Concursos Carreira Jurídica 2016: Conheças as áreas para quem tem graduação em direito! Iniciais acima de R$ 15 mil!

Avatar


21/03/2016 | 14:30 Atualizado há 1839 dias


Carreira JurídicaAs opções são várias para quem deseja ingressar em carreiras jurídicas. Oportunidades em cargos de advogado público, delegado de polícia, juiz de direito, promotor, procurador de justiça ou defensor público. As possibilidades são tantas que muitos estudantes ou bacharéis em direito têm dúvida em relação ao cargo que pretendem ocupar.

Veja as opções de cargos para bacharéis em direito

Confira as descrições sucintas feitas pelo professor De Lucca de algumas carreiras que um bacharel em direito pode seguir:

Advogado: representa e defende o cliente e seus interesses em qualquer instância, juízo ou tribunal. Também pode dar assessoria ou consultoria jurídica a empresas públicas ou privadas.

Advocacia públicarepresenta os interesses da União, Estados e Municípios, zelando pela legalidade de seus atos.

Analista Judiciário – Área Judiciária: desenvolver atividades relacionadas ao suporte técnico às funções dos magistrados, à elaboração de relatórios, de pesquisas e de pareceres de natureza jurídica, preparo e execução de atos referentes a processos judiciais, bem como assessoramento às áreas jurídicas.

Defensor Público: defende os cidadãos que não podem pagar processos judiciais. Atua como procurador municipal, estadual ou da União, representando seus interesses, zelando pela legalidade dos atos do Poder Executivo em ações como licitações e concorrências públicas.

Delegado: é responsável pela preparação de inquéritos, pela coordenação de investigações policiais e emissão de documentos públicos.

Juiz: responsável por julgar processos e expedir mandados de prisão, de busca ou apreensão. O juiz federal julga causas de interesse da União que envolva tributos federais e previdência social. O juiz da justiça comum decide conflitos entre pessoas físicas, jurídicas e o poder público que não digam respeito à União, como questões de família e de tributos estaduais e municipais.

Promotor: defende os interesses da sociedade perante o juiz, promove ações penais, apura responsabilidades e fiscaliza o cumprimento das leis. Basicamente, o promotor é o advogado que acusa (além dos advogados de defesa e acusação) com o objetivo de defender o estado e o interesse público. Também representa os interesses dos portadores de deficiência e dos ausentes. Tutela os direitos da criança, do adolescente e da família e ocupa-se das causas sociais, como defesa do ambiente, dos direitos do consumidor e do patrimônio cultural e histórico.

Procurador: atua como defensor da ordem jurídica justa, iniciando ações ou atuando como fiscal em ações ajuizadas por terceiros. Os promotores atuam no primeiro grau de jurisdição (Varas Cíveis, Criminais e outras onde atua um juiz de direito isoladamente), enquanto os procuradores atuam junto ao segundo grau de jurisdição (Tribunais nas Câmaras Cíveis e Criminais, onde estão os desembargadores).

As remunerações altas em início de carreira são um dos fatores que influenciam a concorrência acirrada todas as vezes que um novo edital para a carreira jurídica é publicado. A magistratura é um dos destaques, seguido da advocacia pública e defensorias. Os iniciais não são de menos que R$ 20 mil, alcançando facilmente R$ 27.

Confira abaixo os concurso abertos e previstos para a área.

Tribunal de Contas do Estado do Pará

Muito aguardado pelos concurseiros das regiões Norte e Nordeste, o edital do concurso público para o Tribunal de Contas do Estado do Pará (Concurso TCE-PA 2016) oferta 95 vagas para cargos de níveis médio e superior, além da formação de cadastro de reserva. As remunerações vão de R$ 3.154,60 para cargos de nível médio a R$ 6.260,22 para cargos de nível superior. O certame oferece diversas vaga, além de cadastro de reserva, para graduados em direito.

Detalhes:

  • ConcursoTribunal de Contas do Pará (Concurso Tribunal de Contas do Pará 2016)
  • Banca organizadora: Cespe/UnB
  • Cargos: Diversos
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: 95
  • Remuneração: R$ 6.260,22
  • Inscrições: de 16 de março a 25 de abril
  • Taxa: R$ 90,00 e R$ 120,00
  • Data da prova: 19 de junho de 2016

Defensoria Pública do Mato Grosso

Defensoria Pública de Mato Grosso (Concurso DPE-MT) publicou edital de abertura do concurso público que proverá 20 vagas para Defensor Público Substituto. Para concorrer a função é necessário nível superior em direito, além de inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O início de carreira é composto pelo excelente subsídio no valor de R$ 19.992,09.

Detalhes:

  • Concurso: Defensoria Pública de Mato Grosso (Concurso DPE-MT)
  • Organizador: Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Cargo: Defensor Público Substituto
  • Escolaridade: Nível superior em direito
  • Inscrições: de 1º de abril a 1º de maio de 2016
  • Taxa de inscrição: R$ 250,00
  • Cargos vagos: 20 + CR
  • Subsídio inicial: R$ 19.992,09

Tribunal de Justiça Militar de São Paulo

O Tribunal de Justiça Militar de São Paulo divulgou edital de concurso público para 2 vagas de juiz de direito do juízo militar substituto. O inicial é de R$ 27.500,17.

Detalhes:

  • Concurso: Tribunal de Justiça Militar de São Paulo (TJSP)
  • Organizador: Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Cargo: Juiz
  • Escolaridade: Nível superior em direito
  • Inscrições: De 14 de março a 15 de abril 
  • Taxa de inscrição: R$ 200,00
  • Cargos vagos: 2 + CR
  • Subsídio inicial:  R$ 27.500,17
  • Data da prova:  12 de junho

Ministério Público de Goiás

O concurso para promotor de Justiça substituto em Goiás (Concurso MP-GO 2016) oferece 40 vagas para o cargo, com 2 delas reservadas a pessoas com deficiência. O subsídio inicial para o cargo é de R$ 24.818,91.

Detalhes:

  • Concurso: Ministério Público de Goiás (MP-GO)
  • Banca organizadora: MP-GO
  • Cargos: Promotor