a 50ª colocação.

Observada a reserva de vagas para candidatos negros e com deficiência, e respeitados os empates na última colocação, serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aos cargos de Analista Judiciário classificados, conforme a seguir:

  • Para os cargos de Analista Judiciário – Área Judiciária (sem especialidade): até a 200ª colocação;
  • Para os demais cargos de Analista Judiciário: até a 50ª colocação.

Deverão ser corrigidas todas as provas discursivas dos candidatos com deficiência que forem classificados nas provas objetivas.

BANCA DEFINIDA

Foi publicada a dispensa de licitação que revela o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) como banca organizadora do próximo certame. Confira abaixo o documento na íntegra:

Concurso TRE PA: banca definida!

Concurso TRE PA: banca definida!

COMISSÃO FORMADA

Em 26 de junho de 2019, o Tribunal publicou no Diário Oficial da União a Comissão organizadora do próximo concurso TRE PA, que visa o preenchimento de vagas nos cargos de técnico (nível médio) e analista (nível superior).

De acordo com a Portaria Nº 18.784, de 17 de junho de 2019, os servidores foram designados a compor a Comissão da seguinte forma:

  • Presidente: Rodrigo Augusto Nascimento Montero Valdez;
  • Membros: Márcia Socorro Raiol de Moraes Nascimento e Renato Holanda Alves.

O órgão realizou seu último certame em 2014 e a seleção teve seu prazo de validade expirado em julho de 2018.

ORÇAMENTO PARA O CONCURSO

Anteriormente, o presidente da comissão organizadora já tinha sinalizado que a realização do novo edital dependia somente da aprovação do orçamento, já que o concurso para o órgão não consta na Lei Orçamentária de 2019.

Agora, de acordo com as informações apresentadas na entrevista feita pela Assessoria de Imprensa do órgão com a comissão organizadora, o orçamento já foi aprovado.

“O TRE do Pará solicitou autorização do Tribunal Superior Eleitoral para realização do concurso, inclusive ofertando fonte orçamentária para a contratação da empresa organizadora. A autorização do orçamento foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 9 de agosto”, afirmou Valdez.

Apesar de não informar uma previsão para o certame, o presidente da comissão especial, Rodrigo Valdez, confirmou que as contratações ocorram antes do período eleitoral municipal de 2020.

“Nossa intenção é realizar o concurso o quanto antes, inclusive para já termos o reforço desses novos colegas no pleito das eleições municipais do ano que vem”, destacou o presidente da comissão.

Sendo assim, a expectativa é que o edital do novo concurso para o órgão seja publicado ainda em 2019.

Confira abaixo a autorização orçamentária no DOU:

Concurso TRE PA: orçamento autorizado para novo concurso

Concurso TRE PA: orçamento autorizado para novo concurso

Concurso TRE PA: remuneração e benefícios

Segundo o último balanço realizado pelo Tribunal em janeiro de 2019, o vencimento básico inicial para o cargo de nível superior de Analista Judiciário é de R$ 5.189,71 mais o acréscimo da Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ) estabelecido no valor de R$ 7.265,59. Isto é, no total, o servidor receberá o valor de R$ 12.455,30

Já para o cargo de nível médio de Técnico Judiciário, o valor da remuneração inicial é de R$ 3.163,07 acrescido da GAJ que tem o valor de R$ 4.428,30. No total, o profissional receberá R$ 7.591,37.

Também são concedidos aos profissionais o auxílio-alimentação no valor de R$ 910,08.

Além disso, as duas funções também recebem outras gratificações como:

  • Gratificação de Atividade de Segurança (a depender da ocupação),
  • Adicional de Qualificação por Treinamento e
  • Adicional de Qualificação por Títulos.

Confira abaixo a estrutura remuneratória na íntegra:

Concurso TRE PA: composição das remunerações dos servidores.

Concurso TRE PA: composição das remunerações dos servidores.

Concurso TRE PA: cargos e vagas

De acordo com a notícia publicada no site oficial do órgão, os indicados para provimento:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária (1)
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa (2)

Há vagas de cadastro de reserva

  • Analista Judiciário – Medicina – Psiquiatria (1)
  • Técnico Judiciário – Operação de computadores (1)
  • Analista Judiciário – Sem especialidade (2)
  • Analista Judiciário – Análise de Sistemas (1)

Concurso TRE PA: carreira

Veja os detalhes necessários para quem deseja ingressar nos cargos e as atividades que os servidores terão que realizar.

Requisitos

Confira os cargos com exigência de nível superior:

Analista Judiciário – Área Judiciária

Diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Ensino Superior em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade em Medicina (Psiquiatria)

Diploma devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, registro no Conselho Regional da categoria e título de especialista na área de Psiquiatria ou Residência Médica em Psiquiatria devidamente reconhecidos.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Análise de Sistemas

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior na área de Tecnologia da Informação, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC); ou curso de graduação em qualquer área de formação, reconhecido e concluído em instituição de ensino superior credenciada pelo MEC, acrescido de curso de pós-graduação na área de Tecnologia da Informação, com carga horária mínima de 360 (trezentas e sessenta) horas, fornecido por instituição credenciada pelo MEC.

Há também oportunidades de nível médio. Saiba mais!

Técnico Judiciário – Área Administrativa (sem especialidade)

Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Operação de Computadores

Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, acrescido de cursos de informática com, no mínimo, 180 horas/aula.

Atribuições

Analista Judiciário – Área Judiciária

Executar atividades privativas de bacharel em Direito relacionados com processamento de feitos e apoio a julgamentos.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade em Medicina (Psiquiatria)

Executar atividades de nível superior relacionadas com a assistência médica preventiva e curativa, conforme a especialidade médica.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Análise de Sistemas

Realizar atividade de nível superior relacionadas com o desenvolvimento, implantação e manutenção de sistemas informatizados.

Técnico Judiciário – Área Administrativa (sem especialidade)

Executar atividades de nível intermediário relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Operação de Computadores

Executar atividades de nível intermediário relacionadas com operação e manutenção de equipamentos de informática.

Último concurso

Cargos e vagas

No último concurso TRE PA foram disponibilizadas vagas, de níveis médio e superior, para os cargos de Analista judiciário na Área Judiciária; Área Administrativa; e nas áreas de Apoio com Especialidade em Engenharia Elétrica, Taquigrafia, Análise de Sistemas e Medicina.

Foram ofertadas também vagas para Técnico Judiciário na área Administrativa e, nas áreas de Apoio Especializado em Operação de computadores e em Programação de sistemas.

Etapas de prova

Os candidatos inscritos foram avaliados por meio de diversas etapas:

  1. Prova objetiva (para todos os cargos),
  2. Prova discursiva (somente para os cargos de Analista – nível superior) e
  3. Prova prática de apanhamento taquígrafo (somente para o cargo de Analista Judiciário – Especialidade Taquigrafia).

Prova objetiva

A prova objetiva foram compostas de 60 questões, do tipo múltipla escolha, com cinco alternativas em cada questão para a escolha de uma única resposta.

Disciplinas

As disciplinas exigidas nas provas objetivas para todos os cargos:

  • Língua Portuguesa,
  • Noções de Informática,
  • Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos,
  • Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Pará e
  • Conhecimentos Específicos.

Estrutura da prova

As provas foram compostas de Conhecimentos Gerais (20 questões – pontuação por questão 0,5) e Conhecimentos Específicos (40 questões – pontuação por questão 0,25).

Os pesos foram 1 para Conhecimentos Gerais e 3 para Conhecimentos Específicos.

Confira os índices de quantidade mínima de acertos para a aprovação:

  • 10 questões e
  • 20 questões.

Prova discursiva

Essa etapa foi aplicada exclusivamente para os cargos de Analista Judiciário e foi realizada no mesmo dia, turno e dentro dos prazos de duração para a realização das provas objetivas.

O valor foi de 0 (zero) a 10 (dez) pontos. A prova consistiu na elaboração de texto dissertativo e/ou descritivo, com extensão mínima de 20 linhas e máxima de 40 linhas.

Nomeações

O Tribunal realizou bem mais convocações do que o indicado no edital de abertura.

Foram em torno de 120 chamados, sendo 80 para Técnico Judiciário e 40 para Analista Judiciário.

Materiais gratuitos

Estude com os melhores materiais e com o nosso time de especialistas. O Gran Cursos Online disponibiliza, de forma gratuita! Acesse nossa página exclusiva e confira:

  • Apostilas e E-books,
  • Editais verticalizados,
  • Simulados e provas comentadas,
  • Cursos gratuitos e
  • Atualizações Jurisprudenciais e Legislativas.

Resumo do concurso TRE PA

Concurso Tribunal Regional Eleitoral do Pará (concurso TRE PA)
Banca organizadora IBFC
Cargos Técnico e Analista Judiciário
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Jurídica, Administrativa, Tecnologia da Informação e outras
Lotação Tribunal Regional Eleitoral do Pará
Número de vagas 3 + 5 CR
Remuneração de R$ 7.591,37 até R$ 12.455,30
Situação BANCA DEFINIDA
Previsão p/ publicação do edital 2019/2020
Clique aqui e confira o último edital

 

WHATSAPP GCO: receba gratuitamente notícias de concursos! Clique AQUI!

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para o ano que vem!

Quer conquistar a sua aprovação no concurso TRE PA?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Lanna Sant'Anna
Lanna Sant'Anna
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

Principais de Pará

Principais de TRE PA

3 Comentários

3 Comentários

  1. Gabriela

    14/01/2019 12:07em12:07

    Eu gostaria de saber qual a fote dessa autorização feita em Dezembro pelo tse , porque não encontrei , encontrei apenas uma feita em julho .

  2. Denyse

    26/06/2019 13:29em13:29

    Faltou a informação do quantitativo de CR nomeados no último concurso.

  3. José Hiatagan Frota dos Santos

    10/07/2019 19:35em19:35

    Olá, gostei das novidades a respeito do concurso porém faltou os dados de quantos aprovados e quantos nomeados tiveram o concurso de 2013. E falar um pouco que sobre a possibilidade dos aprovados no concurso do TRE serem aproveitados tanto para o TRF quanto para o TRT.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso TRE PA?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Para o Topo