Edital Coren SE: SAIU! Confira todos os detalhes AQUI

Edital Coren SE: inscrições abertas a partir de 2 de março

Atenção, concurseiro! Saiu o edital Coren SEConselho Regional de Enfermagem de Sergipe. São 5 vagas para os cargos de nível médio e superior, Técnico Administrativo e Enfermeiro Fiscal e a remuneração chega a R$ 4.237,95.

As inscrições estarão abertas a partir do dia 2 de março. Os interessados poderão acessar o endereço eletrônico http://www.cebraspe.org.br/concursos/coren_se_21 e inscrever-se até o dia 16 de abril. A taxa é no valor de R$ 74,50, para nível superior e R$ 49,50, para nível médio.

A realização da prova objetiva está prevista para maio de 2021.

Veja abaixo o menu com informações sobre o edital Coren SE:

Remuneração e benefícios

A remuneração prevista no edital Coren SE é de R$ 4.237,95 para o cargo de Enfermeiro Fiscal, carga horária de 30 horas e para Técnico Administrativo a remuneração é de R$ 1.307,42 , carga horária de 40 horas semanais.

Inscrições

Os interessados poderão inscrever-se do dia 2 de março de 2021 até 16 de abril, pelo endereço eletrônico http://www.cebraspe.org.br/concursos/coren_se_21.

A taxa será de R$ 74,50, para nível superior e R$ 49,50, para nível médio.

Cargos e vagas

Neste edital Coren SE estão sendo ofertadas 5 vagas, sendo 2 para Enfermeiro Fiscal e 3 para Técnico Administrativo.

Cargo Vagas para ampla concorrência Vagas reservadas para pessoas com deficiência Vagas reservadas para pessoas negras
Cargo 1: Enfermeiro Fiscal 2
Cargo 2: Técnico Administrativo 2 1

É importante ressaltar que não há vagas reservadas para candidatos com deficiência e negros para provimento imediato em razão do quantitativo oferecido.

Requisitos

  • Ser aprovado no concurso público
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal.
  • Estar em gozo dos direitos políticos.
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino.
  • Estar quite com as obrigações eleitorais.
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo, conforme o item 2 deste edital.
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da contratação.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da contratação.

Para o cargo de Técnico Administrativo – certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Para o cargo de Enfermeiro Fiscal – diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Enfermagem, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), carteira nacional de habilitação, no mínimo, do tipo “B”, registro definitivo de, no mínimo, 3 anos na respectiva categoria profissional e comprovada experiência profissional de 2 anos.

Atribuições

Técnico Administrativo

  • executar serviços de apoio nas diversas áreas administrativas e assessorias dentro do Estado de Sergipe (podendo, este, quando se fizer necessário ser deslocado para uma unidade diferente da sede principal do COREN-SE);
  • organizar e controlar correspondências, memorandos, ofícios, circulares, processos e demais documentos relativos a sua área, visando a otimização do atendimento das necessidades de sua chefia imediata e das demais áreas; assistir a chefia imediata, em assuntos de natureza administrativa e(ou) técnica, executando, controlando e acompanhando o desenvolvimento das tarefas em sua área; identificar necessidades de material, conferência no recebimento, armazenamento e conservação, mantendo atualizados os registros de estoque, assegurando o suprimento de materiais em sua área; otimizar o uso dos recursos disponíveis;
  • fornecer apoio administrativo às equipes, participando, sob orientação, dos processos de execução dos serviços e atividades de sua área; organizar e zelar pelos diversos bens de sua unidade de trabalho disponibilizados para a execução das tarefas;
  • prestar atendimento ao público das mais variadas maneiras, tais como: atendimento telefônico, presencial, via e-mail, entre outros; redigir correspondências, memorandos, ofícios, relatórios e outros trabalhos administrativos; organizar o arquivo de documentos recebidos e emitidos da área;
  • elaborar tabelas e gráficos;
  • elaborar a programação visual gráfica e editoração de textos e imagens, sob supervisão; pautar matérias, redigir artigos e assuntos referentes a divulgação, sob supervisão; registrar fotograficamente os eventos promovidos pelo Conselho e quando da participação de conselheiros, quando solicitado;
  • enviar e receber malotes;
  • protocolar e arquivar e distribuir correspondências;
  • verificar, montar, organizar e registrar processos, verificando os documentos necessários para sua composição, numerando-os visando controle e coerência;
  • requisitar serviços de manutenção de móveis, equipamentos, máquinas e instalações; oferecer suporte a processos licitatórios com base nas diretrizes superiores, para aquisição de materiais, equipamentos e serviços;
  • providenciar junto a agências de viagens a emissão e reserva de passagens, assim como reserva em hotéis; estimar preço junto a fornecedores, montando tabelas comparativas e relatórios de apoio à decisão;
  • exercer, sob supervisão, atividades impressão, gravação de fotolitos, realizar acabamentos diversos nos impressos do COFEN.

Enfermeiro Fiscal

  • executar, nos locais de trabalho, as inspeções fiscalizatórias do exercício da Enfermagem; quando necessário, o fiscal deverá ele próprio conduzir o veículo do Conselho para realizar as fiscalizações, realizar visitas de fiscalização na jurisdição do CORENSE, de acordo com o planejamento elaborado e(ou) não programado quando necessário;
  • elaborar relatório ao término de cada visita fiscalizatória, com descrição das atividades realizadas; prestar orientações aos profissionais de Enfermagem e aos dirigentes dos serviços de saúde a respeito do COREN-SE, suas finalidades e suas atividades, no sentido de melhorar e aprimorar o atendimento de enfermagem à comunidade, divulgando Leis, Decisões, o Código de Ética e Resoluções;
  • orientar os profissionais de Enfermagem quanto à importância da inscrição no COREN-SE e da compulsoriedade da anuidade;
  • participar das reuniões do COREN-SE quando convocado; realizar palestras e reuniões de esclarecimentos na área de jurisdição do COREN-SE, sempre que necessário;
  • participar de comissões, quando solicitado;
  • receber denúncias e colher informações necessárias no sentido de avaliar a sua procedência e encaminhá-las ao Responsável Técnico (RT) da unidade de saúde;
  • orientar o encaminhamento de denúncias; notificar e lavrar autos de infração de ilegalidades e irregularidades; orientar quanto à obrigatoriedade da Certidão de Responsabilidade Técnica, fornecendo requerimento próprio e demais documentos necessários; arquivar os documentos resultantes da fiscalização na pasta da instituição (de forma organizada);
  • prestar orientação aos auxiliares, técnicos e demais profissionais de Enfermagem e assemelhados, informando-os quanto à obrigatoriedade da autorização de trabalho para esta categoria fornecida pelo COREN-SE;
  • participar de programas de divulgação do sistema COFEN/Conselhos
    Regionais, do COREN-SE e do sistema de fiscalização;
  • realizar ato fiscalizatório em instituições de ensino de nível médio ou superior de Enfermagem, tendo em vista a legislação de Enfermagem e as normas pertinentes à educação, em consonância com as Secretarias de Educação, MEC ou órgão equivalente;
  • prestar informações ao Plenário e à Diretoria do COREN-SE sempre que solicitado;
  • orientar os profissionais de Enfermagem e os dirigentes das instituições de saúde a corrigirem espontaneamente irregularidades porventura constatadas e, se necessário, lavrar notificação e retornar para verificar se foram corrigidas;
  • realizar visitas fiscalizatórias não programadas, que lhe sejam determinadas pelo Chefe da Unidade de Fiscalização e(ou) Diretoria; executar outras atividades correlatas, bem como aquelas que, por sua natureza, estejam inseridas no âmbito de suas atribuições.

Etapas

Neste edital Coren SE está previsto a realização de prova objetiva de caráter classificatório e eliminatório para ambos os cargos, com previsão para acontecer em 25 de maio de 2021.

Também está previsto a prova de avaliação de títulos para Enfermeiro Fiscal, essa fase é apenas classificatória.

Enfermeiro Fiscal

PROVA TIPO ÁREA DE CONHECIMENTO NÚMERO DE QUESTÕES CARÁTER
(P1) Objetiva Conhecimentos gerais 30 Eliminatório e classificatório Conhecimentos gerais 30 Eliminatório e classificatório
(P2) Objetiva Conhecimentos específicos 20 Conhecimentos específicos 20
(P3) Avaliação de títulos (P3) Avaliação de títulos – – Classificatório

Técnico Administrativo

PROVA TIPO ÁREA DE CONHECIMENTO NÚMERO DE QUESTÕES CARÁTER
(P1) Objetiva Conhecimentos gerais 30 Eliminatório e classificatório Conhecimentos gerais 30 Eliminatório e classificatório
(P2) Objetiva Conhecimentos específicos 20 Conhecimentos específicos 20

Prova objetiva

Disciplinas

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa
  • Ética na Administração Pública e Legislação
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Informática
  • Conhecimentos sobre estado de Sergipe

Conhecimentos Específicos

Para Enfermeiro, conhecimentos relativos à enfermagem e legislação específica.

Para Técnico Administrativo, conhecimentos relativos a assistente administrativo e legislação específica.

Estrutura da prova

As questões das provas objetivas serão do tipo múltipla escolha, com quatro opções (A, B, C e D), sendo uma única resposta correta, de acordo com o comando da questão. Haverá, na folha de respostas, para cada questão, quatro campos de marcação: um campo para cada uma das quatro opções A, B, C e D, devendo o candidato preencher o campo correspondente à resposta considerada por ele correta, de acordo com o comando da questão.

Avaliação de Títulos

QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA A AVALIAÇÃO DE TÍTULOS
ALÍNEA TÍTULO VALOR DE CADA TÍTULO VALOR MÁXIMO DOS TÍTULOS
A incluir 1,00 1,00
B incluir 0,70 0,70
C incluir 0,30 0,60
D incluir 0,10 0,20
E incluir 0,25 p/ano completo, sem sobreposição de tempo 2,50
TOTAL MÁXIMO DE PONTOS 5,00

Último concurso Coren SE

O Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe realizou certame em 2010. Na época, foram ofertadas 24 vagas e a banca organizadora do concurso público foi a Amiga Pública.

As vagas foram ofertadas para os seguintes cargos:

  • Advogado – Salário Inicial de: R$ 3.000,00;
  • Enfermeiro Fiscal – Salário Inicial de: R$ 3.000,00;
  • Técnico Administrativo – Salário Inicial de: R$ 604,95;
  • Técnico em Contabilidade – Salário Inicial de: R$ 604,95 e;
  • Técnico em Suporte – Salário Inicial de: R$ 604,95;

Materiais gratuitos – curso Gratuito Imparável 

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em frente em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então este curso é para você!

Organizamos de forma objetiva e prática em um só material algumas das principais disciplinas e conteúdos cobrados em concursos públicos para intensificar as suas chances de aprovação, tudo preparado por nossa equipe de colaboradores e professores especialistas no assunto. E o melhor: todo o conteúdo é totalmente gratuito! Mesmo se você ainda não começou a estudar, não deixe essa oportunidade passar. Nunca é tarde! Garanta a sua oportunidade no Curso Gratuito Imparável!

Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

Resumo do edital Coren SE 

Concurso Conselho Regional de Enfermagem do Estado de Sergipe (edital Coren SE)
Banca organizadora Cebraspe
Cargos Técnico Administrativo e Enfermeiro Fiscal
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Administrativa
Lotação Sergipe
Número de vagas 5 vagas + cadastro reserva
Remuneração R$ 4.237,95 – nível superior e R$ 1.307,42 – nível médio
Inscrições 2 de março a 16 de abril de 2021
Taxa de inscrição R$ 74,50, para nível superior e R$ 49,50, para nível médio.
Data da prova objetiva 23/5/2021
Link do edital Edital publicado

 

Último Edital publicado em 2010 

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos

Principais de Sergipe

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo